Periodo da vaga

cacts

Cirrus
Registo
1 Fev 2014
Mensagens
4
Local
Afife
Boa tarde

Alguem me pode esclarecer melhor o que corresponde por exemplo no windguru Periodo da vaga???

Tambem aproveitava este novo topico e perguntava se conhecem outro site para ver as condições meteriológicas e as condições do mar para pratica de pesca embarcada até 25 milhas nauticas.

Abraço
 

I Love surf

Cirrus
Registo
16 Jan 2014
Mensagens
5
Local
Santarem
Boa tarde

Alguem me pode esclarecer melhor o que corresponde por exemplo no windguru Periodo da vaga???

Tambem aproveitava este novo topico e perguntava se conhecem outro site para ver as condições meteriológicas e as condições do mar para pratica de pesca embarcada até 25 milhas nauticas.

Abraço

Período da vaga significa o tempo em segundos que a onda demora desde a sua formação á sua rebentação . Quanto maior o período maior a energia e força da onda.Acontece por vezes a altura das ondas ser pequena mas o período ser grande as ondas ficam mais fortes se for ao contrário .Se juntar período grande com ondulação grande ficam bombas a rebentar na costa e é o que tem acontecido na nossa costa ultimamente e feito muitos estragos!O Mcnamara agradece essas bombas na Nazare !Espero que tenha ajudado alguma coisa pois nós surfistas estamos sempre desejosos por períodos grandes pois as ondas ficam grandes e mais perfeitas!Abraço!
 
  • Gosto
Reactions: jonas_87

Jorge_scp

Nimbostratus
Registo
17 Fev 2009
Mensagens
1,067
Local
Casal do Rato (Odivelas)
Boa tarde

Alguem me pode esclarecer melhor o que corresponde por exemplo no windguru Periodo da vaga???

Tambem aproveitava este novo topico e perguntava se conhecem outro site para ver as condições meteriológicas e as condições do mar para pratica de pesca embarcada até 25 milhas nauticas.

Abraço

O período de vaga é o período de tempo (em segundos) entre duas cristas de ondas consecutivas. Isto é a definição geral.

Na prática, na previsão o que é mostrado é um período médio. Serve para distinguir o tipo de ondulação que está previsto. Há essencialmente dois tipos de ondulação:

1- Ondas de vento. São ondas geradas pelo vento local, originando um estado do mar agitado mas muito irregular (as ditas "cabrinhas") e portanto com um período de vaga mais curto.

2- Ondas de fora ou "swell". São ondas geradas longe do local onde se observam. Ao longo do seu caminho foram-se organizando e tornando-se mais regulares, e formando grupos (ou sets) de ondas. Desse modo, o período da vaga é mais elevado. Neste caso, o aspecto do mar é mais regular, havendo apenas rebentação perto da costa. São as condições ideias para o surf.

Por vezes, há mistura de ambos, swell a vir de fora com o vento local a tornar as ondas mais irregulares. Isto é uma ondulação com duas componentes. Há sites que as separam para dar uma melhor informação ao utilizador, como o magicseaweed.

O período é também um indicador da energia da ondulação. Períodos mais elevados indiciam uma ondulação mais poderosa, portanto com maior perigo nas zonas costeiras. Porém, nas zonas mais fundas e mais afastadas da costa, são as ondas de vento que podem causar mais transtorno, principalmente se o vento for muito forte.

Um período é considerado alto ou baixo dependendo da altura da ondulação. Vou tentar ajudar, dando exemplos. Períodos superiores a 15 s indicam sempre ondulação de fora, independentemente da altura da mesma. Para períodos inferiores, um período de 10 segundos,por exemplo, para uma ondulação de 5 metros é baixo, indicando ondas de vento, mas para uma ondulação de 1 metro já pode indicar swell. Abaixo de 9 segundos, por norma a ondulação é de vento, com baixa componente energética. Espero ter ajudado.
 
  • Gosto
Reactions: CptRena e jonas_87

I Love surf

Cirrus
Registo
16 Jan 2014
Mensagens
5
Local
Santarem
O período de vaga é o período de tempo (em segundos) entre duas cristas de ondas consecutivas. Isto é a definição geral.

Na prática, na previsão o que é mostrado é um período médio. Serve para distinguir o tipo de ondulação que está previsto. Há essencialmente dois tipos de ondulação:

1- Ondas de vento. São ondas geradas pelo vento local, originando um estado do mar agitado mas muito irregular (as ditas "cabrinhas") e portanto com um período de vaga mais curto.

2- Ondas de fora ou "swell". São ondas geradas longe do local onde se observam. Ao longo do seu caminho foram-se organizando e tornando-se mais regulares, e forma de grupos (ou sets) de ondas. Desse modo, o período da vaga é mais elevado. Neste caso, o aspecto do mar é mais regular, havendo apenas rebentação perto da costa. São as condições ideias para o surf.

Por vezes, há mistura de ambos, swell a vir de fora com o vento local a tornar as ondas mais irregulares. Isto é uma ondulação com duas componentes. Há sites que as separam para dar uma melhor informação ao utilizador, como o magicseaweed.

O período é também um indicador da energia da ondulação. Períodos mais elevados indiciam uma ondulação mais poderosa, portanto com maior perigo nas zonas costeiras. Porém, nas zonas mais fundas e mais afastadas da costa, são as ondas de vento que podem causar mais transtorno, principalmente se o vento for muito forte.

Um período é considerado alto ou baixo dependendo da altura da ondulação. Vou tentar ajudar, dando exemplos. Períodos superiores a 15 s indicam sempre ondulação de fora, independentemente da altura da mesma. Para períodos inferiores, um período de 10 segundos,por exemplo, para uma ondulação de 5 metros é baixo, indicando ondas de vento, mas para uma ondulação de 1 metro já pode indicar swell. Abaixo de 9 segundos, por norma a ondulação é de vento, com baixa componente energética. Espero ter ajudado.

Tens toda a razão !A tua explicação é muito mais correcta que a minha!Aprendi também mais um pouco!Abraço!
 

Paelagius

Nimbostratus
Registo
27 Set 2013
Mensagens
1,521
Local
Porto
Vou tentar ser o mais simples possível.

O período, como já foi explicado, é o intervalo de tempo entre a passagem de duas cristas, ou duas cavas, consecutivas por um determinado ponto.

A energia da onda está relacionada com a altura.

Mas para perceberem melhor, imaginem duas ondas com as mesmas características, como mostra a imagem a seguir:

365x367xImage157.gif.pagespeed.ic.2Yh5cpR-Pw.png



E duas ondas desfasadas:

365x285xImage158.gif.pagespeed.ic.PKP76vFjmG.png



As ondas do mar resultam de sobreposição de ondas simples. Mas é claro que são mais complexas do que as ondas simples apresentadas. :)
 
  • Gosto
Reactions: CptRena

Johnny Storm

Cirrus
Registo
22 Nov 2007
Mensagens
28
Local
Lisboa
Na verdade, a potência de uma onda (Energia por unidade de tempo) é proporcional ao quadrado da altura (H) e proporcional ao seu período (T). Está tudo explicado aqui, para quem tiver curiosidade!
 
  • Gosto
Reactions: CptRena

Paelagius

Nimbostratus
Registo
27 Set 2013
Mensagens
1,521
Local
Porto
Na verdade, a potência de uma onda (Energia por unidade de tempo) é proporcional ao quadrado da altura (H) e proporcional ao seu período (T). Está tudo explicado aqui, para quem tiver curiosidade!

A energia total de uma onda é proporcional ao quadrado da sua altura...

Quanto mais alta é a onda, maior é a sua energia potencial.

Uma vez que as órbitas correspondentes ao movimento das partículas de agua são maiores numa onda mais alta, a energia cinética é também maior neste caso.

A energia total por unidade de área de uma onda é dada por E = 1/8 ρgH[sup]2[/sup] (onde ρ é a densidade da água e H a altura da onda)
 
  • Gosto
Reactions: CptRena

josé TAINHA

Cirrus
Registo
19 Abr 2017
Mensagens
2
Local
Beja
Já agora como se explica no fenómeno de Tsunami k ondas de altura muito baixa e períodos relativamente curtos e deslocação de milhares de km a energia seja tanta na rebentação na costa?
 

Jorge_scp

Nimbostratus
Registo
17 Fev 2009
Mensagens
1,067
Local
Casal do Rato (Odivelas)
Já agora como se explica no fenómeno de Tsunami k ondas de altura muito baixa e períodos relativamente curtos e deslocação de milhares de km a energia seja tanta na rebentação na costa?

O período de um tsunami não é curto, é muitíssimo longo. Em escala de comparação, as ondas de vento têm tipicamente períodos entre 10 a 20 segundos, enquanto um tsunami pode ter um período de vários minutos. Essa é a razão de ter tanta energia e ser tão devastador.
 
  • Gosto
Reactions: jonas

josé TAINHA

Cirrus
Registo
19 Abr 2017
Mensagens
2
Local
Beja
'brigado Jorge!
Qual a fórmula matemática que expressa a Energia transportada num "swell" de 20 s e um "swell-tsunami" de 5 m para poder comparar a tal "devastação"?
No caso do "BALI" a altura das ondas era baixa?! Então o factor quadrado da altura não é expressivo na equação da Energia.
Terá a ver (devido ao período) a uma grande massa de água transportada num caso versus uma diminuta no outro?
E a velocidade de propagação então até poder ser o mesmo para os 2 casos?