Previsões, Avisos e Alertas oficiais - Outubro 2012

David sf

Staff
Registo
8 Jan 2009
Mensagens
5,167
Local
Oeiras / VN Poiares
Regras deste tópico:


->Regras Análise Modelos, Previsão e Alertas
->Nota sobre a utilização dos dois tópicos de Previsões


Aviso MeteoPT

As análises, previsões ou alertas neste forum são apenas a opinião dos utilizadores que as proferem e são da sua inteira responsabilidade. Não são previsões ou alertas de entidades oficiais, salvo indicação em contrário, não devendo portanto ser usadas como tal.
Para previsões, avisos e alertas oficiais, consulte sempre os produtos do Instituto de Meteorologia, Protecção Civil ou outras entidades com essa função.
 

David sf

Staff
Registo
8 Jan 2009
Mensagens
5,167
Local
Oeiras / VN Poiares
As diferenças a partir de dia 20 entre ECMWF e GFS são avassaladoras, com o GFS a manter a previsão da manutenção da instabilidade (nas últimas saídas de maneira bastante intensa) até próximo de dia 25, enquanto que o ECMWF, apesar de já não ter a dorsal mesmo em cima de Portugal continental, como tinha nas duas saídas operacionais de ontem, está bastante mais seco que o modelo americano. Ambas as saídas operacionais estão relativamente bem sustentadas pelo respectivo ensemble, e como é habitual, temos o GEM em sintonia com o GFS, e o UKMO em sintonia com o ECMWF.

Apesar de por aqui a divergência só se verificar a 120 horas, o momento decisivo ocorre a cerca de 72 horas, e passa pela interacção do Rafael, junto à costa este do Canadá, com uma depressão polar. Estas situações são de modelação complicada, tivemos há cerca de um mês algo similar com a Nadine nos Açores.

Mas vejamos a diferença, a 72 horas:

GFS (à esquerda) coloca a TS Rafael a deslocar-se rapidamente para norte, situando-se já à latitude de Nova Iorque, enquanto que o ECM (à direita), mantém-na ainda bastante a sul, à latitude da Florida:

6TrI7.jpg


24 horas depois, o GFS já extratropicalizou por completo o Rafael, enquanto que o ECMWF mantém-na (já bastante fraca) totalmente independente da circulação global. Graças à ciclogénese na Terra Nova, que o GFS mostra, causada pela interacção do Rafael com a depressão polar, a dorsal é impedida de subir na costa este americana, já no ECMWF, essa dorsal começa a aparecer, impulsionada por uma outra depressão polar presente nos estados do Mid-west:

kq0lh.jpg


A 120 horas, o GFS já tem a depressão da Terra Nova menos profunda, o ECMWF ainda mantém o Rafael no Atlântico oeste. Ambos têm uma perturbação a dirigir-se para os Açores, bastante mais vincada no GFS onde é o sistema dominante e vai interagir com a depressão situada na Irlanda, que vai originar a frente de dia 18, enquanto que no ECMWF, o sistema dominante é o originado pelo remanescente do Rafael:

608A7.jpg


Consequências disto tudo, a ciclogénese no Atlântico que se sucede, ocorre segundo o GFS a este dos Açores e afectará o continente português poucas horas depois, induzindo um fluxo muito perturbado e húmido de sul, enquanto que para o ECMWF a ciclogénese ocorre a oeste dos Açores, não só pela presença do remanescente do Rafael, como também pela advecção de ar frio polar pelo anticiclone que se formou na costa leste da América, devido à subida da dorsal que se iniciou às 96 horas:

w0hCe.jpg


Em conclusão, pode-se dizer que os modelos convergirão em poucas horas, assim que resolverem a questão da extratropicalização do Rafael. Geralmente, o GFS e o GEM modelam bastante melhor estas situações, portanto inclino-me mais para estes dois modelos, apesar de nas últimas vezes em que houve uma grande divergência na modelação de uma extratropicalização tenha prevalecido a opção que apontava para a manutenção dos dois sistemas independentes por mais tempo, algo que prevêem de momento os modelos europeus.
 

