Sismo de 28 de Fevereiro de 1969

Tópico em 'Sismologia e Vulcanismo' iniciado por Mário Barros 28 Fev 2012 às 17:03.

  1. Mário Barros

    Mário Barros
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    18 Nov 2006
    Mensagens:
    12,479
    Local:
    Cavaleira (Sintra)
    Faz hoje 43 anos que ocorreu o sismo de 28 de Fevereiro de 1969, o que causou danos mais importantes no século passado a seguir ao sismo de Benavente de 1909. Teve epicentro na zona do Goringe e sentiu-se em todo o país mas os maiores danos foram no Algarve, como Lagos, Vila do Bispo e Aljezur entre outros, causando 13 mortos, embora apenas 2 devido aos efeitos directos do sismo. Foi o último sismo a provocar danos importantes e vítimas em Portugal continental, com uma intensidade de 7.3 (embora varie entre os 6,5 e os 7,5 conforme diferentes estudos/autores).

    Capas de jornais da época.

    [​IMG]


    Artigos da altura, com testemunhos de pessoas que vivenciaram o sismo.

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    Uma reportagem da RTP tambem com testemunhos de pessoas que viveram o sismo.

    http://tv1.rtp.pt/noticias/index.php?article=175305&tm=8&layout=122&visual=61

    Fotos de estragos.

    [​IMG]

    [​IMG]

    Vila do Bispo

    [​IMG]

    [​IMG]
     
    ecobcg gostou disto.
  2. Gilmet

    Gilmet
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    12 Dez 2007
    Mensagens:
    8,738
    Local:
    Mira-Sintra (188 m)
    Mais algumas informações.

    Fonte: https://sites.google.com/site/cemallagos/jose-carlos-vasques/lagos-e-a-instabilidade-sismica



    Fonte: http://aventar.eu/2010/01/22/sismo-1969-a-cor-do-medo/
     
    Collapse Signature Expand Signature
  3. Lightning

    Lightning
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    25 Jul 2008
    Mensagens:
    3,984
    Local:
    Corroios
    A USGS atribuiu a este sismo uma magnitude de 8.0 na escala de Richter e segundo a mesma fonte, este terá ocorrido às 02:40h da madrugada, o que coincide com as informações publicadas acima pelo Mário. É ainda de referir que deu-se a uma profundidade de 22 quilómetros.


    CAT: NOAA
    YEAR: 1969
    MONTH: 02
    DAY: 28
    ORIG TIME: 0240
    LAT: 36.00
    LONG: -10.50
    DEP: 22
    MAGNITUDE: 8.0
     
  4. Snifa

    Snifa
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    16 Abr 2008
    Mensagens:
    7,153
    Local:
    Porto-Marquês:145 m Mogadouro:749 m
    Mais um relato da época:

