Monitorização Clima Global e Teleconexões 2010

Tópico em 'Climatologia' iniciado por Vince 1 Jan 2010 às 23:00.

Estado do Tópico:
Fechado para novas mensagens.
  1. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
    Mantemos-nos com El-Niño moderado/forte, mas já passámos o Pico que foi em Dezembro passado.
    Os modelos prevêem que enfraqueça gradualmente até ao final da Primavera (do hemisfério norte) passando o ENSO a neutral no Verão

    [​IMG]

    [​IMG]





     
  2. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
    Ao contrário da percepção geral, Janeiro foi um mês quente a nível global. Se na Euroásia e partes dos EUA houve frio e nevões significativos, a temperatura da água nos Oceanos balançou o frio continental, uma mistura que não será alheia aos muitos nevões significativos neste Janeiro com frio continental e humidade oceânica. Nas medições de temperatura por satélite da baixa troposfera foi mesmo o Janeiro mais quente desde que há registos (32 anos). O El Nino e La Nina tem enorme impacto na temperatura global da baixa troposfera medida por satélite, quer nas anomalias negativas, quer nas positivas, e os meses que rodeiam o pico destes ciclos tendem a ser os mais quentes ou mais frios nas medições por satélite. O pico deste El Nino terá sido em meados/finais de Dezembro.


    Medições Superfície (com interpolação)

    GISS

    [​IMG]


    NOAA/CPC

    Temperatura
    [​IMG]

    Precipitação
    [​IMG]


    Medições Satélite (baixa troposfera)

    UAH:

    [​IMG]
    (Gráfico de Roy Spencer)

    [​IMG]
     
  3. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
    Temperatura global em Fevereiro. As medições por satélite continuam a mostrar um mês quente a nível global provocado pelo El Nino, o 2º Fevereiro mais quente desde os registos satélite (o mais quente foi Fevereiro relacionado com o "super" El Nino de 1998) apesar dum Inverno significativamente frio nalgumas zonas do hemisfério Norte. A AO (oscilação árctico) negativa parece ter impedido que todo este calor se distribuísse normalmente para os pólos.


    Medições Superfície (com interpolação)

    GISS

    [​IMG]



    Medições Satélite (baixa troposfera)

    UAH:
    Nota: O método de cálculo deste mês já foi feito com uma nova versão da UAH para corrigir alguns problemas detectados.

    [​IMG]
    (Gráfico de Roy Spencer)
     
  4. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
    A fase negativa conjunta NAO e AO é a maior desde que há registos (1950), que além de frio e chuva nuns locais, levou calor a outros, como por exemplo um registo histórico de anomalia positiva no mês de Fevereiro da água no Atlântico a sul do stormtrack, sobretudo a sul/sudoeste das Canárias e Cabo Verde, devido ao regime de ventos.


    Anomalia SST em Fevereiro

    [​IMG]


    Pressão atmosférica Inverno 2009/2010 versus Normal 1968/1998

    [​IMG]


    Anomalia Vento

    [​IMG]

     
  5. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
  6. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
    Oscilação Atlântico Norte (NAO)

    [​IMG]


    Oscilação Ártico (AO)

    [​IMG]
     
  7. Gerofil

    Gerofil
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    21 Mar 2007
    Mensagens:
    8,554
    Local:
    Estremoz (401 metros)
    Re: Há mesmo aquecimento Global?

