É possível localizar a fronteiras das Placas Tectónicas em PT

Tópico em 'Sismologia e Vulcanismo' iniciado por fablept 24 Ago 2013 às 22:00.

  1. fablept

    fablept
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    12 Nov 2008
    Mensagens:
    1,060
    Local:
    Ponta Delgada - Açores
    Boas.

    A fronteira das placas Euroasiática e Africana passa pelos Açores, inclusive em vários modelos que encontrei, passa mesmo por baixo da cidade em que habito (Ponta Delgada - Ilha de S.Miguel).

    Tive a ler e o movimento destas duas placas é considerado ultra lento a comparar com outras zonas, mas mesmo assim é capaz de deixar algumas marcas visíveis do movimento ao longo de décadas, séculos.

    [​IMG]

    Sabem dizer se o movimento destas placas em S.Miguel pode deixar marcas? E como identificá-las?

    Exemplo. Falha de S. Andrea (EUA)
    [​IMG]
     
    Collapse Signature Expand Signature
  2. MSantos

    MSantos
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    3 Out 2007
    Mensagens:
    6,685
    Local:
    Figueira de Castelo Rodrigo (650m)
    Não percebo grande coisa do assunto mas provavelmente quanto mais lento é o movimento menos sinais serão visíveis à superfície, sendo o movimento ultra lento como disseste provavelmente não encontras grandes sinais dessa deslocação, mas posso estar redondamente enganado, esperamos por mais opiniões. ;)
     
    Collapse Signature Expand Signature
  3. fablept

    fablept
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    12 Nov 2008
    Mensagens:
    1,060
    Local:
    Ponta Delgada - Açores
    Finalmente encontrei a imagem que explica bem o movimento das placas nos Açores.

    [​IMG]

    Não sei até onde o Rift da Terceira se extende, mas falam em 3mm/a ou 5mm/a e a comparar com a movimentação de outras zonas, ex: 40/60 mm/a na falha de St Andreas, é considerado ultra lento.

    Mas se num certo local a movimentação da junção das placas fosse uns estáveis 3mm/a, ao fim de 100 anos, teria um movimento de 30 cm..não seria possível verificar visualmente esse impacto numa estrutura?

    O que não falta por exemplo nos Açores são muros de pedra centenários, o problema é que os muros em si, não são muito direitos.

    Tambem não percebo muito do assunto e a informação sobre este assunto na internet é praticamente nula.
     
    Collapse Signature Expand Signature
  4. fablept

    fablept
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    12 Nov 2008
    Mensagens:
    1,060
    Local:
    Ponta Delgada - Açores
    Isso são tudo boas infos :)

    Mas falei na falta de informação sobre como localizar visualmente a fronteira entre duas placas tectónicas. Talvez num dos cortes da construção recente da via rápida Sul PDL-Vila Franca seja possível verificar.

    Seja como for a minha ideia é construir um "creepmeter" para registar o movimento das placas. Chamam-se "creep events" quando a placa se desloca, por vezes alguns mm´s numas horas e depois abranda o movimento, no total o movimento pode durar durante umas semanas..estes eventos tambem são chamados como "sismos lentos". Ao colocar um "creepmeter" entre as duas placas num certo ângulo é possível registar esses eventos e fazer um cálculo anual. Mas para saber se consigo arranjar uma localização para instalar um instrumento desses, preciso de saber onde é a fronteira das placas.
     
    Collapse Signature Expand Signature
    lserpa gostou disto.
  5. AzoreanShark

    AzoreanShark
    Expand Collapse
    Cirrus

    Registo:
    13 Mar 2012
    Mensagens:
    61
    Local:
    Açores
    Este é daqueles temas quentes para os geólogos dos Açores. Existem uns quantos modelos, uns semelhantes, outros que até colocam uma microplaca de Marrocos à mistura. O limite inferior da dita microplaca açoriana, que a delimita da africana/núbia, é algo complicado de se definir.
     

Partilhar esta Página