Estação Meteorológica: Escolha, compra, lojas, dúvidas

Daniel Vilão

Super Célula
Registo
22 Mar 2007
Mensagens
6,979
Local
Ribafria-Alenquer / Moscavide / Degracia
Olá boa noite!
Onde posso comprar estação meteo com sensor resistente à água?
Obrigado!
Resistente à água ? É suposto os sensores estarem no exterior, mas dentro de um abrigo de radiação. Seja qual for a exposição deste (e convém que seja a maior possível, a todos os quadrantes) nunca terá incidência directa de água no mesmo. A humidade, por muito elevada que seja, nunca danificará o sensor. Imersão em água é que é um problema.

De qualquer forma, segue estas regras básicas, que deixei em 2008 e que continuam a aplicar-se ainda hoje:

https://www.meteopt.com/forum/topic...icoes-e-standards-de-instalacao.2660/pagina-2
 

fernandinand

Cirrus
Registo
13 Out 2020
Mensagens
85
Local
Serra - Alvorge @~300m
Quanto te custou?
Julgo que 69€.

A frequência na Europa é de 868, 433 é proibida. Motivo pelo qual a Europa bloqueou o acesso à marca ACURITE perante a sua recusa em alterar a frequência.
A frequência 433 é um PERIGO porque pode interferir com os sistemas de segurança e saúde (por exemplo, pacemaker!).
Obrigado pela info! Não fazia ideia, é sempre bom aprender algo.
No entanto fico preocupado, pq no grande bazar global chinês estão lá estações à venda a 433MHz....
 

Werk_AG

Cumulus
Registo
12 Jan 2013
Mensagens
280
Local
Cercal CDV
A frequência na Europa é de 868, 433 é proibida.

Caro Toby,

Dito dessa forma, tenho de discordar. A utilização da frequência 433Mhz não é taxativamente proibida na Europa, nem em Portugal (julgo que é até muito utilizada por radio-amadores).
Veja legislação Portuguesa (Anacom) que já inclui transposição das mais recentes directivas comunitárias.

https://www.anacom.pt/streaming/qnaf20092010_07042010.pdf?contentId=1019281&field=ATTACHED_FILE


Desconheço o caso da ACURITE, e até gostaria de saber mais sobre o assunto, pelo que se tiver algum material ou link relacionado, agradeço informação.

Cumprimentos
 
  • Gosto
Reactions: joselamego

RedeMeteo

Nimbostratus
Registo
13 Nov 2017
Mensagens
927
Local
Serpa
Julgo que 69€.


Obrigado pela info! Não fazia ideia, é sempre bom aprender algo.
No entanto fico preocupado, pq no grande bazar global chinês estão lá estações à venda a 433MHz....
Tens o link de onde compraste a tua?
 
  • Gosto
Reactions: joselamego

Toby

Nimbostratus
Registo
25 Mar 2011
Mensagens
1,840
Local
Alcobaca (160 m)
Caro Toby,

Dito dessa forma, tenho de discordar. A utilização da frequência 433Mhz não é taxativamente proibida na Europa, nem em Portugal (julgo que é até muito utilizada por radio-amadores).
Veja legislação Portuguesa (Anacom) que já inclui transposição das mais recentes directivas comunitárias.

https://www.anacom.pt/streaming/qnaf20092010_07042010.pdf?contentId=1019281&field=ATTACHED_FILE


Desconheço o caso da ACURITE, e até gostaria de saber mais sobre o assunto, pelo que se tiver algum material ou link relacionado, agradeço informação.

Cumprimentos

Ola ;)

Radio-amadores = 433.500
A frequência 433 é proibida na Europa para dispositivos como estações meteorológicas.
(Não são suficientemente precisos e podem interferir com os canais reservados.

2021-03-01_07-55-57.jpg


A frequência 433.550 é utilizada na Europa como a frequência de emergência e de socorro "EmCom".

Porque é que alguns fabricantes se divertiriam a fazer uma versão 915 dos USA e uma versão 868 europeia?
Não vou falar Davis (lembro-me que você é alérgico ( :) humour).
Tomemos o exemplo do importador europeu Froggit sob a sua marca: tudo está em 868.
https://www.weatherstations.co.uk/vp_wireless_tech.htm
Os produtos são provenientes da China e são fabricados pela Ecowitt:

2021-03-01_06-41-26.jpg



Tomemos o exemplo do IOT, Sigfox e LoraWan estão em 868. Porque estão em 868?
LoraWan também utiliza 433 com alguns operadores de telecomunicações.

