Previsões médio prazo (até 2 semanas) - Março 2018

-jf-

Cirrus
Registo
24 Jul 2010
Mensagens
28
Local
torres novas
Gisele?

tempresult_lsa6.gif


wqq1Zhr.gif
e pelos vistos muito outras viram .. ;)
 

Orion

Furacão
Registo
5 Jul 2011
Mensagens
19,657
Local
Açores
Apesar de ter inicialmente adiado o retorno do anticiclone, o ECM nos últimos dias tem indicado, e mantido, os dias 17 ou 18 como o regresso a um padrão atmosférico mais 'normal'. Isto não significa o (re)início do calor e seca interminável mas sim o fim de um período meteorológico muito instável associado ao SSW. É muito cedo para especular acerca do que vem a seguir mas é possível que se tenha um anticiclone enfraquecido e, porventura, mais móvel.


Especialmente para o Alentejo a semana que se avizinha deverá ainda ser muito chuvosa.

01bd1oS.gif
 

guisilva5000

Super Célula
Registo
16 Set 2014
Mensagens
5,113
Local
Belas
Depois da Giselle, temos este cenário a 18 de Março, um núcleo fraco sobre Portugal, que depois junta às baixas pressões que se mantém sobre a Europa (gelada com a entrada polar), e com um anticiclone perto da Islândia.

fh36k10.png


Traz muita chuva associada:

-Antes da passagem do núcleo e pós Giselle (+84h.12Z):

84-777SP.GIF


- Após passagem do núcleo (+162h.12Z):

162-777SP.GIF


Como o local por onde passa o centro do mesmo ainda é incerto, é provável haver discrepâncias entre as próximas saídas do GFS, basta olhar para a anterior, das 6Z:

- Saída das 6Z, que dava mais chuva para o alto alentejo:

168-777SP.GIF


É uma questão de ir acompanhando o jackpot lol

Depois de dia 20, o padrão parece ser para a união do anticiclone dos Açores, que está bem a sul, com o da Islândia.
 

Aspvl

Cumulus
Registo
31 Dez 2009
Mensagens
459
Local
Lisboa
Depois da Giselle, temos este cenário a 18 de Março, um núcleo fraco sobre Portugal, que depois junta às baixas pressões que se mantém sobre a Europa (gelada com a entrada polar), e com um anticiclone perto da Islândia.

fh36k10.png


Traz muita chuva associada:

-Antes da passagem do núcleo e pós Giselle (+84h.12Z):

84-777SP.GIF


- Após passagem do núcleo (+162h.12Z):

162-777SP.GIF


Como o local por onde passa o centro do mesmo ainda é incerto, é provável haver discrepâncias entre as próximas saídas do GFS, basta olhar para a anterior, das 6Z:

- Saída das 6Z, que dava mais chuva para o alto alentejo:

168-777SP.GIF


É uma questão de ir acompanhando o jackpot lol

Depois de dia 20, o padrão parece ser para a união do anticiclone dos Açores, que está bem a sul, com o da Islândia.

É interessante essa região de altas pressões, normalmente associa-se mais a Islândia ao ciclone (Icelandic Low).
O GFS põe o anticiclone mais para as terras da Grã-Bretanha, mas mantém este «coalescer» dos dois anticiclones.
 

Rui Alex

Cumulus
Registo
7 Out 2015
Mensagens
125
Local
Amora
É interessante essa região de altas pressões, normalmente associa-se mais a Islândia ao ciclone (Icelandic Low).
O GFS põe o anticiclone mais para as terras da Grã-Bretanha, mas mantém este «coalescer» dos dois anticiclones.


Se isso acontecer, poderemos esperar o regresso do efeito de barreira contra estas depressões atlânticas?
 
  • Gosto
Reactions: joselamego

Aspvl

Cumulus
Registo
31 Dez 2009
Mensagens
459
Local
Lisboa
Se isso acontecer, poderemos esperar o regresso do efeito de barreira contra estas depressões atlânticas?

Não faço mesmo a menor ideia dos parâmetros que influenciam o posicionamento do anticiclone... Sei que existe um modelo idealizado de “células” (Hadley, Ferrel e Polar) e que os anticiclones estão, para além de nos pólos, normalmente centrados a 30° N ou S. Quanto a possíveis flutuações de latitude, suponho que deve haver algumas explicações, se alguém souber... :)
 
Última edição:

guisilva5000

Super Célula
Registo
16 Set 2014
Mensagens
5,113
Local
Belas
De facto, melhoria do tempo a partir de dia 20 com o anticiclone perto de nós, mas... Já se prevê mais uma entrada atlântica para dia 23. 3 dias de descanso e depois isto:

174-779SP.GIF


Situação sinóptica dia 20 (entrada continental de frio, temperaturas entre 1ºC a 5ºC abaixo da média):

P8BPIkT.png


Situação sinóptica dia 23 (anticiclone sobre os Açores e vale depressionário sobre o continente):

1HjLsD7.png


A partir de dia 26 a NAO parece voltar ao positivo.
Não deixa de ser surpreendente como este mês está a ser, quase cópia de 2013, se não pior... Parece que ouviram as nossas preces de falta de água.
Se a NAO regularizar para positivo deve continuar assim para Abril, mas esperemos que tenha umas quedas valentes.
 
Última edição:

qwerl

Nimbostratus
Registo
6 Abr 2015
Mensagens
892
Local
Canelas(100m)
Para a semana vamos ter a entrada de ar seco e frio transportado por uma corrente de norteste, associado a uma entrada continental que se encontra neste momento presente na europa central, iso -4 no extremo Norte e iso 0 praticamente por todo o país, sendo os dias mais frios Terça e Quarta

gfs-1-66.png


84-289SP.GIF


Mínimas bastante baixas, até -5ºC no interior Norte, um pouco menos em vales abrigados do vento de leste

90-583SP.GIF


Vamos ter geadas, que provavelmente serão negras em alguns locais...não era propriamente o que nós precisava-mos neste momento pois vai comprometer algumas plantações:unsure:

Durante o próximo fim de semana ainda deveremos ter alguma chuva, mais a norte, mas lá para o final do mês é provável termos alguns dias mais secos e amenos:cool:
 

Orion

Furacão
Registo
5 Jul 2011
Mensagens
19,657
Local
Açores
Ponta Delgada, Açores vs Pedras Rubras, Porto

BJsrr4l.gif


O anticiclone vai estacionar nos Açores, sem data para se ir embora.

A configuração do anticiclone pode, nos próximos 7 ou 8 dias, permitir a chegada ao continente de algumas frentes, em teoria, de fraca intensidade.

O ECM indica uma NAO neutra até perder de vista mas o anticiclone (na zona dos Açores) poderá eventualmente expandir-se para nordeste, na direção da PI.
 
Última edição: