Previsão sazonal- Verão 2012

stormy

Super Célula
Registo
7 Ago 2008
Mensagens
5,140
Local
Lisboa
Para essa posição "dos centros de acção", como é que explicas que o modelo preveja precipitação abaixo da média no noroeste ibérico, oeste de França e oeste da Irlanda?

A precipitação é de todos o parametro mais complicado de prever, especialmente nas nossas latitudes, onde há uma influencia muito grande dos anticilones subtropicais, que transportam massas de ar quente e seco nos niveis médios e altos, dificultando a iniciação convectiva.

Tambem somos sujeitos a flutuações no padrão em altura, que muitas vezes está associado a cavados, que por breves periodos podem incentivar a convecção...já por outro lado, muitas vezes temos frentes que se epxerssam só nos niveis baixos, e que geralmente geram precipitações fracas e especialmente em areas de montanha ou no litoral.

É muito complicado para um modelo a uma escala global e sazonal prever estas flutuações, dai ser importante intrepertar os padrões que varios modelos conjugam, e depois tentar delinear uma tendencia geral para o periodo e região em estudo.

Por exemplo, a minha intrepetação dos modelos, aponta, no caso das temperaturas, uma maior probabilidade de temperaturas acima da média numa faixa ao longo do Mediterraneo, e depois para norte e nordeste sobre França-UK e Mar Negro-Ucrania, com as temperaturas abaixo da média concentradas essencialmente entre o norte da Itáia-Austria-Polonia e Russia.
Este padrão é diferente do que alguns modelos referem, mas resulta da amplicação do padrão que vejo ser mais coerente entre os varios modelos.
Claro que posso estar enganado, mas como é lógico, nestas situações não devemos intrepertar os modelos literalmente, muito menos um só...dá sempre jeito ter uma ideia geral do comportamento da atmosfera e tentar descortinar cenários plausiveis tendo em conta varios modelos e fontes:thumbsup:
 

David sf

Staff
Registo
8 Jan 2009
Mensagens
5,170
Local
Oeiras / VN Poiares
Amanhã começa o verão meteorológico,e aqui fica o resumo das previsões sazonais dos modelos europeus, que prevêem um verão normal no que toca às temperaturas, na linha do anterior:

ECMWF:

Anomalia de z500:

yXSMu.png


Temperatura a 2m:

NPkdp.png


Precipitação:

ouE7G.png


EUROSIP (baseado no ECMWF, UKMO e MeteoFrance):

Temperatura a 2m:

d12ZY.gif


Precipitação:

qEsLc.gif
 

stormy

Super Célula
Registo
7 Ago 2008
Mensagens
5,140
Local
Lisboa
Este mês parece estar a comportar-se de modo similar á minha previsão, com o senão de estar a ser um pouco mais fresco do que a minha ideia inicial.

De resto, os modelos não mudaram muito as tendencias...há ao que parece um fortalecimento do ENSO, algo acima do que os modelos previam, e isso poderá ter o efeito, segundo raciocinio próprio que construi, de fortalecer um pouco o jet na região dos EUA, e manter um nucleo depressionario mais activo nos Grandes Lagos-Terra Nova, e um anticiclone mais forte nas Bermudas ou um pouco a leste.

Sendo assim, o padrão para Portugal mantem-se mais ou menos o mesmo...um Julho em principio parecido a este Junho mas com um tipo de sinoptica mais compativel com entradas de ar quente sustentadas, e episodios convectivos associados a perturbações em cut-off.
Um Agosto quente e seco, e um Setembro quente e de novo instavel, principalmente a partir de meados do mês.

A novidade que me parece agora mais importante tem que ver com os trópicos...a AMO está claramente positiva... e o padrão para ASO está muito favoravel á ocorrencia de algumas perturbações tropicais numa faixa proxima aos Açores...é uma situação a acompanhar especialmente a partir do inicio de Agosto...se esta tendencia se mantiver, poderemos ter alguma depressão de origem tropical a afectar os Açores, ou mesmo a razar a PI especialmente em Setembro ou Outubro.
 

trovoadas

Cumulonimbus
Registo
3 Out 2009
Mensagens
2,529
Local
loule-caldeirao
Este mês parece estar a comportar-se de modo similar á minha previsão, com o senão de estar a ser um pouco mais fresco do que a minha ideia inicial.

De resto, os modelos não mudaram muito as tendencias...há ao que parece um fortalecimento do ENSO, algo acima do que os modelos previam, e isso poderá ter o efeito, segundo raciocinio próprio que construi, de fortalecer um pouco o jet na região dos EUA, e manter um nucleo depressionario mais activo nos Grandes Lagos-Terra Nova, e um anticiclone mais forte nas Bermudas ou um pouco a leste.

Sendo assim, o padrão para Portugal mantem-se mais ou menos o mesmo...um Julho em principio parecido a este Junho mas com um tipo de sinoptica mais compativel com entradas de ar quente sustentadas, e episodios convectivos associados a perturbações em cut-off.
Um Agosto quente e seco, e um Setembro quente e de novo instavel, principalmente a partir de meados do mês.

A novidade que me parece agora mais importante tem que ver com os trópicos...a AMO está claramente positiva... e o padrão para ASO está muito favoravel á ocorrencia de algumas perturbações tropicais numa faixa proxima aos Açores...é uma situação a acompanhar especialmente a partir do inicio de Agosto...se esta tendencia se mantiver, poderemos ter alguma depressão de origem tropical a afectar os Açores, ou mesmo a razar a PI especialmente em Setembro ou Outubro.

Num ano em quase tudo semelhante a 2005/2006 só falta agora termos um período de ínicio/meio de Outono também instáveis e à semelhança dessa época. Diz a experiência que após períodos de anormalidade, seja secas ou chuvas em demasia costuma haver um período de regresso à normalidade um tanto "agressivo", daí estar tudo esperançado no início da nova época que se dará a partir Setembro. Cientificamente os dados estão lá, segundo o nosso colega Stormy, resta esperar para ver.
 

Maria Papoila

Nimbostratus
Registo
27 Set 2011
Mensagens
1,013
Local
Ericeira
No site do IM está uma previsão a 10 dias com as temperaturas a subir até aos 41º. Que excesso. Ou tudo ou nada. Depois desta subida das temperaturas o que vai acontecer? Instabilidade? :confused:
 

PauloSR

Nimbostratus
Registo
14 Dez 2009
Mensagens
915
Local
Póvoa de Lanhoso
Vem aí um Verão quente
Pouca chuva e dias mais quentes que em 2011 caracterizam a nova estação. Há uma nuance: as noites vão ser mais frias que o habitual.



Apesar da chuva da noite e da madrugada, o Verão já chegou - solstício ocorreu à meia-noite e nove minutos. A acreditar nas previsões de longo prazo, a estação que agora está a começar vai trazer calor, na medida certa.

Este ano, o Verão promete ser mais quente que em 2011. Temperaturas elevadas, mas sem exageros nem surpresas prevê o meteorologista Pedro Viterbo: “Podemos esperar temperaturas mais altas que em 2011, o Verão típico. Por outro lado não há indicações que seja um Verão extremamente quente. Não temos razões para esperar nada de muito anómalo em termos fogos florestais, por exemplo.”

Previsões para a estação mais quente do ano em que a chuva parece, desta vez, não querer marcar uma grande presença. “Não há nenhum sinal de precipitação. Esperamos o habitual, ou seja muito pouco em todo o Continente.”

Mas se os dias prometem ser quentes, já as noites neste Verão vão mesmo pedir um casaco. A culpa é das baixas térmicas, explica o meteorologista: “A situação de baixa térmica, pela informação que temos, vai ocorrer mais do que o normal.”

Certo é que, no Continente, o Verão arranca com temperaturas modestas para a época do ano. Lisboa hoje não deve ir além dos 23 graus, Faro 24 e Porto 19. Na próxima semana espera-se contudo uma acentuada subida das temperaturas, para lá dos 30.

in radio renascença​
link da noticia
 

N_Fig

Cumulonimbus
Registo
29 Jun 2009
Mensagens
3,580
Local
Coimbra (Figueira da Foz aos fins de semana)
Vem aí um Verão quente
Pouca chuva e dias mais quentes que em 2011 caracterizam a nova estação. Há uma nuance: as noites vão ser mais frias que o habitual.



Apesar da chuva da noite e da madrugada, o Verão já chegou - solstício ocorreu à meia-noite e nove minutos. A acreditar nas previsões de longo prazo, a estação que agora está a começar vai trazer calor, na medida certa.

