Corrente do Golfo

Tópico em 'Climatologia' iniciado por LUPER 1 Dez 2005 às 12:52.

  1. LUPER

    LUPER
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    20 Nov 2005
    Mensagens:
    1,945
    Local:
    Aveiro
    Caros amigos, hoje saiu um artigo acerca de um estudo da corrente do golfo, e não é que ela desceu 30% na sua potência.... :w00t:

    Bem cada vez mais acredito que os dados já foram lançados e que agora é esperar pelo frio, e talvez adquirir uns m2 de terreno no Nordeste Brasileiro ou em África.

    http://www.newscientist.com/article.ns?id=dn8398

    PS: Isto hoje e amanhã vai ser bonito, vamos andar com agua pelos tornezelos.
     
  2. Pedro Canelas

    Pedro Canelas
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    28 Nov 2005
    Mensagens:
    235
    Local:
    Carnaxide
    Boa tarde,

    Esta situação poderá se sentir já neste inverno???

    Abraço
     
  3. LUPER

    LUPER
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    20 Nov 2005
    Mensagens:
    1,945
    Local:
    Aveiro
    Penso que não, mas uma coisa é certa está mais que provado que as mudanças repentinas existem, isto é, num curto espaço de tempo que segundo tenho lido pode ser de apenas 10 anos ou mesmo menos.

    A nossa era é muito especial e é pena que não se tomem medidas preventitas destas situações.

    Esta noticia deveria ser levemente divulgada em noticiarios, afim de ir preparando as mente menos abertas........ :cool:
     
  4. Fil

    Fil
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    26 Ago 2005
    Mensagens:
    3,830
    Local:
    Bragança
    Já a algum tempo que se vê que a corrente do golfo tem andado a perder força, principalmente este ano. Acho que caminhamos para um periodo de invernos mais frios que começou com o do ano passado e vai continuar com este. A ver se os meios de comunicação começam a tratar um pouco mais deste tema que também está ligado ao aquecimento global.
     
  5. Minho

    Minho
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    6 Set 2005
    Mensagens:
    4,091
    Local:
    Melgaço
    Esperemos que uma temperatura mais fria no oceano não faça com que o Anticiclone dos Açores se torne mais potente e maior...
     
    Collapse Signature Expand Signature
  6. Lord_Of_The_Weather

    Lord_Of_The_Weather
    Expand Collapse
    Cirrus

    Registo:
    26 Ago 2005
    Mensagens:
    57
    Local:
    Arruda dos Vinhos
    Boas!
    o clima é hoje um assunto muito mediático!
    qualquer coisa que encha uma página de jornal ou faça durar mais alguns minutos um telejornal vale a pena... nem que seja uma treta!
    Se tiverem um ataque de lucidez lembrar-se-ão que a temperatura média global até tem vindo a aumentar. Estudos sobre a corrente do golfo sobre o seu abrandamento são reais... agora parar rapidamente ou a curto espaço de tempo... já imaginaram a inércia que um sistema destes tem? Calculem a sua massa e depis façam contas!
    Prudência! Filtrem aquilo que lêm ou ouvem!
     
  7. Lord_Of_The_Weather

    Lord_Of_The_Weather
    Expand Collapse
    Cirrus

    Registo:
    26 Ago 2005
    Mensagens:
    57
    Local:
    Arruda dos Vinhos
    Acho que isto é a parte mais importante do artigo:
    "Harry Bryden at the National Oceanography Centre in Southampton, UK, whose group carried out the analysis, says he is not yet sure if the change is temporary or signals a long-term trend. "We don’t want to say the circulation will shut down," he told "
     
  8. Antonio

    Antonio
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    21 Out 2005
    Mensagens:
    156
    Local:
    Lisboa
    Pois, se calhar o abrandamento da força da corrente do Golfo, seja variável e nos anos em que abranda o Anticiclone dos Açores é mais forte e em Portugal tem-se um ano seco, nos anos em que a força da corrente do Golfo recupera, o Anticiclone é mais fraco e Portugal tem um ano húmido. è uma teoria com uma certa lógica, o dificil é arranjar provas, pois não há pesquisas continuas de escala Atlântica que consigam comprovar todas as teorias que vão surgindo (penso eu de que...)
     
