Seguimento América Central, Sul e Caraíbas - 2013

Felipe Freitas

Cumulonimbus
Registo
11 Fev 2012
Mensagens
3,766
Local
Florianópolis, Santa Catarina, Brasil
Nevadas atingem Argentina
Por: Luiz Fernando Nachtigall

Vários setores da província argentina de Mendoza (fotos abaixo do Twitter) amanheceram hoje cobertos por neve. A acumulação de neve é expressiva em algumas localidades (10 centímetros ou mais) como em San Rafael e Penitentes. Nevou na Sierra de la Ventana, na província de Buenos Aires, onde os cumes ontem estavam completamente brancos (área pode ter forte nevada neste fim de semana) O frio foi extremo no país vizinho nesta sexta-feira. As mínimas mais baixas ocorreram na região patagônica. Fez -13,7ºC em Esquel, -11,5ºC em Maquinchao, -10,5ºC em Bariloche, -9,7ºC em Perito Moreno e -8,5ºC em Neuquén. Já na Grande Buenos Aires, a mínima no Aeroporto Internacional de Ezeiza foi de 1,0ºC abaixo de zero.

c020212cc046eb612e96a9de9846c5ac.jpg


No Uruguai, as mínimas desta sexta-feira foram de -1,0ºC em Mercedes, 0,0ºC em Salto, 1,5ºC em Rivera, 1,6ºC em Durazno, 1,6ºC em Artigas, e 2,0ºC em Treinta y Tres, Paysandu e Paso de los Toros. As mínimas não caíram mais, como já prognosticado, devido à ação do vento. Ontem, quando da chegada do segundo pulso de ar polar, o Uruguai teve fortes rajadas de vento. Estação particular na costa de Montevidéu chegou a acusar 120 km/h, mas nos bairros as rajadas oscilaram entre 60 e 75 km/h. Em Punta del Este, como em ocasiões passadas de vento intenso por ciclone ou fortes erupções de ar polar, a ventania levou grande quantidade de espuma do mar pra avenida da orla. As incríveis imagens foram registradas pelo repórter fotográfico amigo Ricardo Figueredo, da Punta Press, um dos melhores do Uruguai, e que enviou à MetSul as fotos.

2bb8148f98f51e7ad39009baff345f4d.jpg


a3dcfbf378038a566fcd5734223525b7.jpg


Houve inúmeros relatos de precipitação de “agua nieve” ontem por rádio-amadores e redes sociais no departamento uruguaio de Maldonado, entretanto não são críveis ante as condições locais. É provável que os fenômenos observados na região tenham sido sleet (chuva congelada) ou graupel (grãos pequenos de gelo brancos e opacos). A temperatura ontem não era condizente com neve misturada à chuva. Fazia entre 7ºC e 9ºC em Laguna del Sauce. Ademais, havia a presença de nuvens de maior desenvolvimento vertical na área, do tipo cumuliformes, que favorecem pancadas de graupel ou sleet em atmosferas muito frias.

METSUL: http://www.metsul.com/blog2012/
 

Felipe Freitas

Cumulonimbus
Registo
11 Fev 2012
Mensagens
3,766
Local
Florianópolis, Santa Catarina, Brasil
Ar polar já provoca quatro mortes na Argentina

O avanço de uma intensa massa de ar frio polar já provocou nas últimas 24 horas quatro mortes na Argentina em decorrência de acidentes e incêndios nas províncias de Chubut e Mendoza.
Em uma rodovia, pelo menos 150 veículos estavam retidos até o fim da tarde deste domingo (21) em Chubut devido à intensa precipitação de neve que chegou a acumular 12 centímetros em poucas horas. Uma pessoa morreu em um acidente de carro que deslizou da rodovia sobre uma vala por causa da neve.
Em Mendoza, a polícia informou que dois homens e uma mulher morreram carbonizados após a casa em que estavam ter pegado fogo. As autoridades suspeitam que métodos inadequados de aquecimento possam ter causado a tragédia.

Fonte: De Olho No Tempo – Meteorologia
 

Felipe Freitas

Cumulonimbus
Registo
11 Fev 2012
Mensagens
3,766
Local
Florianópolis, Santa Catarina, Brasil
Onda de calor – 45,5ºC na Argentina

Nevou em pleno dia de Natal em Ushuaia, província da Terra do Fogo, no Extremo Sul do continente, mas a tônica do dia 25 de dezembro na Argentina foi o calor em níveis extremos. A máxima no país vizinho chegou a impressionantes 45,5ºC na estação meteorológica do aeroporto de Chamical, província de La Rioja. Fez ainda 45ºC em Santiago del Estero. Outras marcas extremas na Argentina foram 43ºC em Villa Maria del Rio Seco, 42ºC em La Rioja, 41,5ºC em Catamarca e Villa Dolores, 41,4ºC em Ceres, 41ºC em Las Lomitas, e 40,5ºC em Tucumán e Rio Cuarto. Já na capital Buenos Aires, a máxima oficial foi de 38,1ºC. A mínima de 27,2ºC foi uma das três mais altas já anotadas em dezembro e a mais alta para o mês em mais de 40 anos. O calor extremo foi responsável por agravar ainda mais os cortes de energia, levando a mais protestos de rua na capital argentina e Grande Buenos Aires. Alguns moradores de Buenos Aires chegam a estar há 12 dias sem energia.

No Uruguai, o calor também foi extremo. A máxima chegou a 40,4ºC na cidade de Paso de los Toros. Os termômetros indicaram também 39,5ºC em Mercedes, 39ºC em Florida, 38,9ºC em Young, 38,6ºC em Artigas e 38ºC em Salto. Na capital Montevidéu, a máxima foi de 35,8ºC em Melilla com 35,1ºC no Prado. No Aeroporto de Carrasco, fez 36,2ºC. O calor intenso, com a vegetação seca, trouxe incêndios em vegetação para diversos pontos, notadamente nas proximidades de rodovias.

Fonte: Metsul
 
  • Gosto
Reactions: jonas_87

Felipe Freitas

Cumulonimbus
Registo
11 Fev 2012
Mensagens
3,766
Local
Florianópolis, Santa Catarina, Brasil
Uma intensa onda de calor vem atuando há mais de uma semana sobre a Argentina e sobre o Uruguai causando temperaturas extremamente elevadas. É a mesma onda de calor que elevou muito a temperatura no Rio Grande do Sul nesta quinta-feira, onde o calor chegou aos 40°C.

Nos últimos dias, muitas cidades dos dois países têm tido horas seguidas com temperaturas em torno dos 40°C. Em Santiago del Estero, na Argentina, a temperatura na tarde desta quinta-feira (26) chegou aos 44,2°C e aos 44,7°C na tarde de quarta-feira, pela medição do Serviço Nacional de Meteorologia da Argentina. O serviço oficial de meteorologia do Uruguai registrou 41°C em Florida na tarde desta quinta-feira.

Fonte: Climatempo
 
  • Gosto
Reactions: blade