Ufos/ovnis

Tópico em 'Astronomia' iniciado por Flaviense21 6 Jul 2007 às 22:46.

  1. Flaviense21

    Flaviense21
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    28 Jan 2007
    Mensagens:
    3,671
    Local:
    Oeiras /Chaves / Vilardevós - GZ
    Ha algumas semanas atras vi um documentário que me deixou apreensívo, sobre o chamado Roswell Brasileiro! Há testemunhas, relatos, evidências que ainda hoje o governo Brasileiro nega! Relatos de capturas de seres ainda vivos, o regresso de aliens para resgatar os "colegas" acidentados... Só vendo mesmo! Ví num canal do Cabo chamado Infinito que aborda muitas vezes estes fenómenos que me deixam com pele de galinha!
    Vale a pena ler!

    Caso Varginha!

    Em 13 de janeiro de 1996, o sul do Estado de Minas Gerais voltou a concentrar o rastreamento do espaço aéreo brasileiro. O país ainda não possuía o sistema de satélites que tem hoje e precisava contar com a confirmação cruzada de vários centros de radares para detectar UFOs na região. Os acontecimentos que se sucederiam durante quase toda a semana iniciada naquele dia fazem supor que o local pode ter sido alvo dessa concentração dos sistemas de defesa também noutras ocasiões. Sabe-se que, por razões jamais compreendidas, a não ser pelas superficiais conclusões tiradas por F. Lagarde e Aimé Michel, durante as preferidos e apresentam um índice
    incomum de aparições de objetos voadores não identificados. E não identificados para todos, nos dizeres do saudoso astrofísico Joseph Allen Hynek, como resultado de menos de 10% dos registros, tidos como manifestação real de um fenômeno ainda desconhecido, após as devidas análises que concluam pela maioria de observações de ocorrências naturais e artificiais pouco familiares a observadores desavisados.

    Vigias de empresas privadas, trabalhadores em turnos noturnos, viajantes e diversas outras pessoas observaram que entre Três Corações e Varginha, distantes entre si cerca de 30 km, uma movimentação incomum de viaturas do Exército ocorria pelas rodovias. Ora em caminhões de transporte de tropas, ora em jipes, grupos de soldados armados iam e vinham de Três Corações a Varginha, inclusive em duas ou três viagens num único dia. Soube-se posteriormente que no meio rural de cidades como Itajubá, Pouso Alegre e Lavras, também no sul de Minas Gerais, cidadãos teriam observado animais incomuns até à beira da estrada. Um político tradicional de Itajubá teria observado, com a esposa e filhas, uma espécie de macaco parado próximo a um abrigo e acelerou o automóvel, espantado, quando o veículo se aproximou do animal.

    Essas observações não encontraram confirmação em testemunhos e ficaram isoladas nos depoimentos de seus únicos protagonistas, que podem ter sido influenciados pela grande comoção que a imprensa gerou em torno do Caso Varginha – mesmo que tais pessoas garantam que presenciaram essas supostas criaturas cerca de uma semana antes do dia 20 de janeiro de 1996, data que marcou o caso. Na mesma semana, um médico quase capotou seu automóvel quando algo parecido com “um objeto retangular, com bordas ovaladas” apareceu subitamente sobre o veículo, emitindo luz intensa e calor, ofuscando-o, na estrada asfaltada que liga Três Corações ao trevo da Rodovia Fernão Dias que dá acesso a Varginha.

    Mais info... em:http://www.casovarginha.com.br

    Ver mortes no Zoo
    Tentativas de suborno...
     