    Lisboa, 28 de Fevereiro de 1969

    Grande tremor de terra. A casa onde costumo ficar sempre que venho a Lisboa fazer exames situa-se perto do Jardim Zoológico, de modo que, e derivado à gritaria dos animais em pânico, despertámos, em susto, perto das quatro da madrugada, antes do abalo sísmico propriamente dito. Parecia o fim do mundo. O Weber de Mendonça e o Ormonde de Aguiar, meus velhos amigos e antigos companheiros de República, açorianos de gema, um de São Jorge, o outro da Ilha Terceira, têm sido os meus anfitriões na capital. São ambos médicos e trabalham na Maternidade Alfredo da Costa e no Hospital de Santa Maria, respectivamente. Quando, segundos depois, principiou o terramoto, as paredes e o chão sacudindo-se como um cão molhado, ouviu-se primeiro um cavernoso rugido rolando debaixo da terra que se veio aproximando em crescendo e se prolongou por não sei quantos segundos do tamanho de séculos e que teve o condão de me paralisar quase completamente. Ao tentar com muito custo acender o candeeiro da mesinha-de-cabeceira, a luz ainda fez um clarão, mas logo se extinguiu, o que tornou o ambiente ainda mais tétrico e mais fúnebre. Já o Weber andava aos gritos pela casa, como nos bons tempos de patrão branco (Pakeló) da República, ordenando à marinhagem que tivesse calma e se comportasse como bons açorianos habituados a estes coices da Natureza e eu de gatas pelo quarto à procura dos sapatos e da roupa para me vestir, sem conseguir arredondar uma palavra. Além do mais, tinha de ir, dentro de escassas horas, fazer prova oral de Literatura Alemã III, a minha última disciplina do plano de curso. Saímos para a rua. Metemo-nos no automóvel do Ormonde e encaminhámo-nos para o aeroporto. Pelo caminho, fomos encontrando as cenas mais inconcebíveis e rocambolescas: gente nua ou em trajes menores correndo a bom correr não sei para onde. Só depois de estarmos há algum tempo no restaurante do aeroporto, uma ampla sala sustentada por colunas, é que o Weber se lembrou de que, dentro de quatro paredes e sob um tecto, correríamos perigo, se por acaso viessem réplicas, o que era muito provável. E saímos de novo, desta vez para percorrermos de automóvel as ruas de Lisboa até amanhecer. Pelas oito da manhã já me encontrava na cidade universitária. O exame oral iniciou-se à hora marcada. O júri, composto por dois professores e uma professora, foi compreensivo. Via-se-lhes pela cara que estavam tresnoitados como eu. Mas ninguém ousou falar do tremor de terra. Depois de o professor da cadeira me ter elogiado a prova escrita, perguntou-me o que tencionava fazer, agora que tinha terminado as cadeiras do curso de Filologia Germânica. Respondi-lhe que tencionava ainda fazer a tese, mas, entretanto, iria procurar dar aulas num Liceu ou numa Escola Comercial. Deu-me os parabéns e mandou-me em paz. Mal chegar a Coimbra vou matricular-me no seminário de Literatura Americana, dirigido por um Fulbrighter Norte-Americano, Mr. Ronald Weber, a cujas sessões venho assistindo desde Novembro passado. Assim cumpro a palavra dada um dia ao Doutor Paulo Quintela de que me licenciaria pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Afinal de contas, das vinte e sete cadeiras que fiz para concluir o curso, apenas seis foram feitas em Lisboaa.

    Cristóvão de Aguiar, in Relação de Bordo


    http://aguiarconraria.blogsome.com/2007/02/14/lisboa-28-de-fevereiro-de-1969/
     
    Collapse Signature Expand Signature
  5. fablept

    fablept
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    12 Nov 2008
    Mensagens:
    1,061
    Local:
    Ponta Delgada - Açores
    Boas informações :)

    Alguem sabe com que frequência acontecem sismos de grande magnitude naquela zona (Banco de Gorringe)?

    O de 1755 e possivelmente o de 1534 foram nessa zona..
     
    Collapse Signature Expand Signature
  6. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
    Boa recolha de material :thumbsup:
    É sempre importante recordar este eventos pois sabemos que eles vão voltar a ocorrer, só não sabemos quando. E convêm estarmos preparados.
     
  7. Snifa

    Snifa
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    16 Abr 2008
    Mensagens:
    7,153
    Local:
    Porto-Marquês:145 m Mogadouro:749 m
    Ontem na SIC, no programa perdidos e achados, deu uma reportagem sobre o sismo de 28 de Fevereiro de 1969, com alguns testemunhos da época, por acaso tinha gravado para colocar no youtube, mas alguém se antecipou a mim...:D

    Cá fica o video para quem não viu:


    [ame="http://youtu.be/wHpIxPZ17R0"]http://youtu.be/wHpIxPZ17R0[/ame]
     
    Collapse Signature Expand Signature
  8. algarvio1980

    algarvio1980
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    21 Mai 2007
    Mensagens:
    7,148
    Local:
    Olhão (24 m)
    Hoje saiu mais duas notícias sobre este sismo:
     
    Collapse Signature Expand Signature
    CptRena gostou disto.
  9. Microburst

    Microburst
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    10 Set 2009
    Mensagens:
    653
    Local:
    Cacilhas - Almada (60m)
    A minha família materna é originária de Faro, só se mudaram para a Margem Sul do Tejo anos mais tarde e porque o meu avô era Oficial da Armada, e ainda hoje todos reunidos me voltaram a contar de novo histórias dessa noite e das coisas curiosas que antecederam o sismo de há 45 anos.

