1. Postagens no fórum Off-Topic
    Para combater registos que têm por único objectivo o de participar em tópicos controversos, o acesso às postagens está condicionado a membros com um número mínimo de 100 mensagens. Membros que não tenham esta quantidade de mensagens não poderão submeter mensagens ou criar tópicos nesta secção.
    Condições Gerais de Utilização do MeteoPT

Emprego e Empreendedorismo

Tópico em 'Off-Topic' iniciado por Vince 7 Fev 2012 às 21:35.

  1. Gerofil

    Gerofil
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    21 Mar 2007
    Mensagens:
    9,631
    Local:
    Estremoz (401 metros)
    Bélgica: há 8.000 empregos para portugueses. Saiba como candidatar-se

    Depois da Alemanha, agora é a vez da Bélgica proactivamente anunciar a abertura de 8.000 vagas de emprego para portugueses. Segundo Gert de Buck, responsável pelo recrutamento internacional da agência de emprego da comunidade flamenga da Bélgica, 3.000 destas vagas são para engenheiros. “Mas, se juntarmos os profissionais do sector da Ciência & Tecnologia, as vagas chegam às oito mil”, explicou o responsável ao Diário Económico.
    Para muitos destes empregos, basta dominar o inglês. Mas convém saber – ou aprender posteriormente – o flamengo. Ludo Froyen, reitor da Faculdade de Engenharia da Universidade Católica da Lovaina, dá o exemplo: “Em muitas das empresas de Investigação & Desenvolvimento (I&D), o inglês é a língua comum”, explica. “Na IMICOR, que tem um centro de I&D com mais de 300 engenheiros de várias nacionalidades, todos falam inglês. Todos os relatórios são feitos em inglês”. Segundo Froyen, os candidatos podem contar com um “salário limpo de €1.800 (R$4.320) a €2.000 (R$4.800) no início de carreira, mais extras: carro, telemóvel e computador”.
    Tal como a Alemanha, também a Bélgica está com dificuldades em preencher todas as vagas no sector das engenharias e tecnologias. Por isso decidiu começar a contratar em países onde há diplomados desempregados: Portugal, Espanha e Grécia. Para se candidatar a estes lugares pode enviar o seu currículo para eures@dbav.be.
    Pode também contactar directamente as dezenas de empregas belgas que virão a Portugal, a 10 e 11 de Maio, para participar na Feira do Emprego para engenheiros. A feira realiza-se no ISEL (Instituto Superior de Engenharia de Lisboa) e é organizada pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional. Para além das empresas belgas, estarão presentes companhias da Noruega, Suécia, Reino Unido e Dinamarca. Veja também as ofertas de emprego no portal da Associação Europeia dos Estudantes de Tecnologia (BEST), em best.eu.org.
    Segundo Gert de Buck, a Bélgica precisa de 30% mais engenheiros a curto prazo. Recentemente, uma empresa daquele País deslocalizou-se para a China porque não conseguia encontrar suficientes engenheiros naquele País. Recorde outras ofertas de emprego no estrangeiro – e aqui, aqui e aqui – e não se esqueça: procurar emprego lá fora não é nenhum El Dorado. Tenha cuidado.

    Fonte: Green Severs

    Outros artigos:

    http://www.greensavers.pt/2012/04/02/emprego-empresas-escocesas-recrutam-50-engenheiros-no-porto/

    http://www.greensavers.pt/2012/01/30/brasil-precisa-de-60-mil-engenheiros-para-ja/

    http://www.greensavers.pt/2012/04/11/alemanha-procura-mais-400-engenheiros-construtores-e-projectistas-portugueses/

    http://www.greensavers.pt/2012/04/08/brasil-nova-rede-social-foca-se-em-universitarios-e-recem-licenciados/

    http://www.greensavers.pt/2012/03/20/emprego-para-portugueses-na-alemanha-conheca-as-ultimas-novidades/

    http://www.greensavers.pt/2012/03/16/agencia-espacial-europeia-reformulou-area-de-emprego-fique-atento-as-oportunidades/
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  2. Gerofil

    Gerofil
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    21 Mar 2007
    Mensagens:
    9,631
    Local:
    Estremoz (401 metros)
    [​IMG]

    http://www.internwise.co.uk/

    Rui Zamith e Nuno Dhiren, dois portugueses a viver em Londres, Inglaterra, criaram um portal que apenas disponibiliza estágios pagos, mesmo que em causa estejam apenas ajudas de custo. O portal chama-se Internwise, tem cerca de mil anúncios e oito mil candidatos activos. Ao P3, do Público, Rui Zamith explicou que a ideia surgiu em 2008, quando terminou o curso de Informática de Gestão na Universidade Portucalense, no Porto, e começou a difícil busca de trabalho em Londres.
    Lançado no final de 2010, o portal junta anúncios de empresas inglesas e recolhe currículos de candidatos de todo o mundo. As áreas de design, comunicação, marketing e negócios são as que têm mais saída nos estágios. Os destinatários são jovens à procura do primeiro ou segundo passo profissional, que assim podem evitar o recurso às agências de emprego. O portal oferece um contacto directo com o empregador, ou seja, o email cai na caixa de correio da empresa que está a recrutar. “Temos relatos de casos em que em dois ou três dias a pessoa está a começar [a trabalhar]. É bom para ambas as partes. Para a própria empresa é prático e rápido encontrar um estagiário”, explicou Zamith ao P3.
    Siga a Internwise no Facebook.
    A utilização do portal é gratuita, mas o empregador pode contratar um serviço extra que é pago – e que lhe dá mais visibilidade no anúncio de recrutamento. Apesar de não conseguirem viver exclusivamente do Internwise, o objectivo dos dois empreendedores passa por fazer crescer o portal e conseguir autonomia financeira. Até lá, fica a sensação de satisfação. “Sentimos que estamos a ajudar outras pessoas a arranjar emprego. Isso é um grande reconforto”, concluiu Zamith.

