1. Postagens no fórum Off-Topic
    Para combater registos que têm por único objectivo o de participar em tópicos controversos, o acesso às postagens está condicionado a membros com um número mínimo de 100 mensagens. Membros que não tenham esta quantidade de mensagens não poderão submeter mensagens ou criar tópicos nesta secção.
    Condições Gerais de Utilização do MeteoPT

Política e economia internacional 2019

Tópico em 'Off-Topic' iniciado por luismeteo3 4 Jan 2019 às 10:41.

  1. ClaudiaRM

    ClaudiaRM
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    2 Dez 2009
    Mensagens:
    5,997
    Local:
    Viseu
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  2. Orion

    Orion
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    5 Jul 2011
    Mensagens:
    15,679
    Local:
    Ponta Delgada, Açores
  3. Dan

    Dan
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    26 Ago 2005
    Mensagens:
    9,249
    Local:
    Bragança (675m)
    Em Portugal, o presidente é eleito por sufrágio universal e direto, algo que não é necessário para o caso de primeiro ministro, um cargo com muito mais poder efetivo.

    O cargo de presidente acaba por não ter poderes compatíveis com a sua legitimidade. Apenas possui o poder da destruição, quase nunca usado, a chamada “bomba atómica”, a possibilidade de dissolver a assembleia e convocar novas eleições.

    Esta elevada legitimidade, acompanhada por uma ausência de poderes efetivos, pode ser geradora de conflitos desnecessários entre a figura do primeiro ministro e a do presidente.

    Temos assim esta situação que nem é carne nem é peixe e da qual o país não tem tirado grandes benefícios.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  4. ClaudiaRM

    ClaudiaRM
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    2 Dez 2009
    Mensagens:
    5,997
    Local:
    Viseu
    Isso é a tua opinião.
    Outra coisa distinta é dizer que o PR é uma figura decorativa como a Rainha de Inglaterra. Não é verdade. O PR em Portugal tem poderes. Se os usa ou não, com que frequência os usa, é outra discussão. No entanto, uma figura que pode dissolver a AR não é, obviamente, uma figura decorativa.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  5. Dan

    Dan
    Expand Collapse
    Staff

    Registo:
    26 Ago 2005
    Mensagens:
    9,249
    Local:
    Bragança (675m)
    No nosso país, de todos os órgãos de soberania, aquele que tem mais legitimidade é o presidente da República, mas é também aquele que tem menos poderes. Poderes construtivos. É um pouco estranho.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    Pedro gostou disto.
  6. ClaudiaRM

    ClaudiaRM
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    2 Dez 2009
    Mensagens:
    5,997
    Local:
    Viseu
    Poderes, dizes bem. Tem poderes.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  7. Pedro

    Pedro
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    15 Abr 2009
    Mensagens:
    5,182
    Local:
    Vila Chã de Sá - Viseu(441m)//Coimbra
    Na verdade, se não me engano, só em 2011 é que a rainha perdeu o poder de dissolução do parlamento
     
    Hawk gostou disto.
  8. ClaudiaRM

    ClaudiaRM
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    2 Dez 2009
    Mensagens:
    5,997
    Local:
    Viseu
    Eu estou em 2019. Já tu, não sei.

     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  9. Hawk

    Hawk
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    26 Nov 2006
    Mensagens:
    1,075
    Local:
    Funchal
    O facto da última vez que um rei/rainha ter dissolvido o parlamento inglês ter sido em 1708, demonstra um uso sensato dos seus poderes. A última vez que um presidente dissolveu o parlamento em Portugal foi porque estava "farto do 1o ministro". Estava assim aberta a porta a um dos maiores vigaristas que levou o país à ruína, ruína que 10 anos depois ainda sentimos na pele. Ruína que ainda nem está 50% a descoberto. É de facto uma república muito madura e avançada.
     
    "Charneca" Mundial e Pedro gostaram disto.
  10. ClaudiaRM

    ClaudiaRM
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    2 Dez 2009
    Mensagens:
    5,997
    Local:
    Viseu
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  11. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    6,997
    Local:
    Porto
    A necessidade de um poder além do poder legislativo de um parlamento e de um Governo prende-se com o facto da democracia não ser perfeita e eleger políticos que pôem em risco os supremos interesses da nação. No século XX temos dois grandes exemplos, Hitler e Mussolini, eleitos pelo povo, que conduziram ambos os países para o caos da guerra. Existem regras e interesses supremos que estão acima da Direita e da Esquerda, deste ou daquele partido, prendem-se com os direitos humanos e civis dos cidadãos, independência e soberania, identidade e valores. A função das Monarquias, por exemplo, é zelar discretamente por tudo isso, tal como deveria ser essa a função de um Presidente. Estou para ver como vai actuar o Presidente italiano. O Salvini em termos de política externa toma opções que ferem os interesses geoestratégicos e geopolíticos do país. Não há muito tempo foi aos EUA elogiar o Trump. Ora esta administração norte-americana está a prejudicar a Europa com a guerra comercial, a Itália está a ser prejudicada, e ele vai lá fazer estas figuras? Ele acha que se sair a seco do euro e lançar o povo numa miséria pior que a Argentina a Rússia ou os EUA vão enviar-lhe dinheiro?

