Previsões longo prazo (Outono/Inverno 2017/2018)

Davidmpb

Cumulonimbus
Registo
7 Jul 2014
Mensagens
4,312
Local
Portalegre( 600m)/ Fundão
Previsões longo prazo: Mensal e Sazonal

Leia com atenção as condições de utilização do fórum.
A participação neste tópico, além das condições gerais, está sujeita a estas condições específicas.

Existem 3 tópicos diferentes para previsões a que poderá aceder directamente nos links do cabeçalho do fórum.

Previsões curto prazo: até 3 dias
Tópico para nowcasting (previsões de curtíssimo prazo) de situações meteorológicas em formação e/ou aproximação nas próximas horas, usando por exemplo satélite, radar, cartas superfície, etc.;
e análises e previsões de curto prazo até 3 dias (72 horas), com ênfase nos modelos de maior resolução.

Previsões médio prazo: até 2 semanas
Tópico para previsões de modelos a médio prazo, com maior incerteza, de 4 a 14 dias (2 semanas). A participação neste tópico deve ter maior ênfase na comparação de modelos globais e ensembles, analisar convergência de cenários, tendências, etc.

Previsões longo prazo: mensal e sazonal (este tópico em que se encontra)
Tópico para previsões de longo prazo, como por ex. previsões probabilísticas mensais e sazonais

Links úteis:

- IPMA mensal
- IPMA sazonal
- AEMET sazonal
- Ilmeteo ECMWF (site italiano que costuma publicar cartas do ECMWF sazonal)
- MetOffice sazonal
- IRI sazonal
- CFSv2 sazonal
- Previsões mensais e sazonais de diversos modelos (NOAA)
- Previsão sazonal MeteoFrance (multi-modelos)
- Previsão semanal e mensal do ECMWF (Comissão Europeia)
- Previsão semanal do ECMWF (IM Húngaro)

Use este tópico apenas para:
- colocar, comentar ou debater previsões ou saídas de modelos.
- comentar e colocar previsões; se forem suas fundamente-as bem. Seja cauteloso e responsável, evite alarmismo não fundamentado que possa gerar alarme social. Não se esqueça, é você o responsável pelo que escreve e assume as consequências do que escreve.

Não use este tópico para:
- seguimento da situação meteorológica corrente, relato das condições meteorológicas, para isso existem os tópicos de seguimento.
- conversa de circunstância, meros palpites ou desabafos ("nunca mais chove", "nunca mais acaba o calor", etc), evite ou use para esse fim o tópico de Seguimento Meteorológico Livre. O reiterado desrespeito poderá ser penalizado.
- criticar avisos ou alertas oficiais, para isso use por exemplo tópicos como "IPMA - Novidades, dúvidas e críticas".
- discutir climatologia ou outro tema, para isso use por exemplo o tópico de Monitorização do Clima Portugal.
- off-topic, evite em absoluto mensagens neste tópico que não se enquadrem no tema do tópico, previsões do tempo.
- Se ocorrer uma deriva natural de tema ou se se proporcionar um outro rumo interessante para discussão, pode comentar ou fomentar um debate noutro tópico ou mesmo criar um mais apropriado baseado numa discussão nascida aqui, citando a mensagem original.
 

Orion

Furacão
Registo
5 Jul 2011
Mensagens
19,542
Local
Açores
GHS3E9p.gif
 
  • Gosto
Reactions: luismeteo3

Paulo H

Cumulonimbus
Registo
2 Jan 2008
Mensagens
3,159
Local
Castelo Branco 386m(489/366m)
Já são muitos meses seguidos com temperatura acima da média (fevereiro e março) e bem acima da média (abril, maio e junho). A continuar assim até outubro, o que virá a seguir? Alguma mini-glaciação? Só não sabemos o ano...
 

Orion

Furacão
Registo
5 Jul 2011
Mensagens
19,542
Local
Açores
Já são muitos meses seguidos com temperatura acima da média (fevereiro e março) e bem acima da média (abril, maio e junho). A continuar assim até outubro, o que virá a seguir? Alguma mini-glaciação? Só não sabemos o ano...

Por essa lógica os países do norte da Europa terão eventualmente onda de calor sem fim para compensar a atual anomalia negativa.

Isso é irrealista porque não existe uma média imutável para onde todos os valores convergirão mais cedo ou mais tarde.

Escrito isto, o mês, em termos globais, não parece ter sido assim tão 'anormal':

9agtRMg.png


Resta esperar pelo dados do IPMA mas os dias quentes poderão estar a funcionar como um enviesamento, levando a que as pessoas minimizem os dias mais frescos.

Pessoalmente preferia que se usasse a média '71-'00 mas, enfim, é o que há.
 
Última edição:
  • Gosto
Reactions: Maria Papoila

Paulo H

Cumulonimbus
Registo
2 Jan 2008
Mensagens
3,159
Local
Castelo Branco 386m(489/366m)
Por essa lógica os países do norte da Europa terão eventualmente onda de calor sem fim para compensar a atual anomalia negativa.

Isso é irrealista porque não existe uma média imutável para onde todos os valores convergirão mais cedo ou mais tarde.

Escrito isto, o mês, em termos globais, não parece ter sido assim tão 'anormal':

9agtRMg.png


Resta esperar pelo dados do IPMA mas os dias quentes poderão estar a funcionar como um enviesamento, levando a que as pessoas minimizem os dias mais frescos.

Pessoalmente preferia que se usasse a média '71-'00 mas, enfim, é o que há.

O universo é todo ele probabilidades (entre infinitos estados possíveis), desde os fenómenos ao nível quântico até ao nível mais macro (observável por todos). Pode não existir uma média imutável, mas decerto existe uma distribuição de probabilidades (nuvem) em torno de um valor teórico. Não quero com isto dizer que venha uma mini-glaciação, mas de certeza que virá um período de valores inferiores à média que compense. Resta saber quando, com que desvio e com que duração.

A probabilidade teórica de acertar cara ou coroa é 50%, mas podes ter de lançar a moeda ao ar 100 ou 200 vezes até teres um valor médio próximo do teórico.
 

Orion

Furacão
Registo
5 Jul 2011
Mensagens
19,542
Local
Açores

Ainda é tudo preliminar mas em termos de efeitos...

9Kr2iws.jpg


Um mapa mais detalhado está aqui:

DE4hAIV.png


É importante enfatizar que a persistência do anticiclone não exclui por si só a ocorrência de fenómenos extremos ocasionais.

Pelos Açores o cenário é este:

bTk1I3N.png


A ENSO afeta mais significativamente os Verões do que os Invernos. É esperar para ver o que é que o anticiclone vai deixar passar.

Independentemente dos efeitos regionais, o arrefecimento global do La Niña é bem-vindo.

De forma surpreendente a previsão sazonal do ECM ainda não está disponível.
 
Última edição: