Nissan Leaf 100% eléctrico eleito o carro europeu do ano 2011

Tópico em 'Off-Topic' iniciado por ecobcg 29 Nov 2010 às 15:58.

  1. ecobcg

    ecobcg
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    10 Abr 2008
    Mensagens:
    4,508
    Local:
    Sitio das Fontes e Carvoeiro (Lagoa - Algarve)
    in DE


    Com um preço de 30.000€, ainda estará muito caro, mas daqui a poucos anos esse preço deverá baixar, com mais marcas de automóveis a adoptarem este tipo de solução.

    Não fosse o preço e considerava seriamente a aquisição deste carro, pois para a rotina diária casa-trabalho-casa, serve perfeitamente!:thumbsup:

    http://www.nissan.pt/?cid=pselectri...kw=nissan_leaf#vehicles/electricvehicles/leaf
     
  2. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
    Temo que esse carro se venha a tornar mais um pesadelo para as nossas finanças públicas para fins de propaganda. Qualquer pessoa que perceba um pouco disto, carros eléctricos, sobretudo das graves limitações das baterias, sabe que esta geração de carros eléctricos ainda não é aquela que fará a revolução que todos ansiosamente aguardamos. Nos últimos 2 ou 3 anos estive convencido que era desta, mas depois de ver as especificações finais, quer do Leaf, quer do Volt, percebi que se calhar temos infelizmente que esperar ainda mais 10 ou 20 anos para isso. É muito bom que se vá apoiando o sector, compreendo isso, mas o nosso país com umas miseráveis contas públicas, se calhar está longe de ser o país ideal para isso... há cada vez mais pessoas sem emprego e com fome e se calhar não devíamos gastar dinheiro em "gadgets"... só para aparecer nas estatísticas e artigos de jornal como sendo um país brilhante.

    Na prática o que vai acontecer é que por cada desses carros comprado, com preço só ao alcance dos ricos, esse carro não só não paga impostos (menos receita para o Estado) como recebe um subsidio (impostos suportados por todos) que é pago por todos nós. Ou seja, os pobres que andam de Corsa, Fiat e Clios a pagar fortunas em impostos (imposto automóvel, circulação, combustíveis, etc) é que vão subsidiar o "brinquedo" que só o rico pode comprar. E a propaganda gabar-se-á disso, das fantásticas vendas destes carros, de Portugal ser um país "modelo" e "moderno". Já vimos isso mesmo em relação a certas energias renováveis que hoje já se percebeu que são apenas um negócio multimilionário para certos grupos económicos.

    Tenho grandes esperanças num futuro menos poluído com carros eléctricos, mas daquilo que sei, ainda não são estes.
     
  3. ecobcg

    ecobcg
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    10 Abr 2008
    Mensagens:
    4,508
    Local:
    Sitio das Fontes e Carvoeiro (Lagoa - Algarve)
    Vince, concordo em parte com aquilo que dizes, principalmente no que toca aos subsídios que o Estado dará, mas julgo que nesta altura, essa será a forma para iniciar a comercialização generalizada deste tipo de veículos. Há que começar de alguma forma, e atendendo aos custos ainda elevados destas novas tecnologias, terão que haver incentivos nesta fase inicial, para a população começar a aderir a este tipo de veículos.

    Pelo que vi, o Estado atribuirá, até 2012, 5.000€ aos primeiros 5000 veículos comprados, ou seja, o Estado irá despender 25 milhões de euros em subsidios a estes veículos (fora os impostos não pagos). É um valor elevado, concordo, mas resta saber se será ou não um bom "investimento" por forma a incentivar a compra destes carros, incentivando também uma cada vez maior procura e consequente maior produção dos mesmos, o que se traduziria, a médio prazo, na redução do preço dos mesmos.

    Acaba por ser, se calhar, uma questão de timing, pois esta altura de crise não será a melhor para atribuir grandes subsídios.

    Quanto às questões técnicas das baterias, referes que estas ainda não serão funcionais. Não estou muito por dentro desse pormenores, podias explicar melhor porque tens essa opinião?
     
  4. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
    A bateria tem supostamente uma autonomia de 160km, mas em condições perfeitas, quando nova. Com o tempo vai perdendo capacidade, provavelmente em menos tempo que os 8 anos da garantia nem metade dos quilómetros terá de autonomia. E a bateria é a parte mais cara do carro, 15 mil € sem impostos.
    Também há dúvidas do que acontecerá às baterias em climas quentes, como é o nosso no Verão nalgumas regiões. Provavelmente degradam-se ainda mais.
    Não me parece atractivo, acho que ainda não é esta a aposta, provavelmente faz mais sentido apostar nos híbridos nos próximos 10 anos até que haja maiores progressos nas baterias.
     
  5. ecobcg

    ecobcg
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    10 Abr 2008
    Mensagens:
    4,508
    Local:
    Sitio das Fontes e Carvoeiro (Lagoa - Algarve)
    Um desenvolvimento que poderá ser muito interessante:

    http://www.naturlink.sapo.pt/article.aspx?menuid=20&cid=29779&bl=1
     
  6. MSantos

    MSantos
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    3 Out 2007
    Mensagens:
    6,688
    Local:
    Figueira de Castelo Rodrigo (650m)
    Quase de certeza que daqui a 20 anos todos os carros vão se eléctricos ou utilizar outra tecnologia amiga do ambiente, mas neste momento os carros eléctricos ainda têm muito que evoluir muito para serem uma boa opção;)
     
    Collapse Signature Expand Signature

Partilhar esta Página