    Collapse Signature Expand Signature
  2. Rog

    Rog
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    6 Set 2006
    Mensagens:
    4,515
    Local:
    Norte Madeira (500m)
    Sou muito céptico nestes assuntos.. e normalmente os et's são excessivamente parecidos aos humanos, parecem fruto da nossa evolução, quase que se poderia dizer que também são descendentes do macaco...:rolleyes:
    Estou a satirizar para dizer o seguinte, a evolução na terra tomou as mais variadas formas, se adaptou ao ambiente envolvente da melhor forma, desde os répteis, aves, mamíferos, insectos... as condições seriam um pouco diferentes e a estrutura anatómica seria totalmente diferente. Depois a nível de "sensores" devido à nossa "inteligência" na evolução sacrificamos uns quantos, a visão podia ser melhor chegar do infravermelho ao ultravioleta - animais como a cobra possuem essa capacidade, a audição podia chegar aos infra-sons - como nos elefantes...
    Mas se não temos estes digamos "sensores" é porque acabamos por não precisar deles, porque a inteligência permitiu-nos sobreviver com tácticas sofisticadas de caça por exemplo...
    A estrutura anatomica dos animais actuais não aparece do nada, tem um historial com milhões de anos e faltaria os cataclismos ciclicos da terra, menos uns quantos meteoros, ou vulcões e a história seria outra e os animais seriam de toda certeza outros ou pelo menos com diferenças substânciais.
    Desde que surgiu a vida na terra vejam a quantidade de formas de vida, desde as plantas passando pelos animais... sinseramente qual a probabilidade de idêntica evolução com todos os pormenores que por cá tiveram, nisto inclui uma estrutura de ADN muito parecida, num outro planeta conduzir a um ser muito parecido a nós...
    Isto claro, para nem sequer pegar nas viagens interplanetárias... Mesmo uma viagem à estrela mais próxima Alfa Centauro, fica a 4,2 anos luz.. mas como não é possível viajar à velocidade da luz não poderiamos fazer em cerca de 4 anos, teriamos de ir um pouco mais devagar, o que demoraria ainda assim uns bons milhares de anos, apenas... e para quê? para andarem a se esconder de nós?
    Se se escondem de nós porque andam a passar com os faróis acessos?
    Se são de outro planeta a evolução dotou-os de outras capacidades e possivelmente conseguem ver noutras faixas do espectro.. possivelmente em infravermelho ou ultravioleta.. o que seria rídiculo andarem com luzes exactamente no espectro do visível, mas assim já seria muito suspeito terem uma evolução tão idêntica à nossa que os providenciou de sentidos iguais aos nossos...
    Resumindo e concluindo, acredito na possibilidade de vida em outros planetas, mas não da forma que habitualmente os imaginamos, em alguns planetas podem não passar de seres "básicos" idêntico às bactérias.. ou um pouco mais desenvolvidos mas a forma anátómica não deverá ter nada a ver com tudo o que possamos ter visto... só os animais estranhos às nossas vistas das profundezas dos oceanos dá-nos uma ideia do que a evolução é capaz de produzir...
     
    Collapse Signature Expand Signature
  3. Iceberg

    Iceberg
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    5 Jun 2006
    Mensagens:
    689
    Local:
    Braga
    É muito difícil acreditar que num Universo tão extenso e dificilmente mensurável, o nosso pontinho azul, ainda por cima, num extremo desse mesmo universo, seja o único com vida.

    Simplesmente, não faz sentido, por que razão teríamos nós o privilégio (ou o infortúnio) de sermos os únicos seres vivos em todo o cosmos.

    Porquê? Porquê apenas aqui e em mais nenhum lado ... ?:huh:

    Agora, não quer dizer que sejam como nós, e muito menos como aqueles ET's que nos apresentam nos filmes. Mas também me custa a acreditar que, existindo, seriam apenas bactérias ou microorganismos, ou algas. Também eles (os outros) pensarão que são os únicos, ou talvez outras civilizações se tenham já agregado, enfim, apenas ianda não chegou a nossa vez, e poderá nunca chegar, ou talvez um dia esse encontro aconteça.

    Mas custa muito acreditar (e torna-se mesmo frustante) pensar que somos apenas nós aqui na Terra e mais ninguém em todo o Universo.
    Não concordam ?
     
  4. Flaviense21

    Flaviense21
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    28 Jan 2007
    Mensagens:
    3,671
    Local:
    Oeiras /Chaves / Vilardevós - GZ
    Para mim tudo isto é muito intrigante!

