Inaugurado maior telescópio do mundo nas Canárias

Rog

Cumulonimbus
Registo
6 Set 2006
Mensagens
4,515
Local
Norte Madeira (500m)
Espanha inaugura maior telescópio do mundo

O Gran Telescopio vai procurar planetas parecidos com a Terra
O maior telescópio do mundo está sendo inaugurado nesta sexta-feira, nas Ilhas Canárias, Espanha. Já chamado no país de "o maior caçador de galáxias", o Gran Telescopio Canarias (GTC) se encontra em um observatório no alto de uma montanha da ilha de Palma, no Oceano Atlântico.
A inauguração, com a presença do Príncipe Felipe, está atrasada em quatro anos. A construção começou no ano 2000 e teria de ficar pronta em 2003. No total, custou US$ 176 milhões, o equivalente a aproximadamente R$ 330 milhões.

A partir das 23h nas Canárias (19h em Brasília), está prevista a chamada Primeira Luz. Este ato sempre é realizado com os novos telescópios e consiste em apontá-lo ao céu para captar a luz de um astro e, assim, comprovar o seu funcionamento. A estrela escolhida para a estréia é a Polaris, a Estrela Polar.

A inauguração também conta com a participação de Brian May, o lendário guitarrista e compositor do Queen, que é doutor em astrofísica.

Após a celebração desta sexta-feira, os astrônomos terão de esperar mais um ano para que o telescópio esteja pronto para operações científicas. Neste período será concluída a montagem da lente principal, e os sistemas serão ajustados e calibrados.

Nova geração

A lente do telescópio tem superfícies de 10,4 metros de diâmetro e é formada por 36 espelhos, dos quais 12 estão instalados.

O telescópio poderá alcançar os confins do universo graças a observações com luz visível e infravermelho. Será possível captar o nascimento de novas estrelas, estudar a fundo as características dos buracos negros ou decifrar os componentes químicos gerados depois do Big Bang, o surgimento do universo.

Este tipo de aparelho pertence a uma nova geração de máquinas científicas que proporcionaram uma revolução na astronomia, porque permitem imagens de grande resolução e em tempos relativamente curtos, devido aos enormes espelhos que capturam muita luz.

O GTC é um projeto liderado pelo Instituto de Astrofísica das Canárias, que contou com a ajuda do Instituto de Astronomia e do Instituto Nacional de Astrofísica, Ótica e Eletrônica (ambos do México) e da Universidade da Flórida, nos Estados Unidos.

Esses dois países, que contribuíram financeiramente com 5% cada do total do projeto, terão direito a 10% do tempo de utilização do aparelho.

Todas as observações colhidas pelo telescópio serão enviadas a um centro em Madri, onde serão armazenadas e colocadas à disposição de cientistas em todo o mundo, depois de transcorrido o período de exclusividade aos autores de cada observação.

BBC
 

Vince

Furacão
Registo
23 Jan 2007
Mensagens
10,624
Local
Braga
Aqui há uns tempos falaste dum telescópio que poderia ter ido para a Madeira, mas que por falta de apoios não foi. Será que estavas a falar deste ? :sad:

Já agora, aqui há dias ouvi dizer que iriam instalar um radar militar enorme no Pico do Arieiro, precisamente no miradouro, no local que para mim é simplesmente um dos 5 mais belos locais de Portugal ? É verdade ?
 

Rog

Cumulonimbus
Registo
6 Set 2006
Mensagens
4,515
Local
Norte Madeira (500m)
Aqui há uns tempos falaste dum telescópio que poderia ter ido para a Madeira, mas que por falta de apoios não foi. Será que estavas a falar deste ? :sad:

Já agora, aqui há dias ouvi dizer que iriam instalar um radar militar enorme no Pico do Arieiro, precisamente no miradouro, no local que para mim é simplesmente um dos 5 mais belos locais de Portugal ? É verdade ?

Não foi propriamente sobre este, mas sobre outros que já estão na actualidade instalados nas Canárias. É pena que Portugal não agarre estes projectos cientificos... é futebol, estádios... e o resto é paisagem.
Nem a cultura nem a ciência conseguem apoios significativos..:disgust:

Qto ao radar militar, ainda está em estudo, e não me consta que seja propriamente no miradouro, por vezes existem essas informações para contestar e recolher protesto das pessoas.
Um dos entraves tem a ver com uma ave em vias de extinção que nidifica lá, a freira-da-madeira, tem no total cerca de 15 casais, e segundo alguns biologos a instalação do radar podia condenar esta expécie à extinção.
Esta ave há uns 30 anos atrás chegou a ter apenas 4 a 6 exemplares, mas com a protecção desta espécie esta a recuperar.