Avião bate e pega fogo ao pousar em São Paulo.

Tópico em 'Off-Topic' iniciado por Gerofil 18 Jul 2007 às 01:38.

  1. Gerofil

    Gerofil
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    21 Mar 2007
    Mensagens:
    8,554
    Local:
    Estremoz (401 metros)
  2. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
    Re: Avião bate e pega fogo ao pousar em São Paulo

    Que descansem em paz todos os que morreram neste dia triste para a aviação.

    E que se investigue até ao fim e sejam penalizados os responsáveis, pois como tudo parece indicar, terá sido um novo mas inacabado piso na pista o principal factor da tragédia.

    [​IMG]
    http://www.airliners.net/open.file/1235728/L/
    O PR-MBK há 2 semanas atrás no aeroporto de Porto Alegre.
    RIP.
     
  3. mocha

    mocha
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    5 Dez 2006
    Mensagens:
    1,596
    Local:
    Barreiro
    mt triste mesmo R.P.I.

    Ministério Público pede encerramento do aeroporto
    Recuperados 180 corpos no cenário do acidente aéreo em São Paulo
    O Ministério Público Federal do Brasil pediu o encerramento do aeroporto de Congonhas, em São Paulo, "até que sejam confirmadas as condições de segurança e afastadas as dúvidas trazidas pelo acidente" que vitimou cerca de 200 pessoas na terça-feira. As operações de resgate recuperaram já 180 corpos.

    SIC
    O pedido foi feito por três procuradores federais, que analisaram as condições da pista de aterragem. Calcula-se que o mau estado da pista esteja na origem do despiste do Airbus A 320 da companhia aérea TAM.

    A interdição do aeroporto de Congonhas vem sendo solicitada pelo Ministério Público desde o início do ano, com o objectivo de se realizarem obras no piso das pistas. Mas até agora, o pedido não tinha recebido qualquer resposta.

    Dez meses de investigações

    Entretanto, o chefe do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes da Aeronáutica do Brasil, Jorge Kersul Filho, garantiu ontem à noite que as investigações sobre o acidente vão durar cerca de dez meses, menos oito do que normalmente custumam demorar.

    A comissão criada para o efeito já possui a maior parte das informações disponíveis e calcula-se que na próxima quarta-feira já estejam totalmente transcritos os dados da caixa-preta do avião.

    As autoridades decidiram reabrir já ontem de manhã a pista auxiliar do aeroporto, garantido que não há risco para os outros aviões.

    Último balanço do desastre

    Há pelo menos 180 vítimas mortais confirmadas do acidente em Congonhas, quando um avião da companhia aérea TAM se despistou e embateu no edifício de cargas e descargas da própria empresa, já fora do aeroporto.

    De acordo com o comandante do Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo, todos os sobreviventes do acidente já foram resgatados e há 18 pessoas desaparecidas entre os destroços do prédio.

    Até ontem à noitem foram identificadas apenas nove das vítimas mortais.

    Os bombeiros já conseguiram controlar as chamas, mas admitem que ainda há risco de desabamento do edifício da TAM.
     

Partilhar esta Página