O Accurite é bastante antigo, eles abriram um website sem passar pelo procedimento da CE. Os americanos não gostavam de se submeter às regras europeias e escondem-se atrás delas:
https://www.acurite.com

Depois de todos fazerem o que querem..., é como conduzir com 0,8g de álcool, atirar plástico para o lixo: todos o fazem, mas é proibido!
 
Última edição:

fernandinand

Cirrus
Registo
13 Out 2020
Mensagens
85
Local
Serra - Alvorge @~300m
Tens o link de onde compraste a tua?
O link da minha compra já não está activo (portes grátis), mas a estação continua à venda na AMZ ao mesmo preço, mas com portes (22€).

Sou suspeito na compra, porque a finalidade era um pequeno projecto pessoal 'end to end' (recepção de dados, encoding, ingestão, visualização) e por isso tentei ver o que se arranjava do mais barato, mas com alguma fiabilidade, porque a incerteza da conclusão da totalidade do projecto era alguma...
 
  • Gosto
Reactions: joselamego

Werk_AG

Cumulus
Registo
12 Jan 2013
Mensagens
280
Local
Cercal CDV
Ola ;)

Radio-amadores = 433.500
A frequência 433 é proibida na Europa para dispositivos como estações meteorológicas.
(Não são suficientemente precisos e podem interferir com os canais reservados.

2021-03-01_07-55-57.jpg


A frequência 433.550 é utilizada na Europa como a frequência de emergência e de socorro "EmCom".

Porque é que alguns fabricantes se divertiriam a fazer uma versão 915 dos USA e uma versão 868 europeia?
Não vou falar Davis (lembro-me que você é alérgico ( :) humour).
Tomemos o exemplo do importador europeu Froggit sob a sua marca: tudo está em 868.
https://www.weatherstations.co.uk/vp_wireless_tech.htm
Os produtos são provenientes da China e são fabricados pela Ecowitt:

2021-03-01_06-41-26.jpg



Tomemos o exemplo do IOT, Sigfox e LoraWan estão em 868. Porque estão em 868?
LoraWan também utiliza 433 com alguns operadores de telecomunicações.

O Accurite é bastante antigo, eles abriram um website sem passar pelo procedimento da CE. Os americanos não gostavam de se submeter às regras europeias e escondem-se atrás delas:
https://www.acurite.com

Depois de todos fazerem o que querem..., é como conduzir com 0,8g de álcool, atirar plástico para o lixo: todos o fazem, mas é proibido!



Caro Toby,

Estações meteorológicas, assim como comandos de garagens, etc, estão incluídas na categoria SDR (Short Distance Radio) e os 433Mhz podem ser usados sempre que a potencia não exceda os 10mW e o "duty cycle" tenha certas caracteristicas.
Mostre-me um documento oficial da Europa onde diga taxativamente que esses equipamentos não podem usar a frequência de 433Mhz.
Eu postei um link da entidade nacional que gere as frequências de radio em Portugal, e que já transpõe as normas Europeias.

Citar marcas de estações que já transitaram para 868Mhz (e outras que sempre usaram 868Mhz) não é prova.
Você começou por dizer que usar 433Mhz era proibido na Europa, mas no seu último post, já acrescenta que é proibido para estações meteorológicas. Pergunto, essas estações emitiam com menos de 10mW? Qual o duty cycle?
Possivelmente, tiveram mesmo de mudar para 868Mhz para vender na Europa, mas talvez não exclusivamente por usarem 433Mhz.

