Seg. Previsão do Tempo e Modelos - Julho 2011

vitamos

Staff
Registo
11 Dez 2007
Mensagens
5,433
Local
Estarreja
e como será o inverno?
com extremos , muito frio e muita instabilidade???

Esse é um tema que será certamente abordado em tópico dedicado...

Fazer sazonais nesta altura por mão própria é um mero exercício de futurismo. E vimos bem este verão como esse tipo de exercícios resultou por vezes em tiros ao lado. Mas certamente que esse assunto será discutido em tópico dedicado brevemente.
 

Aristocrata

Super Célula
Registo
28 Dez 2008
Mensagens
6,166
Local
Paços de Ferreira, 292 mts
O GFS até pode estar certo mas os modelos utilizados pelo IM dão para dia 2 de Agosto precipitação no extremo norte.
A chegada de um centro depressionário proveniente de NO poderá ser a causa do abaixamento das temperaturas na península.
O ECMWF (que penso que será um dos modelos em que se baseiam as previsões do IM) modela o seguinte:

ecmpanel1.gif


Reparem que a NO da península encontra-se um centro depressionário que fará entrar ar temperado marítimo no continente, o que fará a temperatura descer.

Previsão automática do IM para Paços de Ferreira nos próximos 10 dias:

semttulotd.jpg


Atenção que estamos aqui a falar de algo que se encontra no limiar das 200h de previsão e, como tal, passível de muitas alterações até lá.;)
 

beachboy30

Cumulus
Registo
29 Mai 2008
Mensagens
405
Local
Aroeira
Bem, a primeira semana de Agosto (a minha primeira semana de férias) está feita.... Calor nem vê-lo... Pelo contrário... Enfim, vamos ver até quando... Se Julho teve cavados, Agosto começa com depressões... Enfim... :shocking:
 

Mário Barros

Furacão
Registo
18 Nov 2006
Mensagens
12,501
Local
Cavaleira (Sintra)
Vento das últimas semanas vai ter maior enfraquecimento a partir de quinta-feira

O vento intenso que se tem sentido nas últimas semanas em Portugal continental começou a diminuir e terá um maior enfraquecimento a partir de quinta-feira, de acordo com o Instituto de Meteorologia (IM).

Também a temperatura máxima começou a subir e a tendência deverá manter-se, prevendo o IM que os termómetros subam nos próximos dias para “valores superiores ao normal”.

O IM explica que a diminuição do vento e o aumento da temperatura se deve a “um ligeiro enfraquecimento do anticiclone localizado nos Açores e a uma alteração na posição, deslocamento para leste, e intensidade da depressão que se encontrava centrada nas Ilhas Britânicas”.

O Instituto refere que desde o dia 3 de julho, uma alteração da situação meteorológica “originou no território do continente descida das temperaturas e aumento da intensidade de vento, que passou a soprar moderado a forte em particular no litoral oeste, nomeadamente a partir de dia 17 de julho”.

Nesse dia registaram-se rajadas de 74 quilómetros por hora em Lisboa e 56 quilómetros por hora em Setúbal.

“Associada a esta situação meteorológica de vento registaram-se, até ao passado dia 20, em todo o território, à exceção da região do Algarve, nomeadamente no litoral oeste, temperaturas abaixo do normal para a época”, adianta o IM.

@Lusa
 

beachboy30

Cumulus
Registo
29 Mai 2008
Mensagens
405
Local
Aroeira
Bem, o GFS acabou de arruinar por completo o AA para o início de Agosto... Bem sei que é a run das 6h e ainda falta muito tempo mas já estou a ver as férias por um canudo... :shocking: Depressões à nossa latitude nesta altura do ano??
 

stormy

Super Célula
Registo
7 Ago 2008
Mensagens
5,117
Local
Lisboa
Bem, o GFS acabou de arruinar por completo o AA para o início de Agosto... Bem sei que é a run das 6h e ainda falta muito tempo mas já estou a ver as férias por um canudo... :shocking: Depressões à nossa latitude nesta altura do ano??

Não.

Primeiro....as saidas das 06z e 18z são saidas imperfeitas pois jogamam com de com muito menos input de dados e seguem o raciocinio muito fundamentado na base estatistica/climatologica.

Para quem sabe bem estes pormenores, as runs das 06z e 18z acabam por ter alguma utilidade em certos casos...geralmente são runs que ou começam a criar devaneios ou seguem uma logica muito restrita e interligada com a base climatologica.

Quando se criam devaneios é um sinal que o padrão está ainda muito confuso, e é uma advertencia de que mesmo as saidas das 12z e 00z podem estar a gerar cenários com grande margem de erro.
Quando as saidas das 06z/18z criam cenarios estaveis, com persistencia e com bastante coexão no ensemble, é um sinal de que o modelo está a entrar num raciocinio estavel e que as saidas principais provavelmente estão a conseguir achar um caminho valido.

Nesta run das 06z o GFS continua com grande dificuldade em descrever a evolução da cut-off e no establecimento do fluxo zonal na Europa fruto da erosão do bloqueio russo.

No curto e medio prazo a 06z de hoje está a acertar com a saida principal..o que é bom sinal.
Mas a partir de dia 2 de Agosto começa a ficar muito instavel...mas mantendo uma visão de fluxo zonal na europa...não cria grandes cavados nem acentua nenhum episodio extremo..ou seja..não está a criar o tipico devaneio..

Isto quer dizer que mesmo mais no logo prazo a coisa está a ficar mais clara..

Resumindo isto..teremos a cut-off nos Açores ou NE, a ser absorvida no jet algures no dia 2 ou 3..cenário que se está a fixar, e que significa que teremos bom tempo até dia 2, dada a crista sobre a PI..embora na 6f, uma short wave associada ao cavado Europeu possa influenciar o estado no tempo no sentido de causar um aumento da intensidade do vento e uma pequena descida de temperatura.

