1. Postagens no fórum Off-Topic
    Para combater registos que têm por único objectivo o de participar em tópicos controversos, o acesso às postagens está condicionado a membros com um número mínimo de 100 mensagens. Membros que não tenham esta quantidade de mensagens não poderão submeter mensagens ou criar tópicos nesta secção.
    Condições Gerais de Utilização do MeteoPT

O Estado do País 2019

Tópico em 'Off-Topic' iniciado por luismeteo3 4 Jan 2019 às 10:58.

  1. N_Fig

    N_Fig
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    29 Jun 2009
    Mensagens:
    2,453
    Local:
    Coimbra (Figueira da Foz aos fins de semana)
    Então e as pessoas que tomam um medicamento para baixar a temperatura antes de sequer medirem a febre, e depois querem que os médicos lha meçam na mesma? Há casos muito maus, mesmo...
     
    luismeteo3 gostou disto.
  2. luismeteo3

    luismeteo3
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    14 Dez 2015
    Mensagens:
    15,589
    Local:
    Fatima
    O meu centro de saúde é excelente , desde as auxiliares, enfermeiras e médica de família... é o de São Mamede.
     
    ClaudiaRM e 4ESTAÇÕES gostaram disto.
  3. Hawk

    Hawk
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    26 Nov 2006
    Mensagens:
    1,328
    Local:
    Funchal
    Antes de criticar a postura das pessoas é preciso ter alguma sensibilidade para os números e realidade portuguesa.

    Portugal é o país da UE em que mais se morre por pneumonia, por exemplo. Quase 60 pessoas por 100 mil habitantes. A média da UE ronda os 25 por 100 mil habitantes...

    As doenças respiratórias representam a 3a maior causa de morte em Portugal. Junte-se a isto uma população envelhecida e o facto dos sintomas das várias doenças respiratórias que existem facilmente se confundirem. Junte-se ainda ao "caldo" diferenças enormes na qualidade da prestação de serviços de saúde em função da zona geográfica do país, como foi apontado acima. Seja em termos de instalações ou tempos de espera por uma consulta.

    Posto isto, é assim tão estranho que as pessoas tomem a iniciativa de agarrar nos seus "velhotes" e levá-los às urgências hospitalares?
     
    4ESTAÇÕES e algarvio1980 gostaram disto.
  4. ClaudiaRM

    ClaudiaRM
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    2 Dez 2009
    Mensagens:
    7,474
    Local:
    Viseu
    Ninguém falou em doenças respiratórias. Constipações e gripes não são doenças respiratórias. Podem (mas raramente trazem) trazer doenças respiratórias em pessoas saudáveis. E estou à vontade para falar disso porque já tive uma pneumonia. Quem já teve, sabe perfeitamente que a comparação com constipações e gripes não faz sentido. A pneumonia causa febres que pouco ou nada cedem a antipiréticos, dores nas costas ao respirar, dificuldades em respirar e um cansaço extremo. Tudo sintomas que não estão associados a simples gripes e constipações que já tive aos montes.

    Mais uma vez, ninguém falou de idosos ainda que o termo seja muito discutível. Supostamente somos idosos a partir dos 65 anos. Deve alguém com 65 anos, que não pertença a nenhum grupo de risco, ir às urgências de um hospital porque está constipado ou com gripe? Não, de modo algum. Muito menos antes de ligar para a linha Saúde 24. Mas já que falamos de idosos nas urgências, também podemos falar dos idosos que são levados para lá por causa de coisas que não os deviam levar lá e acabam debaixo da terra por apanharem bactérias hospitalares. Ir a um hospital é sempre um risco, ainda maior para pessoas que são/estão de alguma forma imunodeprimidas. Isso deve ser levado em conta, daí que deva ir-se quando é necessário e apenas quando é necessário. A minha pneumonia foi-me diagnosticada em 2 minutos com uma simples auscultação por uma médica num centro de saúde.
    Morre-se nos hospitais também porque lá estão pessoas (muitas, digo eu) que não deviam lá estar. Mais uma vez é uma questão de civismo e se os níveis de civismo não aumentam ao ritmo que gostaríamos, possivelmente só indo ao bolso a coisa se resolve. Invariavelmente, neste país tem de ser assim, como se vê nas estradas.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    4ESTAÇÕES gostou disto.
  5. Hawk

