Franceses vão construir novo satélite meteorológico

Tópico em 'Media' iniciado por Rog 25 Mar 2010 às 13:10.

  1. Rog

    Rog
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    6 Set 2006
    Mensagens:
    4,515
    Local:
    Norte Madeira (500m)
    [​IMG]

    Um consórcio liderado pela empresa francesa Thales Alenia Space ganhou o concurso para a construção de um novo satélite meteorológico. O concurso foi lançado pela Agência Espacial Europeia (ESA) e está avaliado em 1,3 mil milhões de euros.

    O sistema Meteosat Third Generation (MTG) é composto por seis satélites, com o primeiro lançamento previsto para 2016. Os responsáveis do consórcios vencedor e da própria agência europeia salientam que, com o MTG, é esperada uma mudança radical na capacidade de previsão do tempo. "Estes satélites devem melhorar dramaticamente a qualidade dos dados meteorológicos e estou convencido de que vamos ver a diferença nas previsões meteorológicas", afiançou Volker Liebig, responsável da ESA.

    O MTG vai parecer-se mais como uma plataforma standard de telecomunicações. Além disso, as imagens vão ter uma resolução bem maior, capturando detalhes tão pequenos como se estivessem a uma distância de 500 metros. Para melhorar esta capacidade de recolha de informação, os novos satélites vão aumentar o tempo em que estão a olhar para a Terra.

    Outra das inovações face às anteriores gerações de satélites meteorológicos prende-se com o envio das informações recolhidas para a Terra. Com os sistema de terceira geração, os dados vão chegar aos computadores centrais em apenas dois minutos e meio.

    Além disso, os novos satélites vão fornecer melhores aviso de fenómenos de precipitação extrema. E terão uma capacidade reforçada para estudar a química da atmosfera terrestre, monitorizando o comportamento de gases como o dióxido de azoto e dióxido de enxofre.

    Apesar do anúncio público do consórcio vencedor, a ESA reserva ainda uma última fase para negociar um preço final com o grupo de empresas liderado pela Thales Alenia Space, com o objectivo de concluir o acordo em Junho. Caso as negociações não decorram de forma satisfatória, a Agência Espacial Europeia reserva-se o direito de abordar a Astrium, consórcio preterido no concurso.

    fonte: http://dn.sapo.pt/inicio/ciencia/interior.aspx?content_id=1525123&seccao=Tecnologia
     
    Collapse Signature Expand Signature
  2. Knyght

    Knyght
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    10 Mai 2009
    Mensagens:
    2,013
    Local:
    Madeira - Funchal
    Muito bom! Mas até que o sistema esteja a funcionar correctamente deveremos esperar uns 10 anos no minimo, aponto para 2020 a essa data já eu vou estar no centro da minha idade :(
     
    Collapse Signature Expand Signature

Partilhar esta Página