Trópicos expandiram-se 500km para norte e sul nos últimos 25 anos

Tópico em 'Tempo Tropical' iniciado por Vince 4 Dez 2007 às 10:27.

  1. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
    Segundo um estudo a publicar brevemente na Nature Geoscience, a circulação atmosféria associada ao clima e regiões tropicais expandiu-se 500 quilometros para norte e para sul nos últimos 25 anos. Desconhecem-se as causas, se é ou não devido ao aquecimento global ou a algum ciclo natural, pois os modelos globais apesar de preverem alguma expansão, este estudo revela que ela é muito superior ao que indicavam esses modelos.

    (c) National Geographic


    (c) Nature Geoscience
     
  2. Flaviense21

    Flaviense21
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    28 Jan 2007
    Mensagens:
    3,669
    Local:
    Oeiras /Chaves / Vilardevós - GZ
    Bolas! Isso é imenso! Agora entendo pk não chove mais em Portugal! Lisboa fica com a antiga posição de Rabat! :(:(:(

    Quero ir viver pa Lapónia! Junto do Pai Natal! Lá eu era feliz!!!:disgust::disgust::disgust:
     
    Collapse Signature Expand Signature
  3. Dan

    Dan
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    26 Ago 2005
    Mensagens:
    8,529
    Local:
    Bragança (675m)
    A expansão dos trópicos até acaba por ser positiva. Vastas regiões em África passaram a ter mais precipitação, o que evita algumas daquelas crises de fome que afectavam o Sahel.
     
    Collapse Signature Expand Signature
  4. MSantos

    MSantos
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    3 Out 2007
    Mensagens:
    6,687
    Local:
    Figueira de Castelo Rodrigo (650m)
    Mas Portugal ficou sem chuva...:sad:
     
    Collapse Signature Expand Signature
  5. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
    Pois, é o que eles referem no texto, das consequências das depressões poderem ter um trajecto mais a norte e afectarem os niveis de precipitação e clima das latitudes médias, algo de que já se fala há muitos anos a propósito das alterações climáticas em Portugal.

    Resta saber se em contrapartida não haverá um aumento da precipitação convectiva, que sendo irregular e por vezes extrema, poderia contudo equilibrar um pouco as coisas em termos de água no sul do país, mas não por exemplo no interior norte.
     
  6. Gerofil

    Gerofil
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    21 Mar 2007
    Mensagens:
    8,554
    Local:
    Estremoz (401 metros)
    Clima tropical atinge regiões onde não deveria chegar até o século XXII

    Como se as conhecidas conseqüências da mudança climática já não fossem suficientes, agora há a informação de que o clima tropical acelerou sua expansão nos últimos 25 anos, atingindo regiões as quais deveria chegar apenas no próximo século. Este é o alerta feito por especialistas de várias instituições acadêmicas dos Estados Unidos no último número da revista especializada britânica "Nature Geoscience".
    Esta conclusão é fruto de uma análise feita por pesquisadores por meio dos resultados de estudos anteriores, que registraram as variações climatológicas vividas pelo planeta entre 1979 e 2004. Nesse espaço de tempo, as zonas tropicais do planeta se estenderam por cerca de 2,5 graus sobre a latitude da Terra, o que provocou mudanças nas temperaturas atmosféricas, nos ventos e nos níveis de ozônio das regiões agora tropicais.
    "As temperaturas tropicais são consideradas altas e, exceto nas grandes regiões de monção, as variações climatológicas entre os dias e as estações são pequenas se comparadas com os climas extratropicais", comentam os pesquisadores. Acrescentam que "outra característica importante dos trópicos é a prevalência de chuvas nas regiões mais próximas à linha do Equador, o que as diferencia das condições secas apresentadas pelas áreas subtropicais".
    Sobre estas últimas regiões, especificamente, os cientistas lançam outra advertência: com a expansão dos trópicos, as zonas subtropicais estão tendo que se deslocar e já alcançam espaços próximos ao Mar Mediterrâneo, ao norte do México e mesmo zonas da América do Sul onde antes esse clima não era presente. "Uma expansão das áreas tropicais rumo aos pólos pode gerar inclusive condições mais secas para as regiões subtropicais do planeta, tão povoadas, mas podem produzir também um aumento da umidade em outras zonas", dizem os pesquisadores.
    Para eles, "um aumento na extensão dos trópicos faz com que a zona do planeta afetada por tempestades tropicais aumente ou mesmo possa provocar mudanças na direção e na evolução de ciclones".
    Em termos de cartografia e astronomia, a zona tropical do planeta se estende aproximadamente por cerca de 23,5 graus de latitude para norte (delimitada pelo Trópico de Câncer) e para sul (delimitada pelo Trópico de Capricórnio) a partir da linha do Equador, que "corta" a Terra pela metade. Esta divisão geográfica não coincide com a climatológica, pois a identificação das zonas tropicais em termos climáticos é feita mediante padrões de precipitação e de temperaturas na superfície.

    Último Segundo
     

Partilhar esta Página