Sonda Dawn, viagem ao asteróide Vesta e planeta-anão Ceres

Tópico em 'Astronomia' iniciado por Albifriorento 8 Jul 2011 às 14:04.

  1. Albifriorento

    Albifriorento
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    4 Dez 2010
    Mensagens:
    425
    Local:
    Castelo Branco
    Está prevista a chegada da missão Dawn ao asteróide proto-planetário 4 Vesta para o próximo dia 16 de Julho do corrente ano.

    Esta missão continuará depois em direcção do planeta anão Ceres.

    O objectivo desta missão, a primeira á cintura de asteróides entre Marte e Júpiter, é estudar os asteróides e os proto-planetas que orbitam essa zona do sistema solar, e compreender a formação, e diferenciação dos planetas.

    Mais informação neste endereço.
    http://dawn.jpl.nasa.gov/
     
  2. Albifriorento

    Albifriorento
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    4 Dez 2010
    Mensagens:
    425
    Local:
    Castelo Branco
    Parece que a sonda já entrou em órbita de Vesta, mas vai continuar a queimar combustível até sensivelmente Agosto, altura em que a Órbita em torno de Vesta estará estabilizada dando início á missão cientifica... Como a sonda ainda está a queimar combustível as únicas fotos obtidas até ao momento são as fotos de navegação, obtidas para orientar a nave em direcção ao asteróide... de acordo com o FAQ da missão, http://dawn.jpl.nasa.gov/mission/faqs.asp, a quantidade de fotografias divulgadas deverá nessa altura subir de uma por semana para uma por dia.

    http://dawn.jpl.nasa.gov/feature_stories/spacecraft_to_enter_asteroid_orbit.asp
     
  3. adiabático

    adiabático
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    19 Nov 2007
    Mensagens:
    304
    Local:
    Lumiar
    No outro dia vi o asteróide Vesta ao telescópio. Com uma magnitude aparente de 5,52 deveria mesmo ser visível a olho nú, em boas condiçoes de visibilidade. Está na constelação do Capricórnio e não será visível nos próximosdias, devido ao brilho da Lua. Se não estou em erro, Vesta faz a passagem pelo meridiano perto das 23h pelo que, dentro de dias, será um astro para procurar no início da noite.
     
  4. Albifriorento

    Albifriorento
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    4 Dez 2010
    Mensagens:
    425
    Local:
    Castelo Branco
    retirado da wiki...

    Cumps.

    http://dawn.jpl.nasa.gov/feature_stories/spacecraft_enters_orbit.asp
    http://dawn.jpl.nasa.gov/mission/status.asp

     
  5. adiabático

    adiabático
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    19 Nov 2007
    Mensagens:
    304
    Local:
    Lumiar
    Corrigindo o meu post de ontem, a Lua já se encontrava bem afastada pelo que já ontem era possível a observação de Vesta.

    Esta missão da NASA é emocionante - como o são todas as missões interplanetárias que vão, pouco a pouco, mudando a nossa imagem do sistema solar. Nesta momento estão sondas activas na órbita dos planetas Mercúrio, Vénus, Marte, Júpiter, Saturno e agora do asteróide Vesta, está em marcha a New Horizons a caminho de Plutão e de outros corpos da cintura de Kuyper, sendo de assinalar que a Voyager I já atingiu a fronteira do sistema solar e continua activa e a mandar-nos dados cientificamente relevantes, que têm levado a revisões dos modelos que descrevem a interacção do vento solar com o espaço interestelar.
     
  6. Albifriorento

    Albifriorento
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    4 Dez 2010
    Mensagens:
    425
    Local:
    Castelo Branco
    Para aqueles que pensam que Vesta é apenas um calhau perdido no meio do espaço... Devo dizer que é quase tão denso quanto Marte, e é o segundo maior asteróide conhecido (técnicamente é o primeiro, visto que Ceres foi promovido a planeta anão)

    Encontrei esta imagem que o compara com outros asteroides.

    [​IMG]

    E ponho também a mais recente imagem da missão, tirada ontem...

    [​IMG]

    Um dos objectivos da missão, era tentar perceber se o sacana tinha alguma vez atingido equilíbrio hidroestático (compressão por gravidade, gerando dessa forma forma arredondada)... Penso que é óbvio pelas fotos mais recentes, que sim, o sacana está em equilíbrio hidroestático.

    Cumps.
     
  7. adiabático

    adiabático
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    19 Nov 2007
    Mensagens:
    304
    Local:
    Lumiar
    Belíssimo!

    Vesta parece claramente esferóide, todas as deformações paracem ser produzidas por impactos. Deveria ser elevado à categoria de planeta anão!

    :thumbsup:
     
  8. Albifriorento

    Albifriorento
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    4 Dez 2010
    Mensagens:
    425
    Local:
    Castelo Branco
    Concordo plenamente... Vesta juntamente com o asteróide 2 Pallas deveriam ter sido logo classificados como planetas anões devido ao facto de se tratarem de proto-planetas e não de asteróides.

    Já agora uma imagem de 2 Pallas

    [​IMG]
    ... Desculpem a qualidade, mas o hubble não dá mais ;).
     
