Análise de Modelos, Previsões e Alertas - Março 2010

Tópico em 'Seguimento Meteorológico' iniciado por vitamos 1 Mar 2010 às 10:45.

  1. vitamos

    vitamos
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    11 Dez 2007
    Mensagens:
    4,558
    Local:
    Lisboa; Costa da Caparica
    Tópico de Análise de Modelos, Previsões e Alertas - Março 2010

    Regras deste tópico:
    ->Regras Análise Modelos, Previsão e Alertas
    ->Nota sobre a utilização dos dois tópicos de Previsões


    Aviso MeteoPT
    As análises, previsões ou alertas neste forum são apenas a opinião dos utilizadores que as proferem e são da sua inteira responsabilidade. Não são previsões ou alertas de entidades oficiais, salvo indicação em contrário, não devendo portanto ser usadas como tal.
    Para previsões, avisos e alertas oficiais, consulte sempre os produtos do Instituto de Meteorologia, Protecção Civil ou outras entidades com essa função.
     
  2. Aspvl

    Aspvl
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    31 Dez 2009
    Mensagens:
    281
    Local:
    Lisboa, Marinha Grande
  3. stormy

    stormy
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Ago 2008
    Mensagens:
    5,100
    Local:
    Lisboa-Encarnação // Lagoa de sto André
    Bons dias:)
    Como já disse anteriormente, não há uma definição ou constância que torne previsões a mais de 100h fidedignas.
    Um exemplo disto é a inconstância do tira e põe de uma entrada fria algures no inicio da próxima semana...ora colocam uma entrada poderosíssima e inverosímil ora colocam pântanos e mais pântanos barométricos.

    Analisando apenas as próximas 72h, destaca-se um padrão de bloqueio no atlântico norte, com o jet a desviar para sul e para norte de um anticiclone estável, que em superfície pode vir a estender-se sobre a Europa ás 72-96h em diante.
    Dado este padrão aliado a um cavado na europa e mediterraneo e um aticiclone no canadá, espera-se um jet stream de intensidade moderada a bifurcar no atlantico, passando um ramo á latitude 35º-40ºN e outro a aproximar-se da islandia.
    destacam-se dois nucleos depressionarios, um a leste da america do norte e outro na europa central/mediterraneo, entre estes nucleos são previstas ciclogeneses a avançar para leste sobre o ramo sul e para NE sobre o ramo norte do jet.
    as depressões a deslocarem-se abaixo do omega tendem a envolver-se em massas de ar tépido e humido com theta-e elevado ou moderado e, associados a um cold core, CAPE/LI modestos.
    esperam-se, portanto, em todo o territorio e ilhas, excepto talvez o interior norte e centro, condições de instabilidade, por vezes assinalavel, embora dispersa no tempo e dependendo das investidas de frentes/linhas de instabilidade.

    [​IMG]

    mais no medio prazo, suponho que com a intensificação do jet, que ja tinha referido antes, os cenarios de longas cristas e apofise com os anticiclones termicos ( os AT´s até já manifestam uma tendencia regressiva), tende a desaparecer, apenas ocorrendo algumas simples formações em omega....continuo a achar que abril vai ser um mês de grandes mudanças para um periodo estival quente, com alguma convecção e com o AA a leste/NE dos açores...e talvez as desejadas cut-off vindas de N/NE/NW...
     
    Collapse Signature Expand Signature
  4. Mário Barros

    Mário Barros
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    18 Nov 2006
    Mensagens:
    12,479
    Local:
    Cavaleira (Sintra)
    Fim-de-semana ainda mais molhado

     
  5. Fantkboy

    Fantkboy
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    9 Abr 2008
    Mensagens:
    468
    Local:
    Odivelas
    Aviso IM

    Nova depressão aproxima-se da Madeira e Continente


    De acordo com o Centro de Previsão do IM, a passagem de uma superfície frontal, de forte actividade, associada a uma depressão centrada na Região dos Açores, está a condicionar o estado do tempo no Arquipélago da Madeira, com particular incidência no final da tarde e inicio da noite do dia de hoje, 4 de Março.