Este ano, o Verão promete ser mais quente que em 2011. Temperaturas elevadas, mas sem exageros nem surpresas prevê o meteorologista Pedro Viterbo:“Podemos esperar temperaturas mais altas que em 2011, o Verão típico. Por outro lado não há indicações que seja um Verão extremamente quente. Não temos razões para esperar nada de muito anómalo em termos fogos florestais, por exemplo.”

Previsões para a estação mais quente do ano em que a chuva parece, desta vez, não querer marcar uma grande presença. “Não há nenhum sinal de precipitação. Esperamos o habitual, ou seja muito pouco em todo o Continente.”

Mas se os dias prometem ser quentes, já as noites neste Verão vão mesmo pedir um casaco. A culpa é das baixas térmicas, explica o meteorologista: “A situação de baixa térmica, pela informação que temos, vai ocorrer mais do que o normal.”

Certo é que, no Continente, o Verão arranca com temperaturas modestas para a época do ano. Lisboa hoje não deve ir além dos 23 graus, Faro 24 e Porto 19. Na próxima semana espera-se contudo uma acentuada subida das temperaturas, para lá dos 30.

in radio renascença​
link da noticia

Temperaturas mais altas do que o ano passado é um Verão típico? Portanto anomalias positivas da temperatura é um Verão típico, um Verão como o do ano passado com temperaturas normais é que não é:p? Esse tipo de coisas são ditas muitas vezes pelos media, mas por um meteorologista?
 

David sf

Staff
Registo
8 Jan 2009
Mensagens
5,170
Local
Oeiras / VN Poiares
Análise da notícia, que para além da mais valia informativa, face à ausência de actualizações da previsão sazonal no site do IM (desde 15 de abril, não é alterada), é toda ela um tesourinho deprimente.

Vem aí um Verão quente

Espantoso, eu à espera de neve no verão. Mas qual é a novidade?, o que se quer saber é se vai ser muito ou pouco quente, ninguém duvida que vai ser quente.

Pouca chuva e dias mais quentes que em 2011 caracterizam a nova estação. Há uma nuance: as noites vão ser mais frias que o habitual.

Boa, as noites serão mais frias que o habitual, bom para refrescar a casa. Para além disso, uma sensacional novidade, vai chover pouco, logo os nossos verões que são tão chuvosos.

Este ano, o Verão promete ser mais quente que em 2011. Temperaturas elevadas, mas sem exageros nem surpresas prevê o meteorologista Pedro Viterbo: “Podemos esperar temperaturas mais altas que em 2011, o Verão típico. Por outro lado não há indicações que seja um Verão extremamente quente. Não temos razões para esperar nada de muito anómalo em termos fogos florestais, por exemplo.”

Agora a culpa é do meteorologista. Não só o verão típico foi o de 2011, como já foi referido no post anterior, como refere que não se espera nada de anómalo em termos de fogos florestais. É um pouco complicado relacionar directamente o número de incêndios com a anomalia da temperatura (se bem que fora referido que o verão seria quente), como se deveria salientar que o inverno extremamente seco que tivemos, pode complicar um pouco a situação.

Mas se os dias prometem ser quentes, já as noites neste Verão vão mesmo pedir um casaco. A culpa é das baixas térmicas, explica o meteorologista: “A situação de baixa térmica, pela informação que temos, vai ocorrer mais do que o normal.”

O meteorologista refere a baixa térmica. Eu presumo que ele se refere à depressão térmica que se forma no interior da península nos dias mais quentes, e que origina a nortada no litoral. Não refere que as noites serão frias, apenas que teremos nortadas à tarde no litoral, mais do que habitual.
Afinal, as noites não serão mais frias que o habitual.
 

algarvio1980

Furacão
Registo
21 Mai 2007
Mensagens
10,943
Local
Olhão (24 m)
Análise da notícia, que para além da mais valia informativa, face à ausência de actualizações da previsão sazonal no site do IM (desde 15 de abril, não é alterada), é toda ela um tesourinho deprimente.

A previsão sazonal está congelada, tal como a previsão semanal/mensal no site do IM, começa-se a evoluir mas depois a informação é descontinuada. :huh:

No site italiano a previsão sazonal referente ao mês de junho saiu hoje e revela um Verão pouco quente sem grandes extremos em que Portugal aparece com sem sinal ou anomalia de +0.5ºC.