Indústria automóvel

Tópico em 'Ciência Geral, Tecnologia e Energia' iniciado por Gerofil 17 Nov 2015 às 01:50.

  1. Gerofil

    Gerofil
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    21 Mar 2007
    Mensagens:
    8,554
    Local:
    Estremoz (401 metros)
    Volkswagen

    A Volkswagen (VW) é uma empresa alemã pertencente ao Grupo Volkswagen. É a maior fabricante de automóveis e tem sua sede na cidade de Wolfsburgo, Baixa Saxónia, na Alemanha.
    O Grupo Volkswagen, além da marca Volkswagen, é também proprietário das marcas Audi, Bentley, Bugatti, Ducati, Lamborghini, Seat, Porsche, Skoda, MAN e Volkswagen Caminhões, e Scania. Em março de 2011, a Volkswagen adquiriu o segmento comercial da Porsche, por 3,3 mil milhões de euros, tendo assim o direito de negociar e operar pela marca "Porsche", fazendo com que a Volkswagen fique mais próximo à fusão com a "PHS" (Porsche Holding Salzburg).
    Em julho de 2011, a Volkswagen, que já era o maior acionista do Grupo MAN SE, elevou a sua participação para 55,9% das ações, consolidando-se como acionista majoritário. Em abril de 2012, a Volkswagen, por intermédio da Audi, anunciou o compra da fabricante italiana de motos Ducati, aumentando a rivalidade com a BMW também no segmento de motos esportivas.
    A Volkswagen também patrocina alguns eventos desportivos, como o Rali Dakar, a Seleção Argentina de Futebol, a Seleção Neozelandesa de Futebol e a Seleção Russa de Futebol, além da Academia do David Beckham. Também patrocinou os Jogos Olímpicos de Verão de 2008 e patrocina o time alemão VfL Wolfsburg.
    Em 2015, a VW viu-se envolvida num enorme problema após a descoberta de que os seus veículos a diesel, e de outras empresas do grupo, contém um elemento, fabricado pela Bosch, que reconhece o momento em que passa por um teste de emissão de poluentes para, somente durante os testes, diminuir estas emissões. Durante o uso comum, estes automóveis superam até 40 vezes o limite máximo estabelecido pela legislação estadunidense. O acontecimento causou a saída do presidente da marca. A própria Volks veio a público assumir que 11 milhões de seus veículos estariam adulterados e que o fato não se devia a um pequeno grupo de gestores, mas de ao menos 30 deles.

    Fonte: Wikipédia (Adaptado)
     
    algarvio1980, StormRic e CptRena gostaram disto.
  2. Gerofil

    Gerofil
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    21 Mar 2007
    Mensagens:
    8,554
    Local:
    Estremoz (401 metros)
    Grupo VW divulga a lista de motores com consumo e CO2 excessivos

    A Volkswagen emitiu um comunicado em que divulga os modelos do grupo por si identificados com excesso de emissão de dióxido de carbono (CO2) e, por conseguinte, consumo de gasóleo ou gasolina acima do publicitado aos clientes. No lado dos diesel estão afectados os motores mais representativos, 1.4 TDI, 1.6 TDI e 2.0 TDI, em vários níveis de potência. A gasolina emite mais que o anunciado o 1.0 TSI de 115 cv, entre outros.

    Clique aqui para ver a lista
     
    StormRic e CptRena gostaram disto.
  3. Gerofil

    Gerofil
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    21 Mar 2007
    Mensagens:
    8,554
    Local:
    Estremoz (401 metros)
    "Atentados de Paris? Acidentes rodoviários causam 30 vezes mais mortes"

    Os atentados ocorridos em Paris na passada sexta-feira continuam na ordem do dia. Da política, ao desporto, da cultura às artes, muitas personalidades têm dado a sua opinião sobre a tragédia que se abateu sobre a capital francesa. Jean Todt, presidente da federação Internacional do Automóvel também falou do que aconteceu em Paris mas de forma surpreendente. Todt, que é francês, lembrou que há mais gente a morrer nas estradas.
    "Já deram conta de que o número de pessoas que morrem em acidentes rodoviários é muito superior ao número de pessoas que morreu em Paris? Cada dia que passa morrem 3.500 pessoas nas estradas. É 30 vezes mais que o número de pessoas assassinadas nos atentados de Paris", disse o dirigente francês este sábado no Brasil, durante os treinos do Grande Prémio de Fórmula 1, para surpresa dos jornalistas.
    Apesar da chamada de atenção Todt deixou claro que as vítimas dos atentados de Paris seriam homenageadas. "Já havíamos decidido um minuto de silêncio pelas vítimas dos acidentes nas estradas, mas é claro que não podemos ignorar o que se passou em Paris", disse o presidente da FIA.

    SAPO DESPORTO
     
    StormRic e CptRena gostaram disto.
  4. dahon

    dahon
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    1 Mar 2009
    Mensagens:
    800
    Local:
    Viseu(530m)/Coimbra
    O senhor Jean Todt tem desculpa(not), pois já são muitos anos a inalar gases poluentes, desde os ralis com a Peugeot na época dos monstros do Group B até aos anos na Ferrari (F1), já não se pode levar de forma séria o que ele diz. Entre ele, Blatter e Bernie Eccleston venha o diabo e escolha.
     
    StormRic, MSantos e CptRena gostaram disto.

Partilhar esta Página