    Ainda há dias saiu uma sondagem sobre a opinião dos membros do Partido Conservador. O PC tem cerca de 100 mil membros, 5 vezes menos que os Trabalhistas. Há rumores que nos últimos anos muitos membros do UKIP rumaram para o PC para consegur assim manipular o partido por dentro. Segundo essa sondagem os membros do partido preferem o Brexit a manter a unidade do país, ou seja, não se importam que haja independência da Escócia e da Irlanda do Norte desde que haja Brexit. Gostaria de saber o que pensa a Casa Real sobre isto, já que no referendo escocês a Rainha lançou discretamente o sinal que estava preocupada e que não queria uma Escócia independente. Em termos geopolíticos seria um desastre para Inglaterra perder a Escócia e a Irlanda do Norte. Os membros do PC não representam o eleitorado do partido, que é muito mais moderado, mas são eles que decidem o líder do partido. E ficamos a saber segundo esta sondagem que preferem acabar com o Reino Unido a não ter Brexit.
     
    Pedro gostou disto.
  12. Orion

    Orion
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    5 Jul 2011
    Mensagens:
    15,679
    Local:
    Ponta Delgada, Açores
    Por mais nobre que aparente ser o trabalho das ONGs no Med, há um grande problema e não me estou a referir à fomentação do tráfico de pessoas.

    Muita dessa malta (largamente financiada por privados), que fica ferozmente indignada pelo tratamento subsequente prestado na Europa, pouco faz por eles após o desembarque.

    O Salvini quer multar as ONG's até 5500 euros por migrante desembarcado. Terrível? É. Mas o governo também precisa de dinheiro para os seus (não é essa a sua função?).

    O Marcelo 'não percebe' (claro que deve mas é inconveniente dizer) porque é que há um português a ser acusado de assistência à imigração ilegal. Mas uma coisa é o caso português, que tende a escolher os migrantes que recebe (especialmente os que estão parados na Grécia) e outra é permitir a chegada indiscriminada de gente. Com os problemas dos outros é sempre fácil ser sapiente e virtuoso.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    Pedro e frederico gostaram disto.
  13. Orion

    Orion
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    5 Jul 2011
    Mensagens:
    15,679
    Local:
    Ponta Delgada, Açores
    -> https://www.amn.pt/Media/Paginas/DetalheNoticia.aspx?nid=2628

    E se fossem barcos italianos ou gregos a desembarcar gente diariamente em Lisboa ou em Faro?

    Muitas medalhas humanitárias poderiam ser concedidas às marinhas estrangeiras mas o governo tuga é que tinha que arcar com todos os gastos necessários ao bem-estar dos recém-chegados.
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
    #1078 Orion, 20 Jun 2019 às 13:56
    Última edição: 20 Jun 2019 às 14:02
    Pedro gostou disto.
  14. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    6,997
    Local:
    Porto
    A posiçao de Portugal está a ser estúpida. Visto de fora parece que está desesperado para receber imigrantes. É caso único na Europa. Um país que há pouco tempo faliu, super endividado, que nem sabe governar-se e quer «acolher refugiados».

    Já que está tão mãos largas cuide mas é do seus. O ano lectivo começa em Setembro e de certeza que muitos estudantes não vão ter dinheiro para pagar o alojamento.
     
    Pedro gostou disto.
  15. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    6,997
    Local:
    Porto
    No Verão passado numas estufas de framboesa em Tavira falei com um imigrante do Bangladesh que fala inglês e disse-me que só está em Portugal porque não conseguiu visto para outro lado, não gosta do país porque os salários são muito baixos e tem de partilhar uma casa com 10 pessoas para conseguir mandar dinheiro. Um indiano disse-me que ia ficar em Portugal uns anos só para tentar ter o passaporte e conseguir ir para outro país europeu pois em Portugal pagam muito mal.

    Portugal está a tornar-se numa porta giratória para acesso a outros países e convido os senhores jornalistas a ir a alguns consulados portugueses para verem a enorme percentagem de pessoas com ascendência africana, asiática ou da América do Sul.

    Portugal ainda vai ter problemas dentro de alguns anos e vai ficar mal visto na Europa por causa destas ideias de livre circulação com os PALOP e a CPLP que o Governo anda a anunciar.
     
    Pedro gostou disto.

Partilhar esta Página