Radar brasileiro será usado em operação na Indonésia

Tópico em 'Off-Topic' iniciado por Gerofil 17 Mai 2007 às 22:48.

  1. Gerofil

    Gerofil
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    21 Mar 2007
    Mensagens:
    8,554
    Local:
    Estremoz (401 metros)
    O governo da Indonésia contratou a empresa brasileira OrbiSat da Amazônia para realizar, no prazo máximo de 60 dias, todo o sensoriamento remoto e o mapeamento geográfico do território de Kalimantan, ex-Bornéu. O trabalho vai custar US$ 2 milhões e começa em julho.

    Será o primeiro emprego do sistema da radares e sensores OrbiSAR-RFP, produzido pela empresa, de São José dos Campos. O equipamento, aerotransportado, não exige aviões especializados. Os vôos estarão sob a responsabilidade da OrbiSat. O levantamento pretendido cobrirá uma área levemente superior a 30 mil km². A tecnologia InSar, contida no sistema, foi utilizada em projetos de sensoriamento remoto do Brasil e da Venezuela. O diretor da OrbiSat, João Moreira, acredita que "a operação na Indonésia estará concluída até fevereiro de 2008". O radar, afirma, "é o mais avançado do mercado, capaz de produzir informações com rapidez e custo baixo". O OrbiSar emite ondas eletromagnéticas para gerar imagens sem interferência. É capaz de originar dados de superfície durante a noite, sob chuva ou através de nevoeiro. Operando com duas freqüências, nas bandas X e P, fornece a altura da copa das árvores. O recurso é adequado à definição da formação do solo em locais de vegetação densa.

    Segundo João Moreira, "o governo da Indonésia vai receber dados referentes a biomassa, ao tipo de cobertura do terreno pesquisado e do escoamento das águas". Esse material resultará na confecção de mapas da rede hidrológica, de transportes, do uso da terra, e do cadastramento urbano/rural.

    Fonte: Mundo Virtual - Último Segundo
     

Partilhar esta Página