Carro de Nunes Correia capotou na A6

Tópico em 'Off-Topic' iniciado por Gerofil 10 Mai 2008 às 00:30.

  1. Gerofil

    Gerofil
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    21 Mar 2007
    Mensagens:
    8,554
    Local:
    Estremoz (401 metros)
    Governante esteve mais de quatro horas no hospital

    O ministro do Ambiente já teve alta do Hospital de Évora, onde deu entrada esta sexta-feira à tarde, depois de ter sofrido um acidente de viação na A6, perto de Vendas Novas. Francisco Nunes Correia foi assistido durante mais de quatro horas e diz que está pronto para regressar ao «trabalho».
    «Este fim-de-semana espera-me trabalho», disse o ministro, citado pela Lusa, à saída da unidade de saúde, onde afirmou ter sido tratado de forma «absolutamente exemplar». Sobre o despiste e capotamento do Lexus, em que seguia com o motorista e a sua adjunta - que também receberam tratamento hospitalar -, Nunes Correia explicou que tudo se terá devido a granizo e a chuva repentina.
    Depois de ter sujeito a vários «exames complementares de diagnóstico», como adiantou ao PortugalDiário fonte hospitalar durante a tarde, o governante diz estar bem de saúde. «Além da pancada grande que se sofre, está tudo bem», apontou, citado pela Lusa. O PortugalDiário sabe que o secretário de Estado do Ordenamento de Território, João Ferrão, seguia numa outra viatura, imediatamente atrás da do ministro, tendo assistido ao despiste. Foi neste veículo que Nunes Correia e a sua adjunta foram transportados para o hospital.
    Fonte da Brigada de Trânsito, disse ao PortugalDiário que o acidente ocorreu às 16h00, ao quilómetro 7,5 da A6. «O veículo despistou-se por razões ainda não determinadas, a seguiu um capotamento», explicou a mesma fonte. O acidente ocorreu no sentido Norte-Sul. Ao que o este jornal apurou, o veículo ficou «muito mal tratado», «completamente destruído». O acidente ocorreu próximo da estação de serviço de Vendas Novas quando o ministro se deslocava para a Évora, onde tinha uma reunião na Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo.

    Portugal Diário
     

Partilhar esta Página