Concentrações de pólenes muito elevadas nos próximos dias

Mário Barros

Furacão
Registo
18 Nov 2006
Mensagens
12,501
Local
Cavaleira (Sintra)
Concentrações de pólenes muito elevadas nos próximos dias

Portugal vai registar nos próximos dias elevadas concentrações de pólenes na atmosfera, principalmente de gramíneas, erva parietária, oliveira e sobreiro, segundo o Boletim Polínico da Sociedade Portuguesa de Alergologia Imunologia Clínica (SPAIC)

Para a semana de 30 Abril a 06 de Maio, prevêem-se «concentrações elevadas no Continente, sendo os níveis mais elevados no Sul do país, e em concentrações moderadas a elevadas para os arquipélagos dos Açores e da Madeira», adianta o boletim.

O Boletim Polínico faz a divulgação semanal sobre os níveis de pólenes existentes no ar atmosférico, que são obtidos através da leitura de vários postos que fazem uma recolha contínua dos pólenes em diferentes regiões.

Os pólenes de ervas vão continuar a aumentar, nomeadamente de gramíneas e ervas parietária e tanchagem, mas o alerta da SPAIC vai particularmente para os doentes com alergia aos pólenes de gramíneas, erva parietária, oliveira e sobreiro.

O pólen de oliveira atingirá concentrações elevadas nas regiões da Estremadura e Algarve e o de sobreiro no Sul do país.

No Norte do país e região do Porto, os pólenes encontram-se em níveis elevados, com destaque para os carvalhos, pinheiro, gramíneas e erva parietária.

Já no Centro do país e região de Coimbra, esperam-se concentrações de pólenes muito elevadas, com predomínio de erva parietária, gramíneas, pinheiro e carvalho.

Também vão estar em níveis muito elevados na Estremadura e região de Lisboa, principalmente os pólenes da oliveira, sobreiro, azinheira, outros carvalhos, erva parietária e gramíneas.

O Alentejo é a região que irá registar os níveis mais elevados de pólenes, nomeadamente do sobreiro, gramíneas, azinheira, outros carvalhos, tanchagem e azeda.

No Algarve, os pólenes também se encontram em níveis muito elevados, com destaque para oliveira, sobreiro, gramíneas, azinheira, outros carvalhos e tanchagem.

Nos Açores e região de Ponta Delgada, os pólenes encontram-se em níveis moderados a elevados, dominando os de erva parietária, carvalho, vidoeiro e gramíneas.

Segundo a SPAIC, os pólenes encontram-se em níveis moderados a elevados na Madeira e região do Funchal. Predominarão os pólenes de erva parietária, eucalipto, erva azeda e gramíneas.

Lusa / SOL
 
Última edição:

Mário Barros

Furacão
Registo
18 Nov 2006
Mensagens
12,501
Local
Cavaleira (Sintra)
Níveis de pólenes vão diminuir nos próximos dias

Os níveis de pólenes na atmosfera vão diminuir nos próximos dias em todo o país devido à previsão de ocorrência de chuva, segundo o Boletim Polínico da Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica (SPAIC)

Para a semana de 07 a 13 de maio, prevêem-se concentrações elevadas de pólenes para o Sul do país e moderadas a elevadas para as regiões Centro e Norte.

Para os arquipélagos dos Açores e da Madeira esperam-se concentrações baixas a moderadas de pólen no ar, refere o Boletim Polínico, que faz a divulgação semanal dos níveis de pólenes recolhidos em vários postos espalhados pelo país.

O alerta da SPAIC vai particularmente para os doentes com alergia aos pólenes de gramíneas, erva parietária, oliveira e sobreiro.

Os pólenes de ervas, nomeadamente de gramíneas e ervas parietária e tanchagem, vão predominar na atmosfera. O de oliveira destaca-se nas regiões da Estremadura e Algarve e o pólen de sobreiro no Alentejo.

No Norte do país e região do Porto, os pólenes encontram-se em níveis baixos a moderados, com destaque para os pólenes de carvalho, erva parietária, gramíneas e pinheiro.

Já no Centro do país e região de Coimbra, os pólenes encontram-se em níveis moderados a elevados, com predomínio de carvalho, erva parietária, pinheiro e gramíneas.

Os pólenes encontram-se em níveis elevados na Estremadura e região de Lisboa, com predomínio para os de oliveira, sobreiro, gramíneas e ervas parietária e tanchagem.

No Alentejo, encontram-se os níveis mais elevados de pólen, dominando os de sobreiro, gramíneas e ervas tanchagem, azeda e parietária.

No Algarve, encontram-se em níveis elevados, com destaque para os pólenes de oliveira, sobreiro, gramíneas e ervas tanchagem e quenopódio.

Nos Açores e região de Ponta Delgada, os pólenes encontram-se em níveis baixos a moderados, com destaque para os pólenes de erva parietária, carvalho, vidoeiro e gramíneas.

Também vão estar em níveis baixos a moderados na Madeira, dominando os pólenes de eucalipto, gramíneas e ervas parietária e tanchagem.

Lusa/SOL
 

AnDré

Staff
Registo
22 Nov 2007
Mensagens
11,098
Local
Caneças (300m) / Várzea da Serra (900m)
À semelhança do que aconteceu o ano passado, por aqui alguns jardins vão-se cobrindo com este algodão que chega a todo o lado.

semttulo1awv.jpg
 

miguel

Furacão
Registo
4 Fev 2006
Mensagens
13,487
Local
Setúbal

Iceberg

Nimbostratus
Registo
5 Jun 2006
Mensagens
817
Local
Braga
Eu também de há dois ou três anos para cá, sou muito afectado, e então este ano tem sido insuportável ... apenas amenizou com estes últimos dias de chuva ... a médica também receitou uns comprimidos e umas gotas para o nariz (Nasomet). :)