    Hawk
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    26 Nov 2006
    Mensagens:
    1,328
    Local:
    Funchal
    Infelizmente outra característica bem portuguesa é acharmos que o nosso umbigo é o umbigo dos outros, ou que o que se passa no nosso quintal é o que se passa no país todo.

    Ter a taxa de mortalidade mais alta da UE de pneumonia vai além de uma questão de "civismo". A começar pelo simples facto de que grande parte das pneumomias podem derivar de gripes que não foram devidamente tratadas. Portanto, estamos a falar de pessoas que provavelmente nem procuraram cuidados de saúde (talvez com medo de levarem com o rótulo da falta de civismo, tão em moda).

    Existem gripes com sintomas muito semelhantes aos da pneumonia, principalmente nos idosos que são mais suscetíveis a ter outros sintomas (uma distenção muscular devido à tosse (muito frequente em idosos) é facilmente confundível com uma pontara pulmonar).

    E quanto à suscetibilidade de apanhar doenças em meio hospitalar, estou naturalmente de acordo. Mas tem de imperar o bom senso. Eu também preferia não levar a minha bébé saudável a uma consulta de rotina (no centro de saúde, consultório, hospital, etc) mas tenho de fazê-lo na mesma.
     
  6. ClaudiaRM

    ClaudiaRM
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    2 Dez 2009
    Mensagens:
    7,474
    Local:
    Viseu
    Falas como se a única forma de procurar cuidados de saúde fosse nas urgências hospitalares. Isso é ridículo. Constipações e gripes não são para ser tratadas em meio hospitalar a não ser em casos específicos. Ponto. No meu centro de saúde há consultas de urgência de segunda a sexta, todos os dias.
    No que diz respeito aos idosos que dão entrada nos hospitais com pneumonias muitas vezes no fim da linha, são muitas vezes vítimas de negligência. O chamado oito ou oitenta. Mas não é apenas a presença de idosos nas urgências que explica a loucura desenfreada que lá se passa cada vez que surgem picos de gripe. Quem tem pessoas próximas que lá trabalham (como é o caso) sabe bem disso. Além do mais, eu própria já o testemunhei.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    4ESTAÇÕES gostou disto.
  7. Hawk

    Hawk
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    26 Nov 2006
    Mensagens:
    1,328
    Local:
    Funchal
    Não, não falo. E isso é facilmente perceptível para quem tenha a mínima capacide de interpretação.

    O facto do teu centro de saúde funcionar de forma excepcional, de até ser dotado de raio-x (para te detectarem a pneumonia em 2 min), e de seres facilmente vista em consultas não agendadas, não significa que o seja assim no país todo, daí haver zonas onde o recorrer às urgências é o normal. Essa espécie de "autismo" do "se o que se passa no meu quintal está ok, então está tudo ok" é algo que me faz confusão e um dos principais aspectos da cultura portuguesa que colocam Portugal na cauda da Europa a vários níveis.
     