O que me incomoda um pouco, são afirmações tão taxativas, quando não acompanhadas de documentação oficial. O uso de 433Mhz desde hà muito que é proibido em equipamentos SDR, se não obedecer às regras definidas para esses equipamentos.
Por favor não pense que estou a ser advogado em causa própria, as estações WeatherDuino podem usar 433MHz (a região com maior numero de estações WeatherDuino é a Austrália, onde o 433MHz é plenamente usado até com potências superiores a 10mW), 315MHz (caso de muitas que estão em uso nos EUA) e facilmente podem usar 868MHz ou 915-928Mhz, dependendo do modulo de radio que se instala, pelo que para mim este aspecto é indiferente. No que tocas às estações WeatherDuino, muito em breve serão todas dual band, a funcionar em LoRa 868MHz Europa, e 928MHz EUA e esta mudança não é por causa de legislação Europeia ou Americana, mas sim porque o LoRA permite distancias entre os sensores e a unidade base receptora que podem chegar a alguns kilometros, essencial para estações meteorológicas usadas por exemplo em quintas agricolas.

Cumprimentos e continuação do bom trabalho que tem desenvolvido.
Werk_AG

PS: Caro Toby, não sou alérgico às Davis, muito, mas mesmo muito pelo contrário. Talvez seja mesmo a única marca de estações meteorológicas com preços que, não sendo baratos, ainda assim as pessoas podem chegar-lhe, e que são realmente estações meteorológicas.. A grande maioria do que existe no mercado, e que chamam de estações meteorológicas são meros gadgets.
Coisa em que concordo plenamente consigo é que a Davis sempre foi e continua a ser uma referência.
Se não pensasse assim, não recomendaria maioriamente o uso de sensores (anemometros, pluviometross) Davis nas estações WeatherDuino, que por acaso, e para quem queira ou precise, tambem aceita anemometros ultrasónicos que podem custar perto de 3000€, como seja o Ventus 200A.
Voltando à Davis, veja-se como demoraram a aparecer no mercado com sensores de qualidade do ar, no entanto, quando o fizeram, fizeram-no com um produto de grande qualidade, bem planeado e bem concebido. Arrazaram com os brinquedos que por aí andavam!
 
Última edição:
  • Gosto
Reactions: joselamego

Toby

Nimbostratus
Registo
25 Mar 2011
Mensagens
1,840
Local
Alcobaca (160 m)
Caro Toby,

Estações meteorológicas, assim como comandos de garagens, etc, estão incluídas na categoria SDR (Short Distance Radio) e os 433Mhz podem ser usados sempre que a potencia não exceda os 10mW e o "duty cycle" tenha certas caracteristicas.
Mostre-me um documento oficial da Europa onde diga taxativamente que esses equipamentos não podem usar a frequência de 433Mhz.
Eu postei um link da entidade nacional que gere as frequências de radio em Portugal, e que já transpõe as normas Europeias.

Citar marcas de estações que já transitaram para 868Mhz (e outras que sempre usaram 868Mhz) não é prova.
Você começou por dizer que usar 433Mhz era proibido na Europa, mas no seu último post, já acrescenta que é proibido para estações meteorológicas. Pergunto, essas estações emitiam com menos de 10mW? Qual o duty cycle?
Possivelmente, tiveram mesmo de mudar para 868Mhz para vender na Europa, mas talvez não exclusivamente por usarem 433Mhz.

O que me incomoda um pouco, são afirmações tão taxativas, quando não acompanhadas de documentação oficial. O uso de 433Mhz desde hà muito que é proibido em equipamentos SDR, se não obedecer às regras definidas para esses equipamentos.
Por favor não pense que estou a ser advogado em causa própria, as estações WeatherDuino podem usar 433MHz (a região com maior numero de estações WeatherDuino é a Austrália, onde o 433MHz é plenamente usado até com potências superiores a 10mW), 315MHz (caso de muitas que estão em uso nos EUA) e facilmente podem usar 868MHz ou 915-928Mhz, dependendo do modulo de radio que se instala, pelo que para mim este aspecto é indiferente. No que tocas às estações WeatherDuino, muito em breve serão todas dual band, a funcionar em LoRa 868MHz Europa, e 928MHz EUA e esta mudança não é por causa de legislação Europeia ou Americana, mas sim porque o LoRA permite distancias entre os sensores e a unidade base receptora que podem chegar a alguns kilometros, essencial para estações meteorológicas usadas por exemplo em quintas agricolas.

