Arquivo de eventos históricos

Tópico em 'Eventos Meteorológicos' iniciado por Aurélio 28 Nov 2007 às 17:40.

  1. lserpa

    lserpa
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    29 Dez 2013
    Mensagens:
    2,104
    Local:
    Horta, Matriz, (120 metros)
    Para quem passou a tempestade, sabe que os valores de vento e rajada apresentados pelo NOAA estão completamente deslocados da realidade.
    Sei que já li isso algures em formato oficial, mas já foi há bastante tempo e não me recordo onde... tenho a certeza que a rajada foi registada na Terceira e creio que há qualquer coisa no YouTube... filmado por militares portugueses.



    Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
     
    Collapse Signature Expand Signature
  2. weatherbox

    weatherbox
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    31 Out 2016
    Mensagens:
    101
    Local:
    Ibéria
    Encontrei o vídeo há pouco, tão interessante quanto ridículo
    Parece que terão ido brincar para a rua talvez depois de passar a parte pior ?

    Mas ainda não percebi a origem da rajada, será dalguma estação do IM em Angra que não era SYNOP ?





    Ainda causou muitos estragos, houve uma resolução no PE


    B4-1362, 1363 and 1391/95
    Resolution on Hurricane Tanya, which has struck the central group of the Azores
    The European Parliament,

    A. whereas in the night of 1 to 2 November 1995 the Hurricane Tanya struck the central group of the Azores islands, with violent gusts of wind, causing widespread damage, especially on the islands of Faial, Pico, Terceira and S. Jorge,

    B. whereas the winds reached 170 km/h in some areas, one Spanish fisherman was drowned and several people were injured,

    C. whereas the damage to this most remote region of the EU has not yet been fully evaluated, but has been enormous: boats and ships have been damaged and sunk, equipment has been destroyed, communication, electricity, telephone and water supply networks have been damaged, streets and roads have been blocked, housing and educational establishments damaged, in particular the Ocean and Fisheries Department of the University of the Azores, people have been left homeless, and enormous harm has been done to crops (fruit and vegetables), pasture land, and the stockbreeding sector,

    The European Parliament,
    1. Expresses its solidarity with the people of the Azores, and in particular with those who have lost their homes or livelihood;

    2. Calls on the Commission, in collaboration with the regional and local authorities, to put in hand emergency action as soon as possible to help the worst hit areas, with a view to helping to repair damage to infrastructures, housing and public buildings affected, and to providing help for fishermen whose vessels have been sunk and damaged, and for the neediest victims;

    3. Draws the attention of the Commission and the authorities of the Member States once more to the imperative need to provide the disaster prevention and relief services with technical and human resources;

    4. Instructs its President to forward this resolution to the Commission and Council, to the Government and Assembly of the Azores Autonomous Region and to the Region's Chambers and Municipal Assemblies.
     
    #287 weatherbox, 13 Set 2017 às 13:44
    Última edição: 13 Set 2017 às 14:03
    jorgeanimal e lserpa gostaram disto.
  3. jorgeanimal

    jorgeanimal
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    29 Out 2010
    Mensagens:
    115
    Local:
    Lourinhã
    A noite foi animada, em todos os aspectos.
     
    Collapse Signature Expand Signature
  4. Orion

    Orion
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    5 Jul 2011
    Mensagens:
    10,888
    Local:
    Ponta Delgada, Açores
    Um relatório posterior não é muito mais informativo:

    Há uma tese que abordou a Tânia mas sem referência à dita rajada -> http://www.climaat.angra.uac.pt/documentos/PDF/Ricardo_Tome_Estagio_2004(2).pdf

    Encontrei uma notícia num jornal estrangeiro (canto inferior esquerdo) -> https://www.newspapers.com/newspage/218593474/ mas é preciso criar conta com cartão de crédito :facepalm:
     
  5. Orion

    Orion
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    5 Jul 2011
    Mensagens:
    10,888
    Local:
    Ponta Delgada, Açores
  6. lserpa

    lserpa
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    29 Dez 2013
    Mensagens:
    2,104
    Local:
    Horta, Matriz, (120 metros)
    Esta reavaliação do CLIMAAT não me convenceu minimamente na referencia que faz ao vento registado e não aplica nenhuma medição de vento na Horta, visto que o olho passou exatamente por cima do Faial. Apenas refere a pressão de 973,5hpa...


    Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
     
    Collapse Signature Expand Signature
  7. Orion

    Orion
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    5 Jul 2011
    Mensagens:
    10,888
    Local:
    Ponta Delgada, Açores
  8. lserpa

    lserpa
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    29 Dez 2013
    Mensagens:
    2,104
    Local:
    Horta, Matriz, (120 metros)
    Este já acho mais plausível, vento médio entre os 50 e 60 nós, torna mais plausível a existência de rajadas bem mais fortes ao redor do olho!
    A prevalência de vento sustentado superior a 50 nós potencía a destruição descrita no meu comentário. O vídeo publicado pelo @weatherbox também demonstra isso mesmo, um carro de fabrico anterior à década de 90 que pesa muito mais que os atuais, surge no vídeo capotado. Ora, um carro não capota com ventos de 50 nós...


    Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
     
    Collapse Signature Expand Signature
  9. Orion

    Orion
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    5 Jul 2011
    Mensagens:
    10,888
    Local:
    Ponta Delgada, Açores
    Não estou a duvidar da intensidade da tempestade. Não só as cartas do ECM mostram uma diminuição da PC (dou desconto às estimativas do vento) aquando da transição como nas imagens de satélite a ex-Tânia parece manter um olho no dia 2.

    Contudo, mantenho o que escrevi: Não acho que todo que a Tânia tenha sido a tempestade mais forte que tenha passado pelos Açores. Foi a 'sorte' de se ter uma estação no sítio certo à hora certa. Até porque nesta ocasião o centro da tempestade passou por cima das ilhas.
     
    lserpa gostou disto.
  10. lserpa

    lserpa
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    29 Dez 2013
    Mensagens:
    2,104
    Local:
    Horta, Matriz, (120 metros)
    Claro! Não há dúvida que o Tanya não foi a tempestade mais forte a atingir os Açores! No início da década de oitenta passou muito pior! Embora haja alguma divergência quanto ao ano, mas segundo os relatos, no período 1980 e 1985, algures surgiram duas tempestades que assolaram os Açores, creio que uma delas é a que deu origem ao "Neptuno na Horta". Segundo vários relatos as rajadas superaram o 200km/h. Mas, nunca cheguei a fazer uma pesquisa sobre isso!
    Os estragos foram avultados.




    Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
     
    Collapse Signature Expand Signature
  11. Orion

    Orion
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    5 Jul 2011
    Mensagens:
    10,888
    Local:
    Ponta Delgada, Açores
    P. 3 -> http://www.lajes.af.mil/shared/media/document/AFD-130925-002.pdf

    3 milhões de dólares em prejuízos.

    Está escrito que o vento superou as 140 milhas por hora. Ventos de 225 km/h? Não acredito. Devem ter posto a estação atrás de um jato.

    Infelizmente não encontro (porque não deve existir) o arquivo da revista.
     
    #296 Orion, 13 Set 2017 às 18:34
    Última edição: 13 Set 2017 às 21:19
  12. Orion

    Orion
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    5 Jul 2011
    Mensagens:
    10,888
    Local:
    Ponta Delgada, Açores
    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    Esta teve rajadas de 241 km/h (150 milhas por hora).

    É no gozo, não? :maluco: Devem ter trocado kph por mph.

    Começo a pensar que o relato dos ventos de 250 km/h 'no dia do Neptuno' veio dos americanos...
     
    #297 Orion, 13 Set 2017 às 18:42
    Última edição: 13 Set 2017 às 18:51
    Thomar e lserpa gostaram disto.
  13. lserpa

    lserpa
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    29 Dez 2013
    Mensagens:
    2,104
    Local:
    Horta, Matriz, (120 metros)
    Infelizmente os relatos "de boca" valem o que valem e quem conta um conto acrescenta um ponto. É pena também que os relatos não vêm acompanhados de algo que os comprove... os anemómetros da altura deviam ser como os da RHA... lol o vento sopra a 10okm/h e eles marcam 40km/h


    Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
     
    Collapse Signature Expand Signature
  14. Orion

    Orion
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    5 Jul 2011
    Mensagens:
    10,888
    Local:
    Ponta Delgada, Açores
    [​IMG]

    Continuo a achar um exagero descomunal rajadas de 230/240 km/h a 130 metros (431 pés) de altitude. Valores a rondar os 150/160 km/h já me parecem mais credíveis.
     
    lserpa gostou disto.
  15. Orion

    Orion
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    5 Jul 2011
    Mensagens:
    10,888
    Local:
    Ponta Delgada, Açores
    [​IMG]

    [​IMG]

    Está na Wikipédia mas publico aqui a descrição do HURDAT do dia 5 de Outubro de 1946:

    O NYT tem um artigo (pago) sobre isto -> http://query.nytimes.com/gst/abstract.html?res=9E03EFD8123BE033A05755C0A9669D946793D6CF&legacy=true

    No Diário de Lisboa (em PT) apareceu isto no dia 6:

    [​IMG]
    [​IMG]

    E mais importante foi publicado isto no dia 7:

    [​IMG]

    Já no DN dos EUA, 7 de Outubro:

    [​IMG]

    No dia 10:

    [​IMG]

    A diferença nos relatos só mostra que sempre houve fake news. E tendo em conta que 1946 foi um ano politicamente turbulento, estou inclinado a acreditar mais no DN estrangeiro.
     
    #300 Orion, 13 Set 2017 às 22:25
    Última edição: 13 Set 2017 às 22:33

Partilhar esta Página