  9. Albifriorento

    Albifriorento
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    4 Dez 2010
    Mensagens:
    425
    Local:
    Castelo Branco
    Mais fotos...

    http://dawn.jpl.nasa.gov/multimedia/dawn_vesta_image_070911_enhanced.asp
    [​IMG]
    [​IMG]
     
  10. adiabático

    adiabático
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    19 Nov 2007
    Mensagens:
    304
    Local:
    Lumiar
    [​IMG]

     
    #10 adiabático, 29 Jul 2011 às 16:15
    Última edição: 29 Jul 2011 às 16:16
  11. Albifriorento

    Albifriorento
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    4 Dez 2010
    Mensagens:
    425
    Local:
    Castelo Branco
    Rotação de Vesta visto pela sonda Dawn.



    Editado:

    Um video relacionado que achei interessante para colocar aqui.

     
    #11 Albifriorento, 1 Ago 2011 às 20:52
    Editado por um moderador: 21 Set 2014 às 03:52
  12. Albifriorento

    Albifriorento
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    4 Dez 2010
    Mensagens:
    425
    Local:
    Castelo Branco
  13. adiabático

    adiabático
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    19 Nov 2007
    Mensagens:
    304
    Local:
    Lumiar
    http://dawn.jpl.nasa.gov

    A sonda Vesta executou uma manobra em espiral em torno de Vesta, encontrando-se já na primeira de quatro órbitas programadas para a execução do seu programa científico. Nesta órbita deverá completar sete voltas completas ao asteróide e realizar um levantamento fotográfico quase total da sua superfície. Posteriormente deverá navegar para uma órbita mais próxima, onde deverá realizar cerca de 60 voltas ao asteróide e recolher material que permitirá realizar estereomapas da sua superfície iluminada.

    Esta imagem intriga-me já que as crateras não mostram o rebordo enrugado e o fundo plano que vemos, por exemplo, na Lua, nem os característicos rastos radiais de detritos. Poderemos supor, então, duas coisas? Que as crateras que vemos em Vesta são produzidas por objectos de pequena dimensão relativa, que não chegam a liquefazer a superfície, já que o impacto de objecto maior produziria, em vez de crateras, deformações maiores como as que, de facto, se observam e que a gravidade de Vesta teria dificuldade em "aplanar"? E, quanto aos raios de detritos, que a gravidade de Vesta também não é suficiente para provocar a queda da pluma de detritos resultantedo impacto, pelo menos perto da cratera, escapando-se aqueles para o espaço, ou dispersando-se por uma área maior, de modo que não são tão evidentes?

    utra hipótese: as crateras parecem quase de subsidência, como as aberturas de um formigueiro. Será que o material de que é feita a camada superficial do asteróide é brando e permite que um objecto perfure a superfície, ou seja, que faça um buraco profundo de modo que as paredes, lentamente, vão abatendo e os materiais escorregando para o centro?

    [​IMG]
     
  14. Albifriorento

    Albifriorento
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    4 Dez 2010
    Mensagens:
    425
    Local:
    Castelo Branco
    Dúvido, 100kg aqui na Terra, pesam em Vesta cerca de 2,4kg, mesmo uma camada de pó solto a superfície, seria suficiente para reter qualquer objecto depois de este assentar. A única solução para tal acontecer seria que o material á superfície tivesse uma composição similar á encontrada nos desertos aqui na Terra, ou seja, literalmente o pó teria de ter uma superfície limada e não enrugada (como a que é encontrada no leito dos oceanos). Ora se tomar-mos em consideração o rególito da Lua, este é enrrugado e não limado (no programa Apolo grande parte do material Lunar estudado veio literalmente agarrado aos fatos espaciais dos astronautas) podemos deduzir que tal poderá não ser viável em Vesta.
     
  15. adiabático

    adiabático
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    19 Nov 2007
    Mensagens:
    304
    Local:
    Lumiar
    Percebo o teu argumento acerca do peso do material pulverulento em Vesta ser reduzido.

    Entretanto, estive a ler e não me parece haver razão para crer que o material que forma a superfície de Vesta seja mais brando do que o de outros asteróides e planetas rochosos. Terei lido, não me lembro onde, que uma das razões para Vesta ser tão "fácil" de observar (magnitude ~5.6 por esta altura, mais ou menos o seu brilho máximo) comparativamente a outros corpos, como Palas ou Ceres era, para além de se encontrar numa órbita mais interior relativamente à cintura de asteróides, o facto de ter uma albedo de superfície maior. Isso não implica menor densidade, claro, não tem nada a ver, mas na minha fervilhante e amadora especulação inventei uma correlação um tanto abusiva... :)

    Subsiste o facto de que as crateras que se observam são bastante diferentes das da Lua ou dos maiores planetas e luas...

    Poderá dar-se o caso de haver algum tipo de sismicidade em Vesta que ajude o material a caír? Eventualmente, provocada por outros impactos? Neste site: http://www.solarviews.com/eng/vesta.htm lê-se que Vesta tem/teve um interior líquido, ao contrário de outros asteróides. Não me leves a mal esta especulação, não pretendo fazer uma indagação científica, para a qual não estou preparado e só agradeço se entenderem corrigir a minha ignorância com ideias mais fundamentadas. :)
     

Partilhar esta Página