Mais na 1a semana de Agosto, após a graudal erosão do bloqueio russo, parece que a tendencia geral é a de um retrocesso da dorsal africana, ligada ao fortalecimento do jet polar, colocando o AA comprimido numa faixa entre os Açores e França...isto levaria a uma descida pouco significativa das temperatura, nomeadamente na zona norte, onde poderia haver alguma precipitação fraca associada ao ar tropical maritimo arrastado pelo AA e por depressões a norte do mesmo ( obvio se analisares as cartas de dew point ou Temp. potencial).

É um cenario muito diferente do de Julho, pois o AA está não só mais perto de nós mantendo o bloqueio, como a frente polar fica incapaz de introduzir na sua circulação ar de origem polar e nós acabamos por ser influenciados por ar tropical que está embebido no AA e que é arrastado á sua volta.

Para meados de Agosto, acho possivel a resurgencia da dorsal e então um novo episodio de calor.
 

zejorge

Cumulus
Registo
15 Jan 2010
Mensagens
361
Local
Constância (Montalvo) 74 m
Boa tarde a todos

O próximo dia 4 de Agosto é um dia importante para mim, pois a "patroa" completa 60 "lindas primaveras", e em resultado disso vamos reunir os amigos.

Apelo a quem sabe destes assuntos, me diga de qual vai ser previsivelmente o tempo nesse dia. Já será possível ????

Cumpts

Zejorge
 

David sf

Staff
Registo
8 Jan 2009
Mensagens
5,164
Local
Oeiras / VN Poiares
Mas a partir de dia 2 de Agosto começa a ficar muito instavel...mas mantendo uma visão de fluxo zonal na europa...não cria grandes cavados nem acentua nenhum episodio extremo..ou seja..não está a criar o tipico devaneio..

Isto quer dizer que mesmo mais no logo prazo a coisa está a ficar mais clara..

Resumindo isto..teremos a cut-off nos Açores ou NE, a ser absorvida no jet algures no dia 2 ou 3..cenário que se está a fixar, e que significa que teremos bom tempo até dia 2, dada a crista sobre a PI..embora na 6f, uma short wave associada ao cavado Europeu possa influenciar o estado no tempo no sentido de causar um aumento da intensidade do vento e uma pequena descida de temperatura.

Mais na 1a semana de Agosto, após a graudal erosão do bloqueio russo, parece que a tendencia geral é a de um retrocesso da dorsal africana, ligada ao fortalecimento do jet polar, colocando o AA comprimido numa faixa entre os Açores e França...isto levaria a uma descida pouco significativa das temperatura, nomeadamente na zona norte, onde poderia haver alguma precipitação fraca associada ao ar tropical maritimo arrastado pelo AA e por depressões a norte do mesmo ( obvio se analisares as cartas de dew point ou Temp. potencial).

É um cenario muito diferente do de Julho, pois o AA está não só mais perto de nós mantendo o bloqueio, como a frente polar fica incapaz de introduzir na sua circulação ar de origem polar e nós acabamos por ser influenciados por ar tropical que está embebido no AA e que é arrastado á sua volta.

Para meados de Agosto, acho possivel a resurgencia da dorsal e então um novo episodio de calor.

A mim parece-me que está tudo a ficar muito engraçado. Com esta conversa do verão ausente, da nortada, está-nos a passar ao lado o que ameaça ser uma interessante semana convectiva, a iniciar-se domingo ou segunda, e com a possibilidade de se prolongar por mais alguns dias.

Para começar, temos a passagem da cut-off, que parece já haver consenso entre todos os modelos que vai afectar o continente (falta saber quando e durante quanto tempo). Muito provavelmente acontecerá no fim do dia de domingo ou na manhã de segunda:

ECM1-144_nou0.GIF


gfs-0-132_kel8.png


Depois estaremos durante alguns dias com um fluxo húmido de oeste, com a dorsal anormalmente a sul, um padrão típico de Outubro:

gfs-0-174_grz8.png


ECM1-168_wjf2.GIF


O padrão a longo prazo está muito semelhante ao previsto pela sazonal do ECMWF no início do verão. Cavado nas proximidades da PI, circulação de sudoeste em quase toda a Europa e dorsal a oeste dos Açores.

ECM1-240_xtn2.GIF


gfs-0-240_aff7.png


O bloqueio russo "torce mas não quebra", o cavado que estagna a norte da PI alimenta com fluxo de sudoeste a dorsal na Rússia ou na Escandinávia.
 

beachboy30

Cumulus
Registo
29 Mai 2008
Mensagens
405
Local
Aroeira
Realmente, 1º de Agosto, 1º de Inverno, já diziam os antigos... E não é que este "pseudo-Verão" segue à risca esse velho ditado?

A 1ª semana de Agosto, em termos de férias e praia, já era. Quem quer fazer praia, ou vai para o Algarve (sempre cheio) ou vai para fora. Simples...

Quanto ao que nos reserva o resto de Agosto, ou pelo menos até meio do mês... Enfim, vamos ver... Gostava de partilhar a opinião do STORMY mas acho que vou ter de ir "atrás" do David sf... :confused: Isto não está para grandes calores... Mas nem sequer para calor (tirando esta semana), quanto mais...

Será isto tudo um reflexo da Primavera bastante quente que tivemos? Do calor anormal na costa leste dos USA? Um combinação de ambas?...

Não estou mesmo a ver uma corrente de NE/E por cá nos próximos tempos... Esgotaram-se todas em Abril e Maio... :shocking: