O Estado do País 2018

Tópico em 'Off-Topic' iniciado por Orion 2 Jan 2018 às 16:14.

  1. Orion

    Orion
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    5 Jul 2011
    Mensagens:
    12,443
    Local:
    Ponta Delgada, Açores


    Há que começar o ano com fervor patriótico :D
     
    Collapse Signature Expand Signature
    luismeteo3 gostou disto.
  2. Orion

    Orion
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    5 Jul 2011
    Mensagens:
    12,443
    Local:
    Ponta Delgada, Açores
    Governo promete que dívida vai dar “um trambolhão”. Como?

    Dívida pública desce 2,5 mil milhões para mínimos de Janeiro

    Grande queda, sim, ... da 'almofada financeira'. Conseguiram anular o endividamento do ano passado.

    [​IMG]

    Continuando a saga do ano anterior, e para que não se esqueçam,...

    [​IMG]

    ... é a despesa pública que está a promover o crescimento :lmao:

    [​IMG]

    As poupanças com os juros lá vão ajudando a distribuir as benesses mas como dá para ver pelo caos nas urgências e nas progressões dos professores a política de devolução dos rendimentos é limitada.
     
    Collapse Signature Expand Signature
    #2 Orion, 2 Jan 2018 às 16:24
    Última edição: 2 Jan 2018 às 16:38
  3. Orion

    Orion
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    5 Jul 2011
    Mensagens:
    12,443
    Local:
    Ponta Delgada, Açores
    Fogos de 2017. Provedora de Justiça trabalha com estimativa de 125 mortos

    Pérolas do passado...

     
    Collapse Signature Expand Signature
  4. luismeteo3

    luismeteo3
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    14 Dez 2015
    Mensagens:
    6,794
    Local:
    Fatima
    Governo inicia 2018 com folga de 350 milhões de euros
    Revista de Imprensa JE
    09:11
    O Governo não utilizou a maioria da receita da devolução da garantia do BPP em 2017. Para este ano fica, assim, receita extra de mais de 350 milhões de euros, o que deve facilitar o atingir da meta de um défice público de 1%.


    O Governo conseguiu atingir as metas de consolidação orçamental em 2017 sem utilizar a totalidade da receita extra prevista pela devolução da garantia do Banco Privado Português (BPP), transportando assim essa folga para este ano.

    Segundo o jornal Público, o Executivo utilizou apenas 73 milhões dessa receita nos primeiros três trimestres de 2017, de um total de 450 milhões de euros. O diário explica que para a restante receita, que deverá superar os 350 milhões de euros, chegar aos cofres do Estado, falta uma autorização do juiz que lidera a insolvência do BPP para completar a transferência.

    No Orçamento do Estado para 2018, o Governo prevê cortar o défice público para 1% do Produto Interno Bruto, face aos 1,3% de 2017.
    http://www.jornaleconomico.sapo.pt/...2018-com-folga-de-350-milhoes-de-euros-250831
     
  5. luismeteo3

    luismeteo3
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    14 Dez 2015
    Mensagens:
    6,794
    Local:
    Fatima
    ClaudiaRM gostou disto.
  6. Agreste

    Agreste
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    29 Out 2007
    Mensagens:
    8,591
    Local:
    Aljezur (48m) - Faro (11m)
    o presidente não é contra o conteúdo... é contra a forma.

    é um veto sem qualquer explicação a não ser mais uma cedência à lógica do populismo de que é feita até agora toda esta presidência.
     
    Collapse Signature Expand Signature
  7. luismeteo3

    luismeteo3
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    14 Dez 2015
    Mensagens:
    6,794
    Local:
    Fatima
    Não vejo assim. Tudo o que é opacidade nos partidos é errado e tem de ser combatido!
     
  8. Agreste

    Agreste
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    29 Out 2007
    Mensagens:
    8,591
    Local:
    Aljezur (48m) - Faro (11m)
     
    Collapse Signature Expand Signature
  9. ClaudiaRM

    ClaudiaRM
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    2 Dez 2009
    Mensagens:
    2,489
    Local:
    Viseu
    Menos mal!
     
    Collapse Signature Expand Signature
    luismeteo3 gostou disto.
  10. Orion

    Orion
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    5 Jul 2011
    Mensagens:
    12,443
    Local:
    Ponta Delgada, Açores
    Comunas a defender desregulamentação. Épico :D

    [​IMG]

    [​IMG]

    [​IMG]

    Vão mas é exportar pernil para a Venezuela :huhlmao:
     
    Collapse Signature Expand Signature
  11. Agreste

    Agreste
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    29 Out 2007
    Mensagens:
    8,591
    Local:
    Aljezur (48m) - Faro (11m)
    Os comunas defendem a capacidade de mobilização dos seus militantes e que estes possam pagar as atividades do partido.

    Ao contrário de outros que estando contra a lei, como não têm militantes, não existiam.
     
    Collapse Signature Expand Signature
  12. Agreste

    Agreste
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    29 Out 2007
    Mensagens:
    8,591
    Local:
    Aljezur (48m) - Faro (11m)
    ou secar bacalhau para a terra nova.
     
    Collapse Signature Expand Signature
  13. Orion

    Orion
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    5 Jul 2011
    Mensagens:
    12,443
    Local:
    Ponta Delgada, Açores
    O mesmo PCP que chumbou a isenção do IMI para a malta dos incêndios quer mais dinheiro para as suas atividades? Que chulem dos seus deputados. Não é para isso que participam em todas as eleições europeias?

    E que tal fazerem o que dizem e reestruturarem as suas dívidas ou dar calote?
     
    Collapse Signature Expand Signature
    #13 Orion, 2 Jan 2018 às 22:27
    Última edição: 2 Jan 2018 às 22:33
  14. Paulo H

    Paulo H
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    2 Jan 2008
    Mensagens:
    3,016
    Local:
    Castelo Branco 386m(489/366m)
    O que os partidos devem fazer é renegociar as suas dívidas! Eh eh eh..
     
    Collapse Signature Expand Signature
    luismeteo3 gostou disto.
  15. luismeteo3

    luismeteo3
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    14 Dez 2015
    Mensagens:
    6,794
    Local:
    Fatima
    PSD não sabe se está vivo ou morto candidato suspeito de desviar €115 mil
    02.01.2018
    [​IMG]
    Nas últimas eleições autárquicas, o candidato do PSD ficou em quarto lugar na Covilhã com apenas 7,3% dos votos

    Marco Baptista, que foi candidato nas autárquicas de outubro à Câmara da Covilhã, está desaparecido há dois meses. Era consultor da Rede de Judiarias de Portugal, que o acusa de desvio de dinheiro. Caso já foi notícia em Israel

    Na última vez em que Marco Baptista foi visto em público estava na mó de baixo. Naquela noite de 3 de novembro, na sede do PSD na Covilhã, anunciou que ia sair da liderança e já não se candidatava às próximas legislativas, depois de no mês anterior ter sofrido uma derrota pesada nas autárquicas, com apenas 7,37% dos votos, arredando o partido da vereação camarária. “Ele fez a intervenção inicial e depois foi-se embora mas não estava especialmente nervoso. Parecia normal”, conta um responsável do PSD.

    Desde essa sexta-feira de novembro que está desaparecido de circulação e várias fontes contactadas dentro do partido não sabem se estará vivo ou morto. “Não ligou à família nem sequer no Natal, o que não deixa de ser muito estranho”, garante uma fonte próxima do empresário e político social-democrata.
    http://expresso.sapo.pt/dossies/dia...u-morto-candidato-suspeito-de-desviar-115-mil
     

Partilhar esta Página