  9. Minho

    Minho
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    6 Set 2005
    Mensagens:
    4,091
    Local:
    Melgaço
    Concordo plenamente. A acontecer alguma coisa à corrente do Golfo será ela desviar-se. Parar, nunca há-de parar. É o mesmo que construíssemos uma gigantesca barragem no estuário do Tejo. Certamente que o rio Tejo não ia ficar congelado e parado por milagre da natureza. Ou bem passava por cima da barragem, ou "encontraria" caminhos alternativos sempre obdecendo á lei da gravidade. O mesmo se passa com a Corrente do Golfo. Acho que quando falam no "shutdown" da corrente devem estar a referir-se a ela desaparecer tal como a conhecemos hoje. Daí o artigo referir que a circulação não irá parar.
     
    Collapse Signature Expand Signature
    #9 Minho, 3 Dez 2005 às 11:42
    Última edição: 3 Dez 2005 às 11:43
  10. Seringador

    Seringador
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    29 Ago 2005
    Mensagens:
    2,984
    Local:
    Canelas - Vila Nova de Gaia
    Antes demais gostaria de referir que esta questão ainda está a ser observada e não nos podemos basear num só estudo. :confused:
    Antes demias a actividade do atlântico está mais relacionada com a Oscilação do atlântico norte e com a circulação do jetstream polar, entre outros factores, o que gera ou não a actividade do atlântico. No caso da corrente do golfo abrandar, poderá levar a um arrefecimento dos países da europa ocidental, visto que as suas águas quentes não chegariam tanto a norte e com a intensidade suficiente. outro factor a ter em conta para que esta situação seja possivel de acontecer é o facto das calotes polares estarem a diminuir a um ritmo 10 vezes superior ao normal nos últimos 50 anos.
    Esta situação de mais água doce no atlântico irá travar o fluxo da corrente, já que a baixa salinização faz com que as águas fiquem mais frias e consecutivamente menos geradoras de instabilidade. Mas isto não abrandaria o aquecimento global, já que esta situação teria mais impacto ao nivel regional.
    :)
     
    Collapse Signature Expand Signature
  11. Minho

    Minho
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    6 Set 2005
    Mensagens:
    4,091
    Local:
    Melgaço
    O site da National Geographic anunciou a descoberta de uma gigantesca nascente de água termal no Oceano Indico que chega a atingir 400ºC e liberta uma energia de 100.000 MW! Como dizem no artigo: It's like an atom bomb down there.
    Aconselho uma leitura atenta do artigo.

    De facto, o aquecimento global está muito mal estudado e atirar as culpas todas ao homem penso que é atirar areia aos olhos... Cada vez estou mais convencido que o sol e os vulcões marinhos têm um importante papel em todo este processo.

    Abraço
     
    Collapse Signature Expand Signature
    #11 Minho, 26 Dez 2005 às 15:28
    Última edição: 26 Dez 2005 às 15:28
  12. Antonio

    Antonio
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    21 Out 2005
    Mensagens:
    156
    Local:
    Lisboa
  13. Seringador

    Seringador
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    29 Ago 2005
    Mensagens:
    2,984
    Local:
    Canelas - Vila Nova de Gaia
    Se aproveitassem essa geo-energia é que era bom! :surprise:
    Mas vindo dos americanos não me supreende que defendam que é são causas natuirais e não eles (USA) que contribuiem é como atirar areia para os olhos..... não me convence o artigo! ;) :angry:
     
    Collapse Signature Expand Signature
  14. kimcarvalho

    kimcarvalho
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    19 Nov 2005
    Mensagens:
    1,775
    Local:
    Elvas

    Faço minhas estas palavras, concordo em pleno. Americanos, nem vê-los!!! :disgust:
     
    #14 kimcarvalho, 28 Dez 2005 às 15:21
    Última edição: 28 Dez 2005 às 15:22
  15. Lord_Of_The_Weather

    Lord_Of_The_Weather
    Expand Collapse
    Cirrus

    Registo:
    26 Ago 2005
    Mensagens:
    57
    Local:
    Arruda dos Vinhos
    Completamente de acordo com o Seringador!
    Esses hamburguers só tem imaginação para a ficção científica!
    Adiante!
     

Partilhar esta Página