Foram surpreendidos por grandes ondas

Gerofil

Super Célula
Registo
21 Mar 2007
Mensagens
9,755
Local
Estremoz (401 metros)
18 trabalhadores resgatados do molhe por helicóptero

Dezoito trabalhadores foram resgatados, na noite de segunda-feira, das obras do molhe da Foz do Douro, no Porto, por helicóptero, depois de terem sido surpreendidos por grandes ondas. O 19º conseguiu atravessar o paredão a pé. Nenhum ficou ferido.
O alerta foi dado cerca das 19 horas: 19 trabalhadores da empresa Somague estavam retidos nas obras do novo farol, em construção na ponta do novo molhe Norte, devido à forte ondulação que lhes cortou a passagem. Para agravar a situação, ontem verificou-se uma das maiores marés do ano, com uma altura de 3,90 metros na preia-mar. Meios da estação de náufragos da Foz do Douro tentaram fazer o resgate com barcos semi-rígidos, mas o estado do mar tornava a operação demasiado perigosa. Entretanto, um dos trabalhadores decidiu, por sua conta e risco, correr pelo paredão fora, enfrentando as ondas e saindo da zona de risco.
Foram então activados, cerca das 20.30 horas, dois helicópteros: um da Protecção civil, outro da Força Aérea. O primeiro conseguiu retirar quatro trabalhadores. A seguir entrou em cena o helicóptero "Merlin" da Força Aérea que resgatou os restantes 14. A operação foi dada por terminada pelas 23 horas. Todos foram transportados para o Aeroporto Francisco Sá Carneiro, onde tinha sido montado um dispositivo de assistência médica. Nenhum dos trabalhadores apresentava ferimentos, pelo que a assistência se concentrou em eliminar os efeitos de algumas horas passadas ao frio e de sinais de pânico.
"São imponderáveis que acontecem. Foi uma situação sem grande risco, apesar do aparato provocado pelos helicópteros. A ansiedade de quem está à espera dos meios de socorro é natural. A primeira opção foi tentar a recolha através de meios náuticos. Mas não foi possível lá chegar com as embarcações semi-rígidas ao dispor da Capitania e do Instituto de Socorros a Náufragos", disse ontem Martins dos Santos, comandante da Capitania do Douro. "Depois, avaliou-se a possibilidade de se fazer um compasso de espera, para voltar a tentar uma abordagem com as embarcações. Com o aproximar da noite, e uma vez que as condições do mar se mantinham instáveis, optámos por usar os helicópteros", explicou aquele responsável.


TIAGO RODRIGUES ALVES, LEONEL DE CASTRO

JN
 

nimboestrato

Nimbostratus
Registo
8 Jan 2008
Mensagens
1,865
Local
Pedras Rubras-Aeroporto
O Synop de P.Rubras das 12 h indicava uma ondulação de Noroeste com 1 m de altura e com o período de 9 seg.
Já o das 18h indica a mesma direcção mas já a altura da ondulação disparava para os 3 metros e para um período inusitadamente grande de 14 segundos.
As imagens que se vêem na TV à noite indicam que os 3 metros já teriam sido ultrapassados.Esta alteração brusca,brutal pode justificar em certa medida este enorme susto que estes 19 trabalhadores apanharam.
Com efeito, com os anos que levo a observar também estes dados ,nunca a tal mudança repentina houvera assistido.Se adicionarmos a todo este cenário o facto de hoje e amanhã serem os dias do mês com maior amplitude das marés,
então a surpresa pode ter acontecido e o cenário de negligência estará à partida afastado.
Digo eu.
...O IM ao fim da tarde emitiu um aviso de alerta amarelo para a forte agitação marítima referente à altura significativa das ondas ( 4 a 4,5 metros).
Até estou para ver ,se a ondulação se mantiver desta altura até onde chegará a preia-mar desta madrugada com 3.1 m às 04 h e a da amanhã com 3.4 (30 cm mais alta) às 16h22m...
Ainda vamos ter mais notícias do mar???
 

psm

Nimbostratus
Registo
25 Out 2007
Mensagens
1,509
Local
estoril ,assafora
Eu vou bater outra vez no ceguinho:
O mais irritante deste acontecimento :angry: são novamente os jornalistas, e mais grave o capitão do porto do Porto a referir-se que a ondulação foi provocada pelas marés vivas ao radio clube português:lmao::lol:(já tinha colocado um tópico relacionado com este assunto das marés vivas).
Quanta ignorancia,tanto provocada como induzida:angry::mad:.


Explicação:

A preia mar foi atingida +- 17.15 tinha uma altura em Leixões de 3.72 metros(estamos em marés de amplitude média alta)porque o Nimboestrato está a pôr a altitude da maré referente ao porto de Aveiro; no entanto a ONDULAÇÂO do mar (provocada pela depressão cavada a oeste da Irlanda) começou a entrar pelo o fim do dia e entrava como indica o aviso de mau tempo do IM com um ondulação média de 4 a 4.5 metros de altura média.
 

Agreste

Furacão
Registo
29 Out 2007
Mensagens
10,015
Local
Aljezur (48m) - Faro (11m)
Já agora fica o apontamento que as marés vivas vão continuar.

Dados do Instituto Hidrográfico:


Lisboa
30/08 | 16:00 - 4,02 m
31/08 | 16:40 - 4,06 m
01/09 | 17:18 - 4,02 m

15/09 | 16:16 - 4,02 m
16/09 | 16:53 - 4,08 m
17/09 | 17:30 - 4,06 m
18/09 | 18:09 - 3,95 m


Leixões
30/08 | 15:28 - 3,64 m
31/08 | 16:06 - 3,70 m
01/09 | 16:43 - 3,67 m

15/09 | 15:44 - 3,59 m
16/09 | 16:19 - 3,67 m
17/09 | 16:56 - 3,66 m
18/09 | 17:35 - 3,56 m


Faro/Olhão
30/08 | 15:15 - 3,53 m
31/08 | 15:55 - 3,58 m
01/09 | 16:33 - 3,54 m

15/09 | 15:31 - 3,47 m
16/09 | 16:08 - 3,53 m
17/09 | 16:45 - 3,52 m
18/09 | 17:24 - 3,44 m


As marés de ontem chegaram a 3,9 m (Lisboa), sendo que em Setembro já pode haver simultaneadade das marés vivas com algum mau tempo no mar...
 
Última edição:

psm

Nimbostratus
Registo
25 Out 2007
Mensagens
1,509
Local
estoril ,assafora
Já agora fica o apontamento que as marés vivas vão continuar nos dias:

30/08 - 15:00 - 4,0 m
31/08 - 15:40 - 4,1 m
01/09 - 16:18 - 4,0 m

Sendo que em Setembro já pode haver simultaneadade com algum mau tempo no mar...

15/09 - 15:16 - 4,0 m
16/09 - 15:53 - 4,1 m
17/09 - 16:30 - 4,1 m
18/09 - 17:09 - 4,0 m

As marés de ontem chegaram a 3,9 m




Agreste tens que pôr a referencia do porto a que pertence essas alturas de maré:):D