    Com a passagem da superfície frontal, prevê-se a ocorrência de precipitação, por vezes forte, passando a regime de aguaceiros, havendo condições para a ocorrência de trovoadas.

    Na sequência das previsões, o IM procedeu à emissão de Aviso Laranja para vento muito forte, 70 km/h, nas terras altas, e rajadas na ordem dos 110 km/h e Aviso Laranja para chuva/aguaceiros temporariamente fortes e acompanhados de trovoada.

    Esta depressão encontra-se em deslocamento para o território do Continente, com a passagem superfície frontal durante a tarde de amanhã, onde irá influenciar o estado do tempo durante Sexta e Sábado.

    A situação meteorológica associada a esta depressão continuará a ser acompanhada pelo Instituto de Meteorologia, com difusão de previsões e emissão de Avisos, sempre que tal se justifique, no cumprimento da sua missão de autoridade nacional para a meteorologia. Sugere-se o acompanhamento da situação através da Pagina Web do Instituto.
     
    Collapse Signature Expand Signature
  6. Knyght

    Knyght
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    10 Mai 2009
    Mensagens:
    2,013
    Local:
    Madeira - Funchal
    Sem comentários já comentei no Seguimento da Madeira... Porque não sou Espalhol!!! :huh:

    Querem ver uma coisa gira?

    Dia 20 de Fevereiro de 2010 GFS Run das 00h

    [​IMG]

    40mm/h previstos ao nível do mar, mas era sábado de madrugada e eles são da Madeira... :sad:
     
    Collapse Signature Expand Signature
  7. David sf

    David sf
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    8 Jan 2009
    Mensagens:
    3,514
    Local:
    Oeiras / Portel
    Estamos num momento em que tudo pode acontecer. A diferença entre todos os modelos começa às 72h, e neste momento não há nenhuma opção que seja vista por mais que um modelo. Como escrevi ontem à noite tanto pode dar para neve na praia como para anticiclone sem frio. Vejamos:

    UKMO

    Começo por este modelo, porque é aquele em que se podem introduzir todos os actores desta novela da forma mais explicita.

    [​IMG]
    Às 72 h vemos uma depressão que se formou do grande centro depressionário situado no Atlântico ocidental, muito pouco cavada a envolver grande parte da península. Se esta depressão chegar entre a tarde de domingo e a manhã de segunda ganha o óscar de melhor actor secundário, porque suporta o actor principal, a depressão fria em altitude, que originaria a entrada fria e a possibilidade de neve a cotas baixas.
    [​IMG]

    ECMWF

    Já o modelo europeu não vê essa depressão na segunda feira.

    [​IMG]

    E consequentemente não temos entrada fria.

    [​IMG]

    Vemos às 96h que a depressão é modelada, chega é já muito tarde, quando a massa de ar frio já originou um centro de baixas pressões no Mediterrâneo, e a partir daí já ninguém a consegue mover para oeste.

    GFS

    Ponho a última versão, a das 6z, pois a cada saída um cenário diferente.

    [​IMG]

    É um cenário parecido ao ECMWF, pois vê a depressão atlântica, mas esta rapidamente perde identidade e é absorvida pela baixa do norte de África.

    [​IMG]

    A diferença para o Europeu é que o anticiclone nunca entraria na península, havendo lugar a uma estranha, improvável e ambígua dança entre depressões em altitude e baixas pressões atlânticas. Vejam a animação no meteociel que é engraçada.

    [​IMG]

    NOGAPS

    Este modelo já às 60 h tem o "actor secundário" à espera na península. É um processo semelhante ao GFS, mas dando muito mais expressão à depressão atlântica que não é absorvida pela do norte de África.

    [​IMG]

    Em consequência teríamos uma entra fria e seca.

    [​IMG]

    GME

    O mais favorável de todos, é um misto de ECMWF e UKMO. Atrasa a depressão atlântica para finais de segunda, como fez o europeu, mas atrasa igualmente a ciclogénese mediterrânica, mantendo a bolsa fria no Cantábrico por algumas horas.

    [​IMG]

    Depois quando se dá o choque de massas acontece isto.

    [​IMG]

    De longe o mais favorável para surpresas brancas.

    JMA

    Não modela nada a vir do Atlântico, logo os espanhóis ficam com a melhor parte. Nós com nada.

