Cotação do Petróleo bate recordes

Tópico em 'Ciência Geral, Tecnologia e Energia' iniciado por Rog 27 Fev 2008 às 10:51.

  1. Rog

    Rog
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    6 Set 2006
    Mensagens:
    4,515
    Local:
    Norte Madeira (500m)
    Petróleo acentua ganhos e supera a fasquia dos 102 dólares em Nova Iorque
    O petróleo atingiu novos máximos históricos, no início da sessão de hoje, e superou já a fasquia dos 102 dólares por barril no mercado norte-americano, impulsionado pela perspectiva de manutenção das quotas de produção da OPEP e pela queda do dólar para o valor mais baixo de sempre face à moeda europeia.

    O petróleo atingiu novos máximos históricos, no início da sessão de hoje, e superou já a fasquia dos 102 dólares por barril no mercado norte-americano, impulsionado pela perspectiva de manutenção das quotas de produção da OPEP e pela queda do dólar para o valor mais baixo de sempre face à moeda europeia.

    Em Nova Iorque, o West Texas Intermediate (WTI) [Cot], seguia a valorizar 1,04% para 101,93 dólares, depois de ter atingido uma nova marca recorde de 102,08 dólares. No mercado londrino, que serve de referência para as importações nacionais, ganhava 0,63%, depois de ter tocado no recorde de 100,53 dólares.

    A contribuir para a escalada dos preços da matéria-prima está a queda do dólar para o valor mais baixo de sempre, no câmbio contra o euro. A divisa europeia seguia em alta de 0,69%, tendo chegado a negociar em nível recorde ao ser transaccionada nos 1,5088 dólares.

    Esta desvalorização do dólar face à moeda da Zona Euro está a levar os investidores a retirarem aplicações dos mercados de capitais, que atravessam um período conturbado, e a investir nas matérias-primas, nomeadamente, o petróleo, aproveitando a diferença cambial.

    Além da queda do dólar, a impulsionar os preços está também a perspectiva da Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) não vir a aumentar as quotas de produção, apesar dos preços recorde.

    Fonte: Jornal de Negócios
    http://www.jornaldenegocios.pt/default.asp?Session=&CpContentId=312224
     
    Collapse Signature Expand Signature
  2. Mário Barros

    Mário Barros
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    18 Nov 2006
    Mensagens:
    12,479
    Local:
    Cavaleira (Sintra)
    Isto vai acabar como em 1929 o problema é que quando o Estados Unidos se constipam o mundo inteiro fica tambem doente....pão e água é bom acaba-se logo com os obesos...o que nos vale é que o frio não tem sido MUITO persistente porque quando isso acontecer o petroleo chega aos 200 dolares ou nessa altura já nem o á andamos á luz das velas.
     
  3. Gilmet

    Gilmet
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    12 Dez 2007
    Mensagens:
    8,738
    Local:
    Mira-Sintra (188 m)
    Eu ainda sou do tempo em que o barril de petroleo custava cerca de 30 dólares, ou por aí...

    Agora... já passa dos 100... quero ver onde isto chega...:(

    Ora aqui vai, o actual valor Euro-Dólar... o Euro tem valorizado nos ultimos dias...

    [​IMG]
     
    Collapse Signature Expand Signature
  4. AnDré

    AnDré
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    22 Nov 2007
    Mensagens:
    10,248
    Local:
    Arroja, Odivelas (142m)
    :D:D:D Ia agora mesmo falar disso Gil!
    Antecipaste-te!:D

    Euro bate novo recorde face ao dólar

    Frankfurt, Alemanha, 27 Fev (Lusa) - O euro bateu hoje um novo recorde nas primeiras horas de negociação do mercado de câmbios de Frankfurt depois de ter ultrapassado terça-feira a fasquia dos 1,50 dólares.


    Às 07:40 (hora de Lisboa), a divisa europeia valia 1,5045 dólares, acima dos 1,4884 de terça-feira à tarde.

    Em Londres o euro atingiu às 07:30 o valor de 1,5055 dólares, depois de na terça-feira ter passado a barra simbólica dos 1,50 dólares e ter subido de tarde até 1,5047 dólares.

    As razões da subida da cotação do euro FACE ao dólar prendem-se com os bons resultados económicos na Europa e a debilidade da economia norte-americana.

    A inesperada subida da confiança empresarial na Alemanha este mês reforçou também a apreciação da moeda europeia.

    O recorde histórico do euro face à nota verde situa-se em 1,5058 dólares.

    O Banco Central Europeu (BCE) fixou terça-feira o câmbio oficial do euro em 1,4874 dólares.

    CM

    Lusa/Fim
     
    Collapse Signature Expand Signature
  5. AnDré

    AnDré
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    22 Nov 2007
    Mensagens:
    10,248
    Local:
    Arroja, Odivelas (142m)
    Bem, é a nossa sorte. Se o euro se lembra de descer face ao dolar então aí sim, a Europa, e em especial o nosso país plantado à beira mar, mergulha numa crise económica sem precedentes!:(:(
     
    Collapse Signature Expand Signature
  6. ppereira

    ppereira
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    18 Dez 2007
    Mensagens:
    327
    Local:
    Lisboa/Guarda
    calma meus senhores,
    não entremos já em desespero.
    o Brent já está outra vez abaixo dos 100 $

    isto tem muita expeculação
    se nos EUA a economia adoecer, arrastará as restantes e arrastará o preço do barril para valores mais normais.

    de qualquer forma, em crise andamos nós à 6 anos, por isso estamos mais bem preparados que os outros países:lmao:
     
  7. Minho

    Minho
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    6 Set 2005
    Mensagens:
    4,091
    Local:
    Melgaço
    Ainda se lembram das subidas de combustível que eram tão raras que quando havia uma ia o pessoal logo a correr para as bombas encher o depósito? :lmao:
     
    Collapse Signature Expand Signature
  8. Rog

    Rog
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    6 Set 2006
    Mensagens:
    4,515
    Local:
    Norte Madeira (500m)
    A cotação actual, já está acima dos $100
    Cotação de hoje:
    [​IMG]


    Cotação dos últimos anos, como podem ver não tem muitos anos que o barril andava pela casa dos $20
    [​IMG]


    Cotação do Euro nos últimos anos:
    [​IMG]
     
    Collapse Signature Expand Signature
  9. Rog

    Rog
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    6 Set 2006
    Mensagens:
    4,515
    Local:
    Norte Madeira (500m)
    Uma vez no ano que ocorria a subida, e de apenas alguns escudos...:lol:
    Hoje é sempre a subir, e a liberalização dos combustíveis não trouxe assim tantos benefícios para o consumidor, como muito se apregoava na altura.
     
    Collapse Signature Expand Signature
  10. Rog

    Rog
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    6 Set 2006
    Mensagens:
    4,515
    Local:
    Norte Madeira (500m)
    Neste momento não é "se adoecer", porque parece que já tem sintomas e preocupantes, em 5 anos desvalorizou face ao Euro cerca de 0,50€ é muito...

    2003: US$100 = 100€
    2008: US$150 = 100€

    Sem falar nas despesas militares, entre as várias intervenções internacionais que deram, no que todos nós sabemos...
     
    Collapse Signature Expand Signature
  11. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
    Fala-se muito das gasolineiras, dos produtores de petróleo, do Bush ou do Chavez, mas quem mais ganha com a alta do petróleo são os Estados, principalmente os europeus, onde os impostos sobre os combustíveis variam entre os 60 e 70% como em Portugal, podendo mesmo chegar aos 80% nalguns países nórdicos. São uma excelente forma de arrecadar dinheiro dos contribuintes culpando a conjuntura, os americanos, os árabes ou outros quaisquer. Se estes Estados se podem dar ao luxo de por cada € de gasolina 0,70€ serem impostos é porque os preços actuais não são preocupantes do ponto de vista macroeconómico, se fossem não teriam outra alternativa se não a de baixarem os impostos para amortecer o aumento do petróleo.

    O preço do petróleo esteve durante algumas décadas artificialmente baixo para o recurso finito que é e isso prejudicou muito o aparecimento de outras energias alternativas. Só muito recentemente (há poucos meses) é que foi ultrapassado o máximo que foi alcançado nos anos oitenta se não estou em erro, isto calculando os preços ajustados à inflação. E fazendo as contas em Euros se calhar ainda não ultrapassámos os máximos dessa altura (contando com a inflação).

    Na minha opinião o petróleo caro na casa dos 100-150USD tem muitas vantagens, preços mais altos forçam um aumento da eficiência energêtica e da poupança e viabilizam outras formas de energia. Fomenta o uso de transportes públicos, transporte de mercadoria por ferrovia e diminui por exemplo também as idas ao café de automóvel apesar deste distar apenas uns 50 metros.

    Todos os dias vejo muita energia a ser mal gasta. Enquanto isso suceder quer dizer que a energia/combustiveis ainda são muito baratos.
     
  12. AnDré

    AnDré
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    22 Nov 2007
    Mensagens:
    10,248
    Local:
    Arroja, Odivelas (142m)
    Apesar de compreender a dor que é chegar a uma bomba de gasolina, gastar 50€ e não conseguir encher o depósito, estou totalmente de acordo contigo Vince. ;)
     
    Collapse Signature Expand Signature
  13. Diogo.lis.vpa

    Diogo.lis.vpa
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    18 Dez 2007
    Mensagens:
    279
    Local:
    Vale de Figueira
    Partilho a mm dor do vince, e a opiniao do andré -.-,mas tambem acho um abuso demora meses pra descer ate aos 1,35 e em 2 dias passa pra 1,41 ...:surprise:
     
  14. psm

    psm
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    25 Out 2007
    Mensagens:
    1,509
    Local:
    estoril ,assafora
    boa tarde.
    concordo com o que o vince escreveu.
    só queria lembrar o forum para lembrar de quando é que esta crise começou?
    é para lembrar de uns inspectores de armas que foram a um determinado pais que por azar tinha petroleo e que havia paises a explorar esse mesmo(alemanha,frança,china,russia) é muito estranho:huh::lmao::huh::lmao::w00t:
    á e outra coisa.tanta especulação.
     
    Collapse Signature Expand Signature
  15. henriquesillva

    henriquesillva
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    13 Dez 2007
    Mensagens:
    496
    Local:
    Guimarães
    Na minha modesta opinião, isto é "trabalho" de especuladores;
    Há sempre uma justificação paras as subidas, ou uma plataforma do Mar do Norte que se incendiou, ou a procura dos Chineses e Indianos ou....
    Mas quanto a descer, aí é outra estória, mesmo quando se descobre
    grandes jazidas, como aquela recente no Brasil.
    :angry::angry::angry:
     
    Collapse Signature Expand Signature

Partilhar esta Página