Madeira vai ter rede para detectar trovoadas

Rog

Cumulonimbus
Registo
6 Set 2006
Mensagens
4,515
Local
Norte Madeira (500m)
Madeira vai ter rede para detectar trovoadas

Objectivo é avisar, in loco, da intensidade dos fenómenos naturais

O Instituto de Meteorologia vai implantar uma rede de detecção de trovoadas na Região. Neste momento, já existe um terminal no Aeroporto, que permite indicações precisas à navegação aérea.
César Pestana, director da delegação da Madeira do IM, explica que Portugal tem um acordo com Espanha, para a troca e partilha de informações, o que permite, através do intercâmbio com Canárias, a detecção de trovoadas em toda esta área do Atlântico Norte.
O director do IM na Madeira diz que, agora, será colocada uma estação no Pico do Arieiro, que permitirá fazer a detecção das trovoadas ao nível local. Aquele interlocutor realça que os novos equipamentos permitirão debitar informação a uma cadência muito mais rápida e com menor intervalo de tempo, o que tornará mais seguro o transporte aéreo.
Também poderá ser avisado o Serviço Regional de Protecção Civil, acerca das dimensões do fenómeno natural, que, por sua vez, poderá avisar as diferentes corporações de bombeiros, em função dos riscos.
Para além destes terminais, a delegação madeirense está ainda a melhorar os seus equipamentos, mormente na área das comunicações, com o objectivo de aceder de forma muito mais rápida e eficiente às informações meteorológicas nacionais e internacionais.
César Pestana diz que o objectivo da delegação passa por novas instalações. Só que, conforme enfatiza, «não é para já», já que foram feitas, recentemente, obras no local, que vão permitir melhores condições de trabalho.
Aquele responsável diz que, presentemente, a maior lacuna passa pelo efectivo de pessoal: existem trinta funcionários em toda a Região e o número mínimo aponta para 60 pessoas.
«Ao longo destes últimos dez anos tem havido uma diminuição do efectivo, em função das reformas solicitadas e da redução dos concursos para contratação de mais pessoal» — explica.
Aquele responsável lembra que as admissões de pessoal estão congeladas pelo Governo da República, que tutela o serviço, esperando que, em função da gravidade da situação — novas reformas estão no horizonte até final deste ano e são precisos, agora, pelo menos, mais sete/oito novos meteorologistas — haja uma solução, que pode passar pela transferência de pessoal do IM para a Madeira.
César Pestana diz que a situação foi já colocada a quem de direito, esperando que seja aberta uma excepção para a delegação madeirense e que até final do ano tudo esteja resolvido.
Segundo o nosso interlocutor, o maior problema é o Porto Santo, para onde costuma ser difícil receber candidaturas. «Temos lá seis funcionários, precisamos rapidamente de mais dois. E até final do ano reformar-se-á mais um».

Lançamento do balão continua a ser comum
Apesar da inovação tecnológica, o lançamento do balão continua a ser um acto rotineiro para os “homens do tempo”. Aquando da reportagem do JM no Observatório, um técnico procedia àquela operação. César Pestana refere, contudo, que os equipamentos actuais permitem uma análise muito mais concreta e real da situação.
É que o balão vai dando informações de dez em dez metros, até cerca de quarenta quilómetros acima do solo. Ao longo do seu trajecto, vai debitando, para um terminal, índices como a temperatura, humidade, gases detectados, velocidade e direcção do vento, pressão atmosférica, etc. César Pestana diz que é com este balão, por exemplo, que o Instituto de Meteorologia pode aconselhar a não realização de queimadas, devido a um fenómeno raro na Madeira, mas que por vezes acontece, que é a chamada, em termos leigos, “inversão do ar”, o que faz com que, por exemplo, os fumos fiquem retidos mais perto do solo.


in: Jornal da Madeira
 

kimcarvalho

Nimbostratus
Registo
19 Nov 2005
Mensagens
1,775
Local
Elvas
Ora ai está uma oportunidade de ouro para o Seringador e para o Alex! :D :thumbsup:

Excelente notícia, vamos lá a ver se depois de implantarem efectivamente esta nova rede, se obtém dividendos do trabalho! ;)