Cheias em Chaves

Meteo Trás-os-Montes

Cumulonimbus
Registo
28 Jan 2007
Mensagens
4,393
Local
Carcavelos /Chaves / Vilardevós - Galiza
A foto seguinte reporta-se ao ano de 1909! Uma das maiores cheias de sempre do Tâmega em Chaves! Podem ver a milenar Ponte Romana, ou melhor só o seu tabuleiro, os arcos estão completamente submersos! Desde que sou gente nunca vi a água no Tâmega tão alta como se verifica nesta foto!

Já não há cheias como antigamente!

1909-bl.JPG
 

Minho

Cumulonimbus
Registo
6 Set 2005
Mensagens
4,091
Local
Melgaço
Hoje em dia graças à quantidade de albufeiras e barragens que os rios têm é muito difícil que hajam cheias tão grandes como as que se registavam antigamente, principalmente aqueles flash floods que são contidos pelas barragens sem causarem danos a jusante...
No entanto o rio Tâmega acho que não tem barragens no lado espanhol ou tem :huh:
 

Meteo Trás-os-Montes

Cumulonimbus
Registo
28 Jan 2007
Mensagens
4,393
Local
Carcavelos /Chaves / Vilardevós - Galiza
Hoje em dia graças à quantidade de albufeiras e barragens que os rios têm é muito difícil que hajam cheias tão grandes como as que se registavam antigamente, principalmente aqueles flash floods que são contidos pelas barragens sem causarem danos a jusante...
No entanto o rio Tâmega acho que não tem barragens no lado espanhol ou tem :huh:

Não tem Minho! Aliás nasce bem perto de Chaves, na Serra de San Mamede a norte de Verín!

Amanhã vou postar mais fotos de nevadas e cheias do antigamente por terras de Aquae Flavie!;)
 

Minho

Cumulonimbus
Registo
6 Set 2005
Mensagens
4,091
Local
Melgaço
Grande cheia!

E a fortuna que custava um carro nessa altura! (como se agora não custasse :lmao:)
 

Meteo Trás-os-Montes

Cumulonimbus
Registo
28 Jan 2007
Mensagens
4,393
Local
Carcavelos /Chaves / Vilardevós - Galiza
Cheias do Tâmega, 1996

987461458_3423621c73_b.jpg

"Por incrível que pareça, as cheias, podem ter tanto de desvastador como de benéfico, e não maior parte dos casos, fazem estragos por culpa ou negligência do próprio Homem ao estrangularem as linhas de água das variadas maneiras, desde construções muito próximos aos aterros mal calculados, e como ocorrências como esta que vemos neste postal, têm por vezes intervalos de vários anos, as pessoas acabam por se esquecer, é como diz o velho ditado-Só se lembram de Santa Bárbara quando há trovoada. A parte benéfica das cheias, é que enchem as albufeiras das barragens, inundam os campos de cultivo que estão próximo das linhas de água enriquecendo-os para a agricultura, e ainda, à foz dos rios devolve-lhe um pouco o seu curso original, dado que, com o emgrecimento dos caudais rios, obriga a que as marés penetrem mais pelo rio a dentro, e isto em termos ambientais pode ser nocivo."

Fonte: Blog Chaves Antiga