    De acordo com a minha família, a noite praticamente nunca terá caído pois em Faro havia um brilho alaranjado no céu, soprava um vento morno de Sudoeste, e a partir da meia-noite começaram-se a ouvir "roncos" vindos do mar. Entretanto, e no Verão passado aquando duma visita à capital algarvia, outras pessoas amigas dos meus familiares corroboraram a mesma história, sendo que alguns deles afirmavam mesmo não ter dormido por causa da claridade no céu e do pavor que os roncos no mar lhes causavam. Depois veio o sismo às 03h41 e todos perceberam.
     
    Collapse Signature Expand Signature
  10. Snifa

    Snifa
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    16 Abr 2008
    Mensagens:
    7,153
    Local:
    Porto-Marquês:145 m Mogadouro:749 m
    Interessante relato, por acaso, de todas as pessoas ( aqui da zona Norte) que me relataram esse sismo, todas falavam num tempo algo quente e abafado nessa noite, em termos de ruídos, apenas um ribombar surdo ( em crescendo) breves segundos antes da terra começar a tremer, e depois claro, bastante ruído a acompanhar o sismo.

    Relativamente a esses relatos da zona de Faro, é possível ocorrerem esses roncos ( a partir da meia noite ) tanto tempo antes do sismo ( 03:41 h ) ? Normalmente o ruido surdo ou roncos que antecedem um sismo , apenas se manifestam alguns segundos antes do sismo propriamente dito chegar.

    Será possível, e com horas de antecedência, um sismo dar sinal sobre a forma de ruidos surdos distantes?
     
    Collapse Signature Expand Signature
    CptRena gostou disto.
  11. MSantos

    MSantos
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    3 Out 2007
    Mensagens:
    6,687
    Local:
    Figueira de Castelo Rodrigo (650m)
    As temperaturas abafadas e quentes que relatam não podem estar relacionadas com o sismo, são coisas que não estão de todo relacionadas (sismos & temperaturas).

    Noite abafada e quente quer dizer que estamos em perigo de sismo? :huhlmao:

    Brilho alaranjado no céu? Aurora boreal? :unsure: De qualquer das formas também não está relacionado com o sismo...
     
    Collapse Signature Expand Signature
  12. algarvio1980

    algarvio1980
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    21 Mai 2007
    Mensagens:
    7,148
    Local:
    Olhão (24 m)
    Pode não estar associado mas se perguntares a muitos dos algarvios da orla costeira, todos afirmam o mesmo, tempo abafado, os roncos vindos do mar e a cor esquisita do céu. Os meus avós sempre contaram isso e moravam perto de Moncarapacho.

    Sempre ouvi dizer pelas pessoas mais antigas e ainda hoje se ouve quando o tempo está abafado e morto todos falam que é tempo de sismos, porque será?
     
    Collapse Signature Expand Signature
  13. hurricane

    hurricane
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    11 Nov 2007
    Mensagens:
    469
    Local:
    Bruxelas, Bélgica
    Engraçado! A minha mãe diz exactamente o mesmo e também ela se lembra desse sismo. E sempre que está assim o tempo abafado e morto como dizes, seja verão ou inverno, ela diz que está para vir um sismo!

    Apesar de não ser perito na matéria também não me parece que possa estar relacionado mas em todo o caso é sempre interessante saber a sabedoria popular sobre os fenómenos que nos rodeiam e que passa sempre de geração para geração.
     
  14. MSantos

    MSantos
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    3 Out 2007
    Mensagens:
    6,687
    Local:
    Figueira de Castelo Rodrigo (650m)
    Não nego que estivesse uma noite quente e abafada, mas isso não se pode relacionar com os sismos, os sismos não estão relacionados com o clima atmosférico, ocorrem sismos em todos os tipos de clima e com todas as temperaturas. :)
     
    Collapse Signature Expand Signature
    Gil_Algarvio gostou disto.
  15. SpiderVV

    SpiderVV
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    26 Ago 2010
    Mensagens:
    4,859
    Local:
    Portalegre / Lisboa
    Mesmo aqui no interior esse sismo foi sentido com grande intensidade, não tenho muitos relatos mas pelo que sei eram panelas a cair de prateleiras e o chão a tremer com muita intensidade, e chegou a abrir um buraco no quintal de uma casa. Não sei de detalhes, só me falaram em buraco, obviamente deverá ser algo pequeno, mas causado pela força do sismo (talvez desabamento).
     
    Collapse Signature Expand Signature

Partilhar esta Página