Heliosfera e Actividade Solar 2012

Vince

Furacão
Registo
23 Jan 2007
Mensagens
10,624
Local
Braga
Seguimento Actividade Solar 2012

CME IMPACT: Arriving a little later than expected, a coronal mass ejection (CME) hit Earth's magnetic field at 0617 UT on Jan. 22nd. According to analysts at the Goddard Space Weather Lab, the impact strongly compressed Earth's magnetic field and briefly exposed satellites in geosynchronous orbit to solar wind plasma. Shifting lines of magnetic force induced strong ground currents in Norway and sparked bright auroras over the upper reaches of North America. This colorful corona appeared over Chatanika, Alaska

HIGH-LATITUDE AURORAS: The Arctic Circle is alight with auroras following this morning's CME impact. Incoming reports from Russia, Denmark, Scotland, England, and Norway confirm a bright apparition underway now.
http://spaceweather.com/


84680757.gif
 

Vince

Furacão
Registo
23 Jan 2007
Mensagens
10,624
Local
Braga
O sol continua muito activo, depois de vários flares da classe M nos últimos dias, com o vento solar do CME de 6ªfeira a chegar à Terra ontem, esta madrugada houve mais um potente M9 (quase um X) às 03:59, parcialmente dirigido à Terra.

xrayz.gif


ALMOST-X FLARE AND CME: This morning, Jan. 23rd around 0359 UT, big sunspot 1402 erupted, producing a long-duration M9-class solar flare. The explosion's M9-ranking puts it on the threshold of being an X-flare, the most powerful kind. NASA's Solar Dynamics Observatory captured the flare's extreme ultraviolet flash:


m9512s.jpg



The Solar and Heliosphere Observatory (SOHO) and the STEREO-Behind spacecraft have both detected a CME rapidly emerging from the blast site. Analysts at the Goddard Space Weather Lab estimate a velocity of 2200 km. There is little doubt that the cloud is heading in the general direction of Earth. A preliminary inspection of SOHO/STEREO imagery suggests that the CME will deliver a strong glancing blow to Earth's magnetic field on Jan. 24-25 as it sails mostly north of our planet. Stay tuned for updates.
http://spaceweather.com/



A actividade geomagnética do anterior que possibilitou a visão de muitas auroras já está a diminuir. A do novo de hoje chegará à Terra entre amanhã e quarta-feira.

93782931.gif




Auroras

postcmestrip.jpg

(c) Jørn Jørgensen - Noruega
 

Zapiao

Nimbostratus
Registo
20 Set 2006
Mensagens
882
Local
Coimbra - 135m alt.
Um flare pode ocorrer a qualquer hora do dia? Por exemplo ás 15h ? Era para ver se o meu gps se passava:D
 

irpsit

Cumulonimbus
Registo
9 Jan 2009
Mensagens
2,322
Local
Inverness, Escocia
Não.

E os efeitos, se ocorrem, ocorrem mal a radiação do flare chega à Terra, após 8 minutos, e não após 2 dias, como acontece com as auroras boreais (o vento solar demora 1-2 dias a chegar)

Por vezes ocorrem blackouts nas redes eléctricas, a última ocasião foi em 1989. E em 1859 ocorreu um evento que incendiou muitas redes de telégrafo; um evento desses seria catastrófico hoje em dia; mas somente ocorre em média 1 vez a cada 500 anos. Os flares precisam de ser muito mais intensos que este; um X10, ou X30 directamente para o nosso planeta.

No último máximo solar, entre 2000 a 2003, a aurora chegou duas vezes a ser visivel do norte de Portugal. Eu vi uma em Abril de 2001, por uns breves 20 minutos de Braga. A segunda vez, estava tudo encoberto, mas foi visível e fotografada em Espanha. Estas auroras estão sempre baixas no horizonte a norte e ocorrem por breves minutos. É uma questão de sorte.

Daqui da Islandia, podemos ver o "belt" das auroras a expandir-se rapidamente para sul nessas ocasiões, e regressar em menos de 20-30 minutos.

Eu acho que estes eventos estão tão bem acompanhados e mediatizados, quando comparado há dez anos, que da próxima vez, todos vocês aqui saberão quando a aurora chegar a Portugal. Eu pelo menos estarei a fazer o meu relato.

Ontem chegou à Escócia. Amanhã à noite deverá chegar mais a sul. Não sei se Inglaterra e Alemanha, e quiçá brevemente mais a sul, até ao norte de Portugal. Sim, amanhã poderia ser um desses dias.

