1. Postagens no fórum Off-Topic
    Para combater registos que têm por único objectivo o de participar em tópicos controversos, o acesso às postagens está condicionado a membros com um número mínimo de 100 mensagens. Membros que não tenham esta quantidade de mensagens não poderão submeter mensagens ou criar tópicos nesta secção.
    Condições Gerais de Utilização do MeteoPT

O Estado do País 2019

Tópico em 'Off-Topic' iniciado por luismeteo3 4 Jan 2019 às 10:58.

  1. 4ESTAÇÕES

    4ESTAÇÕES
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    30 Dez 2010
    Mensagens:
    1,502
    Local:
    Marinha Grande/Leiria/Fátima/Lisboa
    Não sei se percebes mas com reduções ou sem reduções de despesa a proposta faria derrapar a taxa muito para além dos 15%. Ou então poderia-se esperar um aumento da carga fiscal regressiva.
    Não somos um país de leste.
    É algo arriscado. Uma proposta regressiva tem que ser segura.
    Os riscos são para o progresso.
     
  2. ClaudiaRM

    ClaudiaRM
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    2 Dez 2009
    Mensagens:
    6,357
    Local:
    Viseu
    Poupa-te ao trabalho! Estar a discutir isso faz tanto sentido como estar a discutir a taxação dos depósitos acima dos 100 mil Euros. Sabes porquê? Porque nunca vai acontecer. Daqui a nada estamos a discutir se vamos anexar Marte.
    Dá para rir um bocado, a gente diz o óbvio (que é injusto) e basta.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    4ESTAÇÕES gostou disto.
  3. Hawk

    Hawk
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    26 Nov 2006
    Mensagens:
    1,126
    Local:
    Funchal
    Estive uma semana, parte em trabalho e parte em férias, na zona da Grande Lisboa. Percorri a 2ª circular e o IC19 diariamente e, da minha perspectiva pessoal (quem frequenta esta zona diariamente todo o ano talvez possa dar uma perspectiva mais realista), a medida das tarifas sociais nos transportes públicos não teve qualquer reflexo na diminuição de trânsito na grande Lisboa. Falei com várias pessoas, principalmente pensionistas que aproveitam as tarifas sociais para vir fazer "turismo" ao centro da cidade, por isso por aí foi uma boa medida social, além daqueles que ficam com mais reservas ao final do mês.

    Do ponto de vista ambiental, ou de mudança comportamental, não me parece que a medida tenho tido impacto. Há um incentivo à utilização do transporte público a que não corresponde o desincentivo do uso do transporte individual. Como tal, e como não há Planeta B, tenho a certeza que até Outubro, o PS, mas principalmente o BE e o PAN, vão anunciar uma grande medida ambiental que passa pela instalação de pórticos para taxar os acessos a Lisboa, nomeadamente no IC19, na 2ª circular e no troço entre as portagens da A1 e o aeroporto.
     
  4. algarvio1980

    algarvio1980
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    21 Mai 2007
    Mensagens:
    9,331
    Local:
    Olhão (24 m)
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    Pedro gostou disto.
  5. "Charneca" Mundial

    "Charneca" Mundial
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    28 Nov 2018
    Mensagens:
    834
    Local:
    Corroios (cota 26); Aroeira (cota 59)
    Não me parece... É possível, mas isso vai um bocado contra as regras do Plano Rodoviário Nacional. E nenhum governante quer um novo buzinão como o de 1994, isso seria o fim da Engenhoca. :)
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  6. Hawk

    Hawk
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    26 Nov 2006
    Mensagens:
    1,126
    Local:
    Funchal
    Foi proposto declarar o estado emergência climática que permitirá adaptar medidas a quadros como o definido no Plano Rodoviário Nacional. Não sei se o PS o fará mas tenho a certeza que o BE irá propôr esta medida. Há vários placards do BE ao longo do IC19 onde é lido que "não há um Planeta B". Uma forma evidente ee atacar o problema é nas estradas mais poluentes do país e que estão bem servidas de transportes e com subsídios de incentivo de utilização de transportes, como as que referi.

    A medida pode não ser popular, mas não estou a ver o BE perder o seu eleitorado por causa disso. Um bloquista não terá problemas em abdicar de um pouco do seu conforto pessoal em detrimento do Planeta A.
     
    Pedro e 4ESTAÇÕES gostaram disto.
  7. algarvio1980

    algarvio1980
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    21 Mai 2007
    Mensagens:
    9,331
    Local:
    Olhão (24 m)
    Se for como na especulação imobiliária, o BE está tão preocupado com isso como está o meu cão que não tenho nenhum. :rolleyes: O lema do BE é. Obrigar os outros a fazerem o que eles não fazem. :D , o caso Robles é disso exemplo.

    Já agora, quando os políticos e o PR fizerem as suas viagens: de bicicleta ou de barco a remos, em vez de ir de Mercedes ou de avião, o exemplo tem que vir de cima, enquanto não vier, azaruxo. :rolleyes:
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    Pedro e Hawk gostaram disto.
  8. 4ESTAÇÕES

    4ESTAÇÕES
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    30 Dez 2010
    Mensagens:
    1,502
    Local:
    Marinha Grande/Leiria/Fátima/Lisboa
    :lol:


    Por acaso concordo plenamente contigo. :p
     
  9. algarvio1980

    algarvio1980
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    21 Mai 2007
    Mensagens:
    9,331
    Local:
    Olhão (24 m)
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    Pedro gostou disto.
  10. algarvio1980

    algarvio1980
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    21 Mai 2007
    Mensagens:
    9,331
    Local:
    Olhão (24 m)
    EDP diz que não pode encerrar central termoelétrica de Sines antes de 2030

    https://observador.pt/2019/07/15/ed...central-termoeletrica-de-sines-antes-de-2030/


    Duvido que encerre em 2030, se o país no futuro enfrentar mais seca, o problema das renováveis é que são uma energia intermitente e estão dependentes dos factores meteorológicos, a hídrica depende da chuva e isso nota-se quando o país está em seca e quando não está, a eólica depende da existência de vento ou não, a solar também está dependente e só funciona durante o dia, por isso, apostam mais no gás natural para eliminar o carvão. Aliás, estamos em 2019 e o Carvão continua a ter cerca de 20% da origem da energia para produzir electricidade, quando falha o vento e a água, o Carvão está lá sempre e sinceramente eu não estou a ver aonde vão buscar esses 20% a outra fonte que funcione linearmente e não aos saltos como é o caso das renováveis.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    "Charneca" Mundial gostou disto.
  11. Pedro

    Pedro
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    15 Abr 2009
    Mensagens:
    5,276
    Local:
    Vila Chã de Sá - Viseu(441m)//Coimbra


    Sobre a progressividade relativa de impostos sobre o rendimento
     
    "Charneca" Mundial e MSantos gostaram disto.
  12. 4ESTAÇÕES

    4ESTAÇÕES
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    30 Dez 2010
    Mensagens:
    1,502
    Local:
    Marinha Grande/Leiria/Fátima/Lisboa
    E eu que pensava que a TSU era uma Taxa Única.
     
    ClaudiaRM gostou disto.
  13. Pedro

    Pedro
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    15 Abr 2009
    Mensagens:
    5,276
    Local:
    Vila Chã de Sá - Viseu(441m)//Coimbra
    Não foste capaz de ler a thread, como é óbvio
     
  14. Scan_Ferr

    Scan_Ferr
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    8 Ago 2010
    Mensagens:
    1,002
    Local:
    Maceda (Ovar)
    Obivamente. Só os burros podem pensar que as centrais termoelétricas se podem desligar assim do nada.
     
    algarvio1980 gostou disto.
  15. 4ESTAÇÕES

    4ESTAÇÕES
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    30 Dez 2010
    Mensagens:
    1,502
    Local:
    Marinha Grande/Leiria/Fátima/Lisboa
    Li tudo. Não tem nada a haver com a progressividade do IRS. Quem o paga é o trabalhador, não a empresa. É como o iva.
    Não atirem areia para os olhos.
     

Partilhar esta Página