    [​IMG]

    GEM

    Às 72 h está parecido ao UKMO.

    [​IMG]

    Depois ocorre uma ciclogénese no Cantábrico, enquanto que outro centro de baixas pressões percorre a Anadaluzia. Pouco credível, deixa a bolsa fria na península por muitas horas.

    [​IMG]

    [​IMG]

    Depois disto, o frio manter-se-á por perto, misturando-se com algumas depressões de origem subtropical que se formam no contacto entre a dorsal açoreana e a massa fria polar. Continuará por cerca de mais de uma semana o frio a rondar com alguma precipitação, pelo que é uma situação a acompanhar até a que o anticiclone caia em cima de nós, lá para dia 15, como avançam todos os modelos que lá chegam (é interessante que não há consenso às 72h, mas há às 240h).
     
  8. stormy

    stormy
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Ago 2008
    Mensagens:
    5,100
    Local:
    Lisboa-Encarnação // Lagoa de sto André
    boas, david:)
    não há consenso a 72h mas há a 240h, o que isto significa é que há um modelo climatico ou de circulação geral sevindo de base em todos os modelos de previsão e que diz " é normal, nesta altura, haver um AA algures perto dos açores-europa ocidental"...e o que é que isto nos ajuda....nadaaa;)
    se não há consenso nas 72h podes querer que é utópico e impossivel realizar-se o cenario consensual e estereotipado das 240h, porque simplesmente quando se arranjar uma solução para este problema o outro terá que se ajustar..é como uma onda...se tem uma perturbação no local X essa propagar-se-há:)

    neste altura estamos num periodo de grande inconsistencia...tipica de fases de transição e que nos afecta normalmente em março-abril e em outubro-novembro:)

    PS- esta "coisa" prevista após as 72-96h vai sofrer uma reviravolta extrema...ou se acaba com tudo ou cai-nos tudo em cima....o 8 ou 80 :lol:
     
    Collapse Signature Expand Signature
  9. David sf

    David sf
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    8 Jan 2009
    Mensagens:
    3,514
    Local:
    Oeiras / Portel
    Não sei, mas as diferenças a 72 horas são locais. Ou temos nós a entrada fria, ou os espanhóis ou os italianos. São também temporais, a depressão atlântica ou chega na segunda ou na terça. Não é uma diferença decisiva ao nível da circulação global. Usando a analogia da onda, é como se atirasses uma pedra a um lago e quer a pedra caia no centro desse lago ou numa extremidade, sabes que a onda por ela provocada chega sempre à margem. Claro que a tendência a larga distância é meter anticiclone, já largas vezes foi cá colocado e ele nunca cá se estabeleceu mais que dois ou três dias. Mas agora, por mais que eu ache que o padrão chuvoso se vai manter até meados da primavera, não quer dizer que não venha uma semana de calmaria.
     
  10. stormy

    stormy
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Ago 2008
    Mensagens:
    5,100
    Local:
    Lisboa-Encarnação // Lagoa de sto André
    pois david, mas há mesmo um modelo climatico base;)
    quanto ao padrão actual, apesar de tudo, não há disturbios muito significativos, comparando com os meses passados:)
    a AO- está a regredir e o padrão NAO- mais tipico vai insurgindo, já não temos cristas descomunais mas padrões em omega e os AT´s vão-se dissipando.
    tudo indica para uma gradual "normalização" durante as proximas semanas:)
    abril vai ser um mês decisivo que pode marcar o inicio de um verão interessante:thumbsup:
     
    Collapse Signature Expand Signature
  11. stormy

    stormy
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Ago 2008
    Mensagens:
    5,100
    Local:
    Lisboa-Encarnação // Lagoa de sto André
    boas tardes, caros amigos:)

    .................saida das 12z do GFS.............