     
    Collapse Signature Expand Signature
    #4 Flaviense21, 8 Jul 2007 às 01:20
    Editado por um moderador: 21 Set 2014 às 04:03
  5. Rog

    Rog
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    6 Set 2006
    Mensagens:
    4,515
    Local:
    Norte Madeira (500m)
    Especialistas: vida extraterrestre pode ser estranha

    A vida extraterrestre pode ser tão estranha a ponto de não ser imediatamente reconhecível, e os cientistas que buscam alienígenas devem procurar formas familiares e também inesperadas, segundo especialistas.
    Eles acham que a atual abordagem da Nasa, de "seguir a água", funciona bem sob a premissa de que em todo lugar a vida é como na Terra - baseada em água, carbono e DNA. Mas a procura pela "vida tal qual a conhecemos" pode acabar ignorando algo exótico, disse uma comissão da Academia Nacional de Ciências dos EUA na sexta-feira.

    "O objetivo do relatório era poder procurar vida em outros planetas e luas com uma mente aberta, e talvez não perder alguma outra forma de vida porque estamos procurando uma forma óbvia", disse John Baross, professor de Oceanografia da Universidade de Washington, em Seattle, que presidiu a comissão, que incluía bioquímicos, cientistas planetários, geneticistas e outros especialistas, que consideraram todas as formas de vida existentes.

    Recentes descobertas de extremófilos - organismos que vivem em condições antes consideradas incompatíveis de calor, frio, escuridão ou contato com substâncias químicas - mudaram as idéias sobre como a vida pode sobreviver.

    Como bioquímico, Baross disse que experiências em laboratório mostram que a água não necessariamente precisa ser a base da vida - seria possível um organismo usar metano, etano, amônia ou até substâncias mais bizarras. "Há muitas teorias sobre o que é vida e o que pode ser um sistema vivo", disse Baross por telefone.

    Atualmente, a principal pista na busca por vida no espaço vem de telescópios que buscam uma assinatura espectral de planetas que possa sugerir a existência de água na superfície. Em Marte, robôs buscam sinais de que há ou houve água.

    "Queríamos na verdade pensar um pouco fora daquela caixa e pelo menos tentar articular algumas das outras possibilidades além da vida água-carbono", disse Baross.

    Toda forma de vida terrestre usa algum DNA ou RNA para codificar a informação básica para sua replicação e mudança, mas talvez existam outras formas que usem um método diferente, diz o relatório.

    A comissão também recomendou que a Nasa volte a olhar para alguns lugares promissores no nosso próprio sistema solar, como Titã e Encelado, que são luas de Saturno, ou mesmo para o caloroso vizinho Vênus.

    "Se você é um bioquímico, Titã é de enorme interesse, porque é uma lua de carbono. Claramente tem alguns lagos ou piscinas de metano ou etano líquidos. Poderia haver reações ocorrendo que seriam favoráveis para a produção de bioquímicos complexos", disse Baross.

    "A exploração que poderia levar a uma nova forma de vida seria a mais profunda descoberta já feita", acrescentou ele, para quem uma tragédia de proporções equivalentes seria tropeçar nessa forma de vida e ignorá-la ou, ainda pior, destruí-la por considerar que não parece vida.

    Fonte Terra on-line
     
    Collapse Signature Expand Signature
  6. 1337

    1337
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    26 Jun 2010
    Mensagens:
    1,534
    Local:
    Ponte de Lima (centro)
    Só não acredita quem não quer, a NASA apenas não quer contar a verdade, porque a população mundial poderia reagir mal, de várias formas, e por estas razões tenta sempre arranjar explicações "lógicas" para os estranhos acontecimentos. Mas quem pensa que estamos sozinhos no meio de um universo que é infinito, que continue a pensar isso porque está bem enganado.
     
  7. Aurélio

    Aurélio
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    23 Nov 2006
    Mensagens:
    4,335
    Local:
    Faro
    Tem havido imensos avistamentos de "coisas" estranhas nos céus que em alguns casos achou-se explicação e noutras não.

    Quando se vè meras luzes é uma coisa, mas quando o que sê trata de objectos é outra coisa.
    Mas se perguntarem a uma pessoa:
    - Acredita em Deus?
    R: Claro que sim;

    - Acredita em extraterrestres?
    R: Claro que não, isso é para gente doida ...

