1. Postagens no fórum Off-Topic
    Para combater registos que têm por único objectivo o de participar em tópicos controversos, o acesso às postagens está condicionado a membros com um número mínimo de 100 mensagens. Membros que não tenham esta quantidade de mensagens não poderão submeter mensagens ou criar tópicos nesta secção.
    Condições Gerais de Utilização do MeteoPT

Política e economia internacional 2019

Tópico em 'Off-Topic' iniciado por luismeteo3 4 Jan 2019 às 10:41.

  1. hurricane

    hurricane
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    11 Nov 2007
    Mensagens:
    1,028
    Local:
    Bruxelas, Bélgica
    Digo isso 'a ditadura instalada na Hungria, com sistema de partido unico. Media estatal. Controlo das universidades e ciencia. Controlo da Justica.
     
    frederico gostou disto.
  2. Pedro

    Pedro
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    15 Abr 2009
    Mensagens:
    5,070
    Local:
    Vila Chã de Sá - Viseu(441m)//Coimbra
    Não tem a ver alhos com bugalhos. A Itália de Salvani e a Hungria de Orban são problemas mais próximos entre si que o da Polónia. Não tem mesmo nada a ver
     
    #782 Pedro, 8 Mai 2019 às 15:29
    Última edição: 8 Mai 2019 às 16:41
    frederico gostou disto.
  3. hurricane

    hurricane
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    11 Nov 2007
    Mensagens:
    1,028
    Local:
    Bruxelas, Bélgica
    Entao e a conferencia mundial das familias catolicas em Verona onde se discutiu como eliminar os gays?
     
  4. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    6,836
    Local:
    Porto
    link...
     
    Pedro gostou disto.
  5. Pedro

    Pedro
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    15 Abr 2009
    Mensagens:
    5,070
    Local:
    Vila Chã de Sá - Viseu(441m)//Coimbra
    Se fosses fazer essa pergunta a todos os católicos do mundo estou certo que a maioria deles se oporia a qualquer coisa do género. Todos os dias no mundo islâmico e cada vez mais em mesquitas europeias há islamitas ortodoxos a espalhar mensagens de ódio a cristãos. Em todo o mundo, os cristãos são a minoria religiosa mais perseguida, principalmente em países de maioria muçulmana. Mas venham aqui tentar dar lições de moral a comparar cristãos a muçulmanos. É que se é essa a base da discussão não há absolutamente nenhuma equivalência, o mundo islâmico vive parado há 200 anos por fundamentalistas na elite que transformam e perpetuam as bases em fundamentalistas islâmicos. Não há aí católicos a rebentar-se em mesquitas ou em celebrações islâmicas, pós não? Nao, não há até os mais extremistas dos católicos são uns fofos comparados com muitos ditos "moderados" muçulmanos. Se não querem que as pessoas sejam rotuladas pela religião, não o queiram da forma inversa que vos apetece.

    Bom, essa pergunta nem sequer teve nada a ver com o que disse. Tenho a certeza que essa dita conferência não é sequer estatal.
    O problema do populismo em Itália prende-se com a austeridade económica e com o terramoto social da crise dos refugiados, mas pelo menos até hoje não há uma ameaça à Democracia.
    Já na Hungria não é tanto uma questão de populismo mas mesmo de autocracia, ou como o próprio Orban define "democracia iliberal". Usa a questão dos refugiados como chavão populista apesar de a Hungria não ter sido afetada diretamente mas somente como ponto de passagem de migrantes. O peso da Igreja na Hungria não é maior que na maioria dos países europeus e está bastante afastado do poder legislativo e judicial.
    O problema da Polónia é um retrocesso enorme a nível social nos últimos 5-6 anos depois dum governo relativamente liberal de Donald Tusk. Não há a questao dad migrações como na Hungria e em Italia, nem populismo por austeridade da Itália. Há sim um ganho de influência da Igreja sobre o Estado e um uso da Igreja pelo Estado que deveria fazer o Salazar roer-se de inveja. Desde queimar livros do Harry Potter porque são magia, a ensinar crianças na escola que quem não for católico não é bem polaco e que quem não opoiar este governo não é bom polaco, e na Igreja que quem não vota neste governo não tem Cristo no coração. A Polónia hoje é capaz de ser o país mais fundamentalista cristão em todo o mundo. E o governo tem de facto vingado nesta propaganda á custa do boom económico induzido pela adesão á UE em 2004, que pouco beneficiou o Donald Tusk. A título acessório, o governo tem vendido uma guerra contra os médicos, que estão há dois anos a pedir aumentos de salários. Sabem quanto ganha um médico na Polónia, no início de carreira? Pouco mais de 700€, que é pouco acima do ordenado mínimo. E o governo usou a Igreja para durante a páscoa dizer nas homilias que os médicos que querem mais dinheiro não trabalham preocupados com os doentes nem com Deus no Coração.

    São três problemas, mas todos diferentes. Não metam tudo no mesmo saco, e muito menos venham aqui vitimizar o extremismo islâmico. É tão tóxico quanto qualquer outro extremismo religioso ou político.

    Relacionar a Polónia com uma conferência católica em Itália contra homossexuais é tão parvo como dizer que a culpa da lei antihomossexual do Brunei também é da Polónia. Noção.
     
  6. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    6,836
    Local:
    Porto
    O Professor Pedro Arroja colocou ha algum tempo uns links muito interessantes sobre umas organizacoes catolicas que funcionam como seitas. Nunca tinha ouvido falar de tal coisa. Contudo, importa dizer que a Igreja tem dentro de si uma grande diversidade de sensibilidades e tem grupos muito distintos. Eu conheco pessoas ligadas a uma organizacao da Igreja portugesa que detestam a Opus Dei. Mesmo a nivel nacional as Igrejas diferem, a Igreja portuguesa, por exemplo, nunca foi igual a francesa o a italiana (o que e uma pena). Veja-se agora com a crise catala, os padres das igrejas da Catalunha a apoiar a independencia, contra a Igreja de Madrid. Dito isto, o mais importante e a mensagem imutavel que esta plasmada nos Evangelhos e em Sao Paulo, e que fala de valores como a tolerancia, o bom-senso, a prudencia, o Amor ao proximo, a vigilancia, etc. Provavelmente um dia vira um Papa que acabara com estas seitas dentro do seio da Igreja.
     
    Pedro gostou disto.
  7. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    6,836
    Local:
    Porto
    A interpretacao que se tira dos Evangelhos e de Sao Paulo e simples, e para isso temos de ter em conta o contexto de ha 2000 anos. Quando o Cristianismo surgiu no seio do mundo pagao havia um problema chamado escravatura. Os escravos eram obrigados a servir sexualmente os seus patroes. O Cristianismo tentou acabar com isto (e com a escravatura, pelo menos de cristaos) e insistiu na moderacao da sexualidade.

    No mundo antigo a homossexualidade era um problema em algumas cidades, por causa da prostituicao masculina, que disseminava doencas sexualmente transmissiveis. Ficaram famosos os surtos de sifilis em Italia ja no Renascimento, propagados por homens qe tinham sexo com homens em Florenca e Veneza. Recordo que estamos a falar de uma altura em que nao se sabia que havia bacterias nem havia o preservativo de latezx. E preciso contextualizar. Portanto, era natural, parece-me, que se proibisse a homossexualidade, pois nao se sabia a origem do mal, apenas viam muitos gays e bissexais a ficar doentes sem saber porque, e pensava-se em castigo. Hoje em dia ja temos uma explicacao racional, ja sabemos que a sifilis e causada por uma bacteria.

    De resto, Sao Paulo diz que alguem promiscuo ou homossexual nao tera o reino dos Ceus. O que significa isto? Se calhar se olharmos para outras religioes do Oriente percebemos, ou para os sistemas de Medicina antigos. Os ascetas, pessoam que queriam viver so para o espirito, tornavam-se celibatarios. Infelizmente, no mundo real, 99% das pessoas saudaveis sao incapazes de tal proeza. Isto tambem nao significa que se tolere uma vida louca, mas penso que basicamente a mensagem e que haja moderacao, sacrificio e tolerancia. Por isso e por outras palavras a Igreja, o que pede a alguem que seja bissexual ou homossexual, e que faca o sacrificio em nome do Espirito e que evite ter relacoes sexuais com alguem do mesmo sexo, ou que cultive uma relacao com alguem do sexo oposto e tenha familia, mas se nao conseguir, ao menos que se modere. Catolico significa Universal, acolher a todos.
     
  8. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    6,836
    Local:
    Porto
    Se quisermos perceber a Hungria e a Austria, e aqueles partidos de Direita, se calha teremos de olhar para duas coisas. Primeiro, para o que foi o Imperio Austro-Hungaro e o Absolutismo austriaco. Segundo, para a presenca turca na Europa de Leste, turcos esses que estiveram as portas de Viena. E preciso contextualizar.

    Quanto a Italia, e tal como Portugal um pais de personalismo catolico, mas ainda mais complicado, pois e um pais recente, nasceu no seculo XIX. Nos paises de personalismo catolico o funcionamento da democracia ao estilo do Norte da Europa (paises mistos catolicos e protestantes ou catolicos) e muito dificil. Por exemplo, os eleitores votam mais depressa na "pessoa" que nas suas ideias. Temos em Portugal varios exemplos.
     