    parece que amanhã e até á manhã de 3f teremos uma frente estacionaria a cruzar o continente entre lisboa/região oeste e o sotavento algarvio, muita chuva no centro litoral e no sul
    a norte, as temperaturas já começam a descer e o vento roda para leste, rodando para leste em todo o pais no dia de 3f.
    espera-se a gradual entrada da iso0º no territorio durante 3f e ,nos dias seguintes, a iso 0º cobrirá todo o territorio.
    apesar de tudo não se esperam isos abaixo dos -5º, no NE as T850 andarão nos -4º ou -5º na 3f/4f subindo para valores muito proximos a 0º á medida que a semana avança, no SW será dificil baixar dos -1º.
    em termos de geopotencial, este encontra-se pouco baixo e a baixa em altura passará no NE espanhol, embora o cavado se estenda até portugal.

    dado isto serão possiveis alguns aguaceiros fracos devido ao (fraco...mas capaz:lol:) gradiente vertical e com a ajuda do fluxo seco de E/NE talvez tenhemos na melhor das hipoteses cotas esporadicas de 400-500m no NE ou no interior norte em toda a sua abrangencia, até sab./dom.

    SLP media ás 48h:
    [​IMG]

    SLP media ás 96h:
    [​IMG]

    esta tendencia mantem-se até sabado proximo.

    No que toca á sinoptica de maior escala, como vemos nas cartas acima colocadas, temos um cavado na europa, baixas no mediterraneo ( uma delas vem de oeste desde os açores e passa a sul do algarve na 5f antes de se fundir com as mediterranicas, mas o sector quente dessa depressão nunca atinge o nosso pais), tambem dominam as baixas no atlantico NW e temos uma grande novidade, o AA
    o jet, que tambem já esta capaz, tem mantido o omega na europa ocidental com uma area de anticiclone termico de niveis baixos na europa central, a estabilidade na circulação favorecem a insurgencia de areas de alta nos açores e que tendem a crescer unindo-se ao omega algures no proximo fim de semana, sendo assim parece que o nosso amigo AA voltará em meados deste mês ( um pouco antes do que eu antecipava) e parece que o atlantico será do seu dominio em breve
    SLP med. ás 102h:
    [​IMG]

    SLP med. ás 144h:
    [​IMG]

    Portanto, no que toca a previsões mais alargadas, é da minha opinião que a proxima semana será fresca ( no que toca ás minimas porque de dia já há mais horas de sol e maior input solar) e com ceu pouco nublado embora possam ocorrer aguaceiros, especialmente na 5f e na região sul, depois, na proxima semana, talvez o AA venha mesmo e, nesse caso, viriam dias primaveris tipicos mas as frentes, associadas a nucleos depressionarios no atlantico entre o NW dos estados unidos e as british, ocasionalmente poderiam deixar chuva especialmente a NW

    .....................saida das 00z do ECMWF.................

    basicamente o modelo europeu está em concordancia excepto num ponto, intensifica a baixa de 4/5f e coloca-a a entrar em cheio sobre portugal vindo depois a unir-se com o cavado na europa/mediterraneo constintuindo um bom campo depressionario na europa de sul.
    isto acabaria com o frio logo na 4f e traria uma 2a metade da prox semana chuvosa e invernal...
    após isto voltaria o AA em força centrado entre os açores e a PI.
    a tendencia no medio e longo prazo seriade tempo anticiclonico no SW europeu, dado o AA ai instalado, enquanto o cavado/baixas se manteriam no mediterraneo e europa.
    no resto do atlantico teriamos uma area de alta perto da america do norte com um storm track entre o SW do canadá e as british criando cavados até aos açores...alguma frente poderia tocar no norte e centro do pais.

    sendo assim no medio a logo prazo o ECMWF e o GFS estão concordantes!
    SLP med. as 168h:
    [​IMG]

    ensembe GFS 12z para lisboa:
    [​IMG]

    PS- as cartas medias do NAEFS são das 00z de hoje mas pelo que estudei são validas para as mais recentes run´s

    ........................ECMWF das 12z....................

    nesta saida apenas uma mudanças.
    a depressão de 5f enche e entra já a morrer pelo sul....de resto mantem tudo e continua concordante com o GFS:)

    basicamente acho estes cenarios muito razoaveis/realistas e dada a concordancia tornam-se cada vez mais fortes:thumbsup:
     
    Collapse Signature Expand Signature
  12. stormy

    stormy
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Ago 2008
    Mensagens:
    5,100
    Local:
    Lisboa-Encarnação // Lagoa de sto André
    boas tardes :)

