Visita virtual à Vila de Olhão

Tópico em 'Off-Topic' iniciado por algarvio1980 15 Ago 2010 às 20:28.

  1. algarvio1980

    algarvio1980
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    21 Mai 2007
    Mensagens:
    7,140
    Local:
    Olhão (24 m)
    Ainda era vila “levantina” entre “o azul cobalto do céu e chapadas de cal”, quando se filmou o documentário que a Associação de Valorização do Património Cultural e Ambiental de Olhão (APOS) publicou. Um passeio pela hoje cidade cubista. Veja o vídeo

    Segundo revela a APOS, “são imagens de um documentário televisivo da RTP sobre Olhão, ainda antes de 1985, altura em que Olhão ainda era vila, provavelmente em 1980-84”.

    Contudo, a associação não conseguiu saber o nome do programa, dos autores e a data definitiva com vista a atribuir os créditos do trabalho ao seu autor.

    No documentário, o comentador cita o poeta João Lúcio (Pousão Pereira), natural de Olhão e uma das vozes do movimento Renascença Portuguesa ao lado de Teixeira de Pascoaes, entre outros vultos da literatura portuguesa, encantado com as “bocas de coral esmagadas de beijos” resguardadas pelo bioco, traje tradicional de Olhão, proibido pelo Governador civil de Faro em 1820.

    Mas também a obra de Raul Brandão é citada, quando exalta “o espectáculo plástico” que a vila de então oferecia, entre mirantes e açoteias.
    A par da panorâmica sobre a arquitectura da cidade, cujo centro histórico, de ruelas intrincadas encimadas pelos terraços, mirantes, açoteias, lhe confere o título de cidade cubista, vão desfilando características das gentes da cidade.
    Saber-se-á o que são sapatos de ourelo, chalocas ou clocs e o bioco, sem esquecer a marca da comunidade piscatória, a marca desde que “ali não houvera mais que palhotas”, como refere a inscrição da Igreja Matriz (1698), construída com as suas contribuições, através do Compromisso Marítimo

    Fonte: Observatório do Algarve




    Se alguém souber que programa foi este que passou na RTP e quem apresentava? Agradecia.
     
    Collapse Signature Expand Signature
    #1 algarvio1980, 15 Ago 2010 às 20:28
    Editado por um moderador: 21 Set 2014 às 03:52
  2. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    4,705
    Local:
    Porto
    Depois de ver este belíssimo vídeo, fiquei maravilhado com a banda sonora e com a qualidade da narrativa: vocabulário variado e erudito, fluída e com citações literárias.

    Isto, comparado com as porcarias que passam actualmente na RTP, como aquele programa apresentado pelo Eládio Clímaco onde se faz publicidade a hotéis ou parques aquáticos, só prova algo que defendo há muito tempo: a RTP tem vindo a perder qualidade na última década. Quem se recorda do tempo em que os telejornais tinham 45 minutos e o futebol não era notícia de abertura, em que havia programas de humor como «O Tal Canal», programas infantis como a «Rua Sésamo» e boas séries estrangeiras sabe sobre o que estou a escrever.

    E hoje, que temos? Tardes e manhãs inteiras com a música pimba mais rasca e apresentadores aos saltos, telejornais que abrem com o futebol e com uma informação pouco imparcial, ausência de programação infantil de qualidade no primeiro canal, apresentadores sem brio e elegância...

    Aquela que podia ser a nossa BBC1 transformou-se nisto. Vergonha.

    Nota: em relação ao que foi feito à vila de Olhão, com as demolições de belíssimos chalets e moradias art nova e art deco, a descaracterização do bairro dos Pescadores, com a demolição de edifícios, a introdução do alumínio e das pressianas, as aberrações edificadas, a ausência de espaços verdes públicos, o excesso de betão... Aquela que foi a mais bela vila do Algarve, e a mais sui generis e original de todo o litoral português, é hoje um dos maiores crimes urbanísticos da Terceira República.
     
  3. Jota 21

    Jota 21
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    20 Set 2007
    Mensagens:
    354
    Local:
    Sintra
    Conheço e frequento Olhão há mais de 35 anos e tendo lá estado por 4 vezes neste mês de Agosto não pude deixar de reparar numa coisa que me mete alguma pena: a sujeira nas ruas:(
    Não sei se é por incompetência da Câmara ou por desleixo e falta de civismo dos habitantes mas a zona antiga entre a avenida e a rua do mercado é uma vergonha. Não liga com o luxo da nova marina, novo hotel e apartamentos junto à ria.
    A cidade merece outra limpeza e apresentação...
     

Partilhar esta Página