Avisos e alertas oficiais - Outubro 2016

Tópico em 'Seguimento Meteorológico' iniciado por Duarte Sousa 1 Out 2016 às 00:15.

  1. Duarte Sousa

    Duarte Sousa
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    8 Mar 2011
    Mensagens:
    3,803
    Local:
    Loures
    Avisos e Alertas oficiais

    Leia com atenção as condições de utilização do fórum.
    A participação neste tópico, além das condições gerais, está sujeita a condições específicas.

    Use este tópico apenas para colocar avisos e alertas de entidades oficiais, como a Protecção Civil, IPMA, etc.
    Não comente nem debata neste tópico determinado aviso ou alerta, faço-o nos tópicos de previsões ou outros.

    Links úteis:
    http://www.ipma.pt/
    http://www.prociv.pt/
     
  2. jonas_87

    jonas_87
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    11 Mar 2012
    Mensagens:
    13,354
    Local:
    Alcabideche, Cascais - cota 119 mts
    Aviso amarelo para todos os distritos.

    [​IMG]

    [​IMG]

    Para Beja e Faro difere período horário e a possível ausência de granizo.

    [​IMG]
     
    Collapse Signature Expand Signature
    TekClub e CptRena gostaram disto.
  3. Dias Miguel

    Dias Miguel
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    26 Jan 2015
    Mensagens:
    1,297
    Local:
    Portalegre
    #3 Dias Miguel, 20 Out 2016 às 14:33
    Última edição: 20 Out 2016 às 14:45
    guisilva5000, TekClub e luismeteo3 gostaram disto.
  4. Dias Miguel

    Dias Miguel
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    26 Jan 2015
    Mensagens:
    1,297
    Local:
    Portalegre
    [​IMG]
    Acho que o IPMA e o AEMET não se estão a entender quanto à precipitação e a sua intensidade para amanhã... O AEMET prevê inclusive mais de 100 mm nas zonas montanhosas durante estes 3/4 dias (Serra de Gata, Gredos, Serra Morena) e o IPMA alerta somente para Lisboa e Setúbal, sem qualquer aviso adicional...
     
    TekClub, joralentejano e luismeteo3 gostaram disto.
  5. Tyna

    Tyna
    Expand Collapse
    Cirrus

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    54
    Local:
    Livramento-Mafra
    aviso da anpc
    1. SITUAÇÃO METEOROLÓGICA
    No seguimento do contacto com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), realizado hoje no Comando Nacional de Operações de Socorro (CNOS) da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), salienta-se para os próximos dias a ocorrência de condições de instabilidade atmosférica (precipitação acompanhada de trovoada) a afetar o território continental, com a seguinte incidência:
    • No período entre o final do dia de hoje e o final da manhã de Sábado (22 Outubro) - precipitação pontualmente forte (> 10 mm/h) na região a sul do alinhamento Montejunto-Estrela, particularmente na região de Lisboa, Setúbal e Algarve, com acumulados que podem atingir 20-30 mm/3h;
    • No período entre o final do dia de Sábado (22 Outubro) e o início da manhã de Domingo (23 Outubro) - precipitação pontualmente forte (> 10 mm/h) nas regiões do Norte e Centro, sobretudo ao longo do litoral a Norte do cabo Mondego;
    • A partir do final de Domingo (23 Outubro) e até 2.ª feira (24 Outubro) - possível agravamento das condições de instabilidade atmosférica, com fenómenos locais de aguaceiros e vento fortes acompanhados de trovoada, a afetarem sobretudo a região do Sul. Agitação marítima na costa Ocidental superior a 4 m.
     
    TekClub, luismeteo3 e Dias Miguel gostaram disto.
  6. Duarte Sousa

    Duarte Sousa
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    8 Mar 2011
    Mensagens:
    3,803
    Local:
    Loures
    Aviso vermelho para o Grupo Oriental devido à forte ondulação.

    [​IMG]
     
  7. rbsmr

    rbsmr
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    6 Ago 2007
    Mensagens:
    579
    Local:
    Cabeça Gorda, Torres Vedras (140m)
    A previsão é.....que não há previsão...
    [​IMG]

    Enviado do meu SM-T805 através de Tapatalk
     
    Collapse Signature Expand Signature
  8. Snifa

    Snifa
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    16 Abr 2008
    Mensagens:
    8,182
    Local:
    Porto-Marquês:145 m Mogadouro:749 m
    Não deixa de ser curioso este comunicado, ora se há elevada incerteza nos locais, todo o País deveria estar em alerta amarelo por causa da instabilidade, mas o que se verifica é que apenas de Setúbal para baixo existem avisos amarelos/Laranja por causa de precipitação.

    Não é uma critica, apenas acho contraditório por aquilo que diz o comunicado..até poderão ser mais frequentes e prováveis no Centro/Sul, mas a partir do momento em que se fala em elevada incerteza espacial e temporal, eles podem ocorrer em qualquer ponto de Portugal Continental, aliás a própria previsão descritiva menciona isso.. :unsure:
     
    Collapse Signature Expand Signature
  9. criz0r

    criz0r
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    11 Abr 2008
    Mensagens:
    3,344
    Local:
    Almada - Cova da Piedade (Altitude: 40m)
    É de louvar o aviso emitido pelo IPMA mas de facto não deixa de ser um contra-senso tendo em conta a definição de "incerteza espacial".
     
    Collapse Signature Expand Signature
    rbsmr, TekClub e luismeteo3 gostaram disto.
  10. ruijacome

    ruijacome
    Expand Collapse
    Cumulus

    Registo:
    16 Nov 2009
    Mensagens:
    137
    Local:
    Cascais
    Ja foi emitido alerta amarelo para chuva, para o distrito de Lisboa... Eles vão atualizando.. lol
     
    Collapse Signature Expand Signature
  11. Lightning

    Lightning
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    25 Jul 2008
    Mensagens:
    4,082
    Local:
    Corroios
    Só uma pergunta... Embora esta situação de temperaturas anormalmente altas para a época não seja uma situação nem extrema nem de alarmismos, isto não era caso para um aviso amarelo? Ou o IPMA apenas tem avisos "gerais" para eventos de calor e frio? Isto é, não lançam avisos para temperaturas elevadas para uma específica época do ano?
     
    rbsmr e guisilva5000 gostaram disto.
  12. António josé Sales

    António josé Sales
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    6 Out 2016
    Mensagens:
    740
    Local:
    Alcobaça
    Lightning percebo o teu ponto de vista pois estes próximos 3 dias são de calor acima do normal para a época podendo considerar-se um verão de São Martinho antecipado no entanto este episódio como referes é de pouca dura pois a partir de sexta e durante o fim de semana vai haver uma descida gradual das temperaturas o IPMA só emite avisos de tempo quente quando estão no mínimo 5 dias de temperaturas muito elevadas o que não é o caso.
    O máximo que eles fazem nesta situação de tempo quente fora da época inferior a 5 dias é emitirem um comunicado a explicar o porquê destas temperaturas.
    Espero ter-te esclarecido.
     
    TekClub, rbsmr e jonas gostaram disto.
  13. jonas

    jonas
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    14 Jul 2015
    Mensagens:
    1,886
    Local:
    paredes (200 m) Mouriz (202 m) Bitarães (185 m)
    Não tenho grande experiência,
    No entanto acho que os critérios de emissão estão definidos (embora às vezes não serem cumpridos à risca),por isso creio que não podem emitir um aviso de calor, sem as temperaturas previstas "tocarem" no que está definido.
    Mas acho que era uma ótima ideia!!!
     
  14. Lightning

    Lightning
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    25 Jul 2008
    Mensagens:
    4,082
    Local:
    Corroios
    Sim António fiquei esclarecido com a sua explicação. Tem sentido, e sim é verdade que neste tipo de situações eles costumam colocar um pequeno comunicado a explicar o porquê de as condições meteorológicas estarem "fora do normal". Obrigado :thumbsup:
     
    jonas gostou disto.
  15. Prof BioGeo

    Prof BioGeo
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    19 Dez 2006
    Mensagens:
    561
    Local:
    Moura, Alentejo
    De facto, não são lançados avisos para temperaturas elevadas para uma específica época do ano... Os critérios de emissão referem explicitamente os valores de temperatura (ou intervalos de valores) máxima para os quais são emitidos os avisos, sendo que essas temperaturas têm que se verificar durante pelo menos 2 dias (e não 5, como atrás se referiu). Esses valores são independentes da época/estação do ano!
    Vejamos o seguinte exemplo: Para Beja, há emissão de aviso amarelo por tempo quente para temperaturas máximas entre os 37ºC e os 40ºC durante pelo menos dois dias. Se em Dezembro ou em qualquer outro mês se verificarem essas condições, será emitido aviso amarelo. Mas se, ainda em Dezembro, forem registados/previstos 36ºC durante 3, 4, 5 dias (algo que seria absolutamente excecional), não havia lugar à emissão de aviso por não se atingir o limiar dos 37ºC! O mesmo para as temperaturas mínimas: Se em Agosto se verificarem 4 noites seguidas com temperaturas de 3ºC em Beja (mais uma vez algo absolutamente excecional), não há aviso uma vez que o mesmo só é emitido para temperaturas iguais ou inferiores a 1ºC (durante pelo menos 2 dias). Estes valores, repito, são independentes da época do ano mas são variáveis de região para região. Podemos dizer que os limiares de aviso são constantes no tempo mas variáveis no espaço.
    Situação diferente são as ondas de calor e as vagas de frio. Estes conceitos são essencialmente estatísticos e referem-se à existência de desvios da temperatura observada em relação à temperatura média do período em questão em pelo menos 5ºC e durante pelo menos 6 dias. Os seja, as temperaturas que permitem caracterizar um período como excecionalmente quente ou frio, além da sua duração, dependem da época do ano.
    Exemplo: A média da temperatura máxima em Julho e em Beja é de 33,3ºC (Fonte: IPMA). Para haver uma onda de calor é necessário que durante seis dias seguidos a temperatura máxima seja de, pelo menos, 38,3ºC. Mas se estivermos em Dezembro, a média da máxima é de 14,5ºC. Assim, há uma onda de calor se a temperatura máxima ultrapassar durante 6 dias os 19,5ºC! Ou seja, ninguém dá por uma onde de calor em Dezembro, mas em Julho toda a gente "sufoca" com a canícula... Raciocínio semelhante com as vagas de frio: podem ocorrer em pleno verão, mas serão "inofensivas". Já se ocorrerem em Janeiro, o perigo para a saúde e diversas atividades é muito grande.
    Espero que tenha ajudado a esclarecer a questão!:thumbsup:
     
    TekClub, rbsmr e António josé Sales gostaram disto.

Partilhar esta Página