Seguimento Rios e Albufeiras - 2010

Tópico em 'Seguimento Meteorológico' iniciado por Vince 1 Jan 2010 às 11:50.

  1. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
  2. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
    Albufeira da barragem de Alqueva nunca esteve tão cheia


    [​IMG]


     
  3. trovoadas

    trovoadas
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    3 Out 2009
    Mensagens:
    1,739
    Local:
    loule-caldeirao
    Realmente é de facto impressionante essa reviravolta e a maioria das pessoas nem imagina o que isso significa para a vida dos milhares de pessoas que dependem desse rio(Guadiana) e não só em relação ao rio mas a toda a região onde a água era necessária numa questão de vida ou de morte como era o caso de todo o Alentejo, Ribatejo, Algarve, Estremadura Portuguesa e Espanhola e Andaluzia.
    Em relação ao rio Guadiana, estive em Badajoz no dia 29 de Dezembro e o caudal era impressionante semelhante a um Douro enraivecido como aquele a que nos habituamos a ver no Peso da Régua ou na Baixa do Porto. E para aqueles que pensam: "olha que novidade é um rio depois de muita chuva" digo esqueçam esse censo comum pois o Guadiana é um rio cada vez mais fustigado pela seca e onde situaçõe dessas tendem a ser motivos de festa e quase dignos de marcação de feriados nacionais em ambas as nações.
    Com isto só tenho a dizer, venha mais chuva e que o Alqueva "rebente pelas costuras".
     
  4. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
    http://dn.sapo.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=1461302
     
  5. AnDré

    AnDré
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    22 Nov 2007
    Mensagens:
    10,251
    Local:
    Arroja, Odivelas (142m)
    Ontem de manhã, um dos afluentes espanhois do rio Douro encontrava-se assim:

    [​IMG]

    À tarde, da Guarda à Covilhã, via-se água a descer por todas as encostas da serra.

    A 15km da Norte de Castelo Branco (na A23), o cenário era este:

    [​IMG]

    Curiosamente, o rio Tejo na zona de Abrantes, nem tinha tanta água quanto isso.
    Segundo os dados do INAG, o volume de água em Almorol até está a baixo da média. O que deve significar que o Tejo internacional continua "internacional", com a água toda do lado de Espanha.
     
    Collapse Signature Expand Signature
  6. Mário Barros

    Mário Barros
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    18 Nov 2006
    Mensagens:
    12,479
    Local:
    Cavaleira (Sintra)
    Alqueva atinge novo máximo

    A albufeira do Alqueva atingiu ontem novo recorde de água armazenada. Em 24 horas, o nível subiu 15 centímetros, fixando-se na cota 150,62 – a 1,4 metros do máximo (cota 152). No sábado, registava 150,47 metros.

    O valor máximo de armazenamento tinha sido estabelecido a 8 de Março de 2007, com 150,13 metros. Mas a chuva que tem caído em toda a região banhada pela albufeira levou o nível da água a subir aquela marca.

    Nas últimas monitorizações registadas em Dezembro pelo Instituto da Água, o maior lago artificial da Europa – com uma área inundável de 25 mil hectares – encontrava-se a 85,6% da capacidade total de armazenamento. Em Novembro estava a 77,2 %.

    CM
     
  7. AnDré

    AnDré
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    22 Nov 2007
    Mensagens:
    10,251
    Local:
    Arroja, Odivelas (142m)
    Os Espanhois voltaram a abrir as comportas ao Guadiana.
    É impressionante o volume de água que o rio leva neste momento.


    [​IMG]

    Mais do que a soma do caudal do Tejo em Almourol e o caudal do Douro em Miranda do Douro.
     
    Collapse Signature Expand Signature
  8. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
    Zona histórica de Évora sem abastecimento de água

     
  9. AnDré

    AnDré
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    22 Nov 2007
    Mensagens:
    10,251
    Local:
    Arroja, Odivelas (142m)
    Às 20h de ontem a cota da barragem do Alqueva era de 151,37m. Estava apenas a 0,63m do limite máximo (152m).
    E a essa hora, o caudal afluente à barragem era de 1683m3/s.
    Um valor extremamente elevado.


    Em Almourol, o caudal do Tejo ultrapassou a meio da tarde os 1000m3/s. Ainda assim um valor "normal" para o rio, zona e época do ano em que estamos.

    A norte o Douro em Miranda do Douro, manteve-se estável o dia todo, também na casa dos 1000m3/s.
     
