Eclipse total da Lua - 15 de Junho

fablept

Nimbostratus
Registo
12 Nov 2008
Mensagens
1,311
Local
Ponta Delgada - Açores
No próximo dia 15 de Junho irá ocorrer um eclipse total da Lua observável em Portugal. Durante os próximos três anos este é o último eclipse lunar no qual uma boa parte da fase da totalidade será visível no nosso país.

O próximo eclipse total da Lua integralmente visível em Portugal só se repetirá a 28 de Setembro de 2015.

O Núcleo Interactivo de Astronomia (NUCLIO) vai promover uma observação pública no Centro de Interpretação Ambiental da Pedra do Sal em São Pedro do Estoril (Cascais), acompanhando o eclipse com telescópios e outros instrumentos.

Às 20:00 horas o evento começa com uma pequena apresentação sobre o que irá acontecer e sugestões de como registar as fases do eclipse com câmaras fotográficas.

A fase de totalidade observável demora aproximadamente uma hora. O último contacto da Lua com a penumbra irá demorar até à meia-noite.

A Lua cheia irá nascer já completamente mergulhada na parte central da sombra da Terra pouco antes das 21:00 horas.

Devido à refracção da luz na nossa atmosfera, uma parte dos raios solares misturam-se com a sombra da Terra, conferindo um toque de cor peculiar à Lua eclipsada. Esta cor pode variar do mero cinzento sujo, passando por tonalidades de castanho até vermelho vivo ou cor de laranja.

A cor da Lua é imprevisível, uma vez que pode alterar-se ao longo do evento e depende principalmente da cobertura de nuvens em torno do globo terrestre e das partículas de poeiras e matéria orgânica suspensas na atmosfera. Erupções vulcânicas recentes, tempestades de areia nos desertos e outras calamidades meteorológicas ou geológicas contribuem consideravelmente para a transparência da atmosfera e da cor que o eclipse lunar irá mostrar.


Fonte: SAPO
 

AnDré

Staff
Registo
22 Nov 2007
Mensagens
11,098
Local
Caneças (300m) / Várzea da Serra (900m)
Eclipse total da lua, dia 15 de Junho de 2011

Eclipse total da lua na quarta-feira

A lua vai estar "escondida" quando nascer na quarta-feira devido a um eclipse total, o único visível em Portugal, dos seis previstos para 2011, e o Observatório Astronómico, em Lisboa, abrirá portas para o acompanhamento do fenómeno.

A partir das 20h30, inicia-se uma ação pública de observação, os telescópios da entidade vão estar virados para a lua e os seus especialistas em astrofísica ficam disponíveis para explicar os detalhes sobre os eclipses, explicou à agência Lusa o diretor do Observatório Astronómico de Lisboa.
Observatório Astronómico convida interessados

Todos, principalmente os interessados em astronomia e os curiosos sobre estes assuntos, são convidados a deslocar-se ao Observatório e a levar os seus binóculos ou pequenos telescópios, já que o eclipse é visível, assim as condições meteorológicas o permitam.

Rui Agostinho referiu que o fenómeno de hoje é "um dos seis eclipses que ocorrem este ano. Este é um ano especial" já que por vezes só se registam quatro situações.

Apesar daquele número, em Portugal, o eclipse do sol parcial em 4 de janeiro, "teve uma visibilidade má" e agora resta a oportunidade de assistir ao fenómeno na quarta-feira, pois os restantes não serão visíveis nesta região do planeta.
Lua nasce às 20h58

O nascimento da lua em Lisboa será às 20h58, no Funchal às 21h13, na ilha Santa Maria às 20h55 e na ilha das Flores às 21h27, segundo uma informação do site do Observatório.

"Em termos de visibilidade, este eclipse da lua não é mais do que a lua a entrar no cone de sombra do planeta terra", como especificou Rui Agostinho, acrescentando que, "nesta altura, há cidades do planeta que irão ver [o fenómeno] no início, meio ou final da noite".
"Quando nascer já vai estar totalmente eclipsada"

Para Portugal, tanto no continente como nas ilhas, este eclipse pode ser observado ao nascer da lua, ou seja, "quando nascer já vai estar totalmente eclipsada, por isso não vai ser vista", disse.

"Com o sol a desaparecer no outro horizonte, temos um céu azul claro ainda e o brilho da lua vai ser tão fraco que ficará escamoteado pelo céu azul. Com o passar das horas, teremos um céu azulado a perder brilho, a ficar cada vez mais escuro, a lua progride pelo céu, começa a sair do cone de sombra e começa a ver-se cada vez melhor", segundo a descrição do eclipse feita pelo presidente do Observatório.

O eclipse total da lua é um fenómeno astronómico em que a lua mergulha completamente na sombra da terra, o que sucede quando a lua cheia passa nos nodos da sua órbita ou na proximidade.

O Observatório Astronómico de Lisboa previne que as atividades programadas para quarta-feira dependem de "bom tempo atmosférico, pelo que serão canceladas em caso de ocorrência de chuva, mau tempo ou céu totalmente nublado".
 

AndréFrade

Cumulonimbus
Registo
6 Jun 2009
Mensagens
4,623
Local
Lisboa (70m) / Montijo (10m)
Tenho só uma dúvida. Agora com o anoitecer tardio, será possível na mesma visualizar o eclipse "na máxima força"??

Como diz no texto:

"Para Portugal, tanto no continente como nas ilhas, este eclipse pode ser observado ao nascer da lua, ou seja, "quando nascer já vai estar totalmente eclipsada, por isso não vai ser vista", disse."

Portanto com o anoitecer tu vais é ver ela a crescer depois do eclipse ;)
 

Vince

Furacão
Registo
23 Jan 2007
Mensagens
10,624
Local
Braga
O eclipse já começou,

77191628.gif

http://eclipse.slooh.com/


mas aqui em Portugal a Lua nasce apenas às 20:57 mais ou menos a SE:

(Skychart Lisboa)
lua.gif


E o sol só se põe alguns minutos depois (21:02) pelo que inicialmente não se deve ver nada devido à luminosidade. E o pico do eclipse é pouco tempo depois, às 21:13, vamos ver se sobra alguma coisa para a gente :)