Seca no Noroeste de Portugal

Agreste

Furacão
Registo
29 Out 2007
Mensagens
10,004
Local
Aljezur (48m) - Faro (11m)
A situação pode mitigar-se um pouco porque nas propostas dos modelos o verão promete ter bastantes neblinas e nevoeiros matinais além de um ou outro ramo ocluso de uma superfície frontal. O anticiclone estará muito móvel e nunca ficará em cima de nós.
 

Aurélio

Cumulonimbus
Registo
23 Nov 2006
Mensagens
4,335
Local
Faro
A situação pode mitigar-se um pouco porque nas propostas dos modelos o verão promete ter bastantes neblinas e nevoeiros matinais além de um ou outro ramo ocluso de uma superfície frontal. O anticiclone estará muito móvel e nunca ficará em cima de nós.

Fico surpreendido não com o que diz, mas com a convição com que o diz. Parece tratar-se avaliando pelas suas palavras de uma certeza absoluta !!
 

Aurélio

Cumulonimbus
Registo
23 Nov 2006
Mensagens
4,335
Local
Faro
Em relação à quantidade de precipitação ocorrida na primavera 2011 o valor registado foi muito próximo do valor normal (1971-2000), com uma anomalia de +2.5mm. Classificando-se esta primavera como seca a extremamente seca na região Norte

http://www.meteo.pt/pt/media/notici...media/noticias/textos/rel_primavera_2011.html

Sabendo-se que este tópico trata da "Seca no Noroeste de Portugal" importa então referenciar que esse valor de +2.5 mm refere-se a Portugal Continental e não á região do Noroeste senão as pessoas ficam confusas como podia ter +2.5 mm e ter sido uma primavera seca a extremamente seca no Noroeste!!

Aguardemos pelos próximos meses para ver como isto desenrola mas de acordo com os ultimos dados em especial da NOAA, NASA e de outros não me agrada nada o que vejo nos modelos !!
Felizmente estamos no final de Junho ainda ...
 

Paulo H

Cumulonimbus
Registo
2 Jan 2008
Mensagens
3,159
Local
Castelo Branco 386m(489/366m)
Bem observado..

Mas também é pedagógico afirmar para que o cidadão comum ao ler estas linhas saiba o que seca no noroeste significa! Se afirmarmos que no noroeste existe seca moderada, significa o mesmo, arredondando as coisas, que a mesma precipitação significaria um período chuvoso no algarve! :)
 

1337

Cumulonimbus
Registo
26 Jun 2010
Mensagens
2,046
Local
Ponte de Lima (centro)
Sabendo-se que este tópico trata da "Seca no Noroeste de Portugal" importa então referenciar que esse valor de +2.5 mm refere-se a Portugal Continental e não á região do Noroeste senão as pessoas ficam confusas como podia ter +2.5 mm e ter sido uma primavera seca a extremamente seca no Noroeste!!

Aguardemos pelos próximos meses para ver como isto desenrola mas de acordo com os ultimos dados em especial da NOAA, NASA e de outros não me agrada nada o que vejo nos modelos !!
Felizmente estamos no final de Junho ainda ...

Explica melhor o que querias dizer com o " não me agrada nada o que vejo nos modelos" para que os membros e eu possam compreender a tua ideia ;)
 

Aurélio

Cumulonimbus
Registo
23 Nov 2006
Mensagens
4,335
Local
Faro
Explica melhor o que querias dizer com o " não me agrada nada o que vejo nos modelos" para que os membros e eu possam compreender a tua ideia ;)

Pessoal vingativo "toma lá que eu respondo na mesma moeda :lmao::lmao:"

Ora bem de acordo com os modelos pode-se constatar que este Verão será normal a quente em especial no mês de Julho ... e depois futuramente existe tendencia para um principio de Outono chuvoso em especial a Norte e Centro e provavelmente normal a sul.
Ao avançar pelos meses tornar-se-á cada vez mais seco ....(precipitação abaixo do normal) de forma geral ...
Este é para já os pequenos sinais que os modelos dão de forma mais geral, mas que devo realçar que estamos no principio do Verão e que os sinais por vezes alteram-se de forma drastica no final do verão no que ao Outono e Inverno diz respeito .
Porque está isto dito aqui ??
Porque falamos da seca no Noroeste que certamente durará até ao final de Setembro mas cujos efeitos poderão persistir/acentuar no principio de Outono ...

Neste momento olhar a sazonais apenas serve para "matar a curiosidade" tal a distância que ainda estamos !!
 

Aurélio

Cumulonimbus
Registo
23 Nov 2006
Mensagens
4,335
Local
Faro
Bem observado..

Mas também é pedagógico afirmar para que o cidadão comum ao ler estas linhas saiba o que seca no noroeste significa! Se afirmarmos que no noroeste existe seca moderada, significa o mesmo, arredondando as coisas, que a mesma precipitação significaria um período chuvoso no algarve! :)

O IM utiliza se não me enganar na nomenclatura, o chamado indice PDSI para determinar o indice de seca. Este indice utiliza os valores de água no sol, temperatura e pluviosidade para determinar o indice de seca existente.
Importa referir que este indice difere em termos da zona em que estamos, simplesmente porque este indice funciona em comparação com aquilo que é uma valor normal em relação á conjugação das variáveis temperatura, água no solo e pluviosidade.
Por isso o que choveu na Primavera no Noroeste seria identico quase aos valores normais aqui no Algarve mas em contrapartida encontra-se bastante abaixo no Minho (noroeste). E claro conjugando ainda com a temperatura bastante acima da média na Primavera essencialmente!!

Melhor explicado é dificil :D !!
 

AnDré

Staff
Registo
22 Nov 2007
Mensagens
11,063
Local
Odivelas (140m) / Várzea da Serra (900m)
Em 30 de junho de 2011 e de acordo com o Observatório de seca do IM, a área em situação de seca meteorológica estendeu-se a quase todas as regiões do Norte e Centro, estando agora 3% do continente em seca extrema, 10% em seca severa, 10% em seca moderada e 30% em seca fraca.
Nos restantes 40% do território continua a não existir seca, pelo que em termos de percentagem do território, o índice de seca meteorológica PDSI2 apresenta a seguinte distribuição nas outras classes: 1% em chuva severa, 5% em chuva moderada, 35% em chuva fraca, 6% em situação normal.

semttulo1qs.png
 

Dan

Staff
Registo
26 Ago 2005
Mensagens
9,762
Local
Bragança (675m)
Não só no noroeste, por aqui já é possível observar muitas árvores com as folhas secas, nomeadamente carvalhos, mas também outras espécies.
 

João Soares

Super Célula
Registo
23 Ago 2007
Mensagens
6,112
Local
Canidelo, Vila Nova Gaia
Uma das coisas que notei há uns dias atrás e a quantidade de folhas que já estão espalhadas pelas ruas, parece mesmo que entramos em pleno Outono.
As árvores já começam a ficar despidas, sendo que as folhas são completamente amareladas.
 

Aurélio

Cumulonimbus
Registo
23 Nov 2006
Mensagens
4,335
Local
Faro
Uma das coisas que notei há uns dias atrás e a quantidade de folhas que já estão espalhadas pelas ruas, parece mesmo que entramos em pleno Outono.
As árvores já começam a ficar despidas, sendo que as folhas são completamente amareladas.

Aqui pelo Algarve notei pelo amuderecimento da alfarroba cerca de 2/3 semanas mais cedo que o normal devido á Primavera quente ...
Em relação á seca não será expectável que haja desenvolvimentos neste mês embora se chover seja o que for ... possa desanuviar ligeiramente na região mais a norte.
Contudo a haver agravamento da situação de seca será no mês de Setembro, em especial e mais na região a Norte !!

Se as previsões dos modelos se mantiverem como estão nesta altura com todos os modelos a darem o mesmo em termos de temperatura e precipitação então a palavra seca seria o que ouveriamos mais no próximo Outono ... Inverno, não havendo excepções á regra.
Seria muito mau ... em especial nas regiões mais a Norte ...

Não me lembro é de ver tanto consistência nos modelos durante estes meses e dessa consistência ser em todos os modelos ...
 

Costa

Cumulus
Registo
14 Abr 2007
Mensagens
410
Local
PT
Re: Seca no Nordeste de Portugal

Habitantes regressam a aldeia galega submersa há 20 anos

A seca no Minho colocou à vista uma aldeia galega submersa desde 1992, depois da construção da barragem do Alto-Lindoso. Antigos habitantes puderam regressar, emocionados, para verem as antigas casas.

Aceredo era uma pequena aldeia, com cerca de 40 casas e uma centena de habitantes. Em pleno vale do rio Lima e regada ainda pelo rio Calvo, vivia da agricultura, sobretudo das férteis vinhas que se erguiam encosta acima.

A vida fazia-se junto a um rio que ainda há vinte anos corria com pouco mais de dez metros de largo.

Actualmente, com a albufeira do Alto-Lindoso em níveis mínimos históricos e oito meses sem chuva, o rio desceu quase ao seu leito normal, ao longo de vários quilómetros.

Com isto, Aceredo, ou o que resta do povoado, voltou a ressurgir das águas e os seus habitantes começaram a regressar ao centro da aldeia, através de tortuosos e abandonados caminhos que calcorreiam sem hesitar.

É como se de ali nunca tivessem saído. Francisco Villalonga tem 61 anos e da casa onde morou com a família restam hoje os tijolos, derrubados e gastos pelos anos debaixo de água, além dos azulejos da sala onde se faziam as refeições. Até uma piscina, para os "rapazes novos", ainda se pode observar.

"São coisas que recordam famílias que já não estão, tempos da infância, uma aldeia muito bonita e um povo muito unido. Se pudesse voltar para aqui, era já", explica à Agência Lusa.

"Morei cá como rapaz, como pai de família, recordo a infância dos filhos e os familiares que se encontravam aqui, vinham de Madrid e Barcelona. Não era uma casa grande, mas cabiam todos", recorda, assumindo "saudade" do, agora, Aceredo "velho".

Aquando da construção da barragem do Alto-Lindoso, em Ponte da Barca, proprietários de terrenos e moradores de Aceredo e outras pequenas aldeias de Lobios, na província de Ourense, Galiza, foram indemnizados pela EDP pela subida das águas, em vários metros.

Alguns moradores ficaram logo ali ao lado, em Aceredo "novo", onde todas as casas foram construídas de raiz.

fonte: JN
 

algarvio1980

Furacão
Registo
21 Mai 2007
Mensagens
10,669
Local
Olhão (24 m)
Viana do Castelo: 350 consumidores abastecidos por sistema alternativo devido à falta de água

Cerca de 350 consumidores da freguesia de Afife, em Viana do Castelo, estão a ser abastecidos pela rede municipal de água, depois de há duas semanas as nascentes da rede própria terem praticamente secado.

"Já não chove há oito meses. As nossas captações são feitas no monte, através de nascentes e minas, e têm vindo quase a secar. No final de setembro deixou de ser possível abastecer um quarto da freguesia", explicou à Lusa o presidente da Junta de Afife.

Segundo Arlindo Ribeiro, a rede de abastecimento própria é gerida pela Junta de Freguesia há cerca de 50 anos e resultou do aproveitamento do sistema que antigamente abastecia os fontanários e outros equipamentos públicos.

"Constantemente, são feitas análises à qualidade da água pela Delegação de Saúde e nunca houve problema. Também não me recordo de uma situação como esta, de praticamente ficarmos sem água para abastecer, a não ser uns dias nos meses de agosto", explicou ainda o autarca.

A solução para abastecer estas habitações acabou por passar por uma ligação direta entre a rede da freguesia e a dos Serviços Municipalizados de Viana do Castelo, que já cobre uma parte da localidade de Afife.

À Lusa, o vereador com o pelouro dos Serviços Municipalizados na Câmara de Viana explicou que estão a ser fornecidos diariamente 130 metros cúbicos de água a estes 350 consumidores afetados pela quebra da rede local.

"É o único caso que registámos em todo o concelho. Nas restantes freguesias estamos a conseguir assegurar o abastecimento através das nossas três captações próprias", sublinhou Vítor Lemos.

O abastecimento através da rede municipal de Viana do Castelo é assegurado por três captações, casos de Areosa, Bertiandos e Barroselas.

Fonte: Lusa

Que as chuvas que estão previstas nos próximos dias sejam abundantes na zona norte do país que bem precisa.