Cumprimentos e continuação do bom trabalho que tem desenvolvido.
Werk_AG

PS: Caro Toby, não sou alérgico às Davis, muito, mas mesmo muito pelo contrário. Talvez seja mesmo a única marca de estações meteorológicas com preços que, não sendo baratos, ainda assim as pessoas podem chegar-lhe, e que são realmente estações meteorológicas.. A grande maioria do que existe no mercado, e que chamam de estações meteorológicas são meros gadgets.
Coisa em que concordo plenamente consigo é que a Davis sempre foi e continua a ser uma referência.
Se não pensasse assim, não recomendaria maioriamente o uso de sensores (anemometros, pluviometross) Davis nas estações WeatherDuino, que por acaso, e para quem queira ou precise, tambem aceita anemometros ultrasónicos que podem custar perto de 3000€, como seja o Ventus 200A.
Voltando à Davis, veja-se como demoraram a aparecer no mercado com sensores de qualidade do ar, no entanto, quando o fizeram, fizeram-no com um produto de grande qualidade, bem planeado e bem concebido. Arrazaram com os brinquedos que por aí andavam!

Boa tarde,

Tem toda a razão!
Com algumas nuances, através dos italianos estou em contacto com a Ecowitt (os italianos estão na origem da modificação com SHT35).
Pedi explicações.
Os produtos "inacabados" (electrónica não montada) em 433 regressam à Europa sem qualquer controlo, aprovação de potência, alcance, etc...
Um produto de utilizador final está sujeito à aprovação CE (a expensas do importador).
As normas CE em 433 são demasiado restritivas o que leva (para os produtos que nos preocupam) a uma queda significativa no desempenho.
Assim, os importadores europeus preocupados em trabalhar correctamente fazem a escolha de 868.
As multas em 433 não "em conformidade" são elevadas. Nenhum importador sério assume o risco.
Ao discutir com eles para fazer um pouco como os italianos aqui em Portugal, ele tomou como exemplo o transmissor t°: as versões 433 e 868 têm desempenhos quase idênticos, se ele tiver de tornar o 433 "euro compatível", perde +/- 25% de desempenho.
Os italianos escolheram o 868, mas como ele me diz, "Querem o 433, não se preocupem, mas num contexto comunitário a segurança é de 868".
Agora ele está a dizer a verdade?
Há claramente um pouco de hipocrisia, produto acabado ou não, importador europeu ou compra fora da Europa.

Quanto ao Davis, foi humor (lembro-me da troca entre nós no vosso fórum)
Acabei de receber o AQI Davis (estou curioso em conhecer o seu sensor) e compará-lo com os meus outros dois... Ainda tenho de completar a minha colecção com o português. ;)
 
  • Gosto
Reactions: joselamego

Werk_AG

Cumulus
Registo
12 Jan 2013
Mensagens
280
Local
Cercal CDV
Boa tarde,

Tem toda a razão!
Com algumas nuances, através dos italianos estou em contacto com a Ecowitt (os italianos estão na origem da modificação com SHT35).
Pedi explicações.
Os produtos "inacabados" (electrónica não montada) em 433 regressam à Europa sem qualquer controlo, aprovação de potência, alcance, etc...
Um produto de utilizador final está sujeito à aprovação CE (a expensas do importador).
As normas CE em 433 são demasiado restritivas o que leva (para os produtos que nos preocupam) a uma queda significativa no desempenho.
Assim, os importadores europeus preocupados em trabalhar correctamente fazem a escolha de 868.
As multas em 433 não "em conformidade" são elevadas. Nenhum importador sério assume o risco.
Ao discutir com eles para fazer um pouco como os italianos aqui em Portugal, ele tomou como exemplo o transmissor t°: as versões 433 e 868 têm desempenhos quase idênticos, se ele tiver de tornar o 433 "euro compatível", perde +/- 25% de desempenho.
Os italianos escolheram o 868, mas como ele me diz, "Querem o 433, não se preocupem, mas num contexto comunitário a segurança é de 868".
Agora ele está a dizer a verdade?
Há claramente um pouco de hipocrisia, produto acabado ou não, importador europeu ou compra fora da Europa.

