1. Postagens no fórum Off-Topic
    Para combater registos que têm por único objectivo o de participar em tópicos controversos, o acesso às postagens está condicionado a membros com um número mínimo de 100 mensagens. Membros que não tenham esta quantidade de mensagens não poderão submeter mensagens ou criar tópicos nesta secção.
    Condições Gerais de Utilização do MeteoPT

O Estado do País 2019

Tópico em 'Off-Topic' iniciado por luismeteo3 4 Jan 2019 às 10:58.

  1. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    6,997
    Local:
    Porto
    Forma programada no sentido dos filhos serem pensados e não porque houve um esquecimento da pílula.
     
  2. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    6,997
    Local:
    Porto
    Nao discordo, apenas digo que importa perceber o que impede quem quer ter de os ter. Os salários são mais um factor, a juntar ao custo de vida. Em Portugal, tudo o que seja para crianças como leites artificiais ou carrinhos de bebé é caríssimo tendo em conta o salário médio.
     
  3. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    6,997
    Local:
    Porto
    Já referi várias vezes que há falta de habitação social. E quem tem filhos deveria ter prioridade, especialmente as mães solteiras.
     
  4. Orion

    Orion
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    5 Jul 2011
    Mensagens:
    15,688
    Local:
    Ponta Delgada, Açores
    Então há um problema de natalidade nas classes média e alta?
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  5. ClaudiaRM

    ClaudiaRM
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    2 Dez 2009
    Mensagens:
    6,023
    Local:
    Viseu
    O que impede os que os querem ter (na esmagadora maioria dos casos) é óbvio para qualquer pessoa que vive no mundo real. Depois existem problemas de fertilidade, mas são uma minoria.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    4ESTAÇÕES gostou disto.
  6. ClaudiaRM

    ClaudiaRM
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    2 Dez 2009
    Mensagens:
    6,023
    Local:
    Viseu
    A classe média e alta tem os filhos que quiser e puder ter. Não têm, apenas pelo seu (aparente) estatuto, obrigação de ter mais filhos do que ninguém. Ter filhos é a maior responsabilidade que alguém pode ter na vida. Fazer filhos a pensar nas reformas é idiota. Acredito que os ministros das finanças e políticos em geral pensem nesses termos. O cidadão comum, obviamente, não o faz.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    Pedro e 4ESTAÇÕES gostaram disto.
  7. 4ESTAÇÕES

    4ESTAÇÕES
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    30 Dez 2010
    Mensagens:
    1,449
    Local:
    Marinha Grande/Leiria/Fátima/Lisboa
    Há um problema de natalidade do mundo sim. Que nos afeta a todos, sim.
    É a elevada natalidade.
    Assim como é caro ter filhos cá, também o deverá ser noutras partes.
    Chama-se desenvolvimento.
    Se as pessoas ganham pouco e os serviços estão deteriorados isso é outra história.
    Há sítios com muita gente e sítios com pouca gente.
    E viva as migrações.
    Cada um que receba aquilo que poupou ou descontou.
     
    frederico gostou disto.
  8. ClaudiaRM

    ClaudiaRM
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    2 Dez 2009
    Mensagens:
    6,023
    Local:
    Viseu
    A ideia que se tem poucos filhos há coisa de 20 anos é treta. O meu pai teve 6 irmãos. Todos estão/estariam entre os 70 e os 90 anos hoje. Todos nascidos na aldeia.

    Irmão 1: não teve filhos.
    Irmão 2: não teve filhos
    Irmão 3: teve dois filhos
    Irmão 4: teve uma filha
    Irmão 5: teve uma filha
    Irmão 6: teve um filho
    Irmão 7: não teve filhos.

    A minha mãe teve 3 irmãos (que chegaram a idade adulta). Todos estão/estariam na casa dos 70/80 anos hoje. Todos nascidos na cidade.