    Pedro gostou disto.
  9. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    6,836
    Local:
    Porto
    A maior parte dos hungaros com quem ja falei nao gostam do Erdogan, mas sao hungaros que emigraram. Na Hungria mais de 70% do eleitorado vota em dois partidos populistas nacionalistas. Quase nao ha centro-dreita, liberais ou sociais-democratas. E um sistema muito diferente do que temos na Europa Ocidental. Contudo para ja penso que o melhor e ir fechando os olhos e evitar que se pisem certas linhas vermelhas, as novas geracoes e os emigrantes hungaros sao pessoas mais moderadas e dentro de dez anos certamente que havera uma mudanca de ciclo.
     
    Pedro gostou disto.
  10. Pedro

    Pedro
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    15 Abr 2009
    Mensagens:
    5,070
    Local:
    Vila Chã de Sá - Viseu(441m)//Coimbra
    Aqui não posso concordar. A Bíblia, como qualquer outra livro (ou conjunto de livros) históricos não pode ser lido de forma integral, sem contexto. É o que acontece com as referências à homossexualidade no velho testamento. São uma reação a rituais religiosos pagãos que envolviam sexo entre homens nos tempos como sacrifício aos Deuses. A história de Gomorra e Dodoma é outra em que provavelmente o que está subjacente é a critica à prostituição e prosmicuidade e não necessaria- e especificamente a relações homossexuais. Há outras passagens em que o sentido mais poderá ser que é errado uma mulher deitar-se com jam mulher tendo um homem e o contrário, ou seja, adultério e promiscuidade e não necessariamente a homossexualidade. Além do mais, penso ter sido algures que tal como virgem e jovem eram palavras muito próximas no grego antigo, os termos para prostituto e homossexual ou "afeminado" também o seriam. E pode ser uma questão de má tradução, quiçá intencional.
    O que propões Frederico é uma barbaridade. Para a pessoa homossexual ou bissexual e para o parceiro. Uma autêntica barbaridade. Não tem nenhum cabimento um homem andar 50 ou 60 anos a enganar a mulher e a si próprio só para manter uma imagem social e religiosa. Ainda há uns tempos soube duma família, sei de algumas na verdade, que foi completamente destruída porque o homem foi apanhado pela mulher com outro homem, e expôs tudo. Escusado será dizer que o homem teve a vida pessoal e social desfeita, o casamento acabou, a mulher sentiu-se enganada a vida toda, o filho de 13 anos foi gozado na escola, etc. Nada de bom veio desta farsa, tirando o pobre do rapaz que não teve culpa nenhuma.
    De qualquer das formas, não entendo a importância dada pela igreja e pela sociedade em geral a este tema. A Bíblia condena o consumo de porco, de marisco, "pecados" como a inveja e a gula, mas as pessoas só se interessam em justificar um julgamento moral com base no livro quando lhes convém. Ou bem que se interpreta a Bíblia com a devida moderação em TUDO ou bem que se aceita dogmaticamente TUDO. que prevaleça o único mandamento: "Amai-vos uns aos outros, como eu vos amei"
     
    4ESTAÇÕES gostou disto.
  11. 4ESTAÇÕES

    4ESTAÇÕES
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    30 Dez 2010
    Mensagens:
    1,323
    Local:
    Marinha Grande/Leiria/Fátima/Lisboa
    Eu gostaria de saber quem disse isso.
     
  12. Scan_Ferr

    Scan_Ferr
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    8 Ago 2010
    Mensagens:
    975
    Local:
    Maceda (Ovar)
    Adoro o whataboutism que se faz quando se menciona a palhaçada tipo a que indiquei no link.
     
  13. hurricane

    hurricane
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    11 Nov 2007
    Mensagens:
    1,028
    Local:
    Bruxelas, Bélgica
  14. hurricane

    hurricane
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    11 Nov 2007
    Mensagens:
    1,028
    Local:
    Bruxelas, Bélgica
    O atentado que aconteceu na Nova Zelandia foi pura fantasia entao. Extremismos existem dos dois lados. Facto!
     
    4ESTAÇÕES gostou disto.
  15. ClaudiaRM

    ClaudiaRM
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    2 Dez 2009
    Mensagens:
    5,756
    Local:
    Viseu
    Eu cá acho é que o mundo estaria bem melhor se as pessoas deixassem de acreditar em figuras fictícias e deixassem de agir consoante aquilo que acham que agrada a essas mesmas figuras. Se eu andar no meio da rua a falar sozinha dizem que sou maluca. Se eu entrar dentro de um templo qualquer e desatar a falar com uma imagem acham que eu sou uma pessoa perfeitamente normal mas crente... Quantos milhões de pessoas perderam a vida em nome dos Deuses?
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    4ESTAÇÕES e Pedro gostaram disto.

Partilhar esta Página