    Fonte: Green Savers
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  3. David sf

    David sf
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    8 Jan 2009
    Mensagens:
    4,325
    Local:
    Oeiras / Portel
    http://economico.sapo.pt/noticias/b...s-para-oito-mil-vagas-de-trabalho_142589.html
     
  4. Mário Barros

    Mário Barros
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    18 Nov 2006
    Mensagens:
    12,501
    Local:
    Cavaleira (Sintra)
    Mais 30 mil empregos em Angola nos próximos cinco anos
     
  5. vinc7e

    vinc7e
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    30 Nov 2008
    Mensagens:
    1,043
    Local:
    Vila Verde
  6. Mário Barros

    Mário Barros
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    18 Nov 2006
    Mensagens:
    12,501
    Local:
    Cavaleira (Sintra)
    O maior investimento estrangeiro de sempre em Portugal pode nascer nas minas de Moncorvo
     
  7. Minho

    Minho
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    6 Set 2005
    Mensagens:
    4,091
    Local:
    Melgaço

    Ficheiros Anexados:

    Collapse Signature Expandir Assinatura
  8. Agreste

    Agreste
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    29 Out 2007
    Mensagens:
    9,562
    Local:
    Aljezur (48m) - Faro (11m)
    Trabalhar no Canadá como trabalhador qualificado.

    http://www.workingincanada.gc.ca/content_pieces-eng.do?cid=884

    Além de ter de certificar o inglês no British Council, cujo teste custa 190 euros, convém pensar no resto. Uma lista de requisitos com pontuação mínima de 67 pontos.

    http://www.visabureau.com/canada/points-test.aspx

    Os vistos de trabalho qualificado estão temporariamente suspensos mas provavelmente vão recomeçar em 2013.

    A embaixada mais próxima que emite os vistos de trabalho no Canadá é Paris.

    O Canadá é um país enorme e algumas províncias dispõem de programas específicos para atrair novos habitantes. O Saskatchewan tinha um programa para atrair irlandeses.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  9. Mário Barros

    Mário Barros
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    18 Nov 2006
    Mensagens:
    12,501
    Local:
    Cavaleira (Sintra)
    Noruega tem cinco mil vagas para engenheiros portugueses
     
  10. Agreste

    Agreste
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    29 Out 2007
    Mensagens:
    9,562
    Local:
    Aljezur (48m) - Faro (11m)
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  11. Paulo H

    Paulo H
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    2 Jan 2008
    Mensagens:
    3,076
    Local:
    Castelo Branco 386m(489/366m)
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  12. Aristocrata

    Aristocrata
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    28 Dez 2008
    Mensagens:
    5,763
    Local:
    Paços de Ferreira, 292 mts
    Não tenho experiência nesse campo, mas se é legal dar formação a este nível, também será legal efectuar o dito branqueamento de capitais?

    Já agora, temos aí muitos entendidos em roubo e apropriação de dinheiros públicos. Podíamos abrir uma universidade única no mundo, com professores especialistas na área de bem roubar um país.:lol:
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  13. Agreste

    Agreste
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    29 Out 2007
    Mensagens:
    9,562
    Local:
    Aljezur (48m) - Faro (11m)
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  14. Agreste

    Agreste
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    29 Out 2007
    Mensagens:
    9,562
    Local:
    Aljezur (48m) - Faro (11m)
    Outra iniciativa desta vez da Compal e de mais empresas associadas. A ver se isto não se parece com publicidade...

    «A Academia reúne as iniciativas de formação do Centro de Frutologia Compal. Pretende produzir e disseminar conhecimento sobre a fruta e os seus produtos derivados, através da formação de produtores, transformadores, empreendedores e investigadores do setor frutícola, de modo a fomentar a inovação.»

    http://www.centrofrutologiacompal.pt/academia

    As espécies que eles "formam" são as que fazem parte do negócio, portanto pode ser limitativo.

    1. Alentejo Central – Ameixa e Ameixa Rainha Cláudia
    2. Cova da Beira I – Maçã e Pêssego
    3. Cova da Beira II – Cereja e Marmelo
    4. Oeste – Ameixa, Pera Rocha e Maçã

    Não sei, experimentem...

    http://www.centrofrutologiacompal.pt/pdfs/regulamento_2012_2013.pdf
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  15. Minho

    Minho
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    6 Set 2005
    Mensagens:
    4,091
    Local:
    Melgaço
    uma Bolsa Investigação (BI) - TECMINHO
    uma Bolsa de Gestão de Ciência e Tecnologia (BGCT) - TECMINHO
     

    Ficheiros Anexados:

    Collapse Signature Expandir Assinatura

Partilhar esta Página