    Maio foi o mês mais quente de que há registo

    O mês de Maio foi mês mais quente desde que há registo no planeta Terra. Portugal não foi excepção, registando até uma onda de calor entre os dias 17 e 23.
    O mês de Maio foi o mais quente desde que há registo, de acordo com a NOAA, equivalente ao Instituto de Meteorologia em Portugal. É o 303º mês seguido mais quente na média global do século XX. “Desde Fevereiro de 1985, cada mês tem sido mais quente do que a média do século XX”, disse Deke Arndt, chefe da monitorização climática do NOAA, por telefone a partir de Asheville, Carolina do Norte, à agência Reuters.
    A maioria dos países do mundo sentiu diferenças nas temperaturas, com mais incidência na parte oriental da América do Norte, no Brasil oriental, na Europa oriental, no sul da África, na Rússia oriental e na África equatorial. A província chinesa de Yunnan registou o mais quente mês de Maio desde 1951, assim como em Ontario, Canadá.
    Também em Portugal Continental, o mês de Maio teve temperaturas elevadas. Entre os dias 17 e 23, foi registada uma onda de calor em algumas zonas do país, nomeadamente em alguns locais no litoral e em parte do Alentejo. No final de Maio, o número de dias com temperaturas máxima igual ou superior a 25ºC e a 30ºC foi superior ao valor normal. No Continente, a temperatura média do ar foi superior ao valor médio registado entre 1971e 2000, com mais 0,6ºC.
    A precipitação ocorrida neste mês foi inferior ao normal (36,3 mm) , com anomalia de -34,9mm, apontando-o assim como um mês seco a normal em Portugal continental.
    A nível mundial, e tendo em conta apenas a temperatura global média, o período entre Março e Maio aparece como o mais quente jamais registado. As temperaturas dos oceanos à superfície, nesse mesmo período, colocam-no como o segundo mais quente de sempre, depois de 1998. Além dos registos de um mês de Maio mais quente que o normal, as temperaturas à superfície bateram recordes – para o calor na terra e nos oceanos – nos períodos de Março a Maio e de Janeiro a Maio, segundo dados da organização.
    A combinação da temperatura da Terra com a dos oceanos, à superfície, para Maio foi de 15,46ºC, acima da média do século XX, que era de 14,8ºC. A temperatura à superfície da Terra em Maio foi de 12,15º C, que é 1,04ºC acima da média do século passado – o mais quente já registado.
    A tendência de aquecimento global a longo prazo, tendo em conta que o gelo do mar Árctico está a diminuir, assim como a quantidade de neve que cobre a Terra, vai ao encontro da ciência que defende as mudanças climáticas, acrescenta Arndt. Vários cientistas do clima acreditam que a superfície da Terra está a aquecer, em parte devido às emissões de gases com efeito estufa, incluindo dióxido de carbono.

    Vera Rodrigues

    JN
     
  8. SocioMeteo

    SocioMeteo
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    11 Fev 2010
    Mensagens:
    530
    Local:
    Seixal
    Re: Há mesmo aquecimento Global?

    Por o que tenho conhecimento a temperatura Media mensal do mes de Maio na cidade de Lisboa foi de 17,5º graus em Lisboa e no Porto de 16,5º graus julgo q os valores estão dentro dos valores normais sentidos neste mes os valores de precipitação em Lisboa foi de cerca de 30 mm e no Porto de 50 mm temos então um mes de Maio semi-humido em Lisboa e húmido no Porto. Tivemos de facto uma vaga de calor entre os dias 18-25 de Maio que se estabilizou em toda a Europa Ocidental Portugal, Espanha, França, Inglaterra ate á Noruega devido ao posicionamento do anticiclone dos Açores de referir que em Londres no dia 24 de Maio a temperatura foi de 28ºgraus em Paris no dia 25 de 29º graus em Bordeaux (cidade q tal e qual como o Porto ou Leiria também sempre 1 ou 2 meses secos e n é por isso que deixa de ter um clima temperado atlântico) de 31º Graus para dizer q n é só em Portugal que faz calor e reforçar a ideia q o território português está sujeito as mesmas massas de ar que a Europa Atlântica mais que da Europa Mediterrânica. Existiu essa vaga de calor de facto mas de referir que entre 5-15 de Maio tivemos dias relativamente frios no Porto nos dias 5 e 11 as temperaturas baixaram aos 4º e 5º graus em Lisboa aos 9º no dia 10 de Maio registou-se precipitação em forma de neve no alto da serra da Estrela, isto para dizer o quê que no meu ponto de vista e olhando apenas para estes valores o mes de Maio encontra-se dentro dos normativos sentidos nos anos anteriores e mais se olharmos para trás vemos que os meses de Inverno foram bem chuvosos e com temperaturas medias baixas particularmente os meses de Fevereiro e Março tivemos sempre com Baixas pressões o mes de Abril também foi chuvoso o que nos indica que até a data este ano tem sido um ano com valores altos de precipitação o que é bom e com valores de temperatura não exageradamente elevadas, até este mes de Junho ate á data e já estamos no dia 17 temos tido temperaturas não exageradamente elevadas e tivemos em todo o território de Portugal continental mas especialmente a Norte e centro do pais na semana passada dias de forte precipitação o que também irão trazer de novo um mes de Junho como um mes húmido e semi-humido em muitas regiões não só no Norte e centro do pais mas também a centro-sul do pais. O que neste 1º semestre do ano se pode concluir é que essas teses alarmistas de que Portugal vai se tornar num pais semi-árido etc. pelo menos neste ano não está a ter validade nenhuma e mais se entrarmos no campo da especulação eu tenho a forte convicção que olhando para o anticiclone dos Açores que anda um pouco estranho julgo q pode na Europa Ocidental acontecer o Inverso ou seja o Anticiclone dos Açores se posicionar cada vez mais a sul e a Europa Ocidental ter um aumento considerável da precipitação e abaixamento das temperaturas e por sua vez um aumento da temperatura e redução da precipitação na Europa a Oriental como maior influencias de massas de ar continentais como aconteceu neste Inverno onde em Janeiro na Grécia, Chipre, etc., existiu uma vaga de calor onde se registaram valores de 26º,27º em pleno mes de Janeiro nesses países mas como disse é só uma convicção. Que o aquecimento global existe sim pois os valores assim o demonstram o que acho é que os seus efeitos não vão ser assim tão catastróficos como se diz por ai... Como demonstra esta notícia do JN pura notícia especulativa e catastrófica típica dos média.

    Cumps
     
  9. Gerofil

    Gerofil
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    21 Mar 2007
    Mensagens:
    8,554
    Local:
    Estremoz (401 metros)
    Re: Há mesmo aquecimento Global?

    Maio seco e com onda de calor - O mês de Maio, em Portugal Continental, foi caracterizado por valores baixos de precipitação e por um período quente entre 17 e 23 de Maio, durante o qual se registou, em muitos locais do litoral e parte do Alentejo, uma onda de calor. Assim, no final do mês, o número de dias com temperatura máxima superior ou igual a 25ºC e a 30ºC foi superior ao valor normal.
    Desta forma, no continente, o valor médio da temperatura máxima do ar foi superior ao valor médio 1971-2000 (com anomalia de +0.6ºC), enquanto os valores médios da temperatura média e mínima do ar foram próximos da normal (com anomalia de +0.3ºC e -0.2ºC, respectivamente).
    Relativamente ao valor de precipitação ocorrida em Maio (36.3mm), este foi inferior ao valor da normal 1971-2000 (anomalia de -34.9mm), classificando-se como um mês seco a normal no continente. Relatório Mensal do Clima aqui.

    INSTITUTO DE METEOROLOGIA
     
  10. Kispo

    Kispo
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    17 Ago 2008
    Mensagens:
    188
    Local:
    Monte Abraão, Queluz (195m)
    La Niña às portas; as temperaturas deverão começar a descer a nível global no próximo semestre.

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]
     
  11. Kispo

    Kispo
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    17 Ago 2008
    Mensagens:
    188
    Local:
    Monte Abraão, Queluz (195m)
    A queda das temperaturas já deu início:

    Passagem a La Niña, continuação de actividade solar baixa até ao momento e talvez alguma actividade vulcânica a surgir a médio prazo (estou-me a lembrar do katla tendo em conta registos do passado Eyjafjallajokull-Katla), podem vir a baixar significativamente as temperaturas a nível global. Mas isto sou apenas eu a falar :P

    Junho (UAH)

    [​IMG]
     
  12. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
    http://www.cpc.ncep.noaa.gov/products/analysis_monitoring/enso_advisory/ensodisc.html
     
  13. Gerofil

    Gerofil
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    21 Mar 2007
    Mensagens:
    8,554
    Local:
    Estremoz (401 metros)
    Re: Há mesmo aquecimento Global?

    Enquanto o verão no hemisfério norte se tem mostrado verdadeiramente quente em vastas regiões, o inverno austral deste ano tem marcado impiedosamente temperaturas frequentemente abaixo dos 80 ºC negativos … :cold:
     
  14. 1337

    1337
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    26 Jun 2010
    Mensagens:
    1,534
    Local:
    Ponte de Lima (centro)
    80 negativos????:surprise::surprise::surprise::surprise:
    tas a falar na antartida?xD
     
Estado do Tópico:
Fechado para novas mensagens.

Partilhar esta Página