- - Aconselho todos a frequentemente observar o horizonte norte amanhã à noite, a aurora é uma banda verde ou vermelha, uma vezes um glow, noutras dançando vivamente. Mas não tenham expectativas. É raro a aurora ser visível de Portugal - -

Pode ser o suficiente forte para dar cabo de aparelhos eletronicos nao? :huh:
 

AnDré

Staff
Registo
22 Nov 2007
Mensagens
11,087
Local
Odivelas (140m) / Várzea da Serra (900m)
Forte tempestade geomagnética atinge hoje a Terra

Vai ser a maior tempestade geomagnética dos últimos seis anos. Fenómeno deverá atingir hoje a Terra, podendo afetar rotas aéreas, redes de energia e satélites, adverte o Centro de Previsão Meteorológica Espacial dos EUA.

Vídeo: SIC Noticias.
 

Vince

Furacão
Registo
23 Jan 2007
Mensagens
10,624
Local
Braga
Parece que já começou, pelas 14:33 foi detectado no Advanced Composition Explorer (ACE) e daí à Terra é mais meia hora.

CME arrival at ACE!!! SWPC forecaster predicted the arrival of the CME from 23 January around 1400Z on 24 January. Around 1433Z today, the CME was seen arriving at the ACE Spacecraft. SWPC forecasters are expecting this CME to arrive here at Earth in about 30 minutes. A G1-Geomagnetic Storm warning has been issued until 0100Z on 25 January.
http://www.swpc.noaa.gov/

magswe6h.gif
 

Vince

Furacão
Registo
23 Jan 2007
Mensagens
10,624
Local
Braga
Com os dados recolhidos até agora, a NOAA corrige e considera esta a maior desde Outubro de 2003.

Correction and New Data.
Earlier, it was stated that the current Solar Radiation Storm was the largest since May 2005, when the 10 MeV protons exceeded over 3000 PFU. This was not correct.
At the time of the earlier post, this current Storm was the biggest since January 2005, when the 10 MeV flux was 5040 pfu. After the arrival of the CME earlier today, the 10 MeV flux again increased and we were at around 6300 pfu. This is now the largest Solar Radiation Storm since October 2003. (The Halloween Storms)

Attached is a plot of the Protons and it shows the secondary increase of 10 MeV protons as the CME arrived.

For more information about Space Weather, please visit us at www.spaceweather.gov
 

irpsit

Cumulonimbus
Registo
9 Jan 2009
Mensagens
2,322
Local
Inverness, Escocia
A aurora boreal foi visível anteontem segundo a BBC até ao norte da Inglaterra, já bastante perto de Londres. Foi fotografada em muitos locais da Escócia.

Hoje, sendo prevista uma tempestade geomagnética maior, acho que a Aurora irá ser observada quase certamente até ao norte da França, Alemanha e Holanda, mas durante curtos períodos. No entanto até agora, os níveis de aurora ainda não estão muito elevadas mas isso poderá mudar nas próximas horas.

O outro problema é as condições meteorológicas.

Pessoal aí da Polónia, Alemanha, Inglaterra: manter um olho no céu hoje...
 

irpsit

Cumulonimbus
Registo
9 Jan 2009
Mensagens
2,322
Local
Inverness, Escocia

Vince

Furacão
Registo
23 Jan 2007
Mensagens
10,624
Local
Braga
44300930.gif


O K-index mantém-se relativamente moderado/forte, com estes dados provavelmente mesmo na Europa central não será fácil avistar alguma coisa. As variáveis são muitas relativamente às Auroras.

Para Portugal provavelmente só algo mais violento e se calhar com consequências nefastas. De qualquer forma como referi ontem, penso que neste máximo solar são razoáveis as expectativas de haver um evento desses.

Esta foi a maior tempestade desde 2003, que terá sido a última a ser perceptível em Portugal. Mas essa foi um X45 (inicialmente classificada como X28), enquanto esta actual foi um M87. Mas teoricamente ainda estamos a mais de um ano do máximo solar, penso que nestes 2 anos o Sol poderá perfeitamente produzir um evento desse calibre.

PS: Ontem expliquei erradamente uma escala da NOAA, a imagem que pus referia-se à Radiação, em que foi classificado como S3 numa escala de 1 a 5, um evento forte. Algumas companhias aéreas desviaram-se hoje das rotas do Árctico por isso. Em termos de geomagnetismo, a escala é outra, e para já foi classificada de G1, embora esteja muito próxima de G2.
A escala:
http://www.swpc.noaa.gov/NOAAscales/index.html