Consumo de Electricidade em Portugal

algarvio1980

Furacão
Registo
21 Mai 2007
Mensagens
10,647
Local
Olhão (24 m)
Tópico para colocarem notícias relativas ao consumo de electricidade em Portugal.

Consumo de eletricidade aumenta em julho pela terceira vez este ano


O consumo de eletricidade aumentou em julho pela terceira vez este ano, reduzindo a queda verificada desde o janeiro para 0,5%, de acordo com os dados da REN -- Redes Energéticas Nacionais.

Em julho, o consumo de energia elétrica aumentou 3,3% em relação ao período homólogo, um crescimento que baixa para 0,1% com a correção do efeito da temperatura acima dos valores normais e o número de dias úteis.

Segundo os dados da REN, em março e em abril, o consumo de eletricidade também contrariou a redução dos últimos dois anos (2011 e 2012), levando a uma redução da queda dos primeiros sete meses do ano para 0,5% corrigidos os efeitos de temperatura e dias úteis.

Na quinta-feira, na conferência de imprensa de divulgação dos resultados relativos ao primeiro semestre, o presidente da REN, Rui Cartaxo, destacou que o consumo de energia em Portugal revela que "a parte pior da retração económica já passou".

"O que temos observado é que o nível das variações negativas se começou a atenuar há três ou quatro meses. Não podemos concluir, do consumo de energia, que a economia esteja em recuperação, mas podemos concluir que a deterioração da situação foi quase estancada", declarou Rui Cartaxo ainda antes de conhecidos os números relativos ao mês de junho.

No último mês, as condições meteorológicas foram pouco favoráveis para produção eólica e hídrica, reduzindo a produção renovável a 31% do consumo nacional, o valor mensal mais baixo ocorrido este ano.

Ainda assim, nos primeiros sete meses do ano, a produção renovável equivaleu a 64% do consumo nacional - 33% para as hídricas, 24% eólicas, 5% biomassa e 1% fotovoltaicas.

De todas as fontes renováveis, até julho, destaca-se a produção hídrica, que aumentou 216% em relação ao período homólogo de 2012.

O mês de julho destacou-se ainda pelo saldo importador mais elevado de sempre, tendo a eletricidade comprada em Espanha abastecido cerca de 25% do consumo nacional.

Fonte: RTP
 

trovoadas

Cumulonimbus
Registo
3 Out 2009
Mensagens
2,368
Local
loule-caldeirao
Tomara que tivesse-mos sempre a precipitação anual na normalidade... vê-se bem o peso que a energia hídrica tem no nosso país, nesse período, o que implica menos gastos com a importação de combustíveis fósseis para se obter a energia eléctrica necessária. As eólicas também já representam uma fatia importante na nossa energia. Só a nossa factura é que está cada vez pior:angry:

Em relação ao factor de temperatura mencionado na notícia penso que tem a ver com o aumento da resistência das linhas com a temperatura o que representa perdas adicionais.
 

algarvio1980

Furacão
Registo
21 Mai 2007
Mensagens
10,647
Local
Olhão (24 m)
O frio aperta e o consumo dispara.

16003828_MuFuK.jpeg


Fonte: REN
 

algarvio1980

Furacão
Registo
21 Mai 2007
Mensagens
10,647
Local
Olhão (24 m)
Consumo de hoje (03/02/2015):

17987763_vaI62.jpeg

A partir de amanhã, vai ser interessante acompanhar a evolução do consumo, já que o consumo tem vindo a subir.
 
  • Gosto
Reactions: CptRena

DaniFR

Nimbostratus
Registo
21 Ago 2011
Mensagens
1,875
Local
Coimbra (75 m)
Energia: Vento dá resposta ao consumo de electricidade

A produção eólica de energia atingiu, hoje, um novo máximo em Portugal, de 4 210 megawatt (MW), tendo ultrapassado, pela primeira vez, o consumo nacional de electricidade, revelou a REN - Redes Eléctricas Nacionais.

O vento que se fez sentir na noite de 28 para 29 de Dezembro [de 2015] é o responsável pelo novo máximo na produção eólica.

De acordo com dados da empresa gestora da rede eléctrica, o novo máximo na produção foi atingido às 02h15, excedendo em cerca de 80 MW o anterior «record» (registado há 11 meses).

Entre as 02h00 e as 05h30, a produção eólica foi sempre superior ao consumo, com uma diferença que atingiu um máximo de 148 MW, pelas 04h15, quando a produção eólica se situava em 4 101 MW e o consumo era de apenas 3 953.

Segundo dados da Direcção Geral de Energia e Geologia, Portugal tem 4 953 MW de potência eólica instalada, sendo a segunda energia renovável mais representativa no sistema eléctrico nacional, a seguir à hídrica (barragens), cuja potência instalada é de 5 791 MW.

fonte