1. Postagens no fórum Off-Topic
    Para combater registos que têm por único objectivo o de participar em tópicos controversos, o acesso às postagens está condicionado a membros com um número mínimo de 100 mensagens. Membros que não tenham esta quantidade de mensagens não poderão submeter mensagens ou criar tópicos nesta secção.
    Condições Gerais de Utilização do MeteoPT

Presidenciais 2011

Tópico em 'Off-Topic' iniciado por Mário Barros 21 Jan 2011 às 13:28.

  1. Mário Barros

    Mário Barros
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    18 Nov 2006
    Mensagens:
    12,501
    Local:
    Cavaleira (Sintra)
    A maior abstenção de todas as presidenciais

     
  2. MSantos

    MSantos
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    3 Out 2007
    Mensagens:
    8,924
    Local:
    Foros Charneca (Benavente) / Mte. Barca (Coruche)
    Vince, o que querias que dissessem mais? Os votos estão contados e os resultados são conhecidos ,penso que não é necessário mais chuva no molhado, acho normal passar à programação seguinte... Mas corrige-me se tiver enganado;)
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  3. stormy

    stormy
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    7 Ago 2008
    Mensagens:
    5,116
    Local:
    Lisboa
    Hehe...a mim parece uma cena á "simpsons"...muita barafunda, muita publicidade na TV, muita histeria com comentadores e doutores xpto, e depois no final acaba tudo...fica tudo na mesma e vamos ver um filmezinho na TV e beber um chá:lol:

    No minimo mostra alguma hipocrizia...

    Mas tambem é como dizes...acabou a barafunda e voltamos á "normalidade", tal como depois de um filme de terror, de uma tourada, de uma ida ao futebol....enfim, banalidades:calor:
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  4. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
    Nada de especial. que passem apenas mais umas novelas ou uns reality shows de todos os outros dias. Afinal foi um dia como qualquer outro.

    [​IMG]
     
  5. MSantos

    MSantos
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    3 Out 2007
    Mensagens:
    8,924
    Local:
    Foros Charneca (Benavente) / Mte. Barca (Coruche)
    Provavelmente estás a referir-te ao desinteresse que os portugueses demonstraram perante estas eleições, mas é o povo e a TV que temos... Os números da abstenção falam por si, as pessoas estão se a c*gar para tu isto... Metade dos portugueses nem devem saber o que é o FMI... FMI o que é isso? Uma nova cadeia de Shopings? Enfim...:calor:
     
    Collapse Signature Expandir Assinatura
  6. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    7,740
    Local:
    Porto
    Hoje pela tarde fui a um café de «tias» lanchar, estava cheio e à minha volta ninguém falou das eleições, comentou-se o caso do Carlos Castro, o alcoolismo de um actor qualquer de telenovelas e as intrigas familiares e do local de trabalho. Eu bem tentei puxar a conversa para temas mais interessantes... mas sem sucesso :lmao: ninguém está preocupado e quando mostramos algum interesse pelo estado do país ainda olham para nós como totós, por isso pouco ou nada comento sobre o tema no meu quotidiano, apenas o faço aqui no fórum...
     
  7. JoãoDias

    JoãoDias
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    6 Jun 2008
    Mensagens:
    663
    Local:
    Avintes, Portogal
    Subscrevo por inteiro, de longe o melhor post da noite. E por aqui no Porto ainda temos que suportar mais o obscurantismo populista e demagógico do Rio, que vai matando aos poucos a cidade e a cultura nela existente. Qualquer dia o Teatro Nacional de S.João é demolido para se fazer uma corrida de automóveis na Praça da Batalha :lmao: Mas isto já são contas de outro rosário...

    Um textinho para reflectir: http://aeiou.expresso.pt/os-cinco-cavacos=f611450
     
  8. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    7,740
    Local:
    Porto
    É interessante, o José Gil diz que um dos problemas mais graves, e bem específicos da sociedade portuguesa é a não inscrição. O que é que isto significa? Por exemplo, se formos ver um filme, e se sairmos do filme e nas horas seguintes discutirmos o argumento, a qualidade da interpretação e os atributos do realizador, em suma, se pensarmos sobre o que vimos e se isso nos fizer mudar houve inscrição. E o que fazem os portugueses? Vão a um filme, saem da sala de cinema, trocam três ou quatro frases e já estão a pensar no que vão jantar ou no atestar do depósito do carro; e no dia seguinte já esqueceram o que viram, ou seja, não houve inscrição. Os portugueses vão pulando de acontecimento em acontecimento sem que a sociedade mude, cresça. Reparem como andamos há décadas a viver com uma Justiça lenta, com deslizes orçamentais nas obras públicas, suspeitas de corrupção e tráfico de influências por parte de políticos. Há consequências? Algo muda? Amanhã a maioria já terá esquecido o que se passou hoje, os portugueses e as portuguesas já estarão concentrados na telenovela, nas intrigas familiares ou dos amigos ou na escolha do almoço e do jantar.
     
