Seguimento Açores e Madeira - Agosto 2016

Vince

Furacão
Registo
23 Jan 2007
Mensagens
10,624
Local
Braga
ilhas.gif




Aviso MeteoPT.com
As observações e os dados meteorológicos registados neste tópico são apenas de consulta e dizem respeito a situações observadas por membros do Fórum MeteoPT.com, não estando oficialmente validadas.
Os dados aqui publicados são da exclusiva responsabilidade de quem os publica; para dados oficiais consulte os produtos do Instituto Português do Mar e da Atmosfera.
 

Orion

Furacão
Registo
5 Jul 2011
Mensagens
19,752
Local
Açores
Com os +-30º previstos no A. da Madeira, é bem provável que sejam emitidos avisos laranja para o calor nos próximos dias.

RGP5raP.jpg
 

Orion

Furacão
Registo
5 Jul 2011
Mensagens
19,752
Local
Açores
Ainda está na fase da especulação o CAPE de 1200 e o LI de -5 no próximo dia 7 (Açores). O output do GFS dá poucos ou nenhuns indícios de chuva. Pode haver confusão no que concerne a este evento porque há diferentes coisas a acontecer em diferentes níveis da atmosfera. Nos níveis mais baixos há uma crista anticiclónica com alguma estabilidade (que trará o ar quente de sudeste). Nos níveis médios/altos ocorrerá a passagem de uma pequena depressão que permitirá a intrusão de ar frio em altitude (neste momento ainda está a sul do arquipélago).

Há alguns ventos, sim, mas a humidade relativa em geral é miserável (daí a ausência de chuva no GFS). Bom para umas trovoadas facilmente visíveis e, quem sabe, uma ou outra downburst :lmao:Falta escrever que o CAPE mais elevado, na saída das 12, ocorre de noite :D

Muito tempo falta ainda. É um bom teste para ti @Azorean Storm Buster para treinares as análises compreensivas do GFS :p
 
Última edição:

Orion

Furacão
Registo
5 Jul 2011
Mensagens
19,752
Local
Açores
A 96 horas do evento...

O GFS aumentou muito ligeiramente a humidade a 700 hPa. Isto teve o resultado óbvio de o output gerar aguaceiros localizados. Mas na realidade, e ainda num caso extremo, pode ocorrer trovoada seca, sendo este um evento mais ou menos raro nas ilhas de bruma.

O ambiente estará muito seco e por consequência tremendamente hostil à convecção. Contudo, se as condições certas surgirem, o desenvolvimento celular poderá ser muito rápido.

O GFS modela a persistência de condições de 'instabilidade' durante várias horas. Como escrevi anteriormente, as condições de 'instabilidade' são condicionais e aparecerão devido à adveção de ar frio em altitude (tefigrama do WRF):

FsvG8s2.gif


Continuo a manter a ideia de que qualquer trovoada que surgir terá um topo mais ou menos elevado especialmente devido à estabilidade nos níveis baixos e ao ar seco. O ar seco do deserto será devastador para as perspetivas de chuva. Nos próximos dias a Madeira deverá ser afetada por quantidades de poeira muito elevadas (na atmosfera):

CRmiLsY.png


Ainda é cedo para ter certezas no que concerne aos Açores mas é expectável que cheguem ao arquipélago concentrações significativas. Não vou ainda abordar a possibilidade da ocorrência de eventos severos. O ECM mostra alguns aguaceiros fracos, ocorrendo eles no G. Central.

O antiticlone deverá deslocar-se para nordeste daqui a 48 horas, mais coisa menos coisa. A massa de ar desértica começará a descolar-se para noroeste nessa altura. Volto a atualizar a previsão na 6ª feira.
 
Última edição:

Orion

Furacão
Registo
5 Jul 2011
Mensagens
19,752
Local
Açores
A temp 850hpa vai estar quase a 28ºc na madeira mesmo assim só há previsões de 30ºc... mas como é que a madeira já chegou aos 40ºc se nem assim vai lá :lmao:, temp 850hpa a 20ºc nos açores é normal? pode haver recordes?

O aquecimento é sempre inferior devido à humidade marítima. Dou um exemplo concreto. Hoje nos Açores há pouca humidade relativa em geral mas o ponto de orvalho é elevado (entre os 19 e os 22º). Isto faz com que a orografia crie camadas nebulosas facilmente mas que terão pouca altitude. No G. Central, a Terceira é facilmente visível de S. Jorge devido ao chapéu:

OKQf9ns.jpg


As nuvens sempre reduzem a temperatura máxima ao contrário do que acontece no continente. Nos Açores o recorde está nos 32º em 1985. Não está previsto nada perto disso. No fim do dia não sei o que é pior. Se ar desértico seco ou ar tropical extremamente húmido. Quanto à Madeira não tenho muitas informações para opinar mas não deve ser muito diferente. Obviamente que a sua proximidade a África significa que a massa de ar não perde muito do seu calor no trajeto. Temperaturas mais elevadas são inevitáveis.

Já de vez deixo o tefigrama de hoje, de uma fonte menos complicada que o MeteoCentre:

eHIi8CF.gif


A explicação dos valores à direita está aqui.
 
  • Gosto
Reactions: lserpa

Orion

Furacão
Registo
5 Jul 2011
Mensagens
19,752
Local
Açores
Para que fique mais claro, deixo aqui a animação da depressão nos níveis médios, atualmente a sul dos Açores e oeste das Canárias, que gradualmente irá deslocar-se para norte. É (mais) facilmente visível no RGB Airmass, se bem que a pouca nebulosidade em altitude não denuncia imediatamente a sua posição. Como tal, o vapor de água é de longe o mais útil:

aop5uWK.gif


Como mera curiosidade, o WRF simula umas quantas células :D

9xOhWpD.png


Até agora não há grandes indicações de que o evento poderá ser algo de excepcional. Bem pelo contrário. Ver-se-á.
 
Última edição:
  • Gosto
Reactions: lserpa

Orion

Furacão
Registo
5 Jul 2011
Mensagens
19,752
Local
Açores
Entre os dias 5 (sexta-feira) e 9 (terça-feira), o Arquipélago da Madeira estará sob a influência direta de uma massa de ar tropical continental, quente e seco. Assim, principalmente para os dias referidos, a temperatura máxima do ar deverá atingir valores entre 29 e 33ºC e a temperatura mínima deverá variar entre 20 e 25ºC. Estes valores serão acompanhados por humidade relativa muito baixa, em particular acima de 200/300 m de altitude.

Nas regiões montanhosas e nos extremos leste e oeste da ilha da Madeira, o vento poderá ser temporariamente moderado a forte (30 a 45 km/h), com rajadas da ordem de 70 a 80 km/h, e rumos predominantes de nordeste e leste.

Durante este período, é igualmente expectável a presença de poeiras na baixa atmosfera oriundas do norte de África. No entanto, atendendo às concentrações previstas, não se espera que tenham impacto relevante no Arquipélago.

IPMA

Já foi emitido um aviso laranja para o interior montanhoso.
 

Orion

Furacão
Registo
5 Jul 2011
Mensagens
19,752
Local
Açores
Chx0JbY.gif


Um índice SWEAT acima dos 150 indica a possibilidade de tempestade ligeiramente severa. Estou agora a fazer fearmongering :D A saída das 12z do GFS cortou no cisalhamento (abaixo dos 20 m/s). O nível de congelamento estará acima dos 4000 metros. Não haverá granizo para ninguém (é o que dá estar numa ilha no meio de nenhures :D). Escrevi aqui primeiro :D: A acontecer será trovoada seca (só me lembro de 1 ocorrência há muitos e muitos anos. Tanto que nem sei o ano :lol:).

A água precipitável estará elevada:

K0yF7oS.png


Isto favorece a atividade elétrica. O maior risco que vejo por agora, excluindo levar em cheio com um raio, é um downburst devido ao muito ar seco. Mas a muita estabilidade nos níveis baixos deixa-me muito apreensivo em apoiar esta teoria.

Não, coisas destas não ocorrem nos Açores :D

 
Última edição:

Orion

Furacão
Registo
5 Jul 2011
Mensagens
19,752
Local
Açores
A humidade é o mais importante sendo a 700 hPa fulcral. A humidade a 925/850 hPa servirá para se saber se ocorrerá chuva ou não. A entrada poeirenta de sudeste não tem ainda contornos definidos (e afeta mais o G. Oriental). Contudo, e neste momento, a humidade a 500 hPa beneficia o G. Oriental. Como é óbvio, espero que assim continue :D

É preciso ter calma. Este evento tem todos os ingredientes para ser o fiasco do Verão :D
 
Última edição:
  • Gosto
Reactions: lserpa
Registo
1 Set 2015
Mensagens
371
Local
Ponta Delgada
Com esta antecedência, as previsões valem o que valem, mas não deixa de ser quase irreal o LI previsto de -8,2 e o CAPE de 2187 na Terceira (Angra) e precipitação acumulada em 3 horas de 58,3 mm em 9 horas de 92,8 mm em Santa Maria :shocking:
E esta corrente de sul com instabilidade duradoura sobre a região poderá ser um fator que aumente a probabilidade de algum fenómeno extremo eventualmente.
Incrível, a natureza.

Não poderei deixar de me questionar se isto não poderá estar no começo de algum fenómeno atmosférico de maior escala... mas isso já é outro tema :D
 
  • Gosto
Reactions: Wessel1985 e lserpa