Guerra na Líbia

Tópico em 'Off-Topic' iniciado por David sf 19 Mar 2011 às 21:46.

  1. David sf

    David sf
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    8 Jan 2009
    Mensagens:
    3,512
    Local:
    Oeiras / Portel
    http://aeiou.expresso.pt/eua-lancam-primeiros-misseis-contra-a-libia=f638758

    O objectivo da resolução 1973 aprovada pelo conselho de segurança da ONU na quinta feira, é, segundo os media, tomar todas as medidas para proteger civis, incluindo a adopção de uma zona de exclusão aérea.

    Hoje as notícias referem o bombardeamento de tanques do exército líbio a 50 km de Benghazi, a cidade mais próxima. Não creio que estivessem a atacar civis. Nem a voar. Portanto, e apesar do texto ser um pouco ambíguo, duvido que a acção de hoje esteja dentro da legalidade.

    Por outro lado:

    http://www.publico.pt/Mundo/minuto-a-minuto-eua-lancam-misseis-sobre-a-libia_1485716?p=2

    Afinal o objectivo já não é proteger os civis, mas sim tomar partido pelo lado dos rebeldes:

    http://eskup.elpais.com/*revueltasenelmundoarabe2011

    De repente lembro-me disto:



    Tudo isto apoiado pelo prémio Nobel da paz. Uma pergunta: se o presidente dos EUA fosse Bush, McCain ou a maluca da Sarah Palin, o centro esquerda europeu engoliria os argumentos que levaram a esta intervenção tão facilmente? Com tantos jornalistas, câmaras de telemóvel, twitters, ainda não se viu nenhuma imagem do "massacre". Vêem-se mortos, o que infelizmente é natural numa guerra civil, mas "massacres populares" ou "violenta repressão de manifestantes desarmados" ainda não vi.

    Ainda hoje vimos um avião militar a despenhar-se em Benghazi após ter sido abatido. Dizia-se que pertencia à facção de Kadhafi, e que violara a zona de exclusão aérea. Mas afinal:

    http://www.elpais.com/articulo/inte...rdean/Libia/elpepuint/20110319elpepuint_7/Tes

    A comunicação social segue os acontecimentos de forma totalmente parcial, exemplos de hoje:


    www.elpais.com

    Os partidários de Kadhafi que se manifestam são escudos humanos. Os manifestantes revoltosos que enchiam as ruas de Benghazi durante o avanço das forças governamentais não o eram.

    http://eskup.elpais.com/*revueltasenelmundoarabe2011

    Os soldados de Kadhafi são mercenários. Os rebeldes combatentes pela liberdade. Esses democratas, liderados por antigos ministros de Kadhafi, que durante décadas não repararam que estavam num governo ditatorial, queimaram o parlamento, esquadras da polícia, mataram soldados líbios, deixando-os enforcados à entrada das cidades. Se manifestantes pegassem fogo ao Eliseu ou ao Capitólio, não seriam reprimidos?

    Entretanto ontem morreram 50 pessoas no Yemen. Ninguém disse nada. No Bahréim foram presos manifestantes pacíficos. Obama pediu contenção, ou seja que lhes batam devagarinho. Na Costa do Marfim há mais de 400 mortos após a vitória eleitoral de Ouattara. Apesar de haver forças da ONU nesse país nada é feito.

    PS: Kadhafi é ditador, não tem legitimidade democrática. É uma questão interna da população líbia lutar pela liberdade de escolha dos seus governantes. A legitimidade democrática de Kadhafi é hoje exactamente igual à que tinha quando era bajulado pelos líderes ocidentais.
    Quando se diz que a Líbia era um país fechado, tal é completamente mentira. A televisão por satélite tinha mais de 700 canais internacionais, entre os quais a CNN e a Fox. A internet era livre, exceptuando o youtube que foi posto offline nos dias que antecederam a revolta porque havia um vídeo de um dos filhos de Kadhafi numa festa com álcool e prostitutas.
    A Líbia é o país africano com melhores índices de desenvolvimento. Não é só por ter petróleo, outros também o têm e vivem miseravelmente.
     
    #1 David sf, 19 Mar 2011 às 21:46
    Editado por um moderador: 21 Set 2014 às 03:58
  2. Mário Barros

    Mário Barros
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    18 Nov 2006
    Mensagens:
    12,479
    Local:
    Cavaleira (Sintra)
  3. Knyght

    Knyght
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    10 Mai 2009
    Mensagens:
    2,013
    Local:
    Madeira - Funchal
    http://visto.blog.pt/2011/03/21/templarios-do-ouro-negro/

     
    Collapse Signature Expand Signature
  4. David sf

    David sf
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    8 Jan 2009
    Mensagens:
    3,512
    Local:
    Oeiras / Portel
    Desculpem estar em espanhol, mas acho que se percebe:

    http://blogs.elpais.com/aguas-internacionales/2011/03/y-si-los-buenos-no-son-tan-buenos.html#more
     
  5. Gerofil

    Gerofil
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    21 Mar 2007
    Mensagens:
    8,554
    Local:
    Estremoz (401 metros)
    Embora seja adapto da liberdade e da tolerância, assusta-me a demagogia do Ocidente (incluindo os governos portugueses) que lida com duas medidas e dois pesos. Quando ocorreu o massacre da população tamil, no Sri Lanka, nunca se ouviu falar numa intervenção da ONU.
    Para mim, o Ocidente revela o que tem de pior nesta situação da Líbia. Não é com armas que o mundo árabe um dia irá sujeitar-se às regras do Ocidente.
    Infelizmente. A guerra veio para ficar, por muitos e longos anos.
     
  6. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    4,705
    Local:
    Porto
    Esta guerra revela a hipocrisia de muitos líderes do Ocidente. Sarkozy terá recebido dinheiro de Kadafi para financiar a sua campanha eleitoral, o filho do actual líder líbio até já ameaçou divulgar os documentos que compravam os pagamentos. Berlusconi também tinha negócios com a Líbia.

    Os opositores saíram, em parte, do governo de Kadafi. Parece que só agora se lembraram que o país tinha uma ditadura.

    O Islão político pede a cabeça de Kadafi. Os líderes religiosos dizem que o ditador líbio não segue as regras do Corão nem a sharia.

    O Ocidente está embevecido com a libertação do povo líbio. Ingénuos. A população líbia é a marioneta de diferentes interesses económicos, políticos e religiosos que se estão a pôr à prova na Líbia, tal como sucedeu, por exemplo, na guerra civil espanhola ou em diferentes guerras em África ao longo do século XX.

    Eu pergunto-me a quem interessa agora trazer o Islão para o poder e tramar Israel? Quem lucrará com isso? Quiçá, a resposta já circule por aí...
     
  7. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    4,705
    Local:
    Porto
    Sobre o que se passou no Cairo, enerva-me o que se disse no nossos país, até por gente de quem esperava algo mais, como Mário Soares: que aquela multidão era pelo laicismo, não queria Islão, queria democracia e não estava contra Israel!

    Ora o que se sabe, a verdade que por aí circula em vídeos é outra, houve palavras de ordem contra Israel, uma praça inteira a rezar, frases de louvor a Alá por todos ecoadas, em suma, nada de laicismo, nada de amizades com Israel!
     
  8. algarvio1980

    algarvio1980
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    21 Mai 2007
    Mensagens:
    7,132
    Local:
    Olhão (24 m)
    Mais uma guerra. Será que Obama merece mesmo o prémio nobel da paz?

    1º Afeganistão, 2º Iraque agora a Líbia, estes países ganharam alguma coisa com a guerra?

    Qual será o próximo a seguir à Líbia?

    Porquê protegem tanto Israel e não vêem as atrocidades que eles cometem ao povo palestiniano?

    Depois, queixam-se que o Ocidente sofre atentados como o 11 de Setembro em Nova Iorque ou o 11 de Março em Madrid. Ainda pouco sofremos com as atrocidades que cometemos neste mundo. Mas um dia, o Ocidente será derrotado e ficará na história.
     
    Collapse Signature Expand Signature
  9. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    4,705
    Local:
    Porto
    E as atrocidades que o povo palestiniano comete? E os atentados aos direitos humanos que se vivem dentro dos territórios palestinianos? Desses ninguém fala?
     
  10. Knyght

    Knyght
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    10 Mai 2009
    Mensagens:
    2,013
    Local:
    Madeira - Funchal
    Os palestianos são os que foram ocupados, não o contrário!!!!
     
    Collapse Signature Expand Signature
  11. jonhfx

    jonhfx
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    26 Set 2008
    Mensagens:
    409
    Local:
    Madeira-Calheta
    Guerra é Guerra, má seja lá onde for e contra quem quer que seja, quem sofre infelizmente é sempre os mesmos.
    Deixo aqui o Link com noticias actualizadas ( ponto de vista de opositores ao regime de Kadafi)
    http://www.libyafeb17.com/
     
    Collapse Signature Expand Signature
  12. MiguelMinhoto

    MiguelMinhoto
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    25 Jan 2007
    Mensagens:
    2,573
    Local:
    Lagoa - Ilha de S.Miguel Açores
    Dessas ainda falam! Não falam é daquelas que Israel comete e tem cometido ao longo destes anos, ainda por cima com a "benção" ocidental. Lá por terem passado pelo holocausto julgam-se intocaveis.
    Quando rebenta uma bomba em Israel é terrorismo. Quando fazem raides aereos e terrestres dentro da palestina e matam civis é ação militar.
     
    Collapse Signature Expand Signature
  13. DRC

    DRC
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    15 Set 2008
    Mensagens:
    1,528
    Local:
    Póvoa de Santa Iria
    Meia centena de mortos em Mishrata

    Na Líbia, não há notícia de bombardeamentos das forças da coligação esta terça-feira, mas há testemunhas da morte de pelo menos 48 pessoas, na cidade de Mishrata, durante um ataque das forças pró-Kadafi. Os números foram revelados por um membro do comité dos cuidados médicos do lado rebelde.

    Mais a leste, unidades rebeldes rumaram para Ajdabiya onde a partir dos arredores tencionam recuperar o controlo da cidade que tinha sido reconquistada pelas forças fiéis ao regime.

    As ações das forças aliadas permitiram aos insurgentes recuperar terreno e posições após estarem muito perto da derrota na semana passada.

    Mais uma vez, entre os alvos da coligação esteve uma coluna de tanques das forças líbias que se dirigia para Bengasi, o bastião dos insurgentes.

    As forças da coligação bombardearam pela terceira noite consecutiva estruturas da defesa antiaérea e posições do exército regular líbio nos arredores de Bengasi

    Retirado do site da: Euronews
     
  14. Knyght

    Knyght
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    10 Mai 2009
    Mensagens:
    2,013
    Local:
    Madeira - Funchal
    Começo a achar que não existe números corretos em nenhum dos lados...
     
    Collapse Signature Expand Signature

Partilhar esta Página