1. Postagens no fórum Off-Topic
    Para combater registos que têm por único objectivo o de participar em tópicos controversos, o acesso às postagens está condicionado a membros com um número mínimo de 100 mensagens. Membros que não tenham esta quantidade de mensagens não poderão submeter mensagens ou criar tópicos nesta secção.
    Condições Gerais de Utilização do MeteoPT

A Religião e o seu papel na Sociedade

Tópico em 'Off-Topic' iniciado por DRC 29 Dez 2010 às 11:51.

  1. DRC

    DRC
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    15 Set 2008
    Mensagens:
    1,585
    Local:
    Póvoa de Santa Iria
    Vivemos num planeta habitado por cerca de 6,8 biliões de pessoas.
    De acordo com o site Adherents.com, mais de 2,1 biliões de pessoas seguem o Cristianismo (33%) , cerca de 1,5 biliões são membros do Islão (21%) , seguem-se os não-religiosos, ateus e agnósticos que são mais de 1 bilião (16%) , o número de seguidores do Hinduísmo é de 900 milhões (14%), as crenças tradicionais chinesas (6%), o Budismo( 6%) e as religiões indígenas/tribais (6%) têm cerca de 350 milhões de seguidores cada uma e há muitas outras religiões que fazem parte da nossa sociedade como o Judaísmo, o Espiritismo, a fé Baha'i, o movimento Rastafari, a Cientologia, etc.

    No Mundo a grande maioria da população (84%) possui uma Religião enquanto que 16% se declaram não-religiosos (ateus, agnósticos, etc)

    Em Portugal, os últimos censos realizados em 2001 mostraram que cerca de 85% da população nacional se declarava como pertencente á Igreja Católica Romana.

    Dados mais recentes divulgados pelo Vaticano mostram que a 31 de Dezembro de 2008 a percentagem de católicos em Portugal era de 88,3% ou seja 9,36 milhões de católicos para um total de 10,6 milhões de habitantes.

    Qual é para vocês a importância da Religião na nossa Sociedade?
     
  2. Paulo H

    Paulo H
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    2 Jan 2008
    Mensagens:
    3,069
    Local:
    Castelo Branco 386m(489/366m)
    As entidades/funcionários religiosos, assumem na sociedade um papel sociológico, funcionando como detentores da moral. Desempenham um papel mais ou menos activo, tendo em conta por vezes, algum conservadorismo mais exagerado.

    O ser humano assume-se como um ser que para além de necessitar de respostas, precisa de quem o ouça mas também de se identificar num grupo, seja ele uma associação, clube, partido, religião, classe profissional, FORUM.. Trata-se de sermos reconhecidos e de nos podermos identificar com alguém que nem sequer conhecemos, mas que pertence a um dos nossos grupos/clãs. É antropológico, natural do ser humano. É tão antropologico, como rir, chorar, enganar, aprender, ensinar, perdoar, cuscovilhar a vida dos outros, procurar segurança (mulheres) para garantir uma vida próspera aos filhos, ou procurar dispersar mais material genético quanto possível (homem :)).

    Para os crentes, desempenha um papel mais próximo da psicologia no sentido de obter respostas de natureza espiritual (eucaristia e liturgia) mas também de ajuda nos problemas pessoais (confissão).

    Dito de uma forma demasiado simplificada, é esta a minha opinião.
     
    Collapse Signature Expand Signature
  3. DRC

    DRC
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    15 Set 2008
    Mensagens:
    1,585
    Local:
    Póvoa de Santa Iria
    Boa noite.
    Um colega meu pediu-me para divulgar um inquérito que é para um trabalho de Filosofia e como tem ver com o assunto lembrei-me deste tópico.
    Se quiserem ajudar, fica aqui o link: http://www.surveymonkey.com/s/NKT7SM7
     
  4. DRC

    DRC
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    15 Set 2008
    Mensagens:
    1,585
    Local:
    Póvoa de Santa Iria
  5. stormy

    stormy
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Ago 2008
    Mensagens:
    5,113
    Local:
    Lisboa-Encarnação // Lagoa de sto André
    A religião foi util numa fase inicial da sociedade, quando as pessoas tinham de ter uma muleta onde se agarrar, sentido-se algo perdidas na vastidão da existencia, na complexidade do que as rodeava.

    A religião ofereceu respostas, incentivou alguns progressos morais e até cientificos/filosóficos, mas na verdade é um fenómeno que essencialmente está associado a uma fase embrionária da sociedade.

    Imagino muitas vezes a sociedade como uma pessoa, a nossa sociedade está numa fase ainda de criança, e há mecanismos nela que servem para o controlo e satisfação de agluma necessidade psicologica de conforto e algum amparo, a religião é um desses mecanismos.

    Mas não acredito que a religião dure muito mais, pois o conhecimento cientifico rapidamente se vai sobrepor á crença no sobrenatural...deixando a religião cada vez mais em 2º plano, ou reduzida a um punhado de seitas que basicamente querem é enriquecer á conta da estupidez alheia...

    No futuro penso que a sociedade vai-se reger e equilibrar com base no conhecimento real, na moralidade como dado adquirido e não forçado por um deus, e no humanismo e respeito pela existencia dos outros e da propria natureza...se assim não for a especie estará á beira da extinção não tarda..
     
  6. DRC

    DRC
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    15 Set 2008
    Mensagens:
    1,585
    Local:
    Póvoa de Santa Iria
    Curiosamente no jornal brasileiro Folha de São Paulo saiu hoje um artigo sobre o assunto, perguntou-se a um filósofo:

    A religião tem futuro?
    ao que ele respondeu:

    "No nível mais fundamental, a resposta é sim. Depois de uma breve utopia iluminista, na qual a intelectualidade chegou a prognosticar a morte de Deus, o consenso científico parece caminhar para a classificação da religiosidade como um estilo cognitivo que dá mais ênfase às intuições geradas nos lobos temporais do que aos raciocínios lógicos produzidos no córtex pré-frontal. Isso significa que, enquanto contarmos com uma boa variedade de seres humanos, alguns deles deverão permanecer obstinadamente crentes."

    Ele fala depois na diferença entre os países ricos e os países pobres, enquanto que nos países onde as condições de vida são melhores tem havido um aumento do número daqueles que se dizem ateus, agnósticos e indiferentes, nos países pobres a religiosidade é muito maior e é parte fundamental da vida da população.

    Como será em Portugal? Esta situação de crise que vivemos será uma época de encontro com o transcendente, uma busca por conforto espiritual ou continuará a haver um crescimento dos não religiosos?

    Questionário: http://www.surveymonkey.com/s/NKT7SM7
     
  7. Agreste

    Agreste
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    29 Out 2007
    Mensagens:
    9,041
    Local:
    Aljezur (48m) - Faro (11m)
    Importância? Nenhuma. São um cliente do orçamento como o são outras empresas.
     
    Collapse Signature Expand Signature

Partilhar esta Página