Meteorologia na TV Portuguesa

ajrebelo

Nimbostratus
Registo
5 Fev 2006
Mensagens
1,189
Local
Lisboa, Ericeira, Sesimbra, Gerês
Sim, e antes desse existia já há algum tempo o Canal Méteo também no serviço Digital+, penso que acabou e foi substituído por esse InfoMeteo.

Em França: La Chaîne Météo
Itália: Sky Meteo24
Polónia: TVN Meteo
Holanda: Weerkanaal

Na Alemanha existiu o Der Wetterkanal que fechou com apenas dois anos (1996-1998). Em Inglaterra a Sky também tinha um que fechou.

Portugal não tem qualquer dimensão para uma coisa dessas.

Boas

Nem dimensão nem tempo severo :D para dar as temperaturas chega o que temos. Aqui só era rentável ou possivelmente rentável um canal webmeteo do IM, ou alguma parceria entre o IM e o Etic por exemplo ou então alguma produtora, possivelmente as receitas era alguns fundos do estado e a publicidade.

Estou disponível para fazer stormchase para o canal :lmao: ;)

Abraços
 

Zerrui

Cirrus
Registo
9 Jul 2010
Mensagens
37
Local
belas
Eu por mim estou-me nas tintas para isso, até é por isso que fóruns como este são cada vez mais populares, as pessoas tem que vir aqui encontrar respostas que não encontram nos Media. E não é só na meteorologia, é um sintoma geral, as pessoas procuram cada vez mais a Net e locais como este nos mais variados temas.

Olá Vince:

Este assunto é interessante para mim porque passei muitos anos do outro lado do telefone a tentar corresponder às espectativas dos utilizadores do INMG/IM. Pode ser tema para uma conversa demorada. Enquanto não começa, deixo algumas achas para a fogueira. Há interesses nas previsões e nos dados resultantes das observações (directos ou climatológicos). Um boletim meteorológico poderia preocupar-se com ambos embora o campo da previsão pareça ser mais procurado. Teremos de considerar as escalas temporais: prever para a estação que se segue, prever para daqui a bocadinho, prever e acompanhar, etc. Depois, há vários modelos físico-metemáticos para desenhar os cenários mais prováveis e há adeptos para todos. Que fica? Como se vem dizendo, muito já está na NET e cada utilizador pode ficar-se com a previsão/previsor de que mais gosta, nacional ou estrangeira, regional ou universal. Para mim, um boletim meteorológico no plano televisivo justifica-se sempre, independentemente da dimensão espacial e da densidade populacional. A vantagem competitiva dos canais informativos estava na possibilidade de adiantar-se sempre aos outros com notícias frescas. Não havia engano, apenas se fracassou por causas orçamentais, por não se dimensionar bem a reportagem no exterior e falta de habilidade em envolver a população nos alertas disto ou daquilo. Vem tudo de agências noticiosas, às vezes das mesmas, para os três ou quatro canais! Perde-se o efeito actualidade e vamos mas é ver séries. A meteorologia requereria uma rede de observadores do tipo dos subscritores deste Fórum para chamar a atenção deste ou daquele fenómeno e para o acompanhar. Necessitaria de elementos com conhecimentos fiáveis das técnicas de previsão a muito curto prazo e que dispusessem dos meios essenciais para insinuarem a evolução do "bom" e do "mau" tempo, passo a passo, minuto a minuto. A preocupação desse boletim não seria tanto a da previsão para depois de amanhã mas mais a da indicação do momento e do local em que a chuva forte começaria e da sua progressão. E, quanto mais em cima da hora, mais útil seria para muitas actividades económicas ou lúdicas. Eu anseio ver um meteorologista na TV a dizer que vai abrandar o vento na região X dentro de 15 a 30 minutos mas aumentará na região Y ao fim da manhã e na Z a meio da tarde. E que falasse do calor e da geada e dos tornados e das trovoadas, que tranquilizasse os veraneantes da costa ocidental quanto à neblina matinal e quanto à nortada... Mas, como pagar um serviço destes, permanente? Os gestores de certo haveriam de acertar um modelo, financiado pela publicidade ou institucionalmente! Eu bem avisei que isto leva a muitos lados... Zerrui
 

duero

Nimbostratus
Registo
23 Dez 2009
Mensagens
1,038
Local
valladolid
Sim, e antes desse existia já há algum tempo o Canal Méteo também no serviço Digital+, penso que acabou e foi substituído por esse InfoMeteo.

Em França: La Chaîne Météo
Itália: Sky Meteo24
Polónia: TVN Meteo
Holanda: Weerkanaal

Na Alemanha existiu o Der Wetterkanal que fechou com apenas dois anos (1996-1998). Em Inglaterra a Sky também tinha um que fechou.

Portugal não tem qualquer dimensão para uma coisa dessas.

Un canal meteo, nao é só O TEMPO, pode ser moito mais:

-Espazos educativos na meteorología, e educar sobre os procesos do clima e os diferentes climas do mondo.

-Informaçao das aguas, das aguas marinas, temperatura, salinidade, ventos, etc.... mais tambén das aguas dos ríos, situaçao dos barragems, ciclo do agua, os tipos de rio, pluvial, pluvionival, etc....

-Informaçáo sobre as florestas, os tipos de florestas, as especies, os motivos dos fogos, e educar as pesoas.

-A situaçao agricola do país, os gandos, os novos imvestimentos de investigaçao.

Meteo nao é só as temperaturas de manha, Meteo sao moitas coisas.
 

Pedro

Super Célula
Registo
15 Abr 2009
Mensagens
6,105
Local
.
Un canal meteo, nao é só O TEMPO, pode ser moito mais:

-Espazos educativos na meteorología, e educar sobre os procesos do clima e os diferentes climas do mondo.

-Informaçao das aguas, das aguas marinas, temperatura, salinidade, ventos, etc.... mais tambén das aguas dos ríos, situaçao dos barragems, ciclo do agua, os tipos de rio, pluvial, pluvionival, etc....

-Informaçáo sobre as florestas, os tipos de florestas, as especies, os motivos dos fogos, e educar as pesoas.

-A situaçao agricola do país, os gandos, os novos imvestimentos de investigaçao.

Meteo nao é só as temperaturas de manha, Meteo sao moitas coisas.

Que bién Duero.

Lo mal es que la mayor parte de los membros del foro solo piensa que un canal meteorológico como la presentación del tiempo y no también como una funte de información muchas veces importante a toda la gente, interesada o no en la meteorologica.

Además, también se podría hablar de fenómenos mteorológicos en toda la península, Europa o en el mundo, explicando de una forma más cientifica y meteorologicamente más detallada y correcta estos fenómenos...

Piensen bién: no es solo el total de audiência que cuenta para la abertura de un canal meteorológico, tal como ya aqui fue dicho, por lo menor que fuesse nuestro POrtugal, un canal de esta naturaleza es siempre útil y necesário...

Perdón por escribir en castellano, pero es para duero no tener tanto trabajo en comprender...;)
-----------------------

E Vince, não sei como alguém tão bem informado e integrado nestas matérias tem uma opinião dessas...
 

Vince

Furacão
Registo
23 Jan 2007
Mensagens
10,624
Local
Braga
E Vince, não sei como alguém tão bem informado e integrado nestas matérias tem uma opinião dessas...

Já tenho uns aninhos valentes em cima, já criei e fali muita empresa, sei o quanto difícil é manter um negócio viável, sobretudo em Portugal. Não tenho ilusões. Nem em países europeus muito maiores onde existem estes canais os mesmos são especialmente interessantes, o que existe são coisas bastante monótonos e desinteressantes. Quase que passam apenas a horas certas trechos de vídeos pré-gravados, com palha a encher a restante programação, pouco mais são do que uma frequência satélite ocupada com vídeos pré-gravados, eu a isso nem chamo um canal de televisão. São canais sem grandes estruturas, pouca gente e escassos recursos, que as receitas são baixas, logo os custos também tem que ser. Nos EUA é diferente, não só pela dimensão, como pelos perigos que a meteorologia traz (tornados, furacões,etc), o que obviamente faz com que as populações nalgumas zonas prestem muita mais atenção à meteorologia, logo, maiores audiências e receitas, que permitem viabilizar estas coisas.

E quer queiram quer não, meteorologicamente falando, Portugal é um país muito tranquilo. Há dezenas de outros canais temáticos que seriam bem mais viáveis, mas nem esses tem espaço para existir num pequeno país como Portugal.

Fazes ideia dos custos envolvidos numa emissão de televisão ?
 

duero

Nimbostratus
Registo
23 Dez 2009
Mensagens
1,038
Local
valladolid
Que bién Duero.

Lo mal es que la mayor parte de los membros del foro solo piensa que un canal meteorológico como la presentación del tiempo y no también como una funte de información muchas veces importante a toda la gente, interesada o no en la meteorologica.

Además, también se podría hablar de fenómenos mteorológicos en toda la península, Europa o en el mundo, explicando de una forma más cientifica y meteorologicamente más detallada y correcta estos fenómenos...

Piensen bién: no es solo el total de audiência que cuenta para la abertura de un canal meteorológico, tal como ya aqui fue dicho, por lo menor que fuesse nuestro POrtugal, un canal de esta naturaleza es siempre útil y necesário...

Perdón por escribir en castellano, pero es para duero no tener tanto trabajo en comprender...;)
-----------------------

E Vince, não sei como alguém tão bem informado e integrado nestas matérias tem uma opinião dessas...

Nao preocupar, comprendo perfectamente quasi todo, algunas palavras por vezes nao, mais o contexto dizme que significan, embora ainda nao escrivo ben.

O maior problema é cando falamos de biodiversidade, pois os nomes das especies nao tenho claro, pois mesmo en Espanha mesma especie botánica ten moitos nomes, depende da regiao. É por iso cando escrivo as especies é con o nome científico, mais o resto comprendo.

Mesmo asim é, un canal meteo é moitas mais coisas que o "Tempo de manha"

A televisiao ten como meta educar as pesoas.


EU SERÍA O CORRESPONSAL ESTRANGEIRO, FALANDO EN PORTUGUÉS CON FORTE ACENTO ESPAÑOL :lmao::lmao::lmao:
 

Pedro

Super Célula
Registo
15 Abr 2009
Mensagens
6,105
Local
.
Já tenho uns aninhos valentes em cima, já criei e fali muita empresa, sei o quanto difícil é manter um negócio viável, sobretudo em Portugal. Não tenho ilusões. Nem em países europeus muito maiores onde existem estes canais os mesmos são especialmente interessantes, o que existe são coisas bastante monótonos e desinteressantes. Quase que passam apenas a horas certas trechos de vídeos pré-gravados, com palha a encher a restante programação, pouco mais são do que uma frequência satélite ocupada com vídeos pré-gravados, eu a isso nem chamo um canal de televisão. São canais sem grandes estruturas, pouca gente e escassos recursos, que as receitas são baixas, logo os custos também tem que ser. Nos EUA é diferente, não só pela dimensão, como pelos perigos que a meteorologia traz (tornados, furacões,etc), o que obviamente faz com que as populações nalgumas zonas prestem muita mais atenção à meteorologia, logo, maiores audiências e receitas, que permitem viabilizar estas coisas.

E quer queiram quer não, meteorologicamente falando, Portugal é um país muito tranquilo. Há dezenas de outros canais temáticos que seriam bem mais viáveis, mas nem esses tem espaço para existir num pequeno país como Portugal.

Fazes ideia dos custos envolvidos numa emissão de televisão ?

Não digo que não tenha experiência, e pelo que leio leio com bons olhos que a tem e já algo longa pelos vistos, mas acho que a sua forma de pensar continua a ser um pouco, não sei, demasiadamente nos custos e receitas...

Portugal até pode não ter a dimensão de cobertura e uma população tão activa e interessada nestas temáticas como nos EUA, o que por um lado é bom, significa que não temos muitas catástrofes meteorológicas...
Mas um canal desta matéria poderia trazer a Portugal notícias de todo o mundo, com explicação minimamente cientifica e mais detalhada, quanto os canais genéricos apenas dedicam alguns segundos a cada notícia dessas...

Gostei muito da ideia do duero, que no fundo era algo que eu lamento há uns tempos a televisão portuguesa não fazer: ensinar. Um canal meteorológico poderia ensinar algo aos mais pequenos, para no futuro não serem como a maioria dos jovens portugueses de agora vêem uma nuvem dizem que vai chover, só gostam de ver sol e calor à frente, que se dane se está nos valores e normais da época ou não, e não têm o mínimo interesse em ver e aconselharem-se em previsões oficiais. Não, vão a um site qualquer e tomam uma previsão a 72h ou mais como 100% viável, quando uma oficial a 72h nem chega por vezes a ter um probabilidade de 70%.

E depois vêem dizer que os meteorologistas são uma farsa, que de nada servem porque não sabem fazer o seu trabalho, são inúteis. Estas são afirmações que já ouvi dezenas de vezes por parte de colegas meus, o que me deixa triste por estes jovens não saberem nem ma pontita desta matéria e porque em casa não lhes são educação pois claro porque muitos adultos são iguais ou piores, e não respeitam neste percebem que esta profissão de meteorologista tem os seus riscos, e fazer um previsão que acerte não é um mar de rosas... Felizmente, vou mudando alguns desses colegas e já não são tão comuns esses comentários...

Por fim Vince, e será que os custos duma emissão meteorológica, que informasse e prevenisse bem as populações, nem que fosse um boletim meteorológico bem detalhado não acabaria com os prejuízos e perdas de vida que temos todos os anos em Portugal?

Pense a bem pensar em tudo isto...;)
 

Meteo Trás-os-Montes

Cumulonimbus
Registo
28 Jan 2007
Mensagens
4,393
Local
Carcavelos /Chaves / Vilardevós - Galiza
Existem dois canais públicos na televisão portuguesa.
Se num deles houvesse um espaço de 20 minutos diários onde se abordasse a previsão, observação e muitos dos pontos que o duero falou, já seria muito bom.

É obvio que gostaria de ver um projecto desses em Portugal, mas concordo com o Vince quanto à sua viabilidade! Também concordo com o André quando se refere aos canais públicos que falham redondamente neste assunto, contudo um esclarecimento, em Portugal não existem 2 canais públicos, existem 4 mais os regionais das ilhas, a RTPN como canal de notícias público mais obrigação tinha (digo mais pois qualquer um tem) de ter espaços dedicados a esta temática.
Não vale a pena bater mais no ceginho, ainda bem que lugares como este onde nos podemos informar existem, pois até o IM tem uma visão demasiado administrativa da coisa, o que incentiva o erro oficial e o próprio IM devia ser o primeiro a exigir dentro dos media o tratamento da sua informação, pois como está provado ao longo de todos estes anos de decadência meteo, os jornalistas, agências de informação... não sabem tratar nem passar a mensagem ao seu público. Enfim, como em tantas coisas estamos a anos luz do resto da Europa e para mim não é a pequenez do território ou o nosso clima a justificação, não existem espaços porque quem manda não tem sensibilidade para estas questões.
 

duero

Nimbostratus
Registo
23 Dez 2009
Mensagens
1,038
Local
valladolid
VINCE FALARA DE UN CANAL METEO NA HOLANDA, EU NAO CONHEZO, MAIS ACREDITO SUA PALAVRA.

Se Holanda, que mesmo é mitade do territorio portugués, e una poboaçao se nao esquezo de 15 milhoes ten un canal así, nao vejo motivo para Portugal nao ter.
Mesmo que Holanda ten un clima moito previsivel, e un país sen montanha nenhuma, acho que altura máxima sao 300 metros.

Holanda ainda mais nao ten diversidade climática nenhuma pois todo o país é igual, nao ha regioes mediterraneas ou continentais, nem regioes secas nem regioes moito humedas (nenhum local supera os 1000 mm).
Tudo o pais fica entre 700 e 900 mm, con mesma distribuçáo en tudo o país.
Tudo o país fica en inverno entre os 2 e os 4 graus de media, e no verao entre os 16 e os 18 graus.
Ainda mais, o facto de ser oceánico puro faz que nao tenha moitos eventos "estranhos" e ser moito constante si comparamos con o resto da Europa.

Posivel que Holanda e Belgica sao os paises menos interesantes da Europa, dende a óptica climática.

Entao si na Holanda é posivel nao acho o motivo de nao ser posivel en Portugal.
 

duero

Nimbostratus
Registo
23 Dez 2009
Mensagens
1,038
Local
valladolid
MESMO UN CANAL METEO PODERA FAZER SEGUIMENTO EN DIRECTO DOS FOGOS DAS FLORESTAS, INFORMAR MINUTO A MINUTO, MESMO NO LOCAL DO FOGO, CON OS BOMBEIROS, E TENTAR ESPLICAR O TRABALHO DOS BOMBEIROS, AS ESPECIES QUE FICAN NO MATO CON O NOME CIENTIFICO.....

Cando o KATRINA o canal meteo dos USA fora un dos mais vistos, e eles ganharan moito con comerciales.

Acho que cando a neve no inverno, o posivel canal meteo portugués podera ser o canal mais visto.
Mesmo o canal meteo podera fazer seguimento das estancias de sky, reportagem dos rios gelados nas montanhas, dos animais, etc....

Poderá ainda educar na flora e fauna, etc....Mesmo penso que a fauna dos peixes dos rios apenas ninguen conhece, na penínsola temos moitos peixes de rio que só fican aqui, sao autóctonos, nativos e endémicos, mais poucas pesoas conhecen esos peixes.

CANTAS PESOAS CONHECEN O Achondrostoma occidentale
?

ELE É UN PEIXE DO RIO QUE SÓ MORA NA ÁREA DE LISBOA, E FORA DESCOBERTO HA POUCO.
UN ENDEMISMO LISBOETA, SIM.......MESMO ACHO QUE ELE É DO BENFICA.:D

O JARAMUGO SÓ MORA NO GUADINA, POR EXEMPLO.

Nao ha moitas pesoas que conhezan tudo esto, mais acho que ha pesoas que gostarian de esto na tv.
Esto tambén fazeria que as pesoas conheceran mais o territorio e as especies e ficaran con mais coidado na natureza, e nao emporcaram os rios, nem tiraran lixo nos rios nem nas florestas, pois eles conhecerian que ali fica una especie única no mondo.



Nao conhezo moito a televisao portuguesa, mais lembrei de una coisa.

Eu gosto moito do basquetebol, e no foro portugués os basqueteboleiros sempre estan a falar que na tv nao ten presencia nenhuma, e que sempre é mais importante calqueira torneio futebolistico de verao que o basquetebol e sempre deven apanhar outros canais de fora de Portugal para olhar as competencias internacionais e a NBA.

Acho entao que existe una poboaçao que nao fica contenta con a oferta televisiva. A conclusao de tudo esto e que ainda é posivel mais canales que tenha moitas coisas diferentes aos tradicionais, como fora meteo, outros desportos, ou outras coisas.

Eu nao vejo moita tv, só os desportes e alguma serie como Los Simpson, gostaría tambén de un canal de filmes clásicos ou de outras naçoes como do Este de Europa, onde ten bon cinema, mais en España casi é imposivel olhar os filmes na sua lingua original, aqui traduzimos tudo, mesmo para min é moito estranho tantas palavras do ingles no portugués, mesmo na meteo.

Entao nao é una coisa de moitos canales televisivos se nao de ofrezer ofertas diferentes para moitas pesoas que nao gostan do que ofrezen os canais tradicionais.


Nao e coisa de cantidade se nao de calidade.
 

Zerrui

Cirrus
Registo
9 Jul 2010
Mensagens
37
Local
belas
Mesmo asim é, un canal meteo é moitas mais coisas que o "Tempo de manha"

A televisiao ten como meta educar as pesoas.


EU SERÍA O CORRESPONSAL ESTRANGEIRO, FALANDO EN PORTUGUÉS CON FORTE ACENTO ESPAÑOL :lmao::lmao::lmao:

Olá duero:

Eu vejo as coisas assim: Cada vez mais as pessoas sabem que a trovoada não é algém superior a ralhar connosco. Também sabem que futebol com relva molhada é diferente do que jogar a seco. Pôr tapete betuminoso numa estrada tem a ver com a temperatura do ar e com a precipitação. Sabem que a instalação de uma placa de betão requer certas condições. Sabem que o vento seco espalha pólens alergénicos. Que o aumento da pressão prejudica certas doenças respiratórias. Que os ventos muito fortes arrancam placas de zinco e árvores fragilizadas. Que a preia-mar, em simultâneo com centros de baixas pressões e com vento forte leva o mar a invadir os terrenos costeiros. Que a aproximação de uma frente quente (a linha no solo onde a superfície frontal o toca) traz nuvens baixas que têm de ser consideradas nevoeiro em locais um pouco mais altos. Que as primeiras chuvas arrastam poeiras do ar e molham a poeira fina que existe no piso das estradas, etc. etc.
Aqui no Fórum há pessoas que sabem até quando essas perturbações chegam e podem comunicá-lo. Outras podem inferir horários e áreas abrangidas/afactadas, podendo ser estimuladas a observar por alertas adequados. Outras, finalmente, podem elaborar previsões de risco e preencher um site de consulta rápida e até integrados automaticamente noutros mais generalistas-"A MeteoPt põe em alerta as populações de..." avisando-os das suas suspeitas. A-pouco-e-pouco, as entidades oficiais iriam aí beber informação e disponibilizariam em standby bombeiros e 112, enquanto difundiam através das estações de rádio a necessidade de andar a 30km/h em certas estradas, em recolher toldos, em fixar as gruas, em pôr os barcos a sêco, a esperar antes de espalhar o betão, de alterar aática do jogo, com jogadores mais fortes embora menos tecnicistas, etc. etc. Talvez se evitassem tragédias como a recente da A25...
Houve um furacão? Um tufão vem para cá? Será possível uma onda gigante? O que são? Tornados, geadas, altocúmulos lenticulares ou Ovnis? El niño é um menino mau? Onde é que houve iniundações?
Não é curial abrir e falir empresas. É simpático ocupar pessoas interessadas a trabalhar para os cidadãos, embora poucos. Se alguém obtiver ganhos financeiros à custa do nosso esforço, então exigiremos a nossa parte e... não faltarão organizadores se a empresa ameaçar sucesso. Entretanto... vamo-nos divertindo!
Zerrui
 

Vince

Furacão
Registo
23 Jan 2007
Mensagens
10,624
Local
Braga
Boletins meteorológicos, ontem, dia 15 de Setembro 2010.


rTVE

Começa com fotografias meteo enviadas por espectadores, falam e mostram a depressão em altura (DANA), mostram a longa pluma tropical e a sua relação com a Julia, explicam que é daí a origem das nuvens de ontem, mostram até um mapa da temperatura aos 500hPa para ilustrar a bolsa fria em altura, algo impensável de se ver alguma vez em Portugal. :thumbsup:
Duração: 9m47s





RTP/IM

Agora, o boletim da RTP/IM da mesma data e do mesmo evento. Duração: 3m22s:
http://tv2.rtp.pt/multimedia/progVideo.php?tvprog=14687&idpod=44612





Descubram as diferenças
:D
 
Editado por um moderador:

David sf

Staff
Registo
8 Jan 2009
Mensagens
5,167
Local
Oeiras / VN Poiares
Boletins meteorológicos, ontem, dia 15 de Setembro 2010.


rTVE

Começa com fotografias meteo enviadas por espectadores, falam e mostram a depressão em altura (DANA), mostram a longa pluma tropical e a sua relação com a Julia, explicam que é daí a origem das nuvens de ontem, mostram até um mapa da temperatura aos 500hPa para ilustrar a bolsa fria em altura, algo impensável de se ver alguma vez em Portugal. :thumbsup:
Duração: 9m47s

YouTube - Broadcast Yourself.




RTP/IM

Agora, o boletim da RTP/IM da mesma data e do mesmo evento. Duração: 3m22s:
http://tv2.rtp.pt/multimedia/progVideo.php?tvprog=14687&idpod=44612





Descubram as diferenças
:D

Há anos que vejo o final do Telediario da TVE só à espera do boletim meteorológico, agora com a Internet e a proliferação de fóruns como este, tenho dado menor importância, mas até há uns 2/3 anos era diário. Para saber algo da previsão do tempo, tinha que ser a TVE.

Mas também já vi boletins meteorológicos em França, Itália e até na Roménia (este um pouco mais fraquinho, mas mesmo assim nada mau) e a excepção é mesmo Portugal. E mesmo assim esse espaço que puseste no Bom Dia Portugal é de louvar, pois é relativamente recente. Antes ainda era pior.