Boa tarde, caro Toby

Subscrevo totalmente o que escreveu. Baseado em informação que tenho obtido, creio que são exactamente essas as razões pelas quais muitas marcas estão a mudar para o 866Mhz.
Como disse e bem, apesar das multas e algum controlo, haverá sempre algums equipamentos a furar as normas, às vezes de forma engenhosa... conheço um tipo de radios 433Mhz, que até cumprem a regra, da potencia máxima (10mW) quando alimentados a 5V, e assim tiveram até certificação CE, só que o fabricante fê-los de tal forma, que podem ser alimentados com tensões até 15V, e nesse caso a potência de saída chega a ultrapassar os 50mW. Com linha de vista e uma boa antena, o alcançe pode chegar a alguns kilometros, o que sai competamente fora da categoria de um equipamento SDR.


Quanto ao Davis, foi humor (lembro-me da troca entre nós no vosso fórum)
Acabei de receber o AQI Davis (estou curioso em conhecer o seu sensor) e compará-lo com os meus outros dois... Ainda tenho de completar a minha colecção com o português. ;)

Uma coincidência interessante. Desde hà algum tempo que ando a estudar o protocolo de comunicação do AirLink da Davis, e esta noite, apenas para permitir a comunicação directa com o Cumulus, deu-me para emular o protocolo no software do WeatherDuino AQM-II... estou a divertir-me bastante com isso.
Acredite que tambem poderei ter curiosidade nessa comparação... como bem sabe, seja em medidores de qualidade do ar, temperatura ou seja o que for, o que mais importa é a qualidade dos sensores utilizados, o resto é hardware e software para obter deles as leituras. Tal como em qualquer dos sistemas WeatherDuino, tambem o AQM-II, tanto pode utilizar sensores de uma gama mais economica, como usar outros, tal como o SPS30 da reputada marca Sensirion.
Seria interesante comparar um AQM-II equipado com Sensirion SPS30 e um Davis Air Link. Lá mais para o verão, se esta maldita pandemia permitir, poderiamos fazer essa experiência.

Cumprimentos
Werk_AG
 
  • Gosto
Reactions: joselamego e Toby

Toby

Nimbostratus
Registo
25 Mar 2011
Mensagens
1,840
Local
Alcobaca (160 m)
Boa tarde, caro Toby

Subscrevo totalmente o que escreveu. Baseado em informação que tenho obtido, creio que são exactamente essas as razões pelas quais muitas marcas estão a mudar para o 866Mhz.
Como disse e bem, apesar das multas e algum controlo, haverá sempre algums equipamentos a furar as normas, às vezes de forma engenhosa... conheço um tipo de radios 433Mhz, que até cumprem a regra, da potencia máxima (10mW) quando alimentados a 5V, e assim tiveram até certificação CE, só que o fabricante fê-los de tal forma, que podem ser alimentados com tensões até 15V, e nesse caso a potência de saída chega a ultrapassar os 50mW. Com linha de vista e uma boa antena, o alcançe pode chegar a alguns kilometros, o que sai competamente fora da categoria de um equipamento SDR.

Ola,

Para esta parte, não sou suficientemente competente, mas volto ao que disse, com cerca de 433: há uma preocupação sobre a fiabilidade/segurança dos 433 "legais".

Uma coincidência interessante. Desde hà algum tempo que ando a estudar o protocolo de comunicação do AirLink da Davis, e esta noite, apenas para permitir a comunicação directa com o Cumulus, deu-me para emular o protocolo no software do WeatherDuino AQM-II... estou a divertir-me bastante com isso.
Acredite que tambem poderei ter curiosidade nessa comparação... como bem sabe, seja em medidores de qualidade do ar, temperatura ou seja o que for, o que mais importa é a qualidade dos sensores utilizados, o resto é hardware e software para obter deles as leituras. Tal como em qualquer dos sistemas WeatherDuino, tambem o AQM-II, tanto pode utilizar sensores de uma gama mais economica, como usar outros, tal como o SPS30 da reputada marca Sensirion.
Seria interesante comparar um AQM-II equipado com Sensirion SPS30 e um Davis Air Link. Lá mais para o verão, se esta maldita pandemia permitir, poderiamos fazer essa experiência.

Com prazer, tenho o Davis, o SENSOR COMMUNITY e o Purple (actualmente está offline). Ainda tem o meu e-mail?
Sabe, já falámos sobre isto, é a programação que me está a atrasar no seu sistema.
Mas... dia após dia estou a ficar um pouco menos estúpido... :lol:
 
  • Gosto
Reactions: joselamego

Toby

Nimbostratus
Registo
25 Mar 2011
Mensagens
1,840
Local
Alcobaca (160 m)
Boa noite,

A partir de 01/07/2021, não será aplicada mais nenhuma franquia de direitos para uma importação fora da UE!
Actualmente é de 22 euros, com uma hipótese de fuga a dois.
Não esquecer que o cálculo é feito sobre o preço de compra + porte, com esta remoção da franquia será ilusório passar sem abrir a sua carteira.

https://www.ctt.pt/grupo-ctt/media/...racomunitarias-a-partir-de-1-de-julho-de-2021
 
  • Gosto
Reactions: joselamego

Werk_AG

Cumulus
Registo
12 Jan 2013
Mensagens
280
Local
Cercal CDV
Os Chineses não andam a dormir, a hà muito que se têm vindo a preparar para isto.
Muita coisa já é enviado de warehouses na Europa, pelo que não será sujeita ao roubo que os CTT se preparam para fazer, que é a taxa de desalfandegamento, cujo valor actualmente já é superior a 10 Euros.
Não ponho em causa o pagamento do IVA na importação, até me parece correcto, agora numa porcaria qualquer que custa 4€ na China, pagar mais 10€ aos CTT, só tem um nome: aproveitamento!
Bom, eles (CTT) dizem que vão baixar os preços do desalfandegamento. Se acredito no Pai Natal, tambem devo acreditar neles, assim espero que baixem de 10.20€ para 10.19€ e acrescentem o valor de um qualquer impresso!
 
Última edição:

efcm

Cumulus
Registo
23 Mar 2013
Mensagens
257
Local
Amadora
Eu acredito é que o sistema vai implodir com tanta encomenda em alfândega, é bom que os CTT tenha já vários mega armazéns disponíveis para guardar tanta mercadoria que vai ficar a espera de despacho.

E depois é toda a capacidade de pessoal administrativo para verificar o valor da encomendas e aplicar as respectivas taxas, neste momento entram literalmente milhares de encomendas diariamente abaixo dos 22€

Acho que não vai correr muito bem e vamos ter encomendas a demorar 1 mês ou mais até conseguirem sair da alfândega.
 
  • Gosto
Reactions: joselamego e Toby

Toby

Nimbostratus
Registo
25 Mar 2011
Mensagens
1,840
Local
Alcobaca (160 m)
Os Chineses não andam a dormir, a hà muito que se têm vindo a preparar para isto.
Muita coisa já é enviado de warehouses na Europa, pelo que não será sujeita ao roubo que os CTT se preparam para fazer, que é a taxa de desalfandegamento, cujo valor actualmente já é superior a 10 Euros.
Não ponho em causa o pagamento do IVA na importação, até me parece correcto, agora numa porcaria qualquer que custa 4€ na China, pagar mais 10€ aos CTT, só tem um nome: aproveitamento!
Bom, eles (CTT) dizem que vão baixar os preços do desalfandegamento. Se acredito no Pai Natal, tambem devo acreditar neles, assim espero que baixem de 10.20€ para 10.19€ e acrescentem o valor de um qualquer impresso!

O serviço que prestam é totalmente inútil, o meu famoso pacote custou 20 euros por ser 1 euro acima da marca dos 22 euros. Paguei, pacote não entregue, nenhuma resposta a reclamações!
Este novo sistema é uma consequência do BREXIT, os ingleses sempre bloquearam para preservar as entradas HK-> UK sem IVA!
O roubo é o cálculo do IVA sobre os custos de processamento e transporte!
Concordo em pagar o IVA sobre os bens, mas em dobro!

Eu acredito é que o sistema vai implodir com tanta encomenda em alfândega, é bom que os CTT tenha já vários mega armazéns disponíveis para guardar tanta mercadoria que vai ficar a espera de despacho.

E depois é toda a capacidade de pessoal administrativo para verificar o valor da encomendas e aplicar as respectivas taxas, neste momento entram literalmente milhares de encomendas diariamente abaixo dos 22€

Acho que não vai correr muito bem e vamos ter encomendas a demorar 1 mês ou mais até conseguirem sair da alfândega.

Se ao menos tivessem a cortesia de responder, é pior do que ir ao Ministério das Finanças!
 
  • Gosto
Reactions: joselamego