1. Postagens no fórum Off-Topic
    Para combater registos que têm por único objectivo o de participar em tópicos controversos, o acesso às postagens está condicionado a membros com um número mínimo de 100 mensagens. Membros que não tenham esta quantidade de mensagens não poderão submeter mensagens ou criar tópicos nesta secção.
    Condições Gerais de Utilização do MeteoPT

Cozinha: Dicas e partilha de receitas

Tópico em 'Off-Topic' iniciado por luismeteo3 11 Ago 2018 às 17:01.

  1. luismeteo3

    luismeteo3
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    14 Dez 2015
    Mensagens:
    14,274
    Local:
    Fatima
    Não há nada como a nossa doçaria conventual e popular! :D
     
  2. ClaudiaRM

    ClaudiaRM
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    2 Dez 2009
    Mensagens:
    6,665
    Local:
    Viseu
    Acho quase toda a nossa doçaria tradicional e conventual excessivamente doce. O que é uma pena. Quando faço alguma receita, corto sempre entre 30 e 50% do açúcar da receita. E eu sou gulosa.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    luismeteo3 gostou disto.
  3. luismeteo3

    luismeteo3
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    14 Dez 2015
    Mensagens:
    14,274
    Local:
    Fatima
    Sim claro. Hoje em dia é demasiado, mas em tempos passados quando se comia muito menos ajudava a manter a energia.
     
    ClaudiaRM gostou disto.
  4. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    7,200
    Local:
    Porto
    Eu não conheço nenhum país com uma riqueza de receitas tão grande num espaço tão pequeno. Infelizmente muita coisa não ganha a dimensão comercial que deveria.

    Há uns anos apareciam no Porto numa mercearia gourmet da Baixa cajadas de Piódão. Adoro este bolos, mas quem produz deixou de distribuir para o Porto. Gosto mais das cajadas que dos famosos pastéis de Nata, que já têm uma divulgação exagerada. Também apareciam no Porto uns bolinhos com recheio de chocolate da região de Sintra, que desapareceram. Perguntei na loja o que se passava, disseram-me que o fabricante só produzia e fazia distribuição quando lhe apetecia...

    Em Tavira havia uma pastelaria que tinha uns bolos conventuais chamados Santiagos e os janotas, a senhora que tinha a receita não a dava a ninguém e na altura já tinha 80 e tal anos. Entretanto o café mudou de gerência, temo que as receitas se percam, aquilo não se encontram em mais nenhum lado.

    Conheci uma senhora da região de Tavira que durante toda a vida fez casamentos, festas e baptizados, tinha um enorme catálogo de receitas conventuais antigas do Algarve e do baixo Alentejo. Quando já estava idosa contactei uma familiar para me dar cópia das receitas. Infelizmente a senhora tinha Alzheimer, e um dia quando estava sozinha em casa atirou os cadernos para uma lareira e queimou tudo. Uma das várias receitas que não consegui mais encontrar era de um bolo de amêndoa sem farinha, feito no tacho ao lume, com o miolo da amêndoa e os ovos batidos cozidos numa calda de açúcar.
     
    luismeteo3 gostou disto.
  5. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    7,200
    Local:
    Porto
    Ps: ainda assim consegui recuperar algumas receitas algarvias antigas, doces e sobremesas que não se encontram em nenhuma pastelaria.
     
    luismeteo3 gostou disto.
  6. Paelagius

    Paelagius
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    27 Set 2013
    Mensagens:
    1,514
    Local:
    Porto
    @luismeteo3, há umas semanas atrás, lembrei-me de si quando encontrei este livro que julgo poder ser do seu interesse.
     
    luismeteo3 gostou disto.
  7. luismeteo3

    luismeteo3
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    14 Dez 2015
    Mensagens:
    14,274
    Local:
    Fatima
    Muito obrigado! Vou tentar encontrar.

    Enviado do meu DRA-L21 através do Tapatalk
     
  8. Dias Miguel

    Dias Miguel
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    26 Jan 2015
    Mensagens:
    1,753
    Local:
    Portalegre
    Concordo com os dois: açúcar em excesso e. como diz o @luismeteo3, historicamente serviam para compensar a parca alimentação. Mas, como também ainda não havia Colgate e os sapateiros serviam de dentistas, os doces conventuais também foram razão para uma curiosidade histórica que parece anedota ;)
    "Doces conventuais na base do excesso de cáries nas freiras de Coimbra
    As clarissas analisadas, do século XV ao século XVII, "tinham muito mais cáries do que o resto da população" - Fonte : https://www.dn.pt/sociedade/interio...de-caries-nas-freiras-de-coimbra-5001400.html

    Agora, logo que estamos a falar em doces sem muito açúcar, deixo-vos esta receita para "desenratar" dos abusos do Natal e do Ano Novo. Quem quiser fazer, pois é tão fácil como misturar tudo muito bem, aconselho leite condensado light (pois tem menos açúcar) ou então menos 100 ml do que o referido na receita. Também a raspa da lima (raspar antes de espremer) polvilhada no final de envolver todos os elementos, ajuda a cortar o doce. Ahh os desportistas também pode usar e abusar, pois este doce tem elevados níveis de proteínas graças ao iogurte grego natural (uso normalmente de 1 litro do LIDL)

    https://lifestyle.sapo.pt/sabores/receitas/mousse-de-lima-2

    Deliciem-se :D
     
    Paelagius, luismeteo3 e ClaudiaRM gostaram disto.
  9. luismeteo3

    luismeteo3
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    14 Dez 2015
    Mensagens:
    14,274
    Local:
    Fatima
    Limão mão de Buda cristalizado... ;)

     
    Paelagius e ClaudiaRM gostaram disto.

Partilhar esta Página