Viagens Low Cost

Tópico em 'Off-Topic' iniciado por Redfish 31 Ago 2010 às 23:46.

  1. Redfish

    Redfish
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    6 Jul 2007
    Mensagens:
    484
    Local:
    Salir - Loulé
    Boas

    Para alem da meteorologia tambem sou um apaixonado por viagens...
    Com a entrada de mts companhias Low Cost no mercado português consegue-se por vezes encontrar preços extraordinarios para fazer uns CityBreaks por essa Europa fora.

    Londres, Vienna, Edimburgo, Malta e Roma já foram recentemente :thumbsup:.

    Até hoje td correu ás mil maravilhas.


    Alguem viaja em Low Cost por aqui?

    Qualquer dica, estou disponivel para esclarecer:rolleyes:
     
  2. Knyght

    Knyght
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    10 Mai 2009
    Mensagens:
    2,013
    Local:
    Madeira - Funchal
    Até ao momento apenas temos na Madeira a EasyJet e a Transavia, a Ryanair também queria entrar mas como o aeroporto da Madeira necessita de formação especial por causa dos ventos cruzados ainda não entraram.

    Neste momento poderemos é fazer UK ou France e creio que daí temos destinos super baratos para todo o lado, mas ainda não viajei dessa forma :)
     
    Collapse Signature Expand Signature
  3. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
    É verdade isso que referes que é preciso ter certas habilitações para aterrar na Madeira, um aeroporto com bastantes condicionantes e sujeito a regras específicas (x numero de horas de voo como capitão do tipo de avião, exigência de simulador caso não aterre lá nos últimos 6 meses, etc, etc).

    Mas não é por isso que a Ryanair não voa ainda para lá. Quando quiser tem muitos pilotos para isso, a companhia em Março do ano passado tinha 1852 pilotos, hoje deve ter uns 2000, não lhe faltam habilitados para a Madeira certamente.

    Não voa ainda porque ou não está para já interessada, ou porque as condições que vai negociando não a satisfazem. A Ryanair é terrível nas negociações que faz para abrir uma nova rota, geralmente são condições leoninas, contrapartidas que exige, baixos custos aeroportuários, rapidez nas rotações, etc, etc, e só quando todos chegam a acordo é que a rota surge.

    Mas penso que mais dia menos dia chegará à Madeira, talvez a começar com uma rota Porto-Funchal que seria muito apreciada.
     
  4. Knyght

    Knyght
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    10 Mai 2009
    Mensagens:
    2,013
    Local:
    Madeira - Funchal
    A rota Madeira é muito apetecível visto poder ser uma das pontes para a América Latina principalmente, algo que por mais que se queira não é possível trabalhar pois o aeroporto esta a ser pago a união europeia será a redução de custos.

    A transavia só vinha fazer os messes de verão contudo como o seu principal mercado, França respondeu positivamente ao destino, já temos viagens para todo o inverno e consequentemente opção Porto agora mais apetecível para os Madeirenses a Rota que o TAP mais ganhou dinheiro em todo o seu percurso como transportadora aérea.
     
    Collapse Signature Expand Signature
  5. Redfish

    Redfish
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    6 Jul 2007
    Mensagens:
    484
    Local:
    Salir - Loulé
    Penso que ter a Easyjet a operar desde a Madeira já é uma passo significativo para a redução do preços das tarifas aéreas.

    Vejam, o caso dos Açores praticamente só a Sata opera e os preços rondam os 200 a 300 euros (por este valor terei de adiar a minha visita aos açores), e só a entrada de uma companhia de baixo custo no mercado poderá dar a volta ao esquema implementado.

    Se quiserem acompanhar as novidades lowcoast visitem o
    http://www.lowcostportugal.net/
     
  6. Redfish

    Redfish
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    6 Jul 2007
    Mensagens:
    484
    Local:
    Salir - Loulé
    Excelentes noticias :D

    Lisboa, 20ª base easyJet (10 novas rotas, 3 aviões, 300 milhões euros)


    Na conferência de imprensa, na qual o LowCostPortugal esteve presente, foram conhecidos os desenvolvimentos da base da easyJet em Lisboa:


    - 20ª base da companhia low cost na europa e a segunda na península ibérica (com Madrid);
    - Inicio no Inverno 2011/2012 – data a anunciar;
    - 10 novas rotas, conhecidas na Primavera 2011 a escolher entre 29 países;
    - 10 somam-se às 16 rotas já operadas;
    - Fomentará 2.000 postos de trabalho directos e indirectos;
    - Colaboradores easyJet vão ter contratos locais;
    - A base representa o investimento de 300 milhões euros;
    - Base com 3 aviões, com possibilidade de expandir para 7 aviões;
    - Investimento em tráfego misto: negócios (manhã) e turismo; (outros slots);
    - Aumento de 1,5 para 2,5 milhões passageiros anuais da companhia em Lisboa.
    - O Terminal 2 será utilizado pela base para voos de saida. Chegadas serão asseguradas pelo Terminal 1.



    A conferência de imprensa foi precedida pelo baptismo de um Airbus A319 novinho em folha, chegado de Luton. Para celebrar a parceria com Portugal, a low cost deu o nome ao avião “Pride of Lisbon”. Recebeu um “banho de champanhe” pelo Primeiro-Ministro José Sócrates e pela CEO easyJet, Carolyn McCall.

    Discursaram de em seguida:

    O presidente da Câmara Municipal de Lisboa, António Costa, que referiu a importância do investimento para a cidade e região, enquanto destino de negócios e turismo.

    O Ministro das Obras Públicas, Transportes e Comunicações, António Mendonça falou de pormenores técnicos da base e do crescimento do aeroporto. Na sua análise, Lisboa prevê receber 14 milhões de passageiros neste ano. Estão a ser realizadas obras de beneficiação que vão alargar a qualidade de serviço até aos 18 milhões de passageiros anuais. Falou ainda das negociações duras, que levaram a companhia a escolher Lisboa entre 57 outras cidades candidatas.

    O Primeiro-Ministro, José Sócrates, transmitiu uma mensagem de quanto importante é este investimento da easyJet para Portugal, do ponto de vista da confiança no destino Lisboa e no desenvolvimento económico e turístico.

    A CEO easyJet, Carolyn McCall apontou para o constante crescimento da companhia em Portugal. Conclui que Lisboa será um investimento a longo prazo e que aos 3 aviões iniciais se podem adicionais mais quatro.

    A mensagem oficial de Carolyn McCall à imprensa, sobre o anúncio da base de Lisboa é a seguinte::
    “Estamos a tornar mais fácil visitar este lindo país. Enquanto uma das mais atractivas capitais europeias, Lisboa já atrai 3.6 milhões de turistas e 4 milhões de visitantes em negócios por ano. O aumento da frota na easyJet, em Lisboa, vai estimular a procura e contribuir para o aumento do número de visitantes em cerca de 1 milhão de passageiros por ano, com claros benefícios para a economia Portuguesa.

    Esperamos, também, dar aos portugueses a oportunidade de viajar para novos destinos de praia e de cidades a preços reduzidos. Portugal identificou a necessidade de melhorar as ligações aéreas com outras bases europeias e a easyJet fornece um serviço adequado a todas as necessidades dos passageiros. Nós já transportamos 20% dos passageiros em negócio em toda a Europa e esperamos contribuir para o futuro crescimento económico.”
     
  7. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
    Algumas campanhas

     

Partilhar esta Página