  8. ClaudiaRM

    ClaudiaRM
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    2 Dez 2009
    Mensagens:
    7,474
    Local:
    Viseu
    O meu centro de saúde está muito longe de ser excepcional. Se lesses o que escrevo, saberias disso. Só marco consultas agendadas para os meus pais e normalmente demoram entre 2 a 3 semanas. Não tenho experiência pessoal dado que não marco consulta agendada para mim há mais de 20 anos. Não funciona ao fim de semana, por exemplo, como disse quando expliquei que tive de ir às urgências por causa de uma infecção na garganta. Mas tem consultas de urgência TODOS os dias de segunda a sexta, incluindo para quem não tem MF. Gostaria que me dissesses onde é que eu disse que tinha raio-x. Ou estás a ser desonesto ou não lês convenientemente. Fui diagnosticada em 2 minutos com uma simples auscultação, como aliás referi acima. Talvez fosse boa ideia respirares e pensares antes de responder, de modo a não distorceres o que te dizem.
    Ainda bem que falas em Europa. Tenho família, amigos e conhecidos em França, na Suíça e na Alemanha. Naturalmente, quando lá chegaram, estavam habituados ao Portuguese style. Não vou dizer que se passa o mesmo em todos os Hospitais nesses países porque não sei se é o caso e não sou mentirosa, mas em alguns hospitais dos países que mencionei o que aconteceu quando chegaram ao balcão de admissão das urgências e referiram como queixa constipações e gripes, foi nem sequer passarem do balcão de admissões e darem meia volta. Aprenderam rapidinho.
    Gripes e constipações não são para se tratar nas urgências dos hospitais a não ser em casos muito concretos e quando normalmente já não se trata de gripes ou constipações. As gripes e constipações são doenças víricas. As pneumonias são maioritariamente doenças bacterianas, daí as gripes e constipações serem altamente contagiosas ao contrário das pneumonias. Pessoas saudáveis não requerem sequer visita a médico por causa de gripes e constipações comuns. O próprio uso de antipiréticos só faz sentido porque a febre traz desconforto. A febre é um sinal importante. Diz-nos que o organismo está a combater o que deve combater. Só febres muito altas são perigosas, principalmente em crianças pequenas pois podem provocar convulsões febris que, ainda assim, muito raramente têm consequências apesar de serem uma situação traumatizante para os pais/cuidadores.
    Tentar sempre o centro de saúde primeiro. No caso de não ser possível ou haver alguma dúvida, contactar a antiga linha saúde 24, agora SNS 24, através do 808242424. Funciona muitíssimo bem. Se acharem que é caso para o centro de saúde, fazem o encaminhamento. Se acharem que é caso para uma ida às urgências, idem. Em ambos os casos, se for encaminhado pelo SNS 24, o centro de saúde e as urgências já estão de sobreaviso e o atendimento é mais rápido e isento de taxas moderadoras. Já usei 4 vezes e só tenho coisas boas a dizer, sendo que uma das vezes resultou apenas em conselhos úteis, duas vezes encaminhamento para o centro de saúde e uma para as urgências hospitalares. Para quem nunca recorreu à linha SNS 24, sim, fazem imensas perguntas. Algumas podem parecer inúteis ou até ridículas mas são importantes precisamente para o caso ser encaminhado da forma mais correcta. Ter sempre à mão os documentos identificativos, particularmente o número de utente assim como a medicação tomada pelo doente (crónica ou esporádica).
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    4ESTAÇÕES e Gerofil gostaram disto.
  9. Orion

    Orion
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    5 Jul 2011
    Mensagens:
    16,338
    Local:
    Ponta Delgada, Açores
    Em jeito de resumo...

    O Centeno ser considerado o melhor MF do ano (e haver enormes elogios a isso) é algo até bastante engraçado, não fosse a revista que o considerou - The Banker - parte do Financial Times, publicação integrante do tão criticado complexo neoliberal.

    Como já escrevi 'n' vezes, os vitoriosos escrevem a história e quem enfatizar que o atual governo - à semelhança da maioria dos que há por aí - não fez (nem faz) nenhum milagre será ferozmente vilipendiado. Muito gostava eu de saber a solução inovadora que o Centeno teria para arranjar a situação grega (resumo aqui, aqui e aqui). São as reforms, estúpido.

    O governo quer introduzir uma tara recuperável nas garrafas de plástico a partir de 2022. Na prática, as ruas vão continuar cheias de lixo (fossem só as garrafas o problema). Paralelamente, é bem possível que haja um aumento da malta a vasculhar os contentores para ganhar uns trocos rápidos.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  10. luismeteo3

    luismeteo3
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    14 Dez 2015
    Mensagens:
    15,589
    Local:
    Fatima
    O contexto aqui era a gripe e não a pneumonia... os idosos até tiveram direito a vacina. por isso em princípio nem serão os mais atingidos. E volto a dizer, os hospitais não são a forma mais indicada para tratar a gripe. Primeiro deve-se ligar para a saúde24, daí a situação vai ser triada para a melhor solução.
     
    4ESTAÇÕES e Gerofil gostaram disto.
  11. Hawk

    Hawk
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    26 Nov 2006
    Mensagens:
    1,328
    Local:
    Funchal
    Posso perguntar se fizeste o raio-x posteriormente? É que a radiografia é necessária para o correcto diagnóstico. Senão pode ser pneumonia ou outra coisa qualquer.

    Esses procedimentos estão todos certos em teoria. Infelizmente, na prática, nem sempre o mundo é tão perfeito o que leva as pessoas a socorrerem-se em cuidados de saúde avançados para tratar de coisas básicas.

    Vou dar um exemplo. Há 2 anos, no Norte do país, num dos concelhos mais populosos do país. A minha mulher grávida estava a ser acompanhada no centro de saúde local, numa freguesia desse concelho. Uma das análises clínicas são os diabetes gestacionais, que requer análise e posterior avaliação da médica. Tínhamos consulta agendada para 1 semana depois da realização das análises. Faz parte da rotina.

    Entrentanto, a médica de família ficou de baixa. Fui contactado a dizer que a consulta ia ser adiada uma semana. Aceitei com alguma naturalidade. Mais perto da data, novo contacto, a informar que a consulta tinha sido adiada...1 mês! Expliquei que a consulta era para ver as análises da gravidez. Resposta do funcionário do centro de saúde: "vai estar tudo bem, não se preocupe". Como a minha irmã tinha tido diabetes gestacionais e eu sabia que era necessário cuidados adicionais, fiquei preocupado. Perguntou-me se estávamos a ser acompanhados no privado. Respondi que sim mas não percebia a intenção da pergunta. Disse-me que podia levantar as análises e mostrar à médica no privado.

    Fiquei algo revoltado, disse que ia fazer uma exposição do caso ao ministério da saúde. Disse-me que ia passar o telefonema ao director do centro de saúde. Nem 2 minutos de conversa, foi marcada uma consulta menos de 1 semana depois no hospital público da área.

    Só para o caso de se achar que as coisas correm às mil maravilhas em todo o lado e que o sistema funciona sempre na perfeição.
     
    4ESTAÇÕES e Gerofil gostaram disto.
  12. ClaudiaRM

    ClaudiaRM
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    2 Dez 2009
    Mensagens:
    7,474
    Local:
    Viseu
    Nunca disse que as coisas correm as mil maravilhas em todo o lado e que o sistema funciona sempre na perfeição. Pelo contrário, mencionei bem cedo as limitações que eu própria encontrei no meu próprio CS. Mas isso é verdade na saúde e em tudo, aqui e em todo o mundo.

    A médica que me atendeu perguntou-me o que me levou à consulta. Falei de todos os sintomas e disse-lhe que achava que não era uma gripe porque já tinha tido muitas gripes e nunca tinha tido tais sintomas, particularmente um cansaço extremo que não era natural numa jovem como era na altura. Ela disse-me que achava que eu tinha razão. Auscultou-me cuidadosamente e disse-me que eu tinha uma pneumonia. Medicou-me e alertou-me para terminar o antibiótico ainda que me sentisse rapidamente melhor. Assim fiz. Disse-me que esperasse uma semana depois de terminar a medicação e depois marcasse consulta para fazer raio-x e ver se estava tudo bem. Se não visse melhoras nenhumas em 3 dias ou se piorasse, para voltar lá de imediato. Passados 2 dias de medicação, deixei de ter febre e 2 dias depois disso estava nova. Esperei o tempo recomendado, fiz raio-x e estava tudo ok. Nunca mais voltei a ter nada parecido, felizmente.

    O exemplo que deste é muito interessante. Primeiro porque é um exemplo do que muitas vezes ocorre e depois porque comprova que as urgências não servem para ir mostrar resultados de análises, como é óbvio. Sim, muitas vezes é preciso fazer 'barulho'. Sim, muitas vezes é preciso reclamar e mostrar que estamos informados e que sabemos quais os nossos direitos. Isso não significa que correr para as urgências por dá cá aquela palha é o correcto. Não é. Todos os dias há pessoas que vão às urgências (tenhamos em conta que uma considerável parte da população está isenta de taxa moderadora) porque têm o nariz tapado, porque têm unhas encravadas e, pasme-se, que mentem na triagem para conseguir atestados (que os médicos do SU nem podem sequer passar).
    Relativamente à questão da diabetes gestacional, sim, é protocolo normal fazer a análise. Duas questões: na análise não havia valores de referência? No laboratório que frequentamos, praticamente todos os parâmetros exibem não só os valores de referência como os últimos resultados do doente nas últimas análises. Isso dá, pelo menos, uma ideia da normalidade (ou não) do resultado da análise sem ser necessário ter conhecimentos médicos. A outra questão é que nesse caso, uma chamada para o SNS 24 poderia ter sido esclarecedora, o que não dispensaria, naturalmente, uma posterior consulta médica.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    4ESTAÇÕES gostou disto.
  13. Hawk

    Hawk
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    26 Nov 2006
    Mensagens:
    1,328
    Local:
    Funchal
    Não fomos às urgências mostrar as análises, o que obtivemos foi uma consulta externa no hospital através do centro de saúde, depois de ter feito "barulho".

    O procolo no SNS é consulta médica após realização de análises. O que não é protocolo é perguntar a um enfermeiro por telefone se as análises estão ok e deus livre quem um dia me sugerir isso.

    A Linha 24, o dr. Google, os valores de referência, etc, etc, não servem para suprimir as lacunas que denunciei (seja na gravidez seja noutros casos).
     
  14. Scan_Ferr

    Scan_Ferr
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    8 Ago 2010
    Mensagens:
    1,101
    Local:
    Maceda (Ovar)
    https://www.publico.pt/2019/01/05/politica/opiniao/mario-machado-tv-labaredas-ministro-1856685

    Tudo dito.
     
    N_Fig gostou disto.
  15. ClaudiaRM

    ClaudiaRM
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    2 Dez 2009
    Mensagens:
    7,474
    Local:
    Viseu
    Ok, estás mesmo a ser intelectualmente desonesto. Sendo assim, não perco mais o meu tempo.

    Que foi precisamente o que eu disse. Que o teu post comprovava que as urgências não servem para coisas banais como mostrar análises.

    Mais uma vez, eu disse que a existência de valores de referência e um telefonema para o SNS 24 NÃO dispensariam uma consulta médica. O que os valores de referência dizem a qualquer utente que não seja analfabeto é se o resultado é ou não normal. Se for normal, óptimo. Está tudo bem. Se não for, pode ou não ser clinicamente valorizado, motivo pelo qual se deve ir ao médico esclarecer a dúvida. Já se o resultado estiver dentro dos parâmetros normais, não há qualquer urgência. É para isso que eles lá estão.

    Linha SNS 24 e Dr. Google na mesma frase. Profissionais de saúde experientes à distância de um telefonema e informação com e sem qualidade, verdadeira e falsa, sem qualquer filtro, acessível a qualquer pessoa, postas na mesma frase. (Na verdade, o Dr Google pode ter alguma utilidade mas é preciso saber muito bem o que se procura e onde se procura, o que não é o caso da esmagadora maioria dos utilizadores. Usar o Google Scholar, por exemplo.)
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    4ESTAÇÕES gostou disto.

Partilhar esta Página