  9. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    7,740
    Local:
    Porto
    Mas em contrapartida se não fosse as contas por saldar do Euro 2004 a câmara teria as contas em dia. O Rui Rio peca um pouco no lado da cultura, mas é um bom gestor dos dinheiros públicos, comparando com o que se passa no resto do país. E em Portugal, isso já é muito positivo.
     
  10. JoãoDias

    JoãoDias
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    6 Jun 2008
    Mensagens:
    663
    Local:
    Avintes, Portogal
    Eu creio que neste momento a cidade não passa só ao lado da cultura, passa ao lado de quase tudo, daí o relativo equilíbrio das contas. Nem 8 nem 80. A baixa está cada vez mais degradada, as pessoas estão cada vez mais a preferir morar nos arredores, e os espaços comerciais a encerrar, mas nada é feito para contrariar a tendência. A cidade está-se a tornar-se um autêntico fantasma da vitalidade tão característica do espírito portuense. Uma tristeza, de um cinzentismo atroz... :(
     
  11. Veterano

    Veterano
    Expand Collapse
    Cumulonimbus

    Registo:
    2 Fev 2009
    Mensagens:
    4,026
    Local:
    Porto-Aviz-2,5 km do mar (46 m)/Matosinhos
    Eu não votei. Não por vontade própria, fui um dos "distraídos" com o novo Cartão de Cidadão, ainda por cima mudei de residência, de nada me valeu apresentar o Cartão de Eleitor antigo:(.

    Entretanto apercebi-me do crash informático e fiquei perante a seguinte equação:

    Dever de cidadão + valia dos candidatos < (horas em filas + sistema down)*inépcia Ministério da Administração Interna

    Óbviamente desisti!:cool:
     
  12. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    7,740
    Local:
    Porto
    A câmara municipal não tem dinheiro para expropriar os prédios degradados da Baixa e restaurá-los. Os prédios estão degradados por culpa dos proprietários. Nalguns casos há edifícios com perto de 20 herdeiros que estão há dez ou vinte anos sem se entender quanto às partilhas, e entretanto os edifícios vão-se degradando. Para além disso, há proprietários que abandonam os edifícios e puro e simplesmente não fazem obras, ou porque não querem vender, ou porque não têm dinheiro para restaurar, ou ainda porque estão a fazer especulação imobiliária. Depois, o presidente da Câmara do Porto não pode controlar o urbanismo da câmara de Gaia, Matosinhos, Maia ou Valongo, que continuam a autorizar a ocupação de solos com novas construções, fomentado assim o abandono dos centros das cidades.

    Se se quiser combater o abandono do centro do Porto teria de haver uma colaboração com o Governo, no sentido de acabar com as rendas congeladas, penalizar os proprietários dos edifícios devolutos e os herdeiros que adiam indefinidamente as divisões das heranças, e alterar o mapa autárquico e as políticas de urbanismo do Grande Porto.

    Nos últimos anos, apesar de todos estes problemas, a Baixa do Porto sofreu uma importante renovação. Há cada vez mais bares e animação nocturna, novas lojas e cafés para públicos mais exigentes. O próximo passo será a recuperação do Bolhão. E há cada vez mais edifícios restaurados, veja-se a zona junto a São Bento.

    Criticar é fácil quando não se abordam os assuntos com mais profundidade...
     
  13. frederico

    frederico
    Expand Collapse
    Super Célula

    Registo:
    9 Jan 2009
    Mensagens:
    7,740
    Local:
    Porto
    Entretanto, estes cinco anos que se avizinham encerrarão a carreira daquele que comandava o país quando se deu início a um determinado modelo económico e social construído desde o final dos anos oitenta.

    EDIT: ou por outras palavras, o fim da carreira política do avô do défice.
     
  14. Vince

    Vince
    Expand Collapse
    Furacão

    Registo:
    23 Jan 2007
    Mensagens:
    10,624
    Local:
    Braga
    Ele foi de facto o avô, embora sendo justos, foi Guterres a dar-lhe as grandes asas.
    Daqui a 5 anos anos penso que Portugal será um país muito diferente, será quase impossível que a falência da nação não possa finalmente mudar este país agarrado à chupeta do Estado. Se assim não for, provavelmente daqui a 5 anos a maioria de nós já nem viveremos cá.
     
  15. nimboestrato

    nimboestrato
    Expand Collapse
    Nimbostratus

    Registo:
    8 Jan 2008
    Mensagens:
    1,865
    Local:
    Pedras Rubras-Aeroporto
    O discurso de vitória foi uma vergonha. Nunca tal houvera acontecido desde o 25 de Abril. Um verdadeiro nojo.
    Em vez de abraçar um discurso de estado , o sr silva com 500 mil votos menos que há 5 anos, quando também aí teve uma vitória tangencial , veio acicatar ódios e promover diferenças.
    Estamos mal, de facto...
    Daí não estranhar esta estrondosa vitória da abstenção...

    [​IMG][/URL] Uploaded with ImageShack.us[/IMG]
     

Partilhar esta Página