    Analise do ensemble das 06z para lisboa:
    [​IMG]
    como se vê há uma entrada fria pouco intensa na ponta SW do cavado em altura, que nos influenciará até sabado.
    cotas medias aquando de ocorrencia de ( pouco provaveis) aguaceiros, essencialmente na 5f durante a aproximação de uma baixa vinda de WNW.
    após a passagem da baixa sob o sul do territorio ou no golfo de cadiz espera-se uma advecção secundaria de ar (não muito) frio e seco vindo de NE nos niveis meios e baixos, em altura o embolsamento ficará estavel a N/NE enquanto o LLC e baixa em superficie passa a S.
    depois disto o AA voltará gradualmente para SE e poderá cobrir toda a PI/mediterraneo ocidental e central/atlantico E, voktando as temperaturas mais amenas, embora inversões possam ocorrer em areas baixas.
    a precipitação tende a desvanecer concentrando-se a NW aquando da passagem de sistemas frontais ou ondulações do jet.
     
    Collapse Signature Expand Signature
  13. stormy

    stormy
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Ago 2008
    Mensagens:
    5,100
    Local:
    Lisboa-Encarnação // Lagoa de sto André
    a tendencia solidifica-se.....o verão chegou?
    [​IMG]
    talvez a partir de agora voltemos áo tempo normal de primavera...."normal"
    mas tendenco para o cada vez mais quente.
    este ano a tendencia de colocar um verão quente é razoavelmente lógica e o calor associado á muita evapotranspiração potencial e a uma ou outra cutt-off pode dar em festa rija:D
     
    Collapse Signature Expand Signature
  14. stormy

    stormy
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Ago 2008
    Mensagens:
    5,100
    Local:
    Lisboa-Encarnação // Lagoa de sto André
    boas:)

    .................GFS12z+120h....................
    após este periodo de bom tempo, tipicamente primaveril, e que "já não era sem tempo"....volta a corrente de SW.
    na 5f, uma frente associada a uma depressão a W da irlanda, que se movimenta para NE, afectará o territorio continental, logo na 6f e até sabado espera-se que o estado do tempo seja influenciado por um fluxo tropical de SW (WCB), que deixará bastante precipitação e tempo ameno, finalmente, sabado e domingo a frente fria cruza o pais de NW para SE e regressa o AA até 3f com uma descida das temperaturas.
    este cenario é perfeitamente normal para o mês, e pode-se afirmar que o padrão de circulação está a ficar mais conciso, sem ocorrencia de preturbações significativas.
    a NAO esta-se a comportar dentro dos parametros que eu supunha correctos para o mes..

    .................GFS12z 120-144-216h................

    neste periodo há uma tendencia de colocação do AA evoluindo para NE sobre a PI e SW da europa/mediterraneo, a oeste da ondulação frontal.
    um anticiclone tende a formar-se no leste americano sobre uma crista enquanto no atlantico norte manteem-se as baixas, embora com possivel cavado até aos açores com posterior ciclogenese.
    na minha opinião não me parece muito credivel o crescimento tão grande da crista a W dos açores nem a ciclogenese a progredir para E estabilizando a NW da PI com anticiclones a bloquearem-na a norte e oeste.
    acho que este cenario será convertido em algo mais pacifico, como uma baixa a progredir para NE sendo o W da PI afectado apenas por sistemas frontais associados a esse sistema, que pode acabar por estabilizar a NW antes da volta do AA lá para finais da prox semana....podendo este ultimo subsistir..ou não...

    Painel até as 144h:
    [​IMG]

    concluindo...temos o AA a "vir e a ir", num cenario normal para a estação chuvosa, parece teremos um resto de mês tendencialmente quente e ainda com alguma chuva intercalada por periodos de melhoria...a NAO a manter-se negativa mas já com um padrão sustentado, em que o AA lentamente vai ganhando força....apesar de tudo ainda podem ocorrer alguma entrada de N, fresca, até abril.
    continuo a apostar numa 2a metade da primavera e num verao mais quentes e mais convectivos que os anteriores:)
     
    Collapse Signature Expand Signature

Partilhar esta Página