    Collapse Signature Expand Signature
  10. David sf

    David sf
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    8 Jan 2009
    Mensagens:
    3,514
    Local:
    Oeiras / Portel
    Aqui: http://www.publico.pt/Sociedade/chuva-de-dezembro-garante-ano-sem-restricoes-ao-uso-de-agua_1416641
     
  11. ecobcg

    ecobcg
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    10 Abr 2008
    Mensagens:
    4,508
    Local:
    Sitio das Fontes e Carvoeiro (Lagoa - Algarve)
    retirado de Barlavento Online
     
  12. Mário Barros

    Mário Barros
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    18 Nov 2006
    Mensagens:
    12,479
    Local:
    Cavaleira (Sintra)
    Barragem do Alqueva atinge cota máxima pela primeira vez

    A albufeira da Barragem de Alqueva, no Alentejo, atingiu hoje, pela primeira vez, a capacidade máxima, tornando-se o maior lago artificial da Europa, e iniciou descargas controladas, revelou fonte da empresa gestora do projecto

    A chuva que tem caído nas últimas semanas na região banhada pela albufeira, situada no rio Guadiana, levou o nível de água armazenada a atingir hoje a cota máxima de 152 metros, entre as 14h e as 15h, segundo as medições da Empresa de Desenvolvimento e Infra-estruturas do Alqueva (EDIA).

    Trata-se de um volume de água armazenada de 4.150 hectómetros cúbicos e que corresponde ao nível de pleno armazenamento à cota de 152 metros, um metro abaixo do nível de máxima cheia para que albufeira está preparada, precisa a empresa.

    Segundo a EDIA, as afluências de água que continuam a registar-se em Alqueva e as previsões meteorológicas para os próximos dias levaram a empresa a decidir abrir hoje à tarde as comportas da barragem para «libertar algum caudal».

    A EDIA mantém «descargas controladas, através dos descarregadores de meio fundo, permitindo, desta forma, que a capacidade de encaixe continue com folga suficiente para fazer face a eventuais subidas nas afluências».

    Após a abertura de comportas em Alqueva, também a barragem de Pedrógão, situada a 23 quilómetros a jusante, está a descarregar para o rio Guadiana, «prevendo-se que o caudal do rio se mantenha alto nos próximos dias».

    «Todas estas acções, já previstas, estão a ser articuladas com os Serviços de Protecção Civil, que acompanham e monitorizam as operações», garante a EDIA.

    O enchimento à cota máxima, frisa a EDIA, «corresponde ao cumprimento do primeiro objectivo do projecto Alqueva: a constituição de uma reserva estratégica de água, com capacidade para fazer face a três anos consecutivos de seca, com garantia de disponibilidade para abastecimento público, agricultura e produção de energia».

    A encher desde 8 de Fevereiro de 2002, quando se fecharam as comportas, Alqueva já é o maior lago artificial da Europa, com uma área inundável de 250 quilómetros quadrados e cerca de 1.100 quilómetros de margens.

    Lusa / SOL
     
  13. Chingula

    Chingula
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    16 Abr 2009
    Mensagens:
    326
    Local:
    Lisboa
    Lembro-me de opositores da construção desta barragem dizerem, na comunicação social, que ela nunca encheria...
     
  14. lsalvador

    lsalvador
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    18 Nov 2006
    Mensagens:
    1,180
    Local:
    Alhos-Vedros / Tomar
    Tomar, Rio Nabão

    "TOMAR - Apesar da chuva, não há risco de cheias

    A forte precipitação que tem ocorrido nas últimas horas colocou o distrito sob alerta para eventuais cheias, um pouco como acontece, aliás, em todo o país, onde a chuva apenas se limita a dar pequenas folgas. No que diz respeito a Tomar, a Protecção Civil está precavida para qualquer eventualidade apesar de, na parte da manhã, já terem sido visíveis alguns transtornos, nomeadamente em Carvalhos de Figueiredo, uma situação já recorrente.

    O vereador Luís Ferreira fez, para a Hertz, o ponto de situação: «Não é normal que chova tanto em tão pouco tempo e foi esse o problema, principalmente, nesta manhã de terça-feira. Por exemplo, o nível do Agroal aumentou em cerca de 50 cm apenas no espaço de duas horas. Houve registo para um conjunto de lençóis de água por dificuldade de drenagem das valetas e com alguns pequenos entupimentos, nomeadamente junto à Galp, em Carvalhos de Figueiredo, uma situação que já é recorrente e que só ficará resolvida com o projecto que iremos executar durante os próximos anos, ou seja, a requalificação do troço da Nacional 110». Está previsto que até às 20 horas, o Nabão recebe um maior volume de água. Questionado sobre uma possível cheia na zona da Levada, Luís Ferreira garante que tal não irá acontecer: «Foram abertas as comportas laterais da Levada por forma a ganhar encaixe para a água que vai chegar a Tomar, nomeadamente desde as 18 até às 20 horas». Fonte Radio Hertz 2010-01-12 18:17:44"
     
    Collapse Signature Expand Signature
  15. trovoadas

    trovoadas
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    3 Out 2009
    Mensagens:
    1,739
    Local:
    loule-caldeirao
    Boa informação!!!! Realmente achava estranho a barragem do Arade estar sempre a 60-70% no final do Inverno, pensava que estava a haver um enorme défice de precipitação naquela bacia, algo estranho pois os afluentes da barragem a meu ver dão para encher duas barragens iguais.
    E depois choram sempre que a barragem todos os anos vai abaixo dos 20%, e vá de activar os furos do aquífero Querença-Silves para a rega.
     

Partilhar esta Página