    Irmão 1: teve uma filha.
    Irmão 2: teve 3 filhas.
    Irmão 3: teve uma filha
    Irmão 4: teve uma filha

    Resumindo: os meus avós não sabiam o que eram métodos contraceptivos (excepto os abortos: espontâneos e outros). Os meus pais e os meus tios e tias se não sabiam, aprenderam.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    4ESTAÇÕES gostou disto.
  9. Pedro1993

    Pedro1993
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Jan 2014
    Mensagens:
    6,279
    Local:
    Torres Novas(75m)
    As coisa já começam a ficar negras devido á falta de combustível, nos postos de abastecimento, em Torres Novas, existe já alguns que já esvaziaram os reservatórios, e a Rodovária do Tejo, já está a avisar os passageiros, que só tem disponível 11.300 litros de gasóleo, para uma frota de dezenas de autocarros, e que por ventura e com sorte só dará para andarem mais amanhã nas estradas.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  10. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    6,997
    Local:
    Porto
    O 4 Estações tem razão. Agora já existe a cadeira de Saúde Pública em Medicina no Porto e um dos temas abordados é a explosão demográfica em África. Não tinha noção até ler umas coisas de Antropologia Médica.
     
    4ESTAÇÕES e Pedro gostaram disto.
  11. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    6,997
    Local:
    Porto
    Isso do Reforma aos 80 anos como disse o Cavaco é um dos caminhos possíveis mas é preciso contextualizar a coisa. O Prof. Cavaco foi sempre um funcionário público e toda a pequena fortuna que juntou foi devido aos cargos que exerceu. Se houvesse uma reforma do sistema de pensões, seria um dos maiores prejudicados, pois tem uma pensão alta, e uma reforma que aumente a flexibilidade do sistema vai prejudicar acima de tudo quem tem pensões acima de 2000 euros, e beneficiar quem tem pensões mais baixas. Para mim é esse o caminho, tornar o sistema muito mais flexível e personalizado. Claro que o Prof. Cavaco não fala assim, afinal fiquei um dia com a sensação que a Reforma não lhe dava para as despesas...
     
    4ESTAÇÕES gostou disto.
  12. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    6,997
    Local:
    Porto
    Em Portugal deveria ser possível tapar os buracos dos descontos com um valor justo. Em Inglaterra quem deixa de trabalhar pode ir descontando para a Reforma o tempo que quiser e pagam-se 60 libras. Imaginem alguém que pára de trabalhar para fazer um mestrado, continuaria a descontar durante esses dois anos se assim o entendesse, e já contariam para a Reforma. Este tipo de mudanças simples a longo prazo beneficiam todos, Estado e cidadãos e não é necessário grandes confusões.
     
    #2142 frederico, 16 Abr 2019 às 19:22
    Última edição: 16 Abr 2019 às 19:28
    4ESTAÇÕES e Pedro gostaram disto.
  13. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    6,997
    Local:
    Porto
    Por questões de ordem biológica ou fisiológica trabalhar além dos 70 anos só deverá ser possível ser for algo voluntário. Algumas profissões têm grande desgaste e é necessário não ir além dos 35 a 40 anos de trabalho. Isso da reforma aos 80 anos como disse é um caminho possível mas não seria o caminho que eu escolheria. O meu caminho seria o da reforma máxima igual para todos e quem quisesse ir além desse valor descontasse mais.
     
    4ESTAÇÕES e Pedro gostaram disto.
  14. ClaudiaRM

    ClaudiaRM
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    2 Dez 2009
    Mensagens:
    6,023
    Local:
    Viseu
    1 - Como sabes que é pequena? Tens acesso à lista total de bens e aos saldos?

    2 - Se por 'devido aos cargos que exerceu' entendes directa e indirectamente, estamos de acordo. Se entendes que é directamente (salários), ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah ah! Nem com o Cavaco nem com a esmagadoríssima maioria das pessoas que tiveram uma vida política parecida com a dele.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    4ESTAÇÕES gostou disto.
  15. ClaudiaRM

    ClaudiaRM
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    2 Dez 2009
    Mensagens:
    6,023
    Local:
    Viseu
    Na verdade, não é pois isso implicaria que em 2050 a esperança média de vida desse um salto de uns 13/15 anos, o que não é, de todo, expectável. Ou é suposto trabalhar-se até aos 80 com esperanças médias de vida entre os 79/81?
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    MSantos, 4ESTAÇÕES e Pedro gostaram disto.

Partilhar esta Página