    Parto o coco a rir ...:surprise::surprise::surprise:
     
    james e CptRena gostaram disto.
  8. 1337

    1337
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    26 Jun 2010
    Mensagens:
    1,534
    Local:
    Ponte de Lima (centro)
    É só mentes retrógadas, esta população não evolui em nada, acredita em Deus( não tou a dizer que é errado ou que não existe) que nunca se viu, mas vê-se UFOs quase todos os dias com provas em vídeo, ah isso deve ser um pássaro, deve ser un fenómeno natural, etc.. Enfim
     
  9. Orion

    Orion
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    5 Jul 2011
    Mensagens:
    8,809
    Local:
    Ponta Delgada, Açores
    E quem disse que as duas coisas não estão relacionadas? :D

    Em relação ao vídeo. Nessas guerras sempre se testam as novas armas. As armas sonoras dos EUA que são usadas para dispersar manifestações já foram usadas no Médio Oriente. Tanto pode ser isso como um grande engodo.
     
  10. Albifriorento

    Albifriorento
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    4 Dez 2010
    Mensagens:
    422
    Local:
    Castelo Branco
    Parece-me ser um drone. O que me leva a crer que seja um drone é o facto de haver uma grande concentração de forças americanas na área. Por outro lado o sistema de armas não me parece muito diferente dos utilizados presentemente, para algo ET, esparia um sistema de armas diferente, mais hight tech.

    O barulho do drone, que á distância a que esta cena foi filmada, talvez fosse ouvível não o é devido aos motores dos Abrahams americanos a trabalhar. O movimento do objecto também parece ser consistente com o de um drone, provávelmente um quadcopter ou similar, ora sobe e desce, ora desloca-se na horizontal com o claro intuíto de se manter na mesma área.

    Qual o intuíto desta missão então?? è tão simples quanto isto, os talibans parece que estão numa posição bem defendida, e isso é óbvia pela presença de tanto equipamento, ora, uma posição dessas normalmente é difícil de conquistar e traz algumas baixas. O EUA poderiam ter usado algum equipamento, que actualmente faz missões similares, como o AC-130, mas este voa em altitude e poderia não ser muito preciso.

    Isto não me parece ET de forma alguma, provávelmente algum projecto em fase de protótipo que precisava de ser testada.

    Cumprimentos.
     
    CptRena gostou disto.
  11. camrov8

    camrov8
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    14 Set 2008
    Mensagens:
    2,038
    Local:
    Oliveira de Azeméis(278m)
    acredito em vida extraterrestre, agora virem cá fazer turismo. Os videos são sempre uma treta, antigamente tudo bem as maquinas eram uma treta, hoje todos teem cameras no telemovel, filmam-se meteoros como nunca e nos UFO é tudo tremido e desfocado
     
  12. 1337

    1337
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    26 Jun 2010
    Mensagens:
    1,534
    Local:
    Ponte de Lima (centro)
    Virem cá fazer turismo, não sei, mas se tu tivesses tecnologia suficiente para ir a outros planetas "estudar" de certeza que o farias. No entanto não há provas só no nosso planeta, como já disse, pior cego é aquele que não quer ver ;) .

    https://www.youtube.com/watch?v=NR7NIwY5y1A
     
  13. CptRena

    CptRena
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    16 Fev 2011
    Mensagens:
    1,482
    Local:
    Gafanha da Encarnação, Aveiro
    Outra coisa que gostava de deixar bem claro e que muita, mas mesmo muita gente faz, como é visível neste tópico, é confundir Ufos/ovnis com extraterrestres. Uma coisa nada tem a ver com a outra.

    Qualquer coisa visível na atmosfera e que não seja identificável é um Objecto Voador Não Identificado. Não tem que ser de origem extraterrestre.
     
    Collapse Signature Expand Signature
    #14 CptRena, 9 Mai 2014 às 20:27
    Última edição: 9 Mai 2014 às 21:00
    Albifriorento gostou disto.
  14. Aurélio

    Aurélio
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    23 Nov 2006
    Mensagens:
    4,335
    Local:
    Faro
    Se vemos um objecto no ar, que se mova de forma fora dos padrões normais, e com formato teoricamente sem paralelo nos objectos que se conhece, será estamos a falar do quê ?
     

Partilhar esta Página