Duarte Sousa

Staff
Registo
8 Mar 2011
Mensagens
6,021
Local
Loures
Estofex



A level 1 was issued for NW Iberia for excessive convective precipitation.

... NW Spain and N Portugal...

A plume of warm and slightly unstable air is advected towards the coastal regions of NW Spain and N Portugal. The precipitation along the cold front should be at least partly convective with total sums in order of 20 - 50 mm / 24h. It is likely that subsequent multicellular storms will make landfall and might easily exceed the mentioned rainfall amount in a time-scale of a few hours due to high values of effective PWAT and a continuous SWerly flow.
 

Duarte Sousa

Staff
Registo
8 Mar 2011
Mensagens
6,021
Local
Loures


Uploaded with ImageShack.us

Storm Forecast
Valid: Mon 22 Oct 2012 06:00 to Tue 23 Oct 2012 06:00 UTC
Issued: Sun 21 Oct 2012 22:14
Forecaster: TUSCHY

A persistent high pressure area over most of C Europe remains in place with various low pressure areas round that high. Two low pressure areas affect parts of the Mediterranean with showers and thunderstorms. A strong depression over the Atlantic advects a warm and moist airmass towards Portugal and causes unsettled conditions. Cold weather continues over N Europe with no organized DMC forecast.

... Portugal ...

A plume of subtropical air spreads onshore over Portugal. Moderate MLCAPE evolves with 15 m/s DLS, so strong but mostly sub-severe thunderstorms are forecast. Only modest shear, weak lapse rates and thick cloud cover preclude anything severe so no level 1 was issued for now.
...
 

Ruipedroo

Cumulonimbus
Registo
6 Out 2010
Mensagens
3,278
Local
Braga, Merelim (60m)
O IM já emitiu os avisos para este próximo evento, alertando apenas para a queda de precipitação forte, distribuindo-os da seguinte forma:

semttuloiijhij.png


Como se pode ver na imagem, o IM excluiu as zonas mais a norte de Portugal, o que seria de esperar devido às suas previsões e também de acordo com os modelos, onde apontam para uma maior concentração da precipitação no centro e sul, agora é acompanhar e ver se a situação se confirma.

Fonte: IM- http://www.meteo.pt/
 

NunoBrito

Cumulus
Registo
7 Abr 2008
Mensagens
345
Local
Parede - Cascais
Caros, Ruipedroo e NunoBrito vocês trocaram os sentidos. o I.M. lança avisos enquanto a ANPC é que emite alertas ;) Abraço

Conforme está no documento emitido pela Autoridade Nacional de Protecção Civil, limitei-me a transcrever parte do comunicado. " AVISO á POPULAÇÃO ".
Está mensionado no canto superior direito.
 

João Pedro

Super Célula
Registo
14 Jun 2009
Mensagens
5,166
Local
Porto, Campo Alegre (50 m) | Samora Correia (10 m)
2012102606_201210242133_1_stormforecast_xml.png


Storm Forecast
Valid: Thu 25 Oct 2012 06:00 to Fri 26 Oct 2012 06:00 UTC
Issued: Wed 24 Oct 2012 21:33
Forecaster: GATZEN
A level 1 was issued for south-western Iberia mainly for excessive precipitation and tornadoes.

Iberia and surroundings

A cut-off low moves eastward and affects the Iberian Peninsula. Strong westerly mid-level winds will be present across the southern Iberian Peninsula. Additionally, a strong south-westerly low-level jet will affect the region. Latest soundings indicate that rich low-level moisture is present across the sea surrounding Iberia. This moist air is slightly capped especially to the east as warm mid-level air spreads northward from the Atlas mountains.

Current thinking is that QG forcing at the cyclonically sheared flank of the mid-level jet and low-level convergence/upslope flow will be associated with lift. Especially across the south-western portions, numerous thunderstorms are forecast. Given the strong vertical wind shear, storms will have a good potential to organize. Favourably veering profiles in the southern parts are expected to support mesocyclones capable of producing tornadoes given the strong low-level vertical wind shear. Additionally, the widespread convective activity